Pensando Alto: a Análise
Informal do UFC Xangai

Lucas Rezende | 25/11/2017 às 12:16

Que visita fortuita às terras chinesas, esta última parada do UFC em Xangai. Num destino saído do mais abençoado dos biscoitos da sorte, cinco das oito estrelas locais deixaram o octógono trazendo alegria para os mais de dois bilhões de cidadãos do país. É pouca pressão?

Em ritmo de flashback das Olimpíadas de 2008, pouco a pouco a arena ganhava confiança e entusiasmo, conforme o próximo conterrâneo conquistava uma vitória suada, até chegar ao estopim que se consolidou em Li Jingliang.

Numa nota agridoce, Kelvin Gastelum cumpriu o papel e fez o previsível contra Michael Bisping, que poderia ter encerrado o ano sem esta.

Portanto, sem mais delongas, destrinchemos o que restou do UFC Fight Night 122.

Kelvin Gastelum x Michael Bisping

Ávido para apagar a imagem de sua última derrota, quando deixou o cinturão dos médios aos cuidados de Georges St-Pierre, Michael Bisping se precipitou e matou Kelvin Gastelum no peito, quando Anderson Silva teve de ser chamado na salinha para responder umas perguntas e nunca mais voltou. A decisão, que desde então, tinha cheiro, formato e aparência de equívoco, se provou ser o mesmo. Vagaroso, o Conde sequer sobreviveu ao primeiro assalto, após engolir uma esquerda tenebrosa do corpulento Safadão, que esbanjava a bela figura de alguém que precisou da toalha para bater 84kg, com direito a pneuzinhos no cangote. A estratégia de Bisping sai pela culatra e agora são duas imagens aterrorizantes para assombrá-lo, dentro de um espaço de três semanas, faiscando feito um pavio ativo, lhe alertando que sua hora já está para chegar. São 38 anos de idade e um histórico de 39 combates travados. Kelvin Gastelum, por outro lado, segue colecionando dentaduras, ao demolir mais um idoso da categoria, que poderia muito bem ter sido o último prego no caixão do Spider. Há USADA’s que vem para o bem? E se raspar a gordura, cancelar o cheeseburger e fazer uns abdominais, podemos levar Kelvin Gastelum a sério nos médios?

Li Jingliang x Zak Ottow

Há mais do que uma estrutura maxilar imponente ao chinês Li Jingliang, que projeta tanta potência nos punhos, quanto no delineado de sua queixada. Se já não era seguro arrematar que se trata da maior estrela chinesa da história do MMA, agora afirmo o mesmo com tranquilidade. Pouco além do que já se conhece sobre Li Jingliang pode se dizer sobre seu desempenho contra Zak Ottow. É isto que o asiático propõe, desde sempre: nocautes. Hoje, a história acontece no depois. Desde o instante que Herb Dean o desvencilhou do oponente e em uma manobra de José Aldo no UFC 142, porém versão família, Jingliang saltou a barreira do octógono para comemorar com a esposa e a filha, Dana White estourava uma garrafa de Chandon, pois enfim nascera a estrela chinesa que ele desejava. O discurso fervoroso, dialogando diretamente com a torcida ainda foi coroado com uma afirmação que saiu em tom de profecia: o rumo é o cinturão. Um fenômeno tão intenso de se testemunhar ao vivo, que até a parcial restante do planeta, que não possuía menor ideia do que estava sendo dito, sentiu a força. Vale lembrar que se trata do quarto triunfo consecutivo do chinês, que agora deve renascer entre os meio-médios, não mais como um “Ching Ling”, confundido com outros dois bilhões ao seu redor. Hoje, aprenderam o nome de Li Jingliang.

Zabit Magomedsharipov x  Sheymon Moraes

Ontem, meu colega do Bloody Elbow, Mookie Alexander questionou a razão de Sheymon Moraes ser uma zebra tão massiva diante de Zabit Magomedsharipov, estabelecendo que Sheymon se trata de um grande lutador. 24 horas depois, obtivemos a resposta. E não é como se o jornalista norte-americano estivesse equivocado, pois Sheymon, de fato, não é um pobre diabo que chegou ao UFC depois de errar uma curva em Albuquerque. Trata-se, apenas, de outra história, no Daguestão. Estreia ingrata para o brasileiro, e apenas o segundo revés de sua ainda verde carreira. Mais esperto para voos mais altos, o russo que busca todas as letras do alfabeto no sobrenome, enlaçou sua segunda vitória consecutiva com um abraço de anaconda no terceiro assalto e a médio prazo poderá figurar entre a nata da categoria, que atravessa um período propício de renovação. Para Sheymon, resta aprender a digerir o desfecho negativo, refinar o jiu-jitsu, que também foi sua ruína no duelo contra o xará de sobrenome, Marlon Moraes, e se aproveitar do bom e velho ditado que assegura que todos merecem uma segunda chance.

Menções honrosas:

  • O chinês Song Yadong estrangulou o indiano Bharat Kandare, refugo do Brave que já havia alertado se tratar de uma baranga aos ouvidos surdos do UFC, pelo rival Lucas Carrano. Ignorado, deu no que deu. Já avisei, o único indiano que se pode confiar em uma luta, se chama Dhalsim.
  • A chinesa Yan Xiaonan, proficiente na arte do Sanda fez de Kailin “O que ainda está fazendo aqui?” Curran saco de pancadas por 15 minutos e estreou com propriedade em uma luta divertida. A propósito, foi a quarta derrota consecutiva de Curran, cujo cartel geral agora é de 4-6.
  • O Hector Lombard diet, Alex Garcia, estraçalhou a expectativa da estreia do kickboxer daguestanês Muslim Salikhov, único não-chinês a vencer a taça Wushu de Sanda. Como? Investindo na luta agarrada do primeiro ao último segundo, até os três tapinhas com um mata-leão. Parece que essa história de estratégia funciona, mesmo, vamos ficar de olho.
  • Gutembergue Rodrigues

    Kelvin Gastelum precisa se levar a sério urgente!! Tem carisma e talento para fazer frente ao Woodley e Thompson como futuro campeão dos meios médios. Nessa categoria, infelizmente, ele não se cria.
    Tem que deixar de ser preguiçoso e fazer dieta.. O fdp é de uma categoria inferior e quase não consegue bater o peso, que isso mano!
    Fora a falta de profissionalismo, é um excelente atleta e tem uma personalidade bem marcante! Pode ainda ganhar a torcida brasileira com facilidade (se já não ganhou rs).
    Me ajude a te ajudar, Kelvin Safadão!!!

    • Carlos

      Woodley e carisma são coisas inversamente proporcionais.

    • Rudá Corrêa Viana

      Woodley dominou o Safadão no melhor estilo woodley de lutar. Uma UD chatissima, mas eficiente pra ganhar os 3 pontos. Não sei se o resultado hoje seria diferente. Já contra wonderboy acho q valeria apostar no mini Velásquez.

      • Matheus V.

        O Woodley dominou o Gastelum onde? A luta foi decisão dividida e daquelas difíceis de marcar, um round claro para cada e um apertadíssimo.
        Vale lembrar também que o Safadão passou mal para bater o peso e que de lá para cá passou a treinar na Kings. Melhorou muito o boxe, inclusive hoje eu o acho melhor que o campeão nesse aspecto.

        • Igor

          Apostaria fácil no Gastelum de hj contra o ChaT-wood. O moleque sempre evoluiu.

          • Savio Cardoso

            E o George sanpier ainda tem vez nessa categoria dos meio-medios como campeão frente a esses aqui citados?

        • Rudá Corrêa Viana

          Não vi tão difícil assim de marcar. Mas de fato, vale o q está nas papeletas. Naquela luta woodley apenas neutralizou a agressividade do Safadão, e isso bastou pra sair vencedor (na verdade, woodley tem feito isso muito bem nas últimas lutas). Não precisou ser agressivo ou dominante, apenas “desvendou” o jogo do KG da época e impediu que ele o botasse em prática (se impondo fisicamente inclusive). Sobre ele passar mal e como isso deve ter influenciado na luta, infelizmente ou felizmente, isso faz parte do jogo também. Sobre treinar na kings, isso elevou muito o potencial da trocação, como temos visto (todos os médios levaram piaba na cara e foram ao chão) e isso deve ser levado em conta obviamente, porém woodley eh tão bom em deixar a luta chata que até qdo perdeu no ufc, foi monótono (contra o red King canadense). Kelvin pode ser melhor no boxe, mas não duvido que woodley conseguiria anular seu jogo novamente, principalmente levando em consideração o lance do corte de peso, que também faz parte do contexto da luta. Safadão não vai conseguir seguir baixar de peso. Eu ainda acho q ele pode fazer frente a nata da categoria mesmo estando em desvantagem de tamanho. Tudo dependerá do casamento certo e da estratégia empregada na luta.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    kkkkk essa menção do indiano foi relaxe, coitado do cara, Carrano deve tá agradecendo do UFC contratar só refugo do Brave e não as estrelas. E o Jingliang pra mim já dá main event na china sem problemas, joga ele contra o Kim que dá um duelo bom na ásia.

    • Matheus V.

      Eu acharia uma luta dele com o Capoeira animal, mas se o papo é joga-lo no TOP 15, o bom e velho Cerrone tá sempre aí servindo de escada. Saffiedine é outra boa opção.

      • Carlos

        Pessoalmente (não sei o motivo) adoro ver o Cerrone perder, surrado. Se Jingliang não vacilar capaz de mandar o Cowboy pra lona também

        • Rudá Corrêa Viana

          Cowboy tem o queixo e o fígado suspeito. Com a pressão certa o chinês poderia vencer, porém passando do segundo pro terceiro round, nosso bebedor de cerveja cresce no embate (aquela decisão dividida contra o lawler poderia ir pra QQ lado). Teria q nocautear logo no início.

      • William Oliveira

        Acho q é mt cedo pra pegar o Cerrone, eu daria o semi aposentado Ellenberger, gosto de ver ele perder.

        • Matheus V.

          Era muito cedo para o Till pegar o Cerrone também. Eu curto o Cowboy, mas no meio-médio ele é no máximo um porteiro. Pensei primeiro nele porque seria um nome que justificaria um main event de Fight Night.

          • William Oliveira

            Mais ou menos, casos diferentes. Till tomou um susto por causa do gás, mas para por aí tbm, o Li já perdeu, já foi levado ao seu limite por adversários, o Till vinha humilhando bons lutadores e fazendo caras como o Bojan parecerem totais amadores no striking. Li tá com 4 seguidas, mas passar do Ottow pro Cerrone é fudido, responsa pra caralho, enfim, iria com um pouco mais de calma, muito a perder aí, com o Till não tinha tanto.

          • Matheus V.

            É ponto comum que seria um salto de qualidade grande de adversários, mas mesmo já tendo perdido no passado (faz dois anos e isso é bastante tempo para um lutador evoluir), acho que com o Jiangliang apresenta de jogo hoje ele teria como vencer o Cerrone.
            Não é o nome que eu escolheria para o chinês em seguida também, o Cowboy só seria quem eu presumo que o UFC o daria caso sua próxima luta fosse um main event.

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Saffiedine acho que o UFC vai buscar recuperar ele, Cerrone dá luta em…

        • Matheus V.

          O UFC nunca foi muito fã do coitado do Saffiedine, rs. Acho que tem bem cara de luta para ele.

  • Shotokan Karate

    Estou dando risadas até agora. Gordinho bom de briga Kelvin Gastelum colocou o nutella bem no seu devido lugar kkkkkk. O gordinho tem duas bombas nas mãos, um digno representante da escola dos gordinhos bons de briga. Só precisou de uma pra demolir o nutella. Prezados não fiquem implicando com o fato de Gastelum ser gordo. Enquanto ele continuar dando duas lutas pra gente deixem ele comer cheeseburguer a vontade. Até eu sou capaz de pagar um Big Mac pra ele kkkkkk. Temos os exemplos do Fedor (antes que alguém cite a má fase atual dele vamos lembrar que ele sempre foi gordo mesmo na época dos titulos do PRIDE) e do DC pra provar que gordinho tb pode ser bom lutador.

    • KRS Porlaneff

      Entendi a comparação que você quis fazer, Shotokan, mas ela não se aplica.

      Fedor foi campeão HW, ficou invicto uns 10 anos e teve uma enorme seqüência de vitórias. E posso estar errado, mas não lembro dele ter feito alguma luta na categoria de baixo.

      Gastelum já mostrou o talento que tem como WW e suas características físicas lhe dão vantagem na WW e desvantagem na MW. E todo mundo – inclusive ele – sabe que o cara não luta como WW por puro desleixo com a preparação física.

  • Beto Magnun

    Nem exalto Gastelum, pq é um puta talento desperdiçado. Pegar outro do Top 5 vai ser feito de boneco que nem foi contra o Weidman. Dá raiva ver um cara com esse potencial não conseguir fechar a boca. Melhor ficar esperto pois a lista de vovôs dos médios tá acabando. E não acho que ele vence os dois que vovôs da elite (Romero e Jacaré).
    Salikhov, é mais um que mostra que quando um “russo” é muito bom striker, no chão é belo de um noob.

    • Shotokan Karate

      Gastelum pode até ter perdido pro Weidman mas não foi “feito de boneco”. Pelo contrário, Weidman arregalou os olhos com uma bomba que tomou no meio das fuças e por detalhes não levou KO. Weidman conseguiu a vitória por ser eximio wrestler e ter um bom JJ mas se a luta demorasse mais 2 rounds era capaz do gordinho ter ganho.

      • Igor Martins

        por isso é mma, quedou e o colocou pra baixo e aplicou o estrangulamento.

      • Beto Magnun

        O que o Gastelum fez nessa luta além do knockdown? Só ficou de costas no chão e em pé sofreu com a diferença física. Lutando no nível dos top 5, não é todo dia que vai rolar um “Bisping vs Rockrold II”.

    • Matheus V.

      O Romero até que daria jogo por não ser um peso médio grande e não ter lá um jiu-jitsu de ponta. Concordo que o Jacaré (o Rockhold também), sim, atropela o Gastelum.

  • thai verdadeira

    Agora é bisping é idoso ? Para muitos só sexto round, era favorito contra GSP até pouco tempo rsrsrs

    • Baixista Loko

      Como qualquer local cheio de BRs eles mudam de opinião mais rapido que a Adriane Galisteu de namorado.

    • Carlos

      Achava GSP favorito, porém acreditava numa cozinhada do Bisping como fez com Hendo

    • Lucas Rezende

      Uma coisa não anula a outra.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Vocês não acham o Top10 dos Meio-Médios mais casca do que o Top10 dos Médios? Vejo o Gastelum favorito contra todos dos Médios do 5 pra baixo e não tão favorito pra cima e nos Meio-Médios o caldo engrossa no Top10, já, até pq certamente ficará debilitado batendo 77kg.

    • William Oliveira

      Analisando sobre um ponto de vista de P4P, sim, agora analisando em qual divisão é mais fácil de digamos um lutador como o Gastelum e o Hendricks se manterem vencendo? Não tenho duvidas que seria no meio-médio, o top 5 ali do médio é encardido demais e tem mt pedreira como Marreta, Sapato etc fora do ranking ainda.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Verdade, analisei só os 10 primeiros e me passou a impressãod e ser possível pro Gastelum se dar bem com mais caras da 84 do que da 77. Porém, na 77 vejo ele com chances de ser Campeão (não dominante)o que não vejo na 84.
        Por isso que falamos que não existe MMAtemática.

  • Lucas Venagas

    Bisping mediocre como sempre, cade a turma do bisping vence o gsp e da trabalho para o whittaker

    • Carlos

      Bisping 3.0 gastou toda a barrinha de poder especial nas lutas com Spider, Rock n Roll e Henderson.

    • Vinicius Maia

      Creio que ele aguentaria mais pancada do Whitaker pois tem raça e o Whitaker não tem o punch cavalar do Mini Velasques.
      Agora que talento desperdiçado veio. Fecha a boca e vai pros meio médios. Imagina um Gastelum x Rockhold, Gastelum x Jacaré, Gastelum x Romero. A diferença de tamanho vai ser muito grande.
      Ele lutou tão bem nas lutas do meio médio, deu trabalho pro atual campeão quase morrendo pra bater o peso.

  • Carlos

    UFC cagou no pau com essa havaiana, a Curran tinha que ser cortada já na terceira derrota (talvez na segunda), é fraca demais pro nível UFC, apesar de já ter um bônus de luta da noite (mais vontade de vencer da PVZ). Estão estragando a carreira da menina mantendo ela no plantel com adversárias muito melhores, tem que passar uns 3 anos no Invicta pra se recuperar e quem sabe, evoluir, em uma equipe melhor (como está acontecendo com Roxy Motherfucker)

    Bisping é um vacilão, aceitar luta no mesmo mês que tomou knockdown e foi apagado, lógico que viria sem ritmo e sem reflexo, foi totalmente boba a maneira que rolou o nocaute (e caiu feio, fedendaço!)

  • Rudá Corrêa Viana

    Não eh querendo ser engenheiro de obra pronta, mas não apostaria no bisping contra o Safadão mesmo que ele tivesse feito o Camp completo.

    • Jp Mikelane

      É…
      Não quis, mas foi.

  • William Oliveira

    The Leech e Magomedsharipov fizeram exatamente oq eu esperava, incluindo qualidade de performance, meio de vitória e round, agora esse Yadong Song entregou mt mais, com 19 anos é um baita lutador pra ser trabalhado também, por mais baranga que o indiano seja, a velocidade do chinês que me impressionou.

    E qualquer hype do Salikhov foi embora dps dessa, Garcia apesar de bem forte sequer é grappler, MMA é pra poucos msm.

  • Gutembergue Rodrigues

    Rapaz, tava pensando aqui.. Já que o Kelvin Safadão não vai descer de peso mesmo por ser do #tiramisuteam, ia ser irado casar ele contra o Borrachinha hein!! Praticamente só sobra ele.. Vai ser borrachinha ou Derek Brunson (que já pediu a luta por sinal).
    Ia ser uma luta muito boa de se ver.. Aí sim acho que seria um teste pro Borrachinha, que é beeeem maior e mais forte. Poderíamos ver se nosso Bodybuilder tem futuro mesmo ou se é apenas mais um Erick Silva da vida..

  • Alisson Passos

    Vi uma curiosidade que o Bisping se tornou o lutador com maior numero de knockdowns sofridos no UFC! Esta informação esta correta? Alguém sabe quantos foram? kkk
    E pensar que o Gastelum será derrotado por ele e por seu apetite nesta categoria… E ser muito positivo achar que ele pode com a turma de troglodita top 5 ou mesmo 7 do UFC nos pesos médios!

    • KRS Porlaneff

      Fora o Safadão, apenas o Belfort e o Hendo nocautearam o Bisping e saíram com essa vitória (Spider também nocauteou, que conte nos autos).

  • Flávio – Maringá

    Legal o tal de Magomedsharipov, mas precisamos falar sobre os russos do Daguestão! Ok, Ok, eles são duros, todos muito bons lutadores, mas… nenhum deles passa das quartas-de-final, talvez das semi (“Nurma”). Sempre fico com impressão que qualquer um deles sempre irá esbarrar no top 10, talvez 5… Será que só eu penso assim… Valeu galera!

    • William Oliveira

      Baseado no que vc diz isso? Eles tão chegando aos poucos e n tem mt tempo, normal não estarem todos rankeados agora..

  • magnuseverest

    Com a displicência do Kelvin o negócio é ir lutando com os velhos da categoria,Kelly,Lyoto,Romero ou Jaca…
    Se baixar de categoria tem chance de ser campeão,mas se sacrificar pelo peso não parece ser a dele.

Tags: , , ,