Atacando de Joe Silva: lutas
lutas a casar pós-Polônia

Laerte Viana | 22/10/2017 às 17:32

Fala, galera!

Como esperado, o show entregue em Gdansk, na Polônia, até que foi bem animado, com boas lutas que serviram para alimentar a espera pela luta principal da noite, que contou com o surgimento de uma nova estrela.

Os resultados foram diversos: troca de bastão, brasileiros em situações opostas, atletas locais fazendo a alegria do público da casa e novos nomes pintando no radar do público.

Com os cenários desenhados, vamos deixar a conversa fiada de lado e falar do que de fato interessa: os próximos passos dos principais nomes do UFC Fight Night 118:

1num

Darren Till x Stephen Thompson / Jorge Masvidal 

Alguém anotou a placa do caminhão que atropelou Donald Cerrone? Bom, para quem não conhecia Darren Till, o cartão de visita foi dado em grande estilo – e com requintes de crueldade. Com apenas 24 primaveras completadas, a cria da Astra Fight Team já ostenta o vistoso cartel de 16-0-1.

O nocaute no até então número 6 do ranking até 77kg coloca o inglês no top 15, porém não o garante perto do topo, uma vez que os matchmakers não estão muito coerentes (Kamaru Usman x Emil Meek e Alex Oliveira x Yancy Medeiros são provas disso).

Dito isso, vou nadar contra a maré é acreditar na boa vontade de fazerem o simples: casar Till contra alguém da elite. Ele pediu por Mike Perry, que lutará contra Santiago Ponzinibbio em dezembro, todavia a sugestão é para um combate com o perdedor de Stephen Thompson x Jorge Masvidal, que se enfrentam no UFC 217. De repetente, como segunda opção, dá para fazer um duelo de prospecto com Colby Covington, caso o mesmo não passe por Demian Maia.

NUM_2

Karolina Kowalkiewicz x Jéssica Bate-Estaca

Maior favorita do show, Karolina Kowalkiewicz não teve muito trabalho para passar pela estreante Jodie Esquibel e fazer a alegria do público presente no ginásio. Aliás, convenhamos que o casamento foi apenas para a ex-desafiante se recuperar das duas primeiras derrotas da carreira.

Conforme sugeri há um mês, Jéssica Bate-Estaca, que surrou Claudinha Gadelha no Japão, está procurando adversária. A polonesa, inclusive, pediu a cabeça da brasileira logo após a luta, sendo prontamente respondida de forma positiva. Ou seja, as duas estão coladas no ranking e querendo sair na mão. É só escolher a data e local.

NUM3

Warlley Alves x Tim Means / Belal Muhammad

Há quem possa achar que Warlley Alves ficou devendo, porém se analisarmos que houve uma troca de adversário em cima do laço e o brasileiro precisava se recuperar após dois tropeços, dá para concluirmos que o triunfo na decisão sobre o estreante – e duro – Salim Touahri ficou de bom tamanho. Isso quer dizer que o hype voltou? Não é para tanto.

Mais estratégico e com o tanque de gás cheio, o campeão do TUF Brasil 3 precisa continuar sendo trabalhado, sem queimar etapas e ser jogado aos leões. O que não significa, necessariamente, enfrentar barangas do meio-médio. Alguém do meio da tabela está na medida para o próximo passo.

Dois nomes intermediários me chamam a atenção: Tim Means e Belal Muhammad. Coincidentemente (ou não), eles se encaram no próximo mês, em Sydney, na Austrália. O vencedor pega Alves na sequência e os fãs ficam contentes.

Casamentos extras:

  • Devin Clark é freak total e não assusta ninguém, ponto. Mas Jan Blachowicz, que não tem nada a ver com isso, fez o que mandava o protocolo: somou os três pontos, encerrou a má fase e garantiu o emprego. O polonês, que até outro dia estava no top 15 dos meio-pesados, bem que poderia ser novamente testado contra algum ranqueado, mas da parte de baixo. Eis que surge Jared Cannonier, que ficou sem par no baile após Rogério Minotouro ser pego no dopingBlachowicz x Cannonier é uma bela promessa de anarquia, não?
  • UFA! Sai, zica. Foi sofrido e bem dramático, mas Marcin Held conseguiu, enfim, ter seu braço levantado no octógono do UFC depois de 11 meses e três maus resultados. Com a corda no pescoço afrouxada, é o momento de recomeçar sua trajetória na franquia. E nada melhor que desafiar outro atleta em situação idêntica: o francês Thibault Gouti, que conseguiu o primeiro êxito na companhia há pouco mais de um mês, após levar três cacetadas.
  • Foi de maneira tímida, mas Ramazan Emeev, também conhecido como sósia de Rashid Magomedov, debutou com sucesso na nova casa, batendo o sempre resistente Sam Alvey. Pelo cenário da divisão dos médios, especialmente fora do ranking, não ser dos mais movimentados, o europeu pode se destacar caso emplaque mais duas ou três vitórias. Mantendo a cautela na hora de subir o nível, acho bem cabível um embate com Oskar Piechota, que bateu Jonathan Wilson no mesmo card.
  • Andre Fili, você não fez mais que a sua obrigação”. Se eu fosse o líder da Team Alpha Male, certamente estenderia uma faixa com essa frase bem na entrada da academia. Brincadeiras à parte, Touchy, agora 5-4 no Ultimate, não mostrou nada novo contra Artem Lobov para que passemos a acreditar que irá deslanchar de vez. Ou seja, possivelmente irá travar se trombar com algum desafio mais qualificado. Para testarmos se minha tese está correta ou não, case File com Mirsad Bekti e teremos a resposta.
  • Confesso que não lembro de ter visto, até ontem, um lutador aplicar quatro knockdowns em menos de cinco minutos. De qualquer maneira, Josh Emmett não tomou conhecimento de Felipe Sertanejo e estreou com o pé direito nos penas. Por mais que tenha a mão pesada, o produto da Alpha Male é pragmático e pouco empolga, portanto não deve receber uma recompensa grande. Que tal, então, o cearense Godofredo Pepey? Me soa bem.

Amigos, me ajudem com os destinos de Donald Cerrone, Artem Lobov, Felipe Sertanejo e companhia? Mandem bala!

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Till x Vencedor de Magny vs Condit
    Cerrone x Vencedor de Strickland vs McGee ou retorno aos leves
    Kowalkiewicz x Vencedora de Torres x Waterson
    Esquibel x Botelho
    Blachowicz x Dollaway
    Piechota x Vencedor de Mutante vs Marquardt
    Held x Rinaldi
    Kelleher x Vencedor de Perez vs Marajó
    Emeev x Sobotta (o russo já falou em descer)
    Alvey x Sanchez do TUF
    Fili x Skelly
    Lobov x Santiago
    Warlley x Cummings
    Ladd x Leslie Smith
    Emmett x Barzola
    Sertanejo x Michel Quiñones

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Cummins também é uma boa pro Warlley, assim como Fili x Skelly, que era minha segunda opção.

      O Kelleher finalizou o Marajó no UFC 212, em junho. Não faz sentido a revanche. Rs

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Eu não acho que o Marajó vá vencer o Perez, ele me pareceu nitidamente em decadência nas últimas lutas deles, apanhando do Sanders e achando um milagre e perdendo pro Kelleher na bobeira

    • Gabriel Nicacio

      Mas o Warlley é Welter, e Cummings LH

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Zak Cummings.

        • Gabriel Nicacio

          ah sim, desculpe…

    • William Oliveira

      Emeev X Sobotta é lutão, o alemão vem mt bem. Blachowicz X Dollaway também parece bem interessante.

  • Lorenzo Fertitta

    VENCEDORES:
    Darren Till X vencedor Ponzinibbio X Perry
    Karolina Kowalkiewicz X Jessica Bate-Estaca
    Jan Blachowicz X Gian Villante
    Oskar Piechota X Anthony Smith
    Marcin Held X Dong Hyun Kim (genérico)
    Brian Kelleher X Frankie Saenz
    Ramazan Emeev X Marvin Vettori
    Andre Fili X Gavin Tucker
    Warlley Alves X Leon Edwards
    Aspen Ladd X Bethe Correia
    Josh Emmett X Chas Skelly

    PERDEDORES:
    Donald Cerrone X Gunnar Nelson
    Jodie Esquibel X Jamie Moyle (Na Flyweight. Moyle já avisou que pensa em descer, e acho que a Esquibel não deve pensar diferente)
    Devin Clark X Paul Craig
    Johnathan Wilson X Marcelo Guimarães (caso Wilson não seja demitido)
    Nasrat Haqparast X Michael McBride
    Damian Stasiak X Douglas d’Silva
    Sam Alvey X Francimar Bodão (Alvey disse que quer subir, então eu não pude deixar de casar uma luta com potencial para ser a pior da década kkkkkk)
    Artem Lobov X Charles Rosa
    Salim Touahri X Nico Musoke
    Lina Lansberg X Ashlee Evans-Smith
    Felipe Sertanejo X Andre Soukhamthath (RH Fight)

    • William Oliveira

      Flyweight? Mas essas 2 são Strawweight eahuehuae
      Acho que não teremos Atomweight tão cedo não.

      E coitado do Smith, tá 4-1 no UFC nessa nova passagem, sacanagem não pegar um rankeado na próxima.

      PS: Não assisto Alvey X Bodao nem recebendo pra isso.

      • Lorenzo Fertitta

        Cara, confundi total as divisões kkkkkk
        O correto é Esquibel X Moyle pela Strawweight mesmo.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Desenterrou o Marcelo Guimarães, hein? Haha
      Boa luta pro brasileiro se recuperar e manter o emprego.

      • Lorenzo Fertitta

        É a intenção, mas se perder também… é melhor pedir a conta heheheh

  • William Oliveira

    Felizmente Emeev vai descer pra 170, caso contrário ele seria um dos menores médios do UFC e provavelmente não iria mt longe, uma vez que é grappler e teria enorme dificuldade em derrubar lutadores no top 20.

    Também n acho que o UFC deva se apressar com o Till e dar logo um contender pra ele, não daria ninguém no top 5 e muito menos um grappler amarrão como o Colby, isso arriscaria queimar o guri, que tem somente 24 anos e não teve seu wrestling tão testado. Prefiro seguir o clamor popular e sugerir o vencedor de Perry-Ponzinibbio. Colby se perder pode pegar o vencedor de Cowboy BR-Medeiros. Até o Till já disse que quer ir com calma.

    Pro Fili eu daria o Emmet, que venceu no mesmo card e parece bem promissor, como foi de forma dominante e ele já tá na casa dos 30+, não tem pq ir devagar aqui.

    Por fim, pro Jan B eu esperaria pelo Steve Bosse, não acho que ele vai dar jogo pro Cannonier e nem que mereça um top 15, só cumpriu a obrigação de ganhar desse freak, garantindo o emprego.

    De resto, concordo com as sugestões, abraço

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Fili e Emmett treinam juntos na Team Alpha Male, não vão se enfrentar.

      E acho que o Jan da jogo pro Cannonier. Rs

      • William Oliveira

        Tem razão, colocaria Fili X Amirkhani e Emmet X Maynard então.

        Acho que o polonês é muito lento pro Cannonier.

    • Lorenzo Fertitta

      Blachowicz X Bosse seria empolgante. Passaporte do canadense para o top 15.

  • Henrique

    Till x Ponzinibbio/Perry / Cerrone x Saffiedine
    Karolina x Bate Estaca / Esquibel x Moyle
    Błachowicz x Cannonier / Clark x Craig
    Piechota x Braga Neto/Giles / Wilson RH
    Held x Henry / Haqparast x Reyes
    Kelleher x Quiñónez / Stasiak x Soukhamthath
    Emeev x Chagas / Alvey x Branch
    Fili x Allen / Lobov aposentadoria
    Alves x Means/Belal / Touahri x Enkamp
    Ladd x Pudilova / Lansberg x Smith
    Emmett x Volkanovski/Kennedy / Sertanejo RH

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Rapaz, Emeev x Luan Chagas seria animal. Curti.

  • Renan Oliveira

    Casamentos para os vencedores:

    Darren x vencedor de Condit x Magny
    Karolina x Jéssica Bate-Estaca
    Blachowicz x Cannonier
    Piechota x Spicely
    Held x Gouti
    Kelleher x Tanquinho
    Ramazan x Jouban
    Warley x Ellenberger
    Aspen x Moras

    Casamentos para os perdedores:

    Cerrone x DHK
    Esquibel x Jo Clark
    Clark x Villante
    Wilson x Mutante
    Nasrat x Tuck
    Damian x Soto
    Alvey x Bodão
    Salim x Nakamura
    Lina x Leslie

    • William Oliveira

      Spicely, Strickland, Mutante e Soto tão de luta marcada, Spicely pega o cara que o Marreta ganhou, Mutante pega o Marquadt e acho que o Soto luta contra o Brett Johns, Strickland vou ficar devendo.

      • Laerte Viana Venâncio Alves

        Strickland enfrenta o Court McGee no UFC Norfolk, dia 11 de novembro.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Gostei de Cerrone x Jouban e Darren x Condit /Magny.

    • Lorenzo Fertitta

      Condit X Till seria um lutão. É provável que aconteça mesmo.

  • Mauricio

    Lobov e Sertanejo
    Fili vs Ishihara

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Sertanejo precisa voltar para os galos, a diferença ontem foi gritante.

  • magnuseverest

    Lobov vs Sertanejo ( caso não consiga voltar para os galos)…
    Perry vs Till …mesmo ele perdendo do Santiago,só pela rivalidade;
    Aspen vs Bethe
    Lina vs Valentina
    Karolina vs Bate-Estaca
    Jodie vs Botelho
    Fortuna vs Jan.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Gostei, fera.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Achei uma boa botar o Bilau na roda, será que o Warlley estrangula o Bilau?

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Talvez ele puxasse para guilhotina e obrigasse o Bilal bater…

    • magnuseverest

      Eita e com esses trocadilhos bizarros,agora tem o Piechota em peso combinado com Durinho ou Bilal,ou lá no Bellator o Bucia pedindo passagem.

  • Thiago Tanikawa

    Till vs Perry ou vencedor de Masvidal e Wonderboy- mesmo q o Perry perca pro Santiago acho q o UFC casaria os dois sem problema algum. Mas se for pelo que faz sentido mesmo e oq eu quero de fato, Thompson ou Masvidal seriam o ideal agora.
    Cerrone vs Thiago Alves- os dois estão ate q numa situação parecida agora,dois veteranos q não estão mais em suas melhores fases mas q ainda conseguem dar show se quiserem. O ineditismo e a porradaria em potencial me fazem querer muito esse casamento.
    Karolina vs Andrade- a Tecia esta contra a Waterson…não tem ninguem pra Jessica fora a polonesa agora.
    Blachowicz vs Villante- eu não acho o Blachowicz nada de mais, e como prova disso vou casar ele como luta de recuperação contra o brother do Weidman kkkk
    Alves vs LaFlare- o Perry realmente ta destinado a enfrentar os porradeiros…acho então q o wrestler americano e o brasileiro deviam cruzar caminhos…por mais q o entretenimento dessa luta possa vir a ser nulo.
    Fili vs Bermudez- Lobov não bota medo em ngm, mas o Fili venceu de qualquer jeito. O Bermudez vem em fase ruim, então acho q casar os dois não seria ma ideia.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,