Atacando de Joe Silva:
lutas a casar pós-UFC Pittsburg

Laerte Viana | 18/09/2017 às 02:23

Fala, galera!

Que belo evento tivemos em Pittsburgh, na Pensilvânia, hein? Não faltou emoções e belos nocautes – sete, no total. Aliás, foram tantas ótimas performances que muita gente saiu injustiçada por não embolsar U$ 50 mil extra. Valeu a pena ficar acordado até tarde.

Os resultados darão uma chacoalhada daquelas nas divisões dos médios, meio-médios e leves, que ganham novos-velhos protagonistas/candidatos a tal.

Com os cenários desenhados, vamos deixar a conversa fiada de lado e falar do que de fato interessa: os próximos passos dos principais nomes do UFC Fight Night 116:

1num

Luke Rockhold x Yoel Romero 

Está certo que Luke Rockhold levou um mini-sufoco no início e até perdeu o primeiro round, mas foi só se achar na luta que começou a ditar o ritmo contra David Branch, que embora tenha sido guerreiro, não aguentou a pressão imposta e entregou os pontos na segunda etapa. Chegou, inclusive, a bater em sinal de desistência enquanto tomava uma saraivada de socos.

Bem, com Luke de volta, a categoria dos médios ganha um fortíssimo candidato a campeão, seja lá quem estiver no topo. Como Michael Bisping e Georges St. Pierre ainda vão se enfrentar e Robert Whittaker está na frente na fila com um cinturão interino, o bonitão terá que lutar mais uma antes de um novo title shot.

Pelo bem da divisão, o certo seria Rockhold x Yoel Romero e Chris Weidman x Ronaldo Jacaré. Sempre devemos levar em conta que Anderson Silva, pelo poder de barganha adquirido, pode aparecer no bolo em caso de vitória sobre Kelvin Gastelum. De qualquer forma, mantenho o plano inicial.

NUM_2

Mike Perry x Thiago Pitbull

Para a surpresa de ninguém, Mike Perry precisou de pouco mais de um minuto para fazer o dever de casa e liquidar Alex Reyes com requintes de crueldade. Já são quatro nocautes na franquia, tudo isso em somente 13 meses. Podem não gostar do estilo do maluco, só não há como negar que ele sabe se promover dentro e fora do octógono.

Dito isso, não é hora para empolgar – a derrota para Alan Jouban é uma prova. Por mais que tenha desafio Robbie Lawler, não vejo outro caminho que não seja a remarcação do combate contra Thiago Pitbull, que deixou o card por razões ainda mal explicadas. É só assinarem os contratos novamente.

Obs: Alex Cowboy também seria outro confronto de bom tamanho para o bad boy.

NUM3

Anthony Smith x Krzysztof Jotko / CB Dolloway 

Apesar dos três nocautes consecutivos e 4-1 em sua segunda passagem no Ultimate, Anthony Smith não vai longe. Os atrasos sofridos nos rounds inicias contra Andrew Sanchez e Hector Lombard só evidenciam a tese. É esforçado e não passa disso.

O futuro do Coração de Leão pode ser nos médios ou meio-pesados, de acordo com o próprio lutador na entrevista pós-luta. Se continuar batendo 84kg, Krzysztof Jotko, que amargou o segundo revés ao perder na mesma noite, é uma opção. Se decidir subir, CB Dolloway, que há dois meses bateu Ed Herman, é o nome da vez.

NUM4

Kamaru Usman x  Santiago Ponzinibbio

Alguém anotou a placa? Sem dó nem piedade, Kamaru Usman não tomou conhecimento de Serginho Moraes e desligou o carismático paulista de forma brutal. Sexta vitória em seis lutas na casa – a atual maior sequência dos meio-médios – e a confirmação de que será, em breve, um pesadelo para a elite da categoria.

Ainda que não esteja no top 10 – é o 13º, o nigeriano se consolida como real força até 77kg, situação parecida com a de Santiago Ponzinibbio, que também vem embalado, só que com um triunfo a menos. Aliás, o hermano disse para esse jornaleiros que vos fala que está sedento para voltar em dezembro/janeiro, porém não tem nada marcado.

Que tal, então, colocá-los frente a frente? Ainda tem um ingrediente interessante que envolve as academias, uma vez que o Gente Boa é da American Top Team e Kamaru treinava na finada Bracklizans. O vitorioso já começa a enxergar o top 5 como realidade.

NUM5

Gilbert Durinho x Joe Lauzon / Clay Guida 

Confesso que cheguei a pular de susto na hora do pombo sem asa que Gilbert Durinho acertou em Jason Saggo, que foi para outra dimensão. Arrisco a dizer que foi a melhor atuação da carreira do brasileiro, que volta a se colocar em evidência.

As 31 primaveras completadas e 5-2 na organização mostram que, talvez, o hype em torno de seu nome tenha sido um pouco exagerado. No entanto, é inegável que Durinho tem seu valor e pode se criar na divisão, mesmo sendo a mais disputada do mundo.

Minha primeira opção para propor um desafio mais elevado para Burns seria Joe Lauzon, mas o mesmo irá enfrentar Clay Guida, em novembro. Portanto, quem vencer o duelo está de bom tamanho para encarar o craque da arte suave.

Casamentos extras: 

  • Falei em abril e repito: Gregor Gillespie, de 30 anos, cartel 10-0, quatro vezes All-American e campeão da primeira divisão da NCAA é produto para lá de especial. Digo sem medo de errar que o rapaz é produto para top 10 dos leves em um futuro não muito distante. Com três pontos conquistados com extrema autoridade no UFC, a dúvida é saber como ele reagiria frente a um oponente melhor qualificado tecnicamente. Dessa forma, o vencedor de Lando Vannata e Bobby Green, que vão sair na mão no UFC 216, renderia uma ótima peleja com O Presente.
  • Duelo disputada e sem muita emoção entre duas promessas dos leves, com final melhor para Olivier Aubin-Mercier, que engatou a terceira ao passar por Tony Martin. O canadense é talentoso e parece ter futuro, porém nunca foi testado à vera, verdade seja dita. Ainda não é hora de ser jogado aos leões, apenas o nível precisa subir na próxima. Sugiro Paul Felder, que em julho passado nocauteou Steven Ray e sempre foi visto com bons olhos, embora tenha perdido em momentos decisivos. Duelo de estilos que me agrada.
  • E não é que Uriah Hall fez de novo? Assim como contra Gegard Mousasi, o homem dos highlights “achou” um nocaute na segunda etapa e deitou Krzysztof Jotko, após tomar um passeio digno de 10-7 nos cinco minutos iniciais. Independente do resultado, a lição é que não dá para confiar em Hall, sempre muito irregular e sem consistência. Sendo assim, não merece um adversário melhor colocado. Sam Alvey, que também gosta de sair na mão, é um nome na medida para uma boa promessa de anarquia.

Amigos, me ajudem com os destinos de David Branch, Hector Lombard, Serginho Moraes e companhia? Mandem bala!

  • Victor Ferreira

    Imagina se o Anderson vence o Gastelum e depois vence o Romero e o GSP vence o Bisping e o Whittaker, e a tão sonhada luta finalmente acontece… sonhar é bom!

    • Carlos André

      Fera, se o GSP e o Anderson vencerem suas lutas, esta possibilidade já se torna real, mesmo tendo o interino do Whitaker. A outra possibilidade caso GSP vença é rolar GSP x McG. Não duvide disso.

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Se o Anderson conseguir um nocaute highlight ou vitória dominante em cima do Gastelum, e GSP vencer eu tenho é certeza kk

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Não acredito nesse cenário, mas seria roteiro de filme. haha

  • Joadson Carvalho

    Rockhold vs Romero é guerra!

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Tomara que seja main event para algum FN. Três rounds para uma luta dessa é muito pouco.

    • magnuseverest

      UFC Havana,rss….
      Com Lombard vs Spider…

      • Joadson Carvalho

        Do jeito que as coisas estão, Anderson vai pedir o cinturão se bater o Gastelum haha

  • Rudá Corrêa Viana

    Serginho estava precisando tomar esse choque de realidade. Quem sabe agora ele volte a investir no BJJ ao invés de pensar que eh tailandes.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Também acho que o Serginho deveria voltar a investir mais no jiu-jítsu.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Porra! J-Law vs Burns seria massa.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      E o Durinho já provocou o Lauzon diversas vezes nas redes sociais.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Lauzon sendo cutucado por um Durinho?? PIPIPIPIIPIPI

  • Mauricio

    Não sei, mas acho que o UFC não vai queimar prospectos então USman vs Xente boa vai ficar pra depois, fecho com RDA vs Ponzzinibio (na argentina seria da hora)
    Usman vs Lawler ou Thompson

    • Matheus V.

      O UFC fez Chiesa x Lee (ambos prospectos com menos de 30 anos) na categoria de baixo e o peso meio-médio não é menos povoado que o leve. Usman x Santiago é uma baita luta, não vejo pq não fazer…

      • Laerte Viana Venâncio Alves

        Bem lembrando também.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      UFC está colocando prospectos para se enfrentaram com certa regularidade. Moicano x Ortega, Tony Martin x Aubin-Mercier e até Vicente Luque x Leon Edwards são alguns bons exemplos.

  • Tairon de Oliveira

    Serginho, Massara… Galerinha BR que tá encostando no TOP#15, geralmente fica enchendo o saco (não foi o caso do Massaramito) pra pegar um rankeado, chega na hora e me vem com uma presepada dessas que nem a do Serginho? Sério?

    O próximo é o Leo Chorãontos.

  • Renan Oliveira

    Casamentos para os vencedores:

    Rockhold x Romero
    Perry x Lawler
    Smith x Marreta
    Gillespie x Emmett
    Kamaru x Santiago
    Hall x Thales
    Durinho x Kajan

    Casamentos para os perdedores:

    Branch x Belfort
    Reyes x Bofando
    Lombard x Rashad
    Gonzalez x Nuguette
    Serginho x LaFlare
    Jotko x Cara de Sapato
    Saggo x Trator

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Hall x Thales Leites, caso o brasileiro bata o Brad Tavares no UFC 216, é uma boa. Gostei dessa.

      Jotko e Cara de Sapato treinam juntos na ATT, não vai rolar essa. rs

  • Luis Coppola

    – Cockyhold x Romero ; Branch x Tim Boetsch
    – Perry x Jingliang (co main UFC China) ; Reyes x Tony Martin
    – Anthony Smith x vencedor Thales/Tavares ; Lombard demissão
    – Gillespie x Aubin Mercier ; Gonzales x Polo Reyes
    – Kamaru x vencedor Demian/Colby ; Sergin x Sobotta (remarcando)
    – Ledet x Travis Browne ; Anyanwu x KLB
    – Spitz x Abdurakhimov ; Hamilton demissão
    – Hall x vencedor Marreta/Hermansson / Jotko x vencedor Theodoru/Kelly
    – Burns x vencedor Lauzon/Guida ; Saggo demissão

  • William Oliveira

    Rockhold VS Yoel Romero
    Branch VS Uriah Hall
    Mike Perry VS Santiago Ponzinibbio
    Anthony Smith VS Tim Boetsch
    Gillespie VS Gilbert Burns
    Usman VS vencedor de Cerrone-Till
    Moraes VS Ben Saunders
    Ledet VS Travis Browne
    Mercier VS Steven Ray
    Martin VS Neto BJJ
    Spitz VS Chase Sherman
    Hall VS David Branch
    Jotko VS Eryk Anders
    Burns VS Gregor Gillispie

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Tony Martin x Netto BJJ e Ledet x Browne fazem muito sentido. Acho que seria na medida pro Sr. Rousey sair da draga (embora eu não tenha mais coragem de apostar nele contra quem quer que seja).

      • William Oliveira

        Mas o que falta pra ele é queixo e coração, contra um Ledet da vida que tem um boxe afiado e velocidade, acho que o Browne venceria, o primor técnico estará lá, diferente dos caras que o Ledet venceu até agora.

    • magnuseverest

      Ledet vs Travis, ou Ledet vs Lewis só pela anarquia ,rsss.

  • Thiago Tanikawa

    Rockhold vs Romero: ele contra o Mousassi seria melhor mas né….Ainda assim uma luta com bastante potencial pra um ufc numerado.
    Branch vs Boestch: o Branch nunca vai se estabelecer como top da divisão, por isso não caso ele contra alguém mais rankeado. Tim Boestch vem de vitória e tá de bom tamanho pra ele.
    Perry vs LaFlare: LaFlare era top 15 até pouco tempo atrás e, caso o ultimate queira vender o Perry como um prospecto de fato, a última “vítima” do cowboy pode ser uma boa alternativa.
    Smith vs Marreta ou Hermansson: como aposto no Marreta pro próximo fight night no Brasil, espero que os dois se enfrentem depois para termos pancadaria franca.
    Usman vs Maia ou Colvington: também aposto no Demian no FN SP, assim o Usman consegue sua tão pedida luta com o brasileiro.
    Durinho vs Mercier: os dois venceram…acho até que daria um embate bom.
    Ledet vs Willis: devastada do jeito que tá…a divisãoo já pode ver no “El Blanco” um top 15 em potencial. Mas só não dou um top de fato ainda pq essa lutas se resumiu a jabs eternos, então o recém chegado Willis pode dar a ele uma última apresentação antes de entrar de fato no ranking.
    Hall vs Silva ou Gastelum: o jamaicano consegue uma sobrevida no evento e seria um adversário decente pra quem quer que ganhe esse embate na China(embora eu prefira o Anderson pro Hall parar de pedir pra lutar com ele).
    Jotko vs Theodoru ou Kelly: o polonês até que tava tendo boas performances mas…já são duas derrotas seguidas. Vou ser gentil com ele apesar de achar que,não importa o vencedor na Austrália,esse casamento vai acabar numa luta chata da porra.

    • William Oliveira

      Dar o LaFlare não seria nada inteligente pelo ponto de vista comercial kk

      • Thiago Tanikawa

        É que eu acho uma luta vencível pro Perry, ele tem poder de nocaute e somaria um bom nome à lista de caras que ele bateu…mas sla.

        • William Oliveira

          Vencível é, mas é super arriscada também, o LaFlare se derrubar consegue amarrar o cara até amanhã, ele dominou o Cowboy no primeiro round, duvido que seria diferente com o Perry. Melhor dar um striker.

          • Thiago Tanikawa

            Eu até queria casar ele com o Saffediene, mas aí já seria uma possível quarta derrota seguida….tive pena kk

          • William Oliveira

            Po eu já acho que ele merece um top 10, cara eu nem consigo lembrar o último lutador do UFC que venceu TODAS as lutas por nocaute na carreira profissional, e ele só tem 1 derrota em 4 lutas no UFC, acho que a galera subestima por causa da derrota pro Jouban mas a unica coisa que dá pra tirar daquilo é que o Jouban é muito técnico e sabe pontuar, mais nada..

          • Thiago Tanikawa

            O bom do Perry é que ele é agressivo e tem mão muito pesada, se ele estiver bem e acertar um bom golpe ele mata. Mas acho que alguém com mais técnica e QI de luta não teria problemas contra ele, até um wrestler ou jiujiteiro poderia amarrar ou até finalizar, por isso meu receio de jogá-lo pras feras já agora.

          • Laerte Viana Venâncio Alves

            Também acho. O próprio Cowboy x Perry seria bem melhor que o LaFlare.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Tirando a do Perry e do Hall, concordo com os casamentos. Mandou bem.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Rockhold x Romero
    Branch x vencedor de Tavares x Leites
    Perry x Alves
    Smith x Alvey
    Lombard x aposenta que tá feio
    Gillespie x Krause
    Usman x Vencedor de Maia x Covington
    Moraes x Jouban
    Ledet x Tim Johnson
    Mercier x Makhachev
    Hall x Vencedor de Marreta/Hermansson
    Jotko x Anders
    Burns x Klose

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      O duro de Hall x Marreta é que eles já se enfrentaram, dificilmente vai rolar essa revanche por agora.

      Usman x Vencedor de Maia x Covington faria sentido, principalmente se o americano bater o Demian.

      PS: “Lombard x aposenta que tá feio” foi ótimo. haha

    • William Oliveira

      Esse aposenta que tá feio é o Rashad? Acho que daria uma boa luta entre eles mesmo..

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Rashad no mesmo tier.

  • Henrique

    Rockhold x Romero / Branch x Borrachinha/Hendricks
    Perry x Alex Cowboy / Reyes x Burnell
    Smith x Jotko / Lombard RH
    Gillespie x Brooks/Lentz / Gonzalez x Emmett
    Usman x Santiago / Moraes x Barberena
    Ledet x Abdurakhimov / Anyanwu x Danho
    Mercier x Trator / Martin x Mustafaev
    Spitz x Duffee / Hamilton aposentadoria
    Hall x Alvey
    Durinho x Teymur / Saggo x Held/Packalen

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Cara, eu JURO que Gillespie x Brooks/Lentz era minha segunda opção. hahaha

      Mercier x Trator também seria uma boa luta.

  • Matheus V.

    Pra quem quer dar, Lawler e RdA/Maia para Perry e Usman, é só lembrar que nenhum dos dois pegou ranqueados ainda. Disso para um TOP 5 é um salto meio grande, não?
    Bem, Usman x Santiago é um duelo ideal pq testa o grappling do argentino e os buracos defensivoa na trocação do nigeriano (que engoliu bons golpes da trocação baile funk do Serginho). Concordo tbm com refazerem Perry x Pitbull!

    • Idonaldo Gomes Assis Filho

      Na época que o Perry pegou o Ellenberger ele tava na rabeira do ranking (13 por aí), mas não significa muita coisa kk

      • Matheus V.

        Não conta, pq o Ellenberger foi mantido no ranking só como parte do plano do Sean Shelby de mata-lo dando só TOPs pra ele. Todo mundo sabe disso kkkkk

      • William Oliveira

        Não significa nada atualmente, Ellenberger tá 1-4 nas últimas 5 e 2-7 nas últimas 9 haha

        Só ganhou do Koscheck que hoje tá semi aposentado e do Brown que também tá no fim da carreira

        • Idonaldo Gomes Assis Filho

          Por isso mesmo eu disse no final kk

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Perfeito a ponderação. Não podemos esquecer que o Perry não achou nada contra o Jouban, que nem ranqueado é.

  • Eros Luiz G. Costa

    Pq não Rockhold vs Mousasi?

    • Lucas Oliveira

      Ué, só se o Rockhold for pro Bellator. Mousasi saiu do UFC faz alguns meses já.

      • Eros Luiz G. Costa

        É vdd irmão, tinha esquecido disso, o Mousasi andava sumido dos eventos e eu tinha esquecido desse motivo. Vlw a lembrança man, peço perdão pelo vacilo kkkkk

        • Lucas Oliveira

          É que ele ainda não lutou no Bellator também, dai fica foda lembrar mesmo! hahahah

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Seria uma BAITA luta, caso o Mousasi não tivesse saído. Uma pena.

  • magnuseverest

    Luke vs Romero
    Branch vs Belfort
    Hall vs Spider
    Perry vs Lawler
    Usman vs Xente Boa
    Jotko vs Weidman.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Hall x Spider só vale se o brasileiro perder para o Gastelum.

Tags: , , , , , , , , , , , , ,