Atacando de Joe Silva: lutas
a casar pós-UFC Japão

Laerte Viana | 24/09/2017 às 18:28

Fala, galera!

Como esperado, o evento realizado em Saitama, no Japão, ficou (bem) longe de entrar na prateleira dos melhores, porém não foi de todo ruim, né?

E em quase todas deu a lógica, com vitória sem sustos do favorito na luta principal, brasileiros em condições opostas e melhor luta da noite entre duas das três melhores lutadoras do peso palha feminino.

Com os cenários desenhados, vamos deixar a conversa fiada de lado e falar do que de fato interessa: os próximos passos dos principais nomes do UFC Fight Night 117:

1num

Ovince St-Preux x Maurício Shogun / Ilir Latifi 

Para a surpresa de ninguém, Ovince St. Preux não tomou conhecimento do limitado Yushin Okami e anotou mais um von flue choke no currículo. Tudo bem, talvez não esperássemos que fosse tão rápido, mas a ordem dos fatores não altera o produto.

O futuro de OSP está nas mãos de Maurício Shogun. Ou melhor, no joelho. Se a lesão do brasileiro não for séria e ele estiver apto a retornar em breve, é só remarcar o que seria o main event original da edição asiática desta sexta-feira. Caso fique no estaleiro por alguns meses, habemus outro oponente.

No caso, Ilir Latifi é a segunda melhor opção. O sueco vem de triunfo dominante sobre Tyson Pedro, está no top 10 e nas cinco pelejas recentes foi brecado apenas por Ryan Bader. Ou seja, está nos padrões de St. Preux, que também sempre travou frente à elite.

NUM_2

Jéssica Bate-Estaca x Tecia Torres / Karolina Kowalkiewicz 

Meus amigos, que performance fantástica de Jéssica Bate-Estaca. Por mais que o primeiro round tenha sido apertado, o que se viu nos dez minutos seguintes foi um verdadeiro massacre para cima de Claudinha Gadelha, que não teve qualquer tipo de poder de reação.

Vitória dominante à parte, preciso dizer que não considero justo uma revanche contra Joanna Jedrzejczyk logo na sequência. Há quatro meses a carismática brasileira não rendeu qualquer tipo de ameaça à campeã, que venceu tranquilamente os cinco rounds.

Acho necessário mais uma vitória, até porque a polonesa colocará seu cinturão em jogo somente em novembro, quando enfrenta Rose Namajunas.

Portanto, nada melhor que um digno combate eliminatório por uma nova chance ao título. E é aí que entra o nome de Tecia Torres, quinta no ranking e 5-1 no UFC. A regra é clara: quem levar a melhor vai direto para o posto de desafiante.

Outra opção é Karolina Kowalkiewicz (favoritíssima contra Jodie Esquibel no UFC Gdansk), pedido da própria Jéssica: “Quero muito lutar com a Karoline Kowalkiewicz. Queria muito lutar com ela na Polônia, ela quis enfrentar outra menina, mas não faz mal. Espero que eu possa enfrentá-la na sequência”.

NUM3

Gokhan Saki x Steve Bosse ou Khalil Rountree 

A reestreia no MMA foi com o pé direito e com mais um belo nocaute para seus highlights, mas vi o copo meio vazio nessa vitória de Gokhan Saki.

Oras, o gás foi para o saco antes de cinco minutos e poderia muito bem ter sido derrotado na reta final pelo limitado Henrique Frankenstein, que mostrou mais uma vez que Q.I. de luta não é o seu forte.

É bem verdade que Saki golpeando é coisa linda de se ver, mãos velozes e golpes plásticos, mas o buraco é mais embaixo. Seu jogo de chão, por exemplo, sequer foi testado.

Para não acharem que sou adepto da escola ‘Hipster Rezende de MMA’, ainda não jogaria o astro do kickboxing aos leões ou a um grappler.

Sendo assim, o também striker Steve Bosse está de bom tamanho para Gokhan se testar novamente. Se o canadense não estiver disponível, Khalil Rountree é a segunda alternativa.

NUM4

Jussier Formiga x Joseph Benavidez 2 

Rápido e eficiente. Apesar de alguns golpes engolidos em pé, Jussier Formiga fez valer seu nível muito superior no chão e apertou o pescoço de Yuta Sasaki ainda na primeira etapa, quebrando um jejum de finalizações que já durava mais de três anos.

A questão é que o brasileiro sempre ficou nessa: barra os ‘novos talentos’ e perde para a elite dos moscas. Por falta de opção, Formiga, apesar de duas derrotas em quatro lutas, se mantém perto de um title shot.

Para isso, terá que superar a fantasma do quase. E a revanche com Joseph Benavidez não poderia ter hora melhor para acontecer.

Na minha visão, Henry Cejudo e Sergio Pettis deveriam se enfrentar e definir o próximo da fila. Dessa maneira, sobra tempo para o potiguar tentar limpar o nocaute sofrido em Belo Horizonte, em 2013.

Amigos, me ajudem com os destinos de Yushin Okami, Claudinha Gadelha, “Maestro” Dong Hyun Kim, Henrique Frankenstein e companhia? Mandem bala!

  • Ricardo Palma da Silva

    gadelha pode (e deve, na minha opinião) ir pra categoria dos moscas que se inaugura esse ano. Com “duas” derrotas pra campeã e agora um revés pra uma contender dá muitos passos pra trás, mesmo com a última vitória sobre a karolina; trilhar uma nova corrida pelo ouro vai ser difícil visto que já enfrentou 2 das top 5 da categoria e provavelmente mais ninguém “próxima” quer enfrentá-la.

  • Matheus V.

    Gostei bastante dos casamentos para o Saki. Acho que o UFC tem mesmo que explora-lo como um showman antes de um competidor de alto nível. Vi gente o casando com o vencedor de Antigulov x Cutelaba, mas acho beeem desnecessário…

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Exato, essa deve ser a pegada com ele. Quase perdeu pro Frankenstein, imagina se pega um Antigulov ou Cutelaba da vida. Tá muito cedo – e cru.

  • magnuseverest

    Saki vs Fortuna,
    Gadelha vs Eye nos moscas,
    Bate-estaca vs Karolina
    Ovince vs Shogun 2
    Okami vs Lombard
    Frankenstein vs Weidman (caso ele queira se testar no novo peso).

    • Idonaldo Gomes Assis Filho

      Essa última foi sacanagem né kkk

      • Laerte Viana Venâncio Alves

        Só pode. Hahaha

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      “Okami x Lombard” – Não, por favor. Nós, fãs de MMA, não merecemos isso.

  • Allan Philip

    Gadelha vs Angela Hill

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Boa luta pra Claudinha.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    St Preux x Latifi
    Okami x Ben Saunders (se for voltar pros 77)
    Andrade x Torres
    Gadelha x Esparza
    Kim x Matthews
    Saki x Bosse
    Ishihara x Tucker
    Formiga x Nguyen
    Nakamura x Alex Garcia

    • magnuseverest

      Ótima hora para Gadelha pegar a Esparza,mas ainda acho que ela deve subir,pois vai ficar na sombra da Joanna.

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Pode ser também, mas eu acho que a Joanna vai subir, assim fica mais tranquilo pra Claudia (embora tenha essa derrota aí que pode ter fodido tudo)

        • William Oliveira

          Vai sim. Ela falou que o objetivo é quebrar o recorde de defesas do MMA feminino e subir.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Mandou bem, feroz. Concordo com praticamente tudo.

      Ps: Tucker deve demorar um bom tempo para voltar a lutar. A surra tomada no UFC 215 foi grande, vários ossos faciais quebrados.

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Sim, coloquei mais pelo estilo, Ishihara é lutador vencível e ao mesmo tempo que empolga

  • Mauricio

    TerutO Ishihara vs Artem Lobov 2 – aquela primeira luta não foi certa não

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Deus nos livre.

  • William Oliveira

    Se não me engano o Benavidez vai ficar afastado do octógono por mais alguns bons meses, então eu faria Formiga VS Ben Nguyen, lutador que até fora escalado pra enfrentar o Benavidez, mas aí ele teve de se retirar e o Ben 10 passou por cima do Tim Elliot.

    Concordo nas sugestões pro Saki e Andrade, acho que o Bosse e a Torres seriam perfeitos. A KK precisa pegar um pouco mais de momento, talvez seria uma boa ela pegar a Calvillo, vencendo ou perdendo contra a Esquibel.

    Gadelha disse que vai ficar afastada por um bom tempo então acho desnecessário ficar pensando em adversário pra ela, até a sua volta muita coisa deve mudar. Por fim, não faço a menor ideia do que fazer com o Okami e com o DHK falso, tampouco tenho interesse. RH pro Frankestein, 0 QI de luta.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Ótimas ponderações, fera. Mandou bem.

  • Renan Oliveira

    Casamentos para os vencedores:

    OSP x Shogun 2
    Jéssica x Karolina
    Kim x Dober
    Saki x Rakic
    Ishihara x Choi
    Formiga x Wilson 2
    Nakamura x Camacho

    Casamentos para os perdedores:

    Okami x Jingliang (WW)
    Cláudinha x Esparza
    Gomi x Penn (LW)
    Frankenstein x Herman
    Rolando x Hirota
    Sasaki x Smolka
    Morono x Abdul

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Saki x Rakic pode ser uma boa.

      Ishihara x Choi é pedir para matar o Zé transa. rs

      Frankenstein é RH, não tem nem jeito.

  • Thiago Tanikawa

    St. Preux vs Shogun: é meio louco de imaginar que o vencedor dessa luta pode receber um title shot. Shogun que pela primeira vez conseguiu uma sequência na organização e OSP que recentemente tava com três derrotas na sequência. Os meio-pesados é uma categoria triste…
    Okami vs Natal: se o Okami já estava pra retornar,com certeza não era pra lutar como meio pesado. Se ele for voltar pros médios, acho o Natal um par justo pra ele, dois veteranos que já tiveram sua relevância;provavelmente vai ser uma luta bem chata…mas fazer oq.
    Andrade vs Torres: provavelmente uma semifinal pra ver quem fica com a próxima disputa de título, são as únicas lutadoras top da categoria que estão em uma fase que justifica lutar pelo cinturão (fora a Namajunas, claro).
    Gadelha vs Esparza: muitos comparam a Gadelha com o Benavidez, mas eu acho que ela é mais uma Miesha Tate;ele deve conquistar o cinturão, mas só quando a Joanna perder o título ou sair da categoria. Enquanto isso não acontece, a Esparza é o nome perfeito pra que ela reconstrua uma sequência que pode levá-la de volta ao topo da categoria.
    Saki vs Rounthree: eu particularmente casaria Bossé vs Dollaway, então acho que o Khalil seria o oponente ideal pro Saki. Os dois são porradeiros e seriam bem divertidos de ver lutar.
    Kim vs Neto BJJ: foi um casamento que me ocorreu agora e que eu achei bem interessante…PS: Gomi, para que tá feio.
    Formiga vs Moraga ou Bibulatov: é triste saber que o formiga sempre bate na trave…mas ainda tenho fé que ele ainda vai receber o merecido title shot. Ele já perdeu pra quase todo mundo que tá acima dele no ranking, então acho esse casamento justo. Quem quer que vença no UFC 216 tem um certo nome(Moraga) ou um certo Hype(Bibulatov), se o Jussier perder…bem…pelo menos criou mais um contender.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Okami x Natal é a luta clássica do RH. rs

      Formiga x Moraga ou Bibulatov também faz sentido, assim como Kim vs Neto BJJ.

Tags: , , , , , , , , , , , ,