O lendário GSP e as façanhas
de Dillashaw e Namajunas

Renato Rebelo | 06/11/2017 às 17:00

Está no ar a edição de número 189 do nosso podcast!

Nesta semana, tive as companhias dos colunistas do Sexto Round Lucas Carrano Rodrigo Tannuri.

Pauta:

3m51s – Resenha do UFC 217


*Para baixar o programa, basta clicar na setinha apontada para baixo na parte superior do “player” à direita.

** Para escutá-lo no Itunesclique aqui.

  • Renato Rebelo

    Pessoa, por ora, vou voltar a postar o podcast apenas no Soundcloud – deixando pro Youtube edições especiais e/ou mais elaboradas (tô pensando num formato com imagem tb).

    O trampo e o tempo que consome pra subir em vídeo é mt alto e minha segundas tem estado cada vez mais corridas. Mas vou pensar em outra forma – e, por ora, seguimos como sempre foi.

    • Igor Bittencourt

      eu prefiro o podcast de 1h, 1h e pouco do que uma versão no youtube haha

    • Jefferson Rosa

      Pô eu curti a versão do Youtube..qnto mais plataforma melhor na minha opinião.

      • Renato Rebelo

        Eu tb prefiro, Jefferson, mas, no momento, não tenho como abraçar o mundo. Vou dar um jeito – odeio retroceder tb…

        • Lorenzo Freitas

          Fica tranquilo que o sexto round é o melhor podcast de mma, bem comentado e editado, o youtube é bom pra ter novos ouvintes, mas quem curte mma e escuta uma vez vai escutar em qualquer plataforma.

  • Jônatas Freitas

    Evento foda, acho que o melhor que já vi até hoje..
    Vitória da Rose foi emocionante, a derrota do Cody foi surpreendente, GSP monstro, enfim, entrou pra história.. podcast ta foda 🙂

    • Rodrigo Tannuri

      Obrigado, Jônatas 🙂
      Evento mítico e com histórias maravilhosas!

  • Lucas Venagas

    Thompson vai punir o colby correndo pro lado 90% da luta?
    se quer punir ele de verdade tem que ser o lawler

  • Carlos Montalvao
    • Anderson Tomaz

      confesso que fiquei pensando em voce no domingo hahaha
      deve ter se sentindo como eu pós UFC196 (se bem que Joanna apanhou do inicio ao fim, já Holly deu bobeira numa luta já ganha/ não sei o que é pior lol)

      • Carlos Montalvao

        Tô triste porque Joanna deu bobeira demais em pé e vou ter que esperar provavelmente até abril pra ver ela lutando de novo. Porém, tentando analisar friamente não foi o cacete que as pessoas falam, tomou os golpes mais contundentes mas vinha em grande volume. Pra mim ela perdeu de forma feia por tudo que fez antes da luta, mas surra mesmo é de Bisping x GSP pra cima, ou o que as adversárias da Jedrzejczyk até então tinham levado, por 15-20-25 minutos.

      • Carlos Montalvao

        Mas tô mais decepcionado pela espera e pela forma que a luta rolou do que na bad pela derrota da polonesa, queria que o dia que ela perdesse fosse estilo Aldo x Holloway, Holm x Tate ou Diaz x McGregor 2

  • Lucas Venagas

    “Tinha tudo contra ele”
    De fatoTer a chance de ganhar um cinturão lutando com o michael bisping realmente é ter tudo contra voce,imagina quando ele começar a ter sorte então

    • Leo França

      Nisso tenho que concordar

    • Rodrigo Tannuri

      Tranquilo voltar depois de quatro anos, na categoria de cima, contra um adversário maior fisicamente e acostumado com o peso, né? Deu certo, mas a tarefa não era nada simples como você diz.

  • Gustavo Martinek

    Carrano certíssimo sobre a falta de profissionalismo sobre quem fuma maconha, que já passou da hora de liberar, e sobre o sobrepeso de atletas.

    Da maconha, pior, pelo que me lembro do Dana falar quando o Gastelum foi pego, só pega se fumar no dia da luta.

    • William Oliveira

      Mas já é liberado cara, é só não usar perto da luta, eu n entendo qual a dificuldade, minha opinião é a mesma do Carrano.
      Nada contra quem fuma, embora n seja minha praia (tentei somente uma vez), n vejo problemas. Entretanto, se o atleta é um viciado que não pode ficar 1 semana sem faze-lo, talvez não deva estar no UFC, uma certa disciplina tem que ser necessária.

      • Gustavo Martinek

        Estou de acordo com você. Quis dizer que deviam excluir do antidoping, pois é uma droga que muitos tem licença legal para usar. Massss, enquanto estiver na lista de substâncias proibidas, precisa ser profissional e cumprir com as regras.

        • William Oliveira

          Sim, entendo oq vc quis dizer, mas tbm sou contra, pq sei que até certo ponto tem um efeito “tranquilizante” e diminui algumas sensações como dor. Lutadores fumariam no msm dia da luta, se duvidar, nem rola. Tem que ter algum controle.

  • Beto Magnun

    Não é jogo mesmo pro ST Pierre ficar nos médios. Ele lutou muito bem, mas bem na cara que a ferrugem e o ganho de massa muscular (parecia um barril, mas de músculos e não banha que nem o Pig Rigg) afetaram o gás de um cara conhecido por ser maratonista. Mas quero vê-lo contra o Whithaker, mas quem leva o Dana Branco a sério?
    Quanto ao Cody, acho que o grande lance dele é a poder e a velocidade dos punhos. TJ e Cruz se movem melhor, mas é difícil acompanhar as mãos do mala sem alça. E outra é que o Cody é muito acertável. Contra o Thominhas, ele saiu com o rosto um pouco machucado, e o Cruz acertou mais golpes do que ele. Só que o Cruz não tem poder de nocaute. Joga pra pontuar. TJ não é rápido como Cruz, mas compensa com potência.
    Quanto a Joanna, baita lutadora. Fala demais? Convenhamos que as credencias dela permitiam isso. O melhor que ela faz é partir pro peso mosca, pois é visível que o corte de peso arregaça ela. Sem cortar tanto talvez ela fique mais resistente e não tome mais sustos como tomou contra a Gadelha e Carol.
    E quanto a Rose… Qui mulherão da porra!
    https://www.youtube.com/watch?v=YK5V6ZX1J0s

  • Baixista Loko

    No poadcast é fácil falar isso sobre a maconha, quero ver ir numa festa e falar isso na frente do Nate , Nick , Melendez e Gastelum kkkkkkkkk

    • Rodrigo Tannuri

      Concordo! Carrano é um louco. Tretar com o Rizin é fácil, quero ver provocar essa galerinha aí kkkkk

  • Bernardo Oliveira

    Ainda acho Cody melhor que TJ. Numa revanche vou de Cody.

    Whittaker vai matar GSP.

  • Bernardo Oliveira

    Ah, e Jessica passa o carro na Rose.

    • Rodrigo Tannuri

      Não sei se passa o carro, mas também acho a Jéssica favorita 🙂

      • Carlos Montalvao

        Acho cedo esperar muito da Rose, afinal temos Matt x GSP e Cigano x Cain (que na revanche os primeiros vencedores foram aniquilados) e os one hit wonders tipo Douglas x Tyson, Holm x Rousey, GDR x Holm, Esparza x Namajunas, Tate x Holm, etc. Jedretismo pode estar me cegando, mas esperemos o próximo title shot. Além de não dar mais pra duvidar da Rose, que pega bem no solo (onde Jéssica possui várias derrotas) e agora o camp com Shevchenko e new way of training que fez bem demais pra ela.

        • Rodrigo Tannuri

          Estou numa sinuca de bico, pois gosto das duas. O bom desse encontro é que ambas são bem jovens, ou seja, pode se tornar uma rivalidade e tanto no WMMA 🙂

  • William Oliveira

    Esperava vitória do Dillashaw, mas por decisão, me surpreendi pra caralho e fui dormir feliz em ver o Cody perder por nocaute. Acho TJ mais lutador, mais versátil, maior QI de luta e tem um gás infinito.
    O Cody só viu o quarto e quinto round uma vez na carreira, contra o Cruz, então tenho minhas duvidas se ele manteria o ritmo por tanto tempo.
    Contra o Cruz conseguiu pq ofensivamente o Cruz tá longe de ser tão bom, a parada dele é o footwork defensivo. Gostaria mt de ver um main event de UFN com Cody x Lineker, é possível que os body shots do brasileiro acabassem com o gás dele e a luta tivesse um decorrer parecido com Gadelha-Andrade.

    E ah, acho que mt gente tá pegando pesado demais com o Borrachinha, beleza ué, talvez hoje ele não ganharia do top 5, mas calma aí, ele tem potencial pra caralho e a questão é que primeiro temos que vê-lo contra um top 8-15, assim ele vai evoluindo aos poucos. Não vi ngm sugerindo jogar ele pros leões do peso médio.

    • Rodrigo Tannuri

      Borrachinha vai longe! Acho que já tem que ser jogado aos leões sim e, se bobear, já vence gente grande.

  • Fabricio Alves
  • Iury Alves

    Qual é Tannuri, sem negro maravilhoso da semana?

    • Rodrigo Tannuri

      No way!
      O prêmio foi pra ele, o queridíssimo OSP, mestre da magia negra S2

  • Carlos Montalvao

    GSP x Whittaker só me faz pensar no “E SE…”, Georges cozinha Robert até a decisão e Spider nocauteia o crush da Ana Hissa…

  • Daniel R Carletti

    Tannuri, o Cody também deu parabéns pro TJ:

    https://twitter.com/Cody_Nolove/status/927028466041663489
    “Live and Die by the sword! I will be back, thanks for all the love and support!! Congrats to @TJDillashaw”

    • Rodrigo Tannuri

      Depois sim. Na entrevista pós-luta, deixou bem claro o que disse no pod 🙁

      • Daniel R Carletti

        Triste

  • Rudá Corrêa Viana

    TJ pode até ser team do mal, mas qto lance de trocar de academia acho normal. O cara viu que era melhor sair da Alpha FAIL e continuar com o Ludwig. Ele evoluiu muito treinando com ele que preferiu seguir os passos do treinador que forjou seu novo striking. O próprio Chad mendes evoluiu pra caramba seu boxe e jogo de pernas durante a estada do Duane na Alpha Male. Creio q chegou em um tempo que o Snake pensou: porra! Eu não quero voltar a ser apenas um wrestler com over hand (“característica” dos filhos do california kid)! Vou sair dessa bagaça. Qto as histórias de deslealdade dele, infelizmente isso só apareceu depois q ele saiu. Se isso realmente foi vdd, o principal errado por essa situação eh o Chefe Queixo de Bunda. Ele que deveria ter tomado uma atitude qto a isso, mas enquanto o Snake tava dando resultado, nome e notoriedade para equipe, ele ficou caladinho e que se foda a galera da academia tomando lesão. Mas aí qdo o cobrinha resolveu sair, visando continuar crescendo tecnicamente, virou vilão!? Essa história tem dois lados e duas medidas.

    • Rodrigo Tannuri

      Concordo! A atitude do TJ não foi nada condenável. Exageraram totalmente!

  • Lorenzo Fertitta

    Um evento dessa magnitude merecia um podcast como esse. Alta qualidade, duração maior e vinheta com o Wand mitando kkkkkkkkkk
    É visível a queda de rendimento nos palpites do Rodrigo ‘The Phenom’ Tannuri pós-USADA. Não dá mais pra ele, acho que está na hora de migrar para palpitar em eventos menores…

    p.s.: heheheh “mais um dente se foi”… Seria Lucas Rezende o Ian McCall do Sexto Round?

    • Rodrigo Tannuri

      Já entrei numa rehab pra reencontrar minha melhor versão kkkkk
      O retiro vai dar certo. Em 2018, a máquina voltará imparável!

      • Lorenzo Fertitta

        Opa, senti firmeza! 2018 será um ano mítico para o MMA: retorno de Arona, Tibau e Tannuri.

        p.s.: Espero que não seja a mesma Rehab do Kevin Spacey.

        • Rodrigo Tannuri

          Estou fora! A sujeira fica em Hollywood kkkkk

  • Giovani Lucena

    O mais emblemático desse evento foi o contraste clássico que ocorreu com a carreira de GSP e Hendricks.

    Pensar que a 4 anos, que havia sido a ultima vez que GSP pisou no octógono, todos pensavamos que a carreira de GSP seria decadente, e Hendricks era injustiçado, e um futuro campeão dominante nos meio medios.

    4 anos depois, eles estão no mesmo evento, com Hendricks abrindo card principal vindo de 3 ou 4 derrotas custando a bater o peso na categoria de cima, perdendo de forma avassaladora para um prospecto, e GSP, se tornando campeão da categoria que abriu o card principal…

    Isso só demonstra como é complexo simplesmente fazer uma projeção da carreira dos lutadores apenas se embasando em idade, performance de lutas passadas. Quem sempre se supera é aquele que é mentalmente forte: Inclusive por suas motivações. GSP hoje é um peso medio (e campeão) por aceitar um desafio fora de sua zona de conforto, já para Hendricks, se tornou um peso médio por obrigação, por não ter mais motivação para conseguir bater o peso em sua categoria de origem.

Tags: , , , , , ,