"E Se" Khabib Nurmagomedov
não se lesionasse tanto?

Thiago Sampaio | 04/01/2018 às 12:25

No último sábado (30), o russo Khabib Nurmagomedov mostrou mais uma atuação irretocável no co-evento principal do UFC 219, dominando o striker brasileiro Edson Barboza por três rounds sem demonstrar quaisquer dificuldade. Foi a 25ª vitória na carreira, chegando a um impressionante cartel de 25-0.

“Sofrência” de Barboza

Ao final, disse estar com a saúde a mil, esnobou Conor McGregor, que ainda é o detentor do título da categoria dos leves, e lançou o desafio a Tony Ferguson, atual campeão interino.

Ouviu elogios do chefão Dana White e de toda a mídia especializada. Então, qual a novidade? Nenhuma.

Fato é que Khabib é um dos atletas mais temidos da categoria há, no mínimo, uns cinco anos. Se não fosse o histórico de lesões, uma ainda inédita disputa de título inevitavelmente já teria caído no colo dele.

Digo mais: pelas ferramentas que tem, em algum momento o cinturão já teria passado pela cintura dele.

Mas tudo não passa de especulação. Em quatro anos a partir de setembro de 2013, o russo saiu de quatro combates que estava escalado: duas vezes contra Donald Cerrone e duas contra Ferguson

A luta com o El Cucuy já foi casada três vezes (uma caiu por causa do americano). Quando disputariam o título interino no UFC 209, em fevereiro deste ano, o russo pulou fora no dia da pesagem após passar mal e parar no hospital, quando na véspera foi visto comendo tiramisu. Foi a gota d’água para muitos!

Nada feito (1)

Em quatro anos, lutou apenas três vezes, vencendo Rafael dos Anjos em 2014, Darrell Horcher e Michael Johnson, ambos em 2016.

Mas aqui na coluna “E Se”, traçamos universos paralelos à vontade e imaginamos o que poderia ter acontecido de diferente.

Já pensou se o The Eagle não fosse de vidro quando não está no octógono? Num mundo de fantasia, como no musical “La La Land – Cantando Estações”, temos um deslumbre de como tudo poderia ter sido e os fãs do esporte teriam a felicidade de ver esse monstro em ação com frequência.

Dificilmente o title-shot não seria dele após a vitória sobre Rafael, em abril de 2014. Foi a sexta vitória seguida na organização, todas com certa facilidade (só Gleison Tibau havia oferecido algum esforço maior). Mas ainda assim, a tendência é que ficasse na fila de espera por causa de um nome: Gilbert Melendez.

Antes de ter a luta com RDA casada, Khabib estava escalado para enfrentar o ex-campeão do Strikeforce no UFC 170, que desistiu e quase fechou com o Bellator. A resposta do UFC: não só garantiu a Melendez uma disputa de cinturão contra Anthony Pettis, como anunciou campeão e desafiante como técnicos do TUF 20.

Nada feito (2)

O resultado dessa luta entre Pettis e Melendez, que aconteceu no UFC 181, em dezembro de 2014, nós sabemos e dificilmente teria resultado diferente neste universo imaginário.

Mas como aqui o russo não se quebra, é provável que fizesse mais uma luta no segundo semestre. Cerrone e o ex-campeão Ben Henderson seriam fortes candidatos.

Como ele e o Cowboy já travaram uma rivalidade verbal, essa seria a aposta. Alguém duvida que o russo passaria por esse desafio?

Ele mistura o sambo com quedas de judô e wrestling de uma maneira que nenhum outro lutador do UFC faz. Com um mínimo de vacilo, ele gruda quem tiver com ele na grade, no chão, e massacra à vontade.

Ora, se mesmo fora de cena ele seria o desafiante número um, não seria ativo que teriam tirado isso ele. Quando Rafael dos Anjos venceu Nate Diaz com performance dominante, depois de atropelar Jason High e Bendo, teve o title-shot garantido. Mas Dana White disse que só seria ele pois Khabib não estava apto.

Se Khabib estivesse saudável agora, ele lutaria contra Pettis. Como não está, é Rafael”, disse Dana White, que também revelou que recebeu uma mensagem de Anthony Pettis dizendo estar pronto tanto para enfrentar o brasileiro como Nurmgomedov.

Essa declaração de White reflete bem a situação do russo, que sempre esteve no radar do título. E se tivesse a oportunidade, as chances de êxito contra o Showtime, que foi totalmente abafado por RDA no UFC 185, em março de 2015, seriam enormes.

Claro que existem muitas variáveis. Nurmagomedov já mostrou várias brechas na trocação, sendo atingido até pelo semi-profissional Horcher. Strikers como Cerrone, Pettis ou McGregor (que até então era peso pena) poderiam perfeitamente encaixar um golpe certeiro e levá-lo à lona.

Nada feito (3)

Mas um dos méritos dele é saber jogar com o que sabe de melhor. Não que ele seja ruim em pé, mas, se pode atuar onde ele é nota 9,8 não se arrisca onde é nota 7. E até quem não curte luta agarrada considera empolgantes as lutas dele por fazer parecer fácil.

Caso se mantivesse ativo, A Águia seria material para campeão dominante, como Georges St-Pierre, Jon Jones ou Anderson Silva, até o momento que surgisse alguém que tirasse esse título dele (e sim, iria acontecer, pois ninguém é imbatível).

Mas como no desfecho de “La La Land”, tudo não passou de um devaneio. Até o Oscar de Melhor Filme esse musical desgraçado achou que teria levado, após toda uma comemoração perceberem que houve um erro com os envelopes e o real vencedor era “Moonlight: Sob a Luz do Luar”.

O musical do Khabib está longe de ser um conto de fadas e, em pleno 2018, ainda luta contra o próprio corpo para conseguir a chance de brigar pelo título. E ainda tem o agravante de ser adepto do Ramadan, ficando impossibilitado de treinar e lutar nesse período.

E os fãs, enquanto isso, seguem a torcer para que ele fique inteiro e que a música a seguir seja feliz, pois a que está tocando há algum tempo é bem nebulosa.

  • Beto Magnun

    Acho que alguém não gostou de La La Land.

    • Thiago Sampaio

      Pior que eu gostei, mesmo não sendo fã de musicais…haha

  • Felipe Couto

    RDA, Eddie e Conor nunca teriam sido campeoes. Basicamente isso.

    Jogou RDA de um lado para o outro como boneco de pano. nao acho que teria sido melhor com os outros 2.

    Ps: tb nao acho que RDA NAO ERA RDA, TAVA EM SITUACOES DESFAVORAVEIS MIMIMI.

    • Diogo Barbosa

      Detalhe, RDA tem boa defesa de quedas.

      • Felipe Couto

        O Barboza tb hehe

        • Diogo Barbosa

          Não boto muita fé no Kamaru Usman, mas acho que quem tem jogo na categoria pra fazer frente ao Khabib é ele.
          Oou algum striker que faça brotar um nocaute do além.

          • Thiago Sampaio

            De fato, até porque ninguém é imbatível e Khabib já mostrou que tem brechas. Mas Kamaru Usman luta na categoria dos meio médios.

          • Diogo Barbosa

            Bah, viagem minha, sempre faço o paralelo entre Kamaru e Colby, mas me esqueço que Colby subiu faz décadas.

          • Vinicius Menor

            Mcgregor pode ser esse cara …. infelizmente!

          • Diogo Barbosa

            Pior que, mesmo não gostando da personalidade, prefiro Conor como campeão (Desde que ele lute com a frequencia que lutava) que Khabib, haja vista as inúmeras lesões.

          • Thiago Sampaio

            O agravante do Conor para o esporte é estar inteiro e lutar quando quiser, contra quem quiser. Ele sabe que o UFC precisa dele. Khabib nunca foi negar adversários, o problema é quase nunca ele estar inteiro.

          • Victor Martins

            Acho que Woodley tem mais chances.
            É difícil de quedar, é mais forte e tem mais poder de nocaute.

          • Thiago Sampaio

            Se o russo subisse para os meio médios, talvez…

          • Diogo Barbosa

            Sem falar que não tem vergonha de fazer luta feia.
            there is no paraibagem here!

        • Thiago Sampaio

          RDA é um dos atletas mais completos do MMA da atualidade. Barboza é ótimo apenas em pé. Mas em ambos os casos, Khabib mostrou o quão encapetado é!

    • Thiago Sampaio

      Concordo. E na época da luta, RDA já estava em franca evolução, o que torna a performance do russo mais impressionante.

  • Mauricio

    Eu acho que naquela época lá se tivesse pego a cinta tava com ela até hoje..

    Só corrigindo, adepto ao Islão que tem o mês do Ramadão como sagrado!

    • Nathan Dreak

      RDA, Eddie Alvarez e Connor teriam mínimas chances de serem campeões em um cenário com o Khabib ativo como imaginado no texto. Mas Fergusson eu acho que teria chances. Ainda acho Khabib favorito, mas não descartaria Fergusson campeão não.

      • Thiago Sampaio

        De jeito maneira podemos descartar o Ferguson. Inclusive, essa luta entre Khabib e Tony, já cancelada três vezes, é a que todos querem ver para definir o campeão “de verdade”.

  • KRS Porlaneff

    Lembro que antes de parar aqui no Sexto Round, eu fui durante um tempo do extinto Forum Tatame entre os anos de 2011 e 2012 e depois de um outro forum. Nesse último, uma das partes da minha assinatura era “Khabib Nurmagomedov será o primeiro campeão linear russo do UFC. Isso é, se o UFC for justo e ele deixar de ser de vidro”.

    Desde aquela vitória sobre o Thiago “Belfortinho” Tavares que eu botava 100% de fé que Khabib, dadas as devidas proporções, Nurma se tornaria o novo Fedor Emelianenko. Mas em uma academia onde quase todos os seus atletas treinam – com métodos que não conhecemos mas sabemos que são questionáveis – e adquirem lesões terríveis (acho que se Dominick Cruz fosse da academia, hoje teria os joelhos amputados), é complicado traçar um panorama. E também não sei dizer se, em outra academia, ele teria a mesma taxa de 100% de sucesso.

    Em tempos: achei isso na Wikipedia mas não sei se ainda está lá, porque alguns artigos por lá podem ser editados a qualquer instante, mas vale como boas risadas embora não me pareceu tão irreal assim: https://uploads.disquscdn.com/images/94d77bc7c5ee33b831094d531bc6fe0c547dbd0b8687d78ee59e426ecfc8ee54.jpg

    • William Oliveira

      Khabib por KO (e não TKO) ou Conor aguentando até o 5º round, o que é mais improvável? Fica a duvida kkk

  • Yosvani bolt

    Se o Khabib não tivesse tantas lesões no passado. A era do irlandês não existiria.

    • Thiago Sampaio

      Para começar a “era do irlandês” seria bom se ele defendesse algum cinturão algum dia…haha

      • Yosvani bolt

        O Conor tem que se aposentar são 100 milhões de dólares que ganhou, o Russo tem que acabar com o drama que está acontecendo no UFC, Conor não tem pra onde fugir.kkkk

  • Yosvani bolt

    Pessoal do sexto round. Prevejo que o Conor McGregor está tentando procurar uma forma de derrotar o russo, neste momento penso que ele deve estar a estudar o khabib, sabendo que é uma real ameaça não só pra ele mas também pro Dana White(sabendo que o irlandês vai perder e o número de PPV vão deixar de ser tão grandes, disse que o irlandês tem até março para voltar senão vai ter que vagar o cinturão, o que é tempo suficiente para o palhaço se preparar para enfrentar um deles).
    Antes de se tornar campeão dos penas e dos leves, na conferência em Dublin, um dos seus fãs perguntou quem seria o novo campeão do leves. E o irlandês previu que o Khabib será o campeão do leves em breve.
    Após a conquista do cinturão dos penas sabendo que o Khabib estava lesionado aproveitou desafiar o ex-campeão atual dos leves, mas o Rafael dos Anjos lesionou-se, depois de se recuperar da lesão, foi defender o cinturão contra Eddie Alvarez que o derrotou, e depois disso desafiou Conor achando que seria uma luta fácil, Conor, idiota mas espertalhão aproveitou o desafio e ganho o cinturão dos leves, fazendo história (sendo o primeiro a ganhar dois cinturões simultaneamente), após isso, arranjou uma desculpa de que tinha esperar a nascença do seu filho e cuidar dele (é real mas ao mesmo tempo uma desculpa) evitando defender o cinturão dos leves.
    Ano passado Tony Ferguson ganhou o cinturão interino após vencer Kevin lee, o Irlandês como esperto que é, sabendo que ia lutar em Dezembro fez confusão no Bellator fazendo a organização expulsa-lo do card UFC 219 .
    Todo aconteceu como o Irlandês queria graças a proteção de Dana White.
    Oxalá que o Russo ganhe para acabar com a Era do palhaço irlandês, pelo bem da categoria.
    Esta é a minha previsão, se o Conor vencer, vai calar a boca de todo mundo incluindo eu, e continuar travando a categoria( se careca deixar).
    Quero a vossa opinião séria sobre isto.

  • ricardo cascardi

    Venho pro site do sexto round a procura de qualidade e encontro: “Quando disputariam o título interino no UFC 209, em fevereiro deste ano, o russo pulou fora no dia da pesagem após passar mal e parar no hospital”. Desrespeitoso e leviano, no mínimo…que bizarro…

  • ricardo cascardi

    Sendo um pouco sociólogo ácido e realista ao mesmo tempo, eu diria :

    E SE, ele não fosse um russo, não fosse um islâmico e não se lesionasse tanto…

    Ou alguém acha que o público alvo do UFC, lembrando q o UFC tinha eventos dedicados aos US Marines, cai de amores por essa combinação, no mínimo incomum ao UFC, que é o Khabib…

  • Davi freitas

    meu deus cara eu fiko emocionado so de pensar nessa possibilidade

  • Igor

    Se ele não se machucasse tanto, talvez não conseguisse chegar ao nível que chegou, pois pode ter treinado em um ritmo no qual o próprio corpo não poderia aguentar todas as vezes, condição que o diferenciou dos demais (quando o corpo resistiu). Enfim, por isso que não me prendo muito a condicionais, porque é algo que foge da realidade.

Tags: , , ,