Dos Anjos e Whittaker:
reinventando a roda

João Vitor Xavier | 19/12/2017 às 21:45

Por muito tempo, uma série de resultados ruins ou a necessidade de reinventar a carreira colocavam os lutadores diante de um dilema onde só havia uma saída: baixar de peso para ter vantagem de tamanho sobre seus oponentes.

Porém, o corte ainda mais severo fez com que muitos atletas não tivessem condições de atuar na melhor forma física.

Whittaker: 7 kgs separavam mediano de campeão

Porém, os dois melhores lutadores de 2017 provaram que há uma vida melhor na categoria de cima. Ou seja, ao invés de descer de divisão…subir! Falo de Robert Whittaker e Rafael Dos Anjos.

Neste ano, os dois provaram que é possível ter sucesso mesmo estando em desvantagem de força física contra praticamente toda a categoria.

Após um 2016 difícil, quando perdeu seu título peso leve e depois acabou derrotado por Tony Ferguson, RDA resolveu mudar de ares e parar de se matar (quase literalmente) para chegar ao limite dos 70 kg. e se aventurou na categoria de cima.

Muitos (inclusive este que vos fala) torceram o nariz. Rafael nunca foi um peso leve enorme, mas sofria com o corte. O resultado da mudança todos já sabem. Três vitórias decisivas sobre nomes ranqueados, culminando em uma das maiores performances de sua carreira contra o ex-campeão e filho do tinhoso, Robbie Lawler.

Whittaker tomou a mesma decisão um pouco antes, mas 2017 foi o ano em que ela finalmente foi vista como um sucesso.

RDA: maior vitória da carreira como meio-médio

Após duas derrotas seguidas como meio-médio, Bobby Knuckles decidiu subir para o peso médio, onde conseguiu seis triunfos em sequência, colocando-o frente a frente com Ronaldo Jacaré, que para mim era o melhor lutador da categoria na época.

O australiano de origem neozelandesa simplesmente passou por cima do brasileiro e se colocou diante de outro nome temido da divisão: Yoel Romero.

Após mais uma atuação de gala, sagrou-se campeão interino e, com a desistência de Georges St. Pierre, é o dono do cinturão linear da categoria.

Assim como Dos Anjos, Whittaker tem desvantagem de tamanho contra todos de sua divisão. O campeão compensa isso com a velocidade de seus golpes e o queixo – a capacidade de absorver golpes melhora consideravelmente uma vez que não é preciso cortar tanto peso, privando seu corpo de água, horas antes de lutar.

AJ com 77kg: o símbolo dos atletas sub-aproveitados

A mudança caiu como uma luva também para o jogo de Rafael. Sem precisar cortar tanto peso, seu corpo é capaz de manter o ritmo insano que seu estilo exige durante três ou cinco rounds.

Alguém acha que, no peso leve, o brasileiro seria capaz de manter o ritmo que manteve após aquela incrível sequência de 40 ou 50 golpes jogados contra Lawler no segundo round?

Em menor escala, podemos citar outros exemplos de atletas que tiveram sucesso subindo de categoria, casos de Yancy Medeiros (leve para o meio-médio), Dustin Poirier (pena para leve) e até mesmo Anthony Johnson (que se travestia de meio-médio mesmo tendo um corpo de meio-pesado e ficou perto do título até 93 kg. quando finalmente parou de agredir o próprio corpo).

Porém, os dois principais símbolos dessa nova tendência são mesmo Rafael Dos Anjos e Robert Whittaker.

No ano em que Conor McGregor e Ronda Rousey não lutaram; Jon Jones teve apenas uma aparição e foi pego no antidoping; e GSP também só lutou uma vez, subir de categoria merece o título de MVP de 2017 no MMA.

  • Lucas Natan

    Vcs acham que o Whittaker é pequeno nos médios? Até achava isso também, mas meio que no automático por ele ter subido. Depois de ver ele contra Jacaré e Romero, mudei de ideia. Visualmente parece disputado e na hora que precisou trocar força também não sentiu muito a diferença.

    • Igor

      Jacaré e Romero, principalmente, tem muita massa muscular, que pesa bastante. Whittaker não tenta musculatura. O fato de ele ter conseguido trocar força com aqueles cavalos é um dos fatores que o torna um atleta fenomenal

  • Victor Martins

    Se o Whittaker ganhar do Rockhold já era, ninguém tira esse cinturão dele

    • Igor Martins

      pra mim ele ganha do babaca do rockhold, pro chão ele não vai conseguir levar o garoto (romero e jacaré, conseguiram? ), em pé talvez a única arma seria os chutes que rockhold sabe usar muito bem, mas no geral em pé o garoto é mais versado.

    • Jp Mikelane

      Luta é luta. A derrota vem uma hora.

  • William Oliveira

    Masvidal, Cerrone, Dos Anjos, CowboyBR, Yancy Medeiros, Laprise..
    São vários os exemplos de caras que se deram mt bem no meio-médio subindo dos leves.

    Ainda sim acho que uma nova categoria entre essas duas seria uma baita jogada do UFC, com quase 180 atletas competindo em somente 2 categorias é até meio absurdo dizer que elas não seriam todas competitivas se fossem reestruturadas em 3, além é claro de possibilitar uma válvula de escape pros pesos leves que não querem ter que lidar com toda essa bagunça causada pelo palhaço irlandês.

    • KRS Porlaneff

      Tinha um projeto de acabar com a categoria até 170lbs e abrir categorias até 165lbs e até 175lbs, mas nunca vinga…

      • William Oliveira

        Essas duas novas categorias já foram aprovadas, algumas organizações já estão usando, até mesmo no Brasil. É só questão do UFC começar tbm. Infelizmente DW já se pronunciou contra..

        • Davi freitas

          cara sou muito contra tbm concorco com o tannuri ai vai deixar o cinturao muito vago ou vcs querem q o mma se torne o boxe com 50titulo kkkkkk a vdd e q as 8 mas culinas esta bom eo cara q tiver medo de lutas na sua verdadeira categoria q se dane

    • Mauro

      Seria muito bom essa ideia de uma nova categoria entre os leves e o meio médio, para lutadores como Khabib, Cowboy brasileiro, Dos Anjos, e outros. Creio que entre outras categorias também seria cabível novas categorias, por exemplo, se não me engano, entre as médios e meio pesado são, aproximadamente, 10 kg de diferença.

  • Mauro

    Não acho Dos Anjos tão desfavorecido assim nos meio médio, afinal o cara pesa normalmente, sem esforço, 90 kg! Porra, para ele ser então bem mais fraco que os demais, estes pesam 140 kg? Só se for! Acho Dos Anjos até mais forte que caras como Maia, e não tão mais fraco como caras como Masvidal.
    Sobre ser o melhor lutador da atualidade, creio que aquele que bateu no Aldo duas vezes, e tornou-se o campeão, merece o prêmio de melhor lutador da atualidade.

    • Diogo Barbosa

      Realmente Hollaway é foda, mas Wittaker e dos anjos estão em situações parelhas (Wittaker numa tão foda senão mais). Tem Ferguson que passou pelos mais distintos adversário, algo louvável tb .

      • Mauro

        Sim, todos estão em ótimas fases.

    • Danilo Ddcarvalho

      Rafa é menor na altura só..
      Fisicamente ele é bem largo,na luta contra o Lawler a largura da perna dele dava duas da do Lawler…levar um chute daquele porra deve ser uma desgraça de ruim..kk

      • Mauro

        Sim, Danilo, bem isso.

  • Mauro

    Algumas pessoas tem o Dos Anjos como a evolução e superação máxima do MMA, talvez seja. É inegável que o brasileiro evoluiu muito, está num patamar muito distinto daquele que esteve antes, quando quase foi demitido, mas será que ele é a evolução e superação máxima do MMA? Quando se fala é superação, me lembro do cara que mais admiro no MMA, o Frankie Edgar. “A Resposta” tem 1,68 de envergadura, 1,67 de altura, nos leves atuava, no dia da luta, com 70 kg, isso antes da USADA chegar com sangue nos olhos e antes da proibição do soro. Atualmente, nos penas, ele atua com 71 kg. É indiscutivelmente um dos principais lutadores que já passou pelos leves e penas. A pior fase de sua carreira foi quando teve três derrotas seguidas, que mesmo duas delas sendo eleito luta da noite, e uma dela sendo por decisão dividida, teve muitos que diziam que estava acabado, e que a aposentadoria chegou.
    Após perder a segunda luta para o José Aldo, até seu próprio treinador tentou convencê-lo da ideia de descer de categoria, no entanto, ele estava irredutível. Atualmente é o mais cotado para disputar o cinturão dos penas, e tem totais condições de vencer o oponente cujo a envergadura é uns 10 cm maior, e a estatura é 11 cm maior, e é 10 anos mais novo.
    Quando se fala em evolução, eu lembro do Tj Dillashaw. O cara chegou a perder para o Dodson na final do TUF. Quando disputou o cinturão, teve gente que deu mais de 90% de favoritismo ao brasileiro. E após vencer, chegou a ser considerado uma das maiores zebras do MMA. Bateu no Barão de novo, bateu no Cody, e tem muitas chances de vencer simplesmente o peso por peso, Demétrius Johnson.

    • Renan Dalmaso

      Ou é muito amor pelo RDA, ou muito ódio, tenho minhas duvidas, não tem nada do RDA que você não faz questão de ou desmerecer ou colocar em duvida algo que está claro..

      • Mauro

        “Algo que está claro…” o que está claro? Que Dos Anjos é a superação máxima do MMA por, pesando 90 kg, tendo 1,75 de altura, e 1,77 de envergadura, ter sido campeão dos leves? Nossa, como ele teve que se superar né?! Bem mais difícil ser campeão com 1,67 de altura, pesando 71 kg.. pesando normalmente 10 kg a menos que seus oponentes.
        Ou está claro que ele é o exemplo de evolução por ter chances de ser campeão em duas categorias, mesmo TJ, que foi dado como extrema zebra contra o Barão, tendo grandes chances de vencer o Demétrius?

        • Tiago Nicolau de Melo

          TJ tem grandes chances, bem como o RDA.
          TJ lutava na de baixo e subiu, bem como o RDA.
          Ambos foram Campeões em uma categoria e tentam ser em outra.
          O grande mérito do Rafael foi se transformar num striker, umas vez que só tinha o Bjj (ótimo, por sinal) no início de carreira.

    • Silas K

      É tão mais fácil assim reconhecer atletas americanos longe de sua realidade do que reconhecer um compatriota seu que provavelmente saiu da mesma realidade de vida que você e já foi campeão do mundo e se encaminha para um segundo título?

      • Mauro

        Silas, ou seja, dessa forma tu reconhece que só “reconhece” o Dos Anjos por ele ser do mesmo terreiro que você? E que se ele fosse, sei la, sueco, você não o acharia essa fera toda?
        Você tem razão, saiu da mesma realidade de vida que eu, por isso eu com 1,67 sou fã dos que tem a mesma dificuldade.

        • Silas K

          Nao deixo de reconhecer os gringos, mas prefiro exaltar meus irmãos porque viveram realidades parecidas com a minha, não tiveram oportunidades de vida para lugar wrestling já no colégio e depois continuarem sua formação como lutador na faculdade e todo o absurdo de estrutura que os caras tem nos EUA, é muito mais fácil se tornar um atleta de elite se você é americano, mesmo assim o Rafa que pesa 86kgs conforme informado por ele mesmo, dominou completamente o Lawler, um lutador tranquilamente 7kgs mais pesado que ele, isso você não admira?

          • Mauro

            Dos Anjos já disse pesar 90 kg em não competição.
            Hum, verdade, Demétrius Johnson já foi até pedreiro, mas só brasileiro que sofre.

            Enfim, o sofrimento de cada um que vire filme. Eu torço por aquele que tem mais dificuldade no octógono. Frankie tem muita dificuldade, e mesmo assim faz parecer fácil. Só para se ter uma ideia: Holloway tem 10 cm a mais em envergadura, e Ortega tem quase 20 cm a mais. É isso que admiro e aplaudo.

          • Everton

            “Eu torço por aquele que tem mais dificuldade no octógono” e ai deixamos de lado todas as dificuldades fora do octógono?

          • Mauro

            Chegar lá é mais fácil que se manter lá. Por isso, apesar da caminhada de alguns em chegarem, valorizo mais aqueles que vencem a adversidade para manter-se.

          • Everton

            Entendo, são os seus critérios. Mas cada um tem sua próprias lutas e desafios fora do Octógono e pra mim isso influência dentro do 8.

      • Mauro

        Admiro pra caralho lutadores baixos que vencem maiores. Envergadura e peso é um problema chato pra kct! Portanto, não admiro tanto quem pesa 90 kg… é bem pesado por sinal.

  • Mauricio

    Pois é, as performances ficaram melhores mesmo.

    Ano que vem a minha musa BEC Rawlings estará de peso mosca, ela já é a 14º no ranking e ano vem, bicho! Vence por volta de Março, depois em Julho e disputa a cinta em Novembro! Podem printar!

  • Igor Martins

    pra mim pelo desafio que teve, considero a jornada do whittaker maior, ele enfrentou dois monstros da categoria, que foi jacaré e o cubano, deu uma surra no brasileiro e ganhou com propriedade do cubano, mesmo estando com problemas no joelho desde o 2 round.ou seja pode se considerar que ele ganhou o título e já defendeu uma vez, na minha opinião o único que pode ganhar dele seria o rockhold, pelo tamanho, envergadura e por tem um chão afiado, mas tenho minhas dúvidas, o garoto está no prumo físico e técnico, e o que ele fez com os dois citados anteriormente tira essas vantagens do rockhold

  • Matheus B

    Whittaker é um monstro, tem perfil de campeão.

  • Danilo Ddcarvalho

    AJ tinha que voltar cara…mellhor meio pesado desde o Bones..pena que sempre entrou sem estrategia contra o Cormier.

  • Nathan Dreak

    Considerando que os lutadores já sofrem com lesões, danos das pancadas, contusões e com os treinamentos, essa perda de peso realmente podia ser evitada. Não que eu tenha a solução ideal. As outras alternativas, como categorias por altura, pesagem na hora da luta, ou qualquer outra alternativa teriam seus efeitos colaterais. Entretanto já deveriam estar discutindo soluções para acabar com isso, e não as vejo.

    • Mauro

      Não creio que tenha uma solução. Não curto muito quando fazem lutadores de vítimas. É uma questão simples: Frankie Edgar corta 5 kg para bater o peso dos penas. Depende exclusivamente do lutador. Se ele quer perder 20 kg para bater o peso da categoria, aí já não é com o evento, ele que está correndo do seu peso natural.

      • Nathan Dreak

        Você não deve conhecer bem o processo de perda de peso, seus efeitos e as atitudes já tomadas em outros eventos. Já existem casos de morte no processo. Certamente você deveria pesquisar mais o assunto. O último nome que deveria receber seria “simples”.

        • Mauro

          Oras, claro que eu sei que já houve morte em perda de peso, mas repito: Algum evento no mundo te obriga a lutar 20 kg a menos do seu peso normal, ou é você quem escolhe isso? É como trocar tiro com a polícia e reclamar que foi baleado.
          Enquanto tiver lutador top perdendo 5 kg para bater o peso, o resto é mimimi.

          • Nathan Dreak

            Se você conhece tudo sobre o processo, inclusive os casos de mortes que são os extremos. Se conhece todas as consequências para o evento e para o esporte, ainda em fase de crescimento, desta prática comum, e ainda considera simples, não tenho mais nada a lhe acrescentar.

          • Mauro

            Me diga, tua acha que é responsabilidade do evento a escolha do lutador em cortar 15 ou 20 kg para bater o peso? Isso não deve ser escolha exclusiva dele?
            Ver se TJ se mata para bater o peso, ver se Edgar se mata para bater o peso? É escolha, cara! Não tenho dó!

          • Nathan Dreak

            Sim, a responsabilidade é do lutador, mas existe o risco de imagem. O evento conhece a prática e as regras e acaba responsabilizado pela forma como a informação é transmitida ao público. Só o vídeo da Cris em processo de perda de peso gerou inúmeras críticas ao evento e ao esporte por permitirem o processo. Casos de morte, claro, são muito piores. Na prática não é tão simples, por isso recomendei que pesquisasse bem o assunto, não foi por mal.

  • Caio Abreu

    sempre achei paradoxo o fato de fazer um corte de peso absurdo, e um dia depois ter gás e força física pra performar em combate, ainda acho que esse lance de corte de peso depende do seu estilo de luta, um cara que mescla muito não tem como desempenhar após um corte drástico, acho que o fator resistência física, é muito mais importante do que propriamente tamanho nesses casos.

  • Felipe Lemes

    Anthony Johnson com 77kg, é pedra..só pode ser

    • Mike Martin

      KKK

    • Davi freitas

      o cara comeca com 77 e vao voltar nos pesados com uns 115kg certo kkkkk rumble cagao

  • Lero
  • Davi freitas

    se o whittaker e pequeno pros medios eo gastelum so vejam o cinturao merece o gastelum ou o whitakker um desses 2 mas com o whittaker ta em boas maos
    mas quero ainda ver whittaker e gastelum luta foda

Tags: , , ,