O doping deveria ser
liberado no MMA? #debate

Renato Rebelo | 29/09/2017 às 12:26

Pessoal, nesse quadro novo, o #debatesextoround, a intenção é abordar mais polêmicos/ardilosos numa resenha informal e leve.

Dessa vez, André Azevedo, narrador e apresentador do Canal Combate, se juntou a mim na missão de explicar as políticas antidoping vigentes no MMA.

Nosso papo começa a partir do seguinte questionamento: o doping deveria seguir sendo coibido ou liberado no MMA?

Espero que curtam!

  • Thiago_NCO

    Excelente quadro e tema!! Uma pena que estou indo trabalhar e não vou poder checar agora 🙁

    Em tempo, aqui vai minha opinião (que pode mudar após ver o debate): se o UFC é um evento de entretenimento acima de qualquer outra coisa, não faz sentido uma repressão de patamares olímpicos ao doping. Liberar geral é um erro, mas manter essa repressão toda (típica e totalmente aceitável em ligas e eventos esportivos sérios, não é o caso do UFC) também não me parece um melhor caminho. O meio termo seria mais interessante (como, eu não faço a menor ideia, hahahahaha).

    • Paulo Zanchet

      Interessante esse ponto de vista.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Excelente, bom debater esse tema que tem diversas opiniões entre os fãs, eu acho que a USADA tem algumas regras escrotas, mas no geral combater o doping tá jóia, agora nunca entendi aquela regra de que pra atleta voltar pro UFC precisa esperar um tempo, que eles boicotaram com o Lesnar e agora parece que jogaram de lado com o Okami. E ainda tem as avacalhadas do UFC como a Andrea Lee que ia estrear já tinha confirmado tudo, e eles notam que ela tinha sido pego em exame em outro evento e tiram do evento, pra que não fazer isso antes?

  • Lucas Venagas

    Obvio que deveria

  • Raphael Pinheiro

    Minha sugestão para esta nova seção: ter o palpite particular de cada colunista do 6R, tal qual ocorre antes dos eventos para os resultados, mesmo que de forma resumida, só para ver qual o pensamento vigente do site. Seria um bom contraponto, mesmo que terminasse em consenso acho que as diferentes redações enriqueceriam a discussão.

  • Marcelo

    Muito bom debate. Evidente que as lutas ficaram mais mornas depois da USADA, mas é o preço que temos que pagar por um esporte mais limpo. Muito se fala do respeito nas artes marciais, mas não vejo forma maior de desrespeito do que lutar de maneira desigual devido à ingestão de substâncias ilegais.

  • Renan Oliveira

    Não

  • Lorenzo Fertitta

    Muito bacana o quadro novo, espero que seja semanal.
    “Não temos como acabar com o assalto na sociedade, mas isso não quer dizer que ele não deve ser combatido”. Essa frase resume tudo, Renatão. Colocando prós e contras na balança, espero que a parceria UFC-USADA tenha vida longa.
    O melhor de tudo é o seguinte: se entrevistar todos os lutadores do plantel, com certeza 100% deles dirá que apoia a USADA. Diferentemente da parceira UFC-Reebok, por exemplo.
    E falando em doping… o Marombeiro de Niterói responderá nossas perguntas nesse final de semana sem UFC?

    • Renato Rebelo

      Lorenzo, acabou que essa semana não rolou. Mas vamos reativar o Tannuri Responde, sim! = )

      • Lorenzo Fertitta

        Vlw =)

  • Lee

    Não tem como! Em um mundo onde qualquer espirro pode criar um caos de ataques odiosos, se alguém morre surrado por um drogado, o mundo iria cair matando.

    Essa conversa de assinar sabendo dos riscos atenta contra a humanidade.Com certeza iria afastar patrocinadores, emissoras….é o que eu acho, né!

  • Mauricio

    Acho que precisa combater o doping… mas não precisa fazer uma inquisição tbm kkk

  • Fezes do Chacal

    O audio da maquina aqui ta com problemas, não escutei o debate
    anabolizante é acessivel demais hoje em dia, acha uma grande variedade de anabolizante em baixa concentração no mercado, desconsiderando o mercado negro de anabolizante em que se acha todo tipo de anabolizante, que impera tanto no brasil como no ultra vigiado mercado americano.
    uma boa parte da galera mais jovem que pretende seguir carreira no mma ja fazem trabalho de ganho de massa muscular com anabolizantes
    Essa informações sobre ganho de massa muscular com anabolizante rolam soltas na internet e nas academias
    O ufc pode conseguir banir o uso de anabolizantes , mas não vai impedir que o atleta em inicio de carreira use para formar o seu corpo, impossivel acabar com o uso de anabolizantes.
    O uso de anabolizantes em mulheres no inicio de carreira é algo que traz imensa vantagem….pois os anabolizantes produzem mudanças drasticas nas mulheres, praticamente as transformam em homens do mesmo jeito que estrogenio transforma um homem em mulher.

  • Thiago Gon

    Renatão tá voando! Cada vez melhor e seguro nos vídeos. Animal, galera!

    • Renato Rebelo

      Mt obrigado pela força, Thiagão

  • Paulo Zanchet

    Muito bom, Renatão, você é fora de série! Parabéns, sucesso sempre!

    • Renato Rebelo

      Po, valeu msm, Paulo!

  • William Oliveira

    Com certeza não, abomino essa ideia.

  • Marcio Eiki Tacaki

    Estreando o quadro novo entrevistando o Andrezão, ficou muito bom, parabéns, quanto ao assunto abordado, bem polêmico hein, mas eu acho que o que mais preocupa são mais os traumas do que o dopping, igual vc falou na entrevista, maior o dopping, maior a força dos golpes, esses traumas na cabeça que futuramente vão dar mais problemas, da até tristeza de pensar que um ídolo de hoje, amanhã pode estar sofrendo com esses danos, lógico que queremos ver lutas empolgantes, nocautes espetaculares, mas temos que pensar Tb na saúde dos atletas, no final das contas somos todos meros humanos, esses são meus humildes centavos, hahahaha, abraço Renato.

  • Giovani Lucena

    Fantástico esse debate! Já aguardo o proximo debate a respeito do corte de peso!

    PS: Quem dera que em outros setores da sociedade, as pessoas soubessem discutir com a serenidade proposta pelos dois, como por exemplo o tópico citado pelo Renato sobre “combate as drogas”. Sem dizer ou não se acho isso certo, mas me parece impossível achar algum canal ou debate que proponha o diálogo livre para o debate sem terminar em insultos!

  • Bruno

    Parabéns, Renatão!
    Muito bom esse novo quadro, já está entre meus preferidos.
    Espero que venha muito mais!

  • Carlos Teixeira

    Talvez o certo seria dizer: “A realização e divulgação dos exames anti-doping estão trazendo descrédito ao esporte chamado MMA.” Sou amplamente favorável ao uso das ditas substância melhoradoras de performance. Infelizmente, A maioria dos fãs e consumidores do produto das lutas é leigo no assunto. Aos inteirados no tema ( atletas, treinadores, jornalistas especializados no esporte, etc..), todos por uma questão comercial e de falsa ética, tratam o tema com hipocrisia. Uma centena de substancias que melhoram a performance de atletas de alto nível são consumidas por todas os praticantes de MMA, sejam essas substancias permitidas ou não pelo orgão regulador. Ocorre que alguns atletas tem seus resultados positivos divulgados, o que não quer dizer que somente tais pessoas estão fazendo uso de melhoradores de performance proibidos. É um consenso, todos usam, até porque existem centenas de substancias diferentes que atuam cada uma com um propósito no organismo. O que a USADA faz, como foi comentado na discussão sobre doping aqui do SEXTO ROUND, é enxugar gelo. Talvez por uma questão de ética esportiva fake, exista essa bandeira de um esporte sem doping, o que na prática é IMPOSSIVEL. Qualquer indivíduo que já realizou algum treino de luta na vida ou frequentou uma academia, treinou pesos, etc, sabe que não existe milagre na natureza biológica. E certamente o MMA não tem esses milhares de milagres da natureza. Esporte de alto nível nunca, NUNCA significou saúde, isso é uma historinha, um clichê do qual o esporte de entretenimento vive até os dias atuais. Uma falsa moral, sobre falsos valores, infelizmente reflexo dos tempos em uma sociedade hipócrita e de verdades morais inexistentes.

Tags: , , ,