Atacando de Joe Silva:
lutas a casar pós-UFC 217

Laerte Viana | 06/11/2017 às 10:15

Fala, galera!

É muita ousadia (ou ousadura, como diria Felipe Melo) dizer que o card entregue no Madison Square Garden, em Nova York, entrou para o top 5 de maiores/melhores de todos os tempos? Três reis depostos, volta de um lutador lendário, nova geração dando as caras, nocautes memoráveis dignos de highlights… esses foram apenas alguns dos destaques da noite.

Com os cenários desenhados, vamos deixar a conversa fiada de lado e falar do que de fato interessa: os próximos passos dos principais nomes do UFC 217:

1num

Georges St. Pierre x Tyron Woodley

Genial como sempre, Georges St. Pierre soube driblar todas as adversidades para retornar de maneira triunfal ao palco em que poucos se sentem tão à vontade quanto o canadense. Colocar Michael Bisping para dormir e, consequentemente, conquistar o título dos médios é só mais uma das façanhas de tirar o chapéu de um dos melhores de todos os tempos.

A questão é: qual será seu próximo passo? Ainda no octógono, GSP deu aquela velha migué e não se mostrou nada animado em pegar o carniceiro Robert Whittaker, campeão interino. Na coletiva de imprensa, Dana White garantiu que haverá a unificação dos cinturões, até lembrando que há um contrato assinado. Entretanto, não é novidade para ninguém que a palavra do presidente não é muito confiável.

Acredito que St.Pierre voltará ao seu habitat natural para desafiar Tyron Woodley, atual número 1 da categoria na qual reinou durante seis anos. Azar de Rafael dos Anjos e Robbie Lawler, que terão que esperar mais um pouco para receberem a prometida chance de lutar pelo topo.

NUM_2

Michael Bisping x Chris Weidman

Acabou o conto de fadas vivido por Bisping. Passado os 17 meses áureos, é hora de voltar a realidade. Embora de fato nunca tenha tido nível para ser campeão, seu lugar é, há um bom tempo, perto dos cinco ou seis melhores dos médios.

Com o revés, finalmente chegou a hora do Conde enfrentar Yoel Romero, certo? Na teoria, talvez. Na prática, não vai rolar. Se já fugia quando era alvo, não será agora que irá aceitar por livre espontânea vontade bater de frente com o cubano.

Contudo, enfrentar alguém fora da elite também pegará mal, portanto há um nome na medida para o inglês: Chris Weidman. Aliás, o confronto já tem até a data ideal para acontecer: 17 de março de 2018, em Londres. Bisping, inclusive, já pediu para lutar no evento…

NUM3

TJ Dillashaw x Demetrious Johnson

No main event moral da noite, Cody Garbrandt e TJ Dillashaw entregaram aquilo que era esperado de dois dos melhores galos da atualidade – e da história: show de habilidade, rivalidade à flor da pele e reviravoltas, com desfecho positivo para o velho-novo campeão.

A princípio, é fazer dizer que TJ deve enfrentar quem levar a melhor entre Dominick Cruz x Jimmie Rivera, que rola no UFC 219. No entanto, não há hora melhor para fazer a tão aguardada superluta com Demetrious Johnson. O próprio Dillashaw já pediu por isso na entrevista pós-evento.

“Só” falta o rei dos moscas aceitar sair da sua zona de conforto e ir em busca de cravar definitivamente seu nome entre os maiores. E, sinceramente, posso até parecer eufórico pelo momento, mas arrisco a dizer que seria tranquilamente top 3 das lutas mais técnicas da história.

NUM4

Cody Garbrandt x Jimmie Rivera 

Depois de conhecer pela primeira vez sabor amargo da derrota, Garbrandt não tem outra escolha a não ser reencetar seus passos nos galos. Por sua qualidade técnica e relevância até 61kg, não precisará emendar uma sequência de triunfos.

Acredito até que mais uma ou no máximo duas vitória o recoloca numa disputa de título. Sendo assim, é natural que enfrente um candidato direto ao posto, situação que se encontra Jimmie Rivera. Independente do resultado contra Cruz, o Terror, pegando como gancho minha linha de raciocínio para a próxima luta de Dillashaw, não será agraciado com o title shot.

Sendo mais claro: Rivera, mesmo se ganhar, teria que ficar muito tempo de molho se TJ x DJ sair do papel. Ou seja, precisa de um par no baile, até porque seu nome não é tão relevante ao ponto de lhe garantir algo.

NUM5

Rose Namajunas x Joanna Jędrzejczyk 2

A zebra passou, desfilou e sambou na disputa de cinturão peso palha feminina. Maior favorita da noite, a espetacular e até então invicta Joanna Jędrzejczyk não viu a cor da bola e foi brutalmente destronado por Rose Namajunas, que aproveitou a segunda oportunidade que teve em chegar ao topo – perdeu para Carla Esparza no título inaugural do peso, em 2014.

Antes de tudo, já digo que não sou a favor das revanches imediatas. Nesse caso, porém, é bem compreensível. Oras, a polonesa, que já está na lista das melhores lutadoras de todos os tempos, vinha de cinco defesas em série e é tida, apesar da derrota, como a melhor mulher do mundo pesando até 52kg.

Apesar da surra, a revanche é justa para Joanna. Rose, por sua vez, terá a chance de mostrar que o dia 4 de novembro não foi apenas um dia de sorte em sua trajetória.

NUM6

Stephen Thompson x Colby Covington 

Estou para dizer que é difícil vermos um indivíduo tão técnico quanto Stephen Thompson disparado seu arsenal de golpes. Após duas tentativas frustradas de tirar o cinturão de Tyron Woodley, o ex-desafiante não teve muitas dificuldades para vencer o duro Jorge Masvidal por pontos e voltar a ter seu braço erguido.

Número 2 no ranking, Wonderboy não receberá um novo title shot tão cedo, pelo menos não enquanto T-Wood for o campeão. Partindo desse pressuposto, a receita é reconstruir seu caminho aos poucos, sem pressa. Conforme adiante na última semana, o próximo passo deveria ser contra Colby Covington.

O falastrão americano, uma posição atrás até 77kg, está doidinho por uma luta contra alguém das cabeças. Como gorjeta, vou deixar outra sugestão: Thompson pega Darren Till e Covington enfrenta o vencedor de Dos Anjos x Lawler, uma vez que os dois foram “prejudicados” pela vitória de St. Pierre.

Paulo Borrachinha x Derek Brunson

Sim, eu sei que casei Derek Brunson x Luke Rockhold há menos de sete dias, mas me dei o direito de mudar de ideia. E explico o motivo pelo qual o cenário dos médios tomou outros rumos dentro da minha cachola pensadora.

Com o atropelo para cima de Johny Hendricks, Paulo Borrachinha mudou de patamar na carreira. Se antes o hype em torno de seu nome já estava nas estrelas (até um pouco exagerado, talvez), agora ficará imensurável. Invicto (12-0), 11 vitórias por nocaute, jovem, agressivo e provocador. Em outras palavras, seu nome será muito explorado pelos patrões.

Provavelmente aparecerá no ranking até 84kg e o desafio seguinte será um top 10. O mineiro mandou muito bem em pedir por Derek Brunson, o sexto na lista. O casamento tem tudo para ser intrigante e colocar o vencedor na boca do top 5. Quanto a Luke Rockhold, aguardemos os capítulos de Anderson Silva x Kelvin Gastelum ou o retorno de um dos veteranos da divisão.

Obs: Através de seu Twitter, Brunson se manifestou negativamente em relação ao combate. Como seu poder de barganha não o deixa apto a escolher lutas, ainda assim mantenho a escolha.

Casamentos extras: 

  • Você pode achar que a interrupção foi precipitada ou não, a questão é que James Vick deu cabo do ótimo Joseph Duffy, em confronto de possíveis integrantes do top 15 dos leves num futuro bem próximo. Com 8-1 na casa e três bons resultados em sequência, o gigante de 70kg deve ser novamente testado contra alguém ranqueado, de preferência entre os 10 primeiros. E é aí que entram Dustin Poirier e Anthony Pettis, que medem forças na próxima semana. O perdedor seria um ótimo teste para Vick.
  • Ovince St-Preux vinha perdendo para Corey Anderson até tirar da cartola uma patada de perna direita e mandar o campeão do TUF 19 para outra dimensão. Bem, por já ter traçado o futuro de OSP há pouco mais de um mês, continuo com a mesma ideia retratada. Nada mudou. Segue o jogo.
  • UAU! No duelo de prospectos do peso galo, quem se sobressaiu foi Ricardo Carcacinha, que venceu o primeiro round, perdeu o segundo e brutalizou Aiemann Zahabi no terceiro. Com somente 22 primaveras completadas e 11-1 no cartel (2-0 no Ultimate), o paulista natural de Campinas se coloca bem na fita até 61kg. Em entrevista à esse jornaleiro que vos fala, Carcacinha disse, há 15 dias, que pretendia desafiar o compatriota Thominhas Almeida. Que sua vontade seja feita, até porque o produto da Chute Boxe precisa recomeçar seu caminho contra alguém que (ainda) não faça parte da elite – acrescenta aí o fato que os dois já tinham uma “rivalidade” pré-UFC.

Amigos, me ajudem com os destinos de Jorge Masvidal, Johny Hendricks e companhia? Mandem bala!

  • Malk Suruhito

    Uai Laerte, tu não já definiu como revanche, pq tá colocando a Joanna novamente nos pedidos de sugestões?

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Poxa, falha minha. Passou despercebido. Obrigado pelo toque. 🙂

  • Shotokan Karate

    Belas sugestões Laerte. Basicamente só irei sugerir Garbrandt vs Cruz 2 com o ganhador ganhando TS contra o Dillashaw. Borrachinha ganha relevância com o atropelo em cima do barba e faz sentido ele encarar o Brunson. Acho que GSP tem bala na agulha pra ganhar tanto do Whittaker como do Romero mas a decisão é dele. Se ele acha melhor voltar pros Welterweights então que retorne, vai tornar a divisão ainda mais show uma vez que teremos dois karatecas (GSP e Wonderboy) mais o Rafael, Ruthless e Woodley. Vai ter tudo pra ser a melhor divisão do UFC e de todo o MMA.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      De fato. A categoria dos meio-médios, ao lado dos leves e galos, é uma das melhores do mundo.

  • Julio Varoni

    GSP x Whittaker
    Dillashaw x Johnson
    Garbrandt x “Assuncao x Lopez”
    Namajunas x Jędrzejczyk 2
    Thompson x Till
    Borrachinha x Jotko (UFC Pará)

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Acho que Borrachinha x Jotko não faz muito sentido, o polonês tá numa fase ruim. rs

      • Julio Varoni

        Mas seria interessante para testar Borrachinha. Se derem logo um top 10 talvez seja de mais. Melhor ir com calma

  • Renan Oliveira

    Casamentos para os vencedores:

    GSP x Whitaker
    Dillashaw x DJ (Fly)
    Namajunas x Bate-Estaca
    Thompson x Till
    Borrachinha x Marreta
    Vick x Chiesa
    OSP x Gustafsson

    Casamentos para os perdedores:

    Bisping x Romero
    Garbrandt x Lineker
    Joanna x Valentina (Fly)
    Masvidal x Covington
    Hendrix x Machida
    Duffy x Felder
    Anderson x Latifi

    • FabioH

      A Joanna já disse que quer recuperar a cinta dos palhas antes de uma migração para a FW, mas um embate com a Valentina é sonho de consumo com certeza

    • Ícaro

      Garbrandt x Lineker seria demais. Ai sim a gente ia ver o quanto o queixo do Lineker aguenta

      Covington não vai lutar com um cara que perdeu pra Demian Maia

      • Savio Cardoso

        O Tj tirou o Lineker praticamente para nada, acho q melhor desafio seria o Assunção q também foi derrotado pelo mesmo mais perdeu nunuma boa luta depois de um tempo parado.

      • Tiago .

        Grande luta, gostaria muito de ver.
        Embora mais técnico, queria ver se o Garbrandt aguentaria ficar na curta com o Lineker, fora que ele não tem a qualidade de quedas do Dilashaw. Seria um lutão.

    • Malk Suruhito

      Pq tanto ódio com o Bisping? :v

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Boa, Renanzão. Mandou bem.

      Borrachinha x Marreta seria animal.

    • Lorenzo Fertitta

      Masvidal e Covington não se enfrentariam, já declararam que são BFF lá na ATT.
      Wonderboy X Till e Borrachinha X Marreta pra ontem!

  • Thiago_NCO

    Não é “ousadura” não, Laerte!! Acompanho o UFC desde 2010 e assino o Combate desde 2012 e pra mim foi o melhor card desde então!! Sensacional, cheio de nocautes e momentos épicos. Mas, claro, questão de opinião e talvez algum colega que acompanha há mais tempo discorde.
    Quanto ao GSP, prefiro que ele abdique a cinta dos 84 (lembrando que os médios já têm um champs, né não?) e desça direto pro TS. Sinto muito pra todo mundo, mas o cara merece TS instantâneo, não existe furada de fila, lembrando que ele nunca perdeu a cinta de fato.
    Quanto ao TJ: Mouse, mata no peito essa, nunca te pedi nada!!!

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Só acho que um erro não justifica o outro. Não é porque erraram com o Aldo que é preciso errar com a Joanna. hehe

      Valeu pelos comentários, fera.

  • João Vitor Andrade

    Não concordo com Derek vs Borrachinha o gringo vem de vitória e o BR ainda não é ranqueado faz mas sentido Borrachinha vs Jotko ou Branch .
    OSP vs Gustafsson tambem seria uma boa.

    • Thiago_NCO

      Respeito sua opinião, mas vamos lá…
      Queria entender por que tá todo mundo menosprezando tanto o Eraser. Cara, ele derrotou o “Lula” de maneira muito convincente! Ok, o barba tá longe do auge, isso todos sabem, mas já foi campeão do maior tanque de tubarões do evento e já deu a maior coça da vida num certo canadense aí. Se isso não credencia o sujeito a encarar o Brunson (Brunson!!! Não estamos falando do Surfista ou Romero!! ), fica difícil :/

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Verdade, OSP x Gustafsson é uma ótima sugestão.

  • douglas karpinski

    Depois desse Card, as divisões saem das trevas, agora sim tem movimentação de lutadores, Bisping foi um erro, TJ movimenta a categoria com essa vitória e tb a categoria de baixo se tudo ocorrer bem, e Namajunas fez aquilo que todos queriam, que card galera na boa, o melhor do ano até aqui na minha opinião….

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Também acho que foi o melhor do ano. Em todos os sentidos, inclusive.

  • Carlos Ximenes

    Sobre o Rush: eu não sei quantas lutas ele pretende fazer nesse retorno, mas queria ver 3. Primeiro ele tentando unificar a categoria contra o Whittaker, depois tentando retomar o seu tradicional lugar aos 77 contra o Woodley, e depois dependendo do contexto uma defesa dos médios contra o Spider. Tudo bem que não é o Anderson de alguns anos atrás, mas eu teria orgasmos ao ver essa luta sendo anunciada aahahahahah

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Eu confesso que ficaria muito amarrado em ver GSP x Anderson. haha

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    GSP x Whitaker
    Bisping x Romero
    Namajunas x Joanna
    TJ x DJ
    Garbrandt x Vencedor de Moraes/Dodson
    Thompson x Covington
    Masvidal x Kim
    Borrachinha x Branch
    Hendricks x Marquardt se perder pro Mutante
    Vick x Iaquinta
    Duffy x Vencedor de Trujillo x Makdessi
    Godbeer x KLB
    Harris x Poberezhets
    OSP x Vencedor de Glover x Cirkunov
    Anderson x Cummins
    Brown x Jouban
    Gall x Ayari
    Ramos x Kelleher
    Zahabi x Gagnon

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Ramos x Kelleher é uma boa, assim como Vick x Iaquinta.

  • Jonas Greco

    Georges St. Pierre seria favorito contra o Tyron Woodley??

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Pra mim, sim.

    • Tiago Nicolau de Melo

      Sim.

    • magnuseverest

      GSP destronando as malas Bisping e Tyron,mas o preço é deixar duas categorias paradas,ou com cintas interinas sem sentido.

  • KRS Porlaneff

    E aos poucos as coisas vão entrando nos eixos.

    Agora só falta Cucuy tirar a cinta do Conor, Woodley perder, GSP deixar a cinta vaga para promoverem Whittaker a campeão MW linear e a LHW sofrer um milagre.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Belo cenário desenhado. haha

  • Pablo Ramalho

    Quem está afim de ver Joanna e Rose 2? Eu não…
    Vai que a Joanna ganha e segura a categoria novamente.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Joanna, mesmo se ganhar, já indicou que não deve permanecer por muito tempo no peso palha. Os cortes de peso da moça têm sido bem sofríveis, inclusive.

      • Renan Oliveira

        Então, o certo pra ela é a Fly. Vai que faz essa revanche imediata e perde de novo? A possibilidade disso acontecer é enorme.

        • Laerte Viana Venâncio Alves

          Vou responder igual respondi há pouco. Hehe

          Não pensei nem no resultado em si, mas sim por todo o contexto, pela trajetória da Joanna na categoria. Acho bem válida a revanche imediata nesse caso. (2)

          • Renan Oliveira

            Revanche imediata só deveria acontecer em casos raros como um empate ou uma vitória contestável do desafiante. Como foi uma surra, não acho que agora é o momento certo para acontecer.

          • Laerte Viana Venâncio Alves

            Não enxergo dessa maneira, meu ponto de vista é outro. Mas é só uma opinião mesmo. hehe

          • William Oliveira

            Concordo, caso pra revanche pra mim é o do TJ, que perdeu pro Cruz por mt pouco e era o campeão dominando os adversários até então. Ou pra casos como o do Anderson que perdeu brincando. Quem perde de forma clara assim n deveria ter revanche, n importa a dominância.

          • Malk Suruhito

            O TJ defendeu o título 3x e ganhou 2, sendo que a primeira foi contra o Joe Soto que entrou de última hora e ia fazer uma luta de 3 rounds, mas o Barão teve que sair do card e ele segurou a marimba. Dominante como lutador em suas vitórias, ok, mas como campeão, não.

          • William Oliveira

            Como campeão, também. Dominou o Soto e o Barao, mesmo que a primeira tenha sido short notice. Pro Cruz perdeu por coisa de 1 round.

          • Malk Suruhito

            Dominar 2 lutas e ser campeão dominante são coisas distintas.

          • William Oliveira

            Enquanto campeão, ele foi dominante nas defesas que fez. Foi isso que eu disse, não disse que ele foi um campeão dominante.

    • Renan Oliveira

      Joanna já fez tudo o que tinha que ser feito nessa divisão. O negócio dela é buscar novos ares. Se rolar revanche, tomara que a Rose vença de novo.

  • Mauricio

    Vamos lá ver se dá pra pensar em algo legal… (Vou copiar o Estilo do Renan haha fica melhor

    GSP vs Whittaker

    TJ x DJ (podendo até ser peso casado, o importante é a luta)
    Rose x Karola 2 ou Tecia (Aldo não teve revanche, Cruz não teve…)
    Wonderboy x Colby, Caso o GSP lute contra o Tyron casaria Wonderboy vs RDA ou Lawler)
    Borrachinha vs Branch
    Vick vs ( Derrotado de Poirier vs Pettis)

    Samprô vs Shogun

    Derrotados
    Bisping vs Jacaré

    Cody vs Liniker

    Joanna vs Tecia Torres
    Masvidal vs Till
    Hendrix vs Rashad
    Irish Joe vs Johnny Case
    Corey Anderson vs … O franksteins foi demitido? Se sim
    Anderson x Cummings

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Rapaz, Masvidal x Till seria um lutão!

    • Carlos Montalvao

      Aldo não teve porque não quis, ofereceram e ele recusou quando o Rafael lesionou.

  • Rômulo Virgínio

    Borrachinha vs Till valendo o amor do Bolsonaro!

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Hahahaha

    • Roberto Marti

      Que percam os dois,,!

  • Matheus V.

    – Bisping x Weidman é uma boa porque o All-American está machucado e não deve voltar por agora, assim como o Bisping. Mas, dúvida, se o GSP desce e vaga o cinturão, quem é o próximo desafiante dos médios? O Whittaker varreu a categoria, a única luta inédita para ele seria o Rockhold, que precisaria passar pelo Romero na minha opinião (e esse é um baita SE).

    – Dillashaw x DJ nos galos, pois o Demetrious é nº1 do ranking e tem mais direito de lutar por um segundo cinturão, é A LUTA a ser feita. Sem mais.

    – Eu particularmente não gosto de revanches imediatas. Elas impedem a categoria de andar e podem enterrar um lutador no limbo mais cedo do que deveria. Eu marcaria Bate-Estaca x Karolina (uma seria um combate inédito e outra a revanche de um lutão) agora em dezembro para determinar a nova desafiante.

    – Garbrandt x Rivera é um lutão, mas, sabendo que o No Love é nocauteável, um encontro com o Lineker é ainda melhor. Claro que o ex-campeão já está carimbado como elite, e o brasileiro não, só não consigo imaginar uma luta mais anárquica no UFC hoje.

    – Thompson x Vencedor de Condit/Magny (principalmente se for o NBK).
    – Borrachinha x Brunson (sugeri essa luta semana passada).
    – Vick x Perdedor de Poirier/Pettis.
    – OSP x Latifi.
    – Carcacinha x Thominhas.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Sobre a primeira questão, acredito que seria o Rockhold. Contudo, o Whittaker tá machucado e ainda vai demorar um pouco pra voltar, então ainda pode correr muita água por baixo da ponte dos médios.

      PS: Não vi. Tem o link aí? haha

    • William Oliveira

      Concordo com tudo, mas a questão é: o DJ prefere que essa luta seja no peso galo? Eu duvido. Ali ele estaria deixando o TJ ter uma vantagem maior no quesito tamanho, uma vez que estaria cortando menos peso. Essa luta, se ocorrer, provavelmente será no peso mosca.

      • Matheus V.

        Eu não acho o DJ acomodado, como a maioria pensa. Acho que do ponto de vista dele seria melhor enfrentar o TJ nos galos porque assim tem menos a perder e muito mais a ganhar. Aliás, eu não tô confiante que o Snake in the Grass bate esse peso, não; mais fácil o Mighty Mouse aceitar uma luta em que existe menos probabilidade de ser cancelada.

        • William Oliveira

          Acho ele acomodado pra caralho. Muito mais a ganhar, verdade, mas o risco de perder cresce junto com essa luta acontecendo nos galos. Não acho que o DJ seja corajoso pra isso.

          Eu acho que bate sim, ele garantiu com muita confiança e não é tão grande, só anda com muito músculo, como ele mesmo disse. Questão de adaptação física.

  • Caio César

    Laerte, concordo com todos os casamentos, só uma curiosidade, sobre TJ vs DJ estar no top 3 de lutas mais técnicas da história, quais seriam as outras duas? Hahaha. Já o GSP, na sua opinião, numa luta vs Woodley, ele vagaria a cinta dos médios? Eu acredito que sim, e vc?
    Sobre Masvidal, acho que ele pode pegar o Till ou o perdedor de Lawler vs Dos Anjos. Abraços!

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Jon Jones x Daniel Cormier certamente é uma, a outra tenho que pensar mais um pouco. hehe

      Sim, acredito que o Whittaker seria promovido a campeão linear se o GSP voltasse para os meio-médios.

      Poxa, Masvidal x perder de Lawler x Dos Anjos também seria insano.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Não daria a revanche pra Jojo, apanhou e não viu a cor da bola. No mínimo deve lutar mais uma vez, antes disso.

    OSP apavorado com a possibilidade de pegar o Shogun, desceu a lenha no adversário.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Não pensei nem no resultado em si, mas sim por todo o contexto, pela trajetória da Joanna na categoria. Acho bem válida a revanche imediata nesse caso.

  • Daniel Piva

    Se confirmar GSP vs Whittaker, eu imagino que para o Bisping o próximo passo vai acabar sendo o ganhador de Anderson vs Gastellum.

    Sobre os demais nomes, gostaria de ver o quarteto Romero, Rockhold, Jacaré e Weidman lutando entre eles.

    Sendo assim, o Borrachinha recebe mesmo o Derek Brunson.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Rapaz, pior que existe uma chance grande do Anderson furar a fila se vencer o Gastelum…

      • Daniel Piva

        Pois é. Eu trato a luta contra o Whittaker como a pior para o GSP em todos os cenários.

        No técnico, é um dos piores estilos para ele – rápido em pé e muito bom na defesa de quedas.
        Já no comercial é a luta menos chamativa: contra o Conor seria o confronto dos maiores campeões; contra o Woodley seria ele retomando a categoria que reinou por muito tempo; e contra o Anderson o combate entre dois dos maiores da história.

  • Lorenzo Fertitta

    Bacana saber dessa rivalidade entre o Carcacinha e o Thominhas, renderia uma ótima luta, assim como Wonderboy X Covington.
    Estou achando que vai rolar GSP X McGregor na WelterWeight. E o Woodley vai ficar esperando o vencedor, que no fim das contas não vai querer enfrentá-lo. Mas, chega dos meus achismos e vamos aos casórios.

    MATCH-UP PARA OS VENCEDORES:

    1) GSP X Whittaker

    2) TJ X DJ (na FlyWeight)

    3) Namajunas X Bate-Estaca (estava difícil achar desafiantes quando a JJ era campeã, então é hora de aproveitar que ela vacilou para girar a categoria e criar novas rivalidades)

    4) Thompson X perdedor de Lawler / RDA (o vencedor recebe o TS)

    5) Borrachinha X Branch (UFC Pará)

    6) Vick X Iaquinta

    7) Godbeer X Browne (venceu a luta de um jeito bizarro/polêmico, mas nessa categoria já é o suficiente para enfrentar um ranqueado)

    8) OSP X Gustafsson (o haitiano já lutou 4 vezes esse ano, sendo que acumula 3 vitórias pela via rápida e uma derrota contestável contra o GOAT Oezdemir, portanto merece alguém lá de cima)

    9) Randy Brown X Danny Roberts

    10) Blaydes X vencedor Albini / Arlovski

    11) Carcacinha X vencedor Marajó / Perez

    MATCH-UP PARA OS PERDEDORES:

    1) Bisping X Machida (fiquei com a impressão que o inglês quer apenas uma despedida com vitória contra um grande nome perto de sua torcida portanto, Lyoto parece uma opção win-win para todos)

    2) Garbrandt X Lineker

    3) Joanna X vencedora Tecia /Waterson

    4) Masvidal X Till

    5) Hendricks X Nelson (calma, é o Gunnar na WW, na esperança que o barba reconheça que sem uma dieta severa o Walter não vai jogar em um clube grande. Sacaram a referência heheheh). Enfim, como eu acho mais fácil o Bigg Rigg se aposentr do que voltar para 77, eu me contento com Hendricks X Alvey, infelizmente.

    6) Joe Duffy X Bobby Green

    7) Harris X Tim Johnson (aceitou em cima da hora matar o Werdum no peito e perdeu para o Godbeer de uma maneira bizarra. Na HW, isso basta para enfrentar um barangão ranqueado).

    8) Anderson X Antigulov (Corey sofreu dois nocauteis brutais em sequência, é hora de enfrentar um finalizador para variar um pouco)

    9) Gall X Morono

    10) Oleinik X Struve

    11) Zahabi X Duquesnoy

  • Zé Nunes

    GSP vs MoneyMcgregor não tem méritos nenhum, mas nada traria mais dinheiro ao UFC, olhando apenas esse aspecto, o Granawhite tem uma ótima oportunidade nas mãos e como dizem por aí “todo homem tem seu preço” logo, acredito que os dois aceitariam…

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Também acho que os dois aceitam. Seria recorde total de vendas de PPV.

  • Thiago Tanikawa

    GSP vs Whittaker- se o contrato do canadense realmente obrigar ele a unificar os titulos, essa é a luta a se fazer..fora q o Woodley tá insuportável, se for pra descer, q desça depois q defender o cinturão.
    Bisping vs Romero-agora q o poder de barganha do campeão acabou, luta cm o Romero me parece apropriada. Mesmo q o Bisping possa ser assassinado no processo, a feud deles geraria um bom hype pra essa luta, q pode até ser main event do próximo FN na Inglaterra.
    TJ vs DJ- essa luta me interessou desde o começo. TJ seria o primeiro real desafio ao Mighty Mouse desde o Cruz…seria lutão,com certeza.
    Garbrandt vs Lineker- os dois já deviam ter se enfrentado no passado…é o casamento perfeito agora. Dois trocadores q estão na elite da categoria e que precisam de vitórias pra entrarem na rota da cinta de novo..
    Namajunas vs Andrade- poderia ser fácil um main event de On Fox,por exemplo. A Jéssica é a mais qualificada no momento,pelo menos pra receber o próximo title shot.
    Joanna vs Torres ou Waterson- Joanna,pra mim, ainda é um monstro, mas não vai mais aposentar invicta. Essa é a melhor luta se ela quiser ficar na categoria,se não…os moscas estão logo ali.
    Thompson vs Till-mais uma luta pra rechear o card na Inglaterra ano q vem.
    Masvidal vs perdedor de Condit vs Magny- Masvidal é agora o porteiro do top 5. Esse casamento envolveria dois lutadores q vem de derrotas e ainda assim seria lutaça.
    Borrachinha vs Anders- na minha opinião, os dois melhores prospectos dos médios. O brasileiro ainda não enfrentou ngm de fato bom (Big Rigg nesse ponto não é nem sombra doq foi) e merece ser testadp….além do mais acho ele meio babaca e o Anders seria o oponente mais difícil dele por enquanto…se ganhar no UFC Fresno,é claro.
    Vick vs Gordon- considero os dois bons prospects e seria legal vê-los lutar,talvez no UFC Austin q nem o texano pediu.
    OSP vs Latifi- depois das últmas performances do OSP…acho q ele mataria o Shogun numa revanche. Prefiro casar o brasileiro contra o Cummings e atender ao pedido do haitiano pra enfrentar o europeu.
    Anderson vs Pedro- pobre Corey Anderson….vou dar o ex-hypado Pedro pra dar uma chance.
    Blaydes vs Rumble- o Blaydes deve entrar no top 10 agora, e já q o Hunt (mmeu primeiro oponente original pro AJ nos pesados) tá com problemas na empresa, escolho o Curtis pra recepcionar o Rumble nos pesos pesados.
    Carcacinha vs Quinones- tô começando a botar fé no brasileiro agora…espero ver ele com uma sequência de vitórias e no top 15 em breve.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Tadinho do Blaydes, cara. hehe

      Carcacinha merece coisa melhor que o Quinones. haha

      • magnuseverest

        Blaydes e AJ dá jogo.

  • William Oliveira

    GSP e Tyron significaria foder com RDA e Whittaker, totalmente contra..

    GSP VS Robert Whittaker
    Bisping VS Yoel Romero
    TJ VS DJ
    Garbrandt VS John Lineker
    Rose VS vencedora entre Andrade-Kowalkiewicz
    Joanna VS vencedora entre Torres-Waterson
    Thompson VS Colby Covington
    Masvidal VS vencedor de CowboyBR-Medeiros
    Borrachinha VS vencedor de Hall-Belfort
    Hendricks VS Rashad Evans
    Vick VS vencedor de Poirier-Pettis
    Duffy VS Michel Prazeres
    Godbeer VS Walt Harris
    Harris VS Mark Godbeer
    OSP VS Ilir Latifi
    C. Anderson VS Gadzhimurad Antigulov
    Brown VS Lyman Good
    Gall VS Luke Jumeau
    Blaydes VS Derrick Lewis
    Oleinik VS Stefan Struve
    Ramos VS Thomas Almeida
    Zahabi VS Davey Grant

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Oleinik VS Stefan Struve e Duffy VS Michel Prazeres fazem sentido. Curti.

      • magnuseverest

        Boa situação,no caso da Karol vs Bate-Estaca,seria a verdadeira briga pela vaga.

  • Henrique

    GSP x Whittaker / Bisping x Romero
    TJ x DJ / Garbrandt x Sterling
    Rose x Bate-Estaca / Joanna x Torres/Waterson
    Thompson x Covington / Masvidal x Cowboy/Medeiros
    Borrachinha x Hall/Belfort / Hendricks RH
    Vick x perdedor de Poirier/Pettis / Duffy x Diakiese/Hooker
    Godbeer x Sherman/Abdurakhimov / Harris x Milstead
    OSP x Latifi / Anderson x Cummins
    Brown x Barberena / Gall x Ayari
    Blaydes x Struve / Oliynyk x Arlovski/Albini
    Carcacinha x Thominhas / Zahabi x Rivas

  • diego rizzo

    Ja pensaram em Bisping x Machida – Main Event do UFC LONDRES? Eu gostaria muito…

    GSP X Whittaker
    Bisping x Machida
    TJ Dillashaw x DJ
    Cody x Lineker
    Rose x Bate Estaca
    Joanna x Tecia
    Thompson x Covington
    Masvidal x Darren Till
    Borrachinha x Brad Tavares
    Hendricks x Dan Kelly
    Ovince St Preux x Gustafsson
    Corey Anderson x Antighulov
    James Vick x Evan Dunham
    Carcacinha x Jose Quinonez

    • magnuseverest

      Cody vs Lineker seria lutão,e TJ poderia descer e tentar roubar a cinta do Mouse.

    • Carlos Montalvao

      Torres pega Waterson já

  • magnuseverest

    Sou contra este cenário de GSP lutar com Tyron.
    Minha lista seria no sentido de unificar a cinta: GSP vs RW.
    Wonderboy até poderia lutar com Colby,mas lá pelo meio do ano de 2018,Colby merece uma geladeira….Se Wonderboy tiver muito no desejo de lutar que pegue Santiago ou Till.
    Namajunas poderia pegar a vencedora da luta da Tecia,seria a trilogia,o desempate,no caso da Tecia chegar na briga pela cinta.
    Joanna que suba e lute com Valentina.
    Masvidal pega o perdedor de RDA e Lawler.
    Borrachinha pode pegar o Marreta,mas se a galera não quer ver luta dos tupiniquins,que o Borracha pegue o Hall.
    Bisping vs Romero,os dois vindo de derrota,mas se a luta for em Londres,Bisping vai querer Hendrix,Evans ou Kelly.
    Carcacinha vs Thominhas,mas segue a mesma lógica do Marreta vs Borracha,pessoal prefere o Brasil vs Resto do Mundo,então Carcacinha pega o Soto ou Dodson.

  • Rudá Corrêa Viana

    Colby não deve pegar o wonderboy. MTA presunção pro rapaz que apanhou em cima pro Demian de tanque cheio. Creio q ficaria melhor o perdedor de RDA vs Caipiroto.

  • Savio Cardoso

    Tj x Dj
    Cody x Rafael Assunção
    Tyron w x GSP
    Wonderboy x Condit
    Borrachinha x Brad Tavares
    Whitaker x luke

  • Gabriel Quintanilha

    Discordo da revanche imediata para a polonesa…Aldo foi duas vzs mais dominante q ela na divisão dele…tomou um golpe q pra mtos foi de sorte…ela tomou 2 knockdows, ainda pediu pra parar em desistencia, com aqueles 3 tapinhas, ela entraga o cinturão, diferente de Bisping, Cody, q estavam dispostos a morrer tentando, mas nao entregaram

  • Cláudio Henrique Cavalcante

    O trabalho do sexto round está melhor do que do canal combate, parabéns!

Tags: , , , , , , , , , , , ,