Atacando de Joe Silva:
lutas a casar pós-UFC 215

Laerte Viana | 11/09/2017 às 12:00

Fala, galera.

Apesar dos desfalques de última hora, não temos do que reclamar. É claro que Demetrious Johnson x Ray Borg, que deve rolar no UFC 216, em outubro, fez falta, mas os desempenhos irretocáveis de Rafael dos Anjos e Henry Cejudo, somado as performances maiúsculas de Ketlen Vieira e Jeremy Stephens, por exemplo, agraciou o show entregue em Edmonton, no Canadá.

Com os cenários desenhados, vamos deixar a conversa fiada de lado e falar do que de fato interessa: os próximos passos dos principais nomes do UFC 215:

1num

Amanda Nunes x Raquel Pennington / Holly Holm 

De maneira justa para alguns e injustas para outros, o fato é que Amanda Nunes obteve êxito na revanche contra Valentina Shevchenko e defendeu o cinturão pela segunda vez consecutiva. A terceira, segundo a própria campeã, não deve acontecer tão cedo, uma vez que a mesma só deve retornar em 2018.

Se olharmos o cenário do peso galo feminino, não há nenhuma opção incontestável para o posto de desafiante, sendo que apenas Raquel Pennington e Holly Holm vêm de vitória – Cat Zingano, Julianna Peña e Sara McMann estão, por hora, fora de cogitação.

Sendo assim, até lá temos tempo de sobra para fazer um title shot eliminator entre Pennington e Holm, caso a loira não suba para enfrentar Cris Cyborg.

NUM_2

Rafael dos Anjos x Robbie Lawler

Arrasador do início ao fim, Rafael dos Anjos não teve qualquer dificuldade para driblar a envergadura de Neil Magny, levar a luta para o solo e rapidamente arrancar os três tapinhas do rival. Tranquilamente uma das melhores atuações da carreira do carioca.

Dito isso, somado ao status de ex-campeão dos leves e a atual falta de desafiantes nos meio-médios, não ficaria nenhum pouco surpreso se Rafa fosse escalado, de maneira até precoce, como próximo compromisso de Tyron Woodley.

No entanto, acredito que um embate contra Robbie Lawler seria o mais justo para definir o adversário do campeão.

Quanto ao tempo que T-Wood ficaria sem lutar, o próprio já avisou que pretender tirar umas férias. E sejamos sinceros, ninguém está com pressa para vê-lo atuar…

NUM3

Henry Cejudo x Sergio Pettis

Assim como na derrota contestada para Joseph Benavidez, Henry Cejudo mostrou enorme evolução na luta em pé, o que certamente iria ditar o ritmo de Wilson Reis, como foi. Resultado: atuação dominante, primeiro nocaute no UFC e permanência no top 3.

Assim como o campeão olímpico, Sergio Pettis, que vem de quatro triunfos seguidos, também está pedindo passagem. Que tal, então, colocá-los frente a frente? Vale lembrar que eles iriam se enfrentar no UFC 211, em maio passado, porém uma lesão de Cejudo fez os planos serem adiados. É só remarcar.

Outro ponto: como Demetrious Johnson ainda irá enfrentar Ray Borg e depois deve se aventurar nos galos, não seria nenhum absurdo que o vencedor de Cejudo x Pettis enfrentasse, talvez, um Benavidez pela cinta interina ou até mesmo linear, caso DJ migrasse em definitivo para 61kg.

NUM4

Jeremy Stephens x Brian Ortega 

Mérito total de Jeremy Stephens, que castigou a perna do cada vez mais decrépito Gilbert Melendez e voltou a vencer nos penas. Aliás, esse é a realidade do Esquentadinho: alternar bons e maus resultados, porém sempre se garantindo no top 10.

Opções para a sequência não faltam: Darren Elkins, Doo Ho Choi, Brian Ortega, Yair Rodriguez e Mirsad Bektic são alguns dos exemplos disponíveis.

Como Stephens quase sempre é usado para testar algum jovem valor, e até mudando os planos sugeridos em uma coluna anterior, o casaria com Ortega, que recentemente finalizou Renato Moicano.

Casamentos extras:

  • Para a alegria de Lucas Rezende, Ilir Latifi deu de ombros para o hype criado em torno de Tyson Pedro e voltou a vencer após 18 meses. Já no top 10 dos meio-pesados, o sueco não deve ir muito longe, mas pode proporcionar pelejas interessantes. Um nome plausível é de Ovince St. Preux, que enfrenta Maurício Shogun daqui duas semanas. Independente do resultado, OVS não andará muito na categoria, o que possibilita o confronto.
  • Olhos bem abertos para Ketlen Vieira. Embora tenha sofrido no primeiro round, a amazonense virou o jogo e finalizou a experiente e dura Sara McMann, garantindo sua invencibilidade e o terceiro ponto na casa. Chega no top 5 com o pé na porta. Olhando para frente, dois nomes chamam a atenção e poderiam testar a brasileira: Cat Zingano e Julianna Peña. Fico com a campeã do TUF 18, que está em 3ª no ranking e é mais ativa. Lutão até para o card de São Paulo, caso estejam saudáveis até lá.

Amigos, me ajudem com os destinos de Valentina Shevchenko, Neil Magny, Gilbert Melendez, Wilson Reis e companhia? Mandem bala!

  • Renan Oliveira

    Casamentos para os vencedores:

    Amanda x Holly
    RDA x Woodley
    Cejudo x Pettis
    Latifi x Manuwa
    Stephens x Ortega
    Ketlen x Juliana
    Moras x Davis
    Bhullar x Browne

    Casamentos para os perdedores

    Valentina x Paige (Na WFLY)
    Magny x Ponzinibbio
    Wilson x Elliot
    Pedro x Villante
    Melendez x Cáceres
    McMann x Zingano
    Ashlee x Bethe
    KLB x Asker

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Gostei bastante de Melendez x Caceres.

      O Latifi e o Manuwa treinam juntos, por isso esse combate não vai rolar. hehe

      • Renan Oliveira

        Caramba não sabia dessa, hahaha

        • Malk Suruhito

          Manuwa foi para academia do Gustaffson após perder para ele, que é a mesma do Latiffi

    • William Oliveira

      Acho que não rola Valentina X Joanna antes que uma seja campeã, ou seja, só lá pra metade de 2018.

      • Renan Oliveira

        Essa aí fica pro futuro. Agora ela deve pegar a vencedora de VanZant x Eye no peso mosca.

        • magnuseverest

          Davis já lutou nos moscas,poderiam recontratar Rin Nakai.
          Gadelha e Bate-Estaca poderiam subir e a Jojo se testar.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Nunes x Pennington
    Shevchenko x Campeã do TUF
    RDA x Woodley
    Magny x Alex Cowboy
    Cejudo x Pettis
    Reis x Moreno
    Latifi x Glover (perdendo ou ganhando)
    Pedro x Vencedor de Blachowicz vs Clark
    Stephens x Zumbi (sei lá quando volta)
    Melendez x Caceres (ótima sugestão do Renan confesso que colei haha)
    Vieira x Pennington
    McMann x Carmouche
    Moras x Lansberg
    Evans Smith x Mazany
    Glenn x Knight
    Tucker x Quinones
    White x Tuck
    Bhullar x Vencedor de Hamilton vs Spitz
    Henrique x Danho (zzz)
    Johnson x Hooker
    Martins x Rinaldi

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Latifi x Glover também me agrada, assim como Magny x Cowboy.

    • Renan Oliveira

      Neil Magny x Alex Cowboy é uma boa. Quem sabe não rola ainda em SP?

    • William Oliveira

      Ótimos casamentos brother, mas vc botou duas Penningtons aí haha

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Que viagem foi essa minha kkkkkkkkkkkkkkk, troca por Holm a primeira

  • Luis Coppola

    – Amanda x Pennington ; Valentina x vencedora Vanzant/Eye nos moscas valendo TS (contra a campeã do tuf 26)
    – RDA x Woodley ; Magnyfíco x Gunnar Nelson
    – Cejudo x Borg valendo TS ; Wilson x Moreno
    – Latifi x vencedor Cummins/Corey ; Pedro x Bodão
    – Sthephens x Ortega ; Melendez x Gray Maynard
    – Ketlen x Pena valendo TS ; Mcmann x Bethe Correia
    – Mora x Smith ; Evans x Macedo
    – Glenn x Myles Jury ; Tucker x Jason

    • Silas K

      Magny vs Nelson seria mais uma derrota por finalização pra conta do Magny, ainda acho que passa do primeiro round pq o islandês começa devagar.

      • Luis Coppola

        Probabilidade grande, como Magny poderia tbm controlar a distância e ganhar uns dois rounds. Diferença considerável de tamanho, só lutando pra saber mesmo..

      • Laerte Viana Venâncio Alves

        Também acho o Nelson bem favorito contra o Magny.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Glenn x Myles Jury é uma boa.

  • Matheus V.

    – Nunes x Holm/Peña ou Pennington/Ketlen; Valentina x Vencedora do TUF 26.
    – Rafael x “Não tão interessado” Lawler ou TS; Magny x Gunni.
    – Cejudo x Little ; Wilson x Moraga.
    – Stephens x Jury; Melendez x Maynard.
    – Latifi x Manuwa.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Peña vem de derrota pra própria Valentina, não a considero uma desafiante no atual momento.

      Melendez x Maynard é uma boa.

      O Latifi e o Manuwa treinam juntos, por isso esse combate não vai rolar. hehe (2)

      • Matheus V.

        A Holm tbm perdeu pra Valentina, acho que a fila andou e as duas estão na situação de desafiantes de novo. Se a Amanda só vai voltar ano que vem, esse duelo viria a calhar…

        • magnuseverest

          Davis já venceu Amanda,e essa revanche é interessante,antes Davis teria que vencer alguma top,quem sabe uma luta contra Holm ou Valentina.

    • William Oliveira

      Moraga tá com luta marcada contra o russo invicto da FLW.

  • Petrus Radamés

    Ai fica a pergunta, o que fazer com o Benavidez? O cara vem de 6 vitórias seguidas, ganhou do Cejudo ( no garfo, mas esta o W no cartel dele) na última luta e ainda não lutou esse ano. Acho que ja esta na hora dessa revanche contra o might mouse

    • William Oliveira

      Ele tá machucado, só volta em 2018 e ele já perdeu 2x pro DJ. Deve pegar o Ben Nguyen na próxima, essa luta ia rolar e ele se machucou.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Ouvi (li, na real) sobre Jeremy x Aldo. Acho que a NU não aceitaria, mas seria mais interessante do que o Lamas.
    Rafa vs Lawler o brasileiro já tinha cantado quando era Campeão dos Leves, que subiria pra pegar o Lawler (então Campeão, tbm) LUTAÇA-AÇA.

    Legal ver que com as duas vitórias do RDA ninguém mais falou mal do Camp dele, como fizeram na derrota pro Eddie.

  • Gabriel Nicacio

    Amanda x Ketlen/Penn
    Shev x Zingano

    RDA x Lawler
    Magny x Niko Price

    Cejudo x Benavidez 2
    Reis x Moreno

    Latifi x Weidman (caso ele suba)
    Pedro x OSP/Shogun

    Stephens x Do Bronx
    Melendez x Moicano

  • Thiago Tanikawa

    Nunes vs Pennington ou Peña: Pennington pra mim merecia demais,mas o baixo apelo comercial dela deve forçar uma semi-final,de preferência contra a Peña que já teve uma contra a Valentina.
    Shevchenko vs Flyweight: mesmo q ela queira revanche, Amanda só volta ano que vem e repavimentar o caminho pro cinturão vai ser dureza. Preferia ver ela nos moscas(de preferência contra a Joanna).
    RDA vs Lawler: se pá rola até cinturão interino,visto o quão “querido” é o Woodley e o fato de que ele só em 2018.
    Magny vs Santiago: casei antes e caso de novo.
    Cejudo vs Pettis: não tem casamento mais sensato que esse agora. Os dois vem de vitória e estão a uma luta do title shot,sem dúvida mto interessante.
    Reis vs Nguyen: o Reis pode ser um bom porteiro pro top 5 (estilo formiga); e o Nguyen pode ser top 5 em breve na minha opinião. Bom teste pra ambos.
    Stephens vs Zombie: garantia de violência. Além do mais, quero Aldo vs Elkins( Já que o Cub recusou) e Lamas vs Ortega.
    Latifi vs Anderson ou Cummings: luta aleatória entre os meio pesados do top 10.
    Pedro vs Herman: lutinha de levante pro UFC Austrália.
    Vieira vs Carmouche: acho q se a Ketlen passar dela….pode até disputar o título. Outra veterana,vindo de vitória e ex-desafiante pelo título.

  • Igor

    A pressa em ver o TWood lutar realmente ninguém tem. O que todos tem pressa é em vê-lo perder.

  • Henrique

    Nunes x Pennington / Shevchenko x Campeã do TUF
    RDA x Lawler / Magny x Nelson
    Cejudo x Pettis / Reis x Moreno
    Latifi x Minotouro/Cannonier / Pedro x Villante
    Stephens x Ortega / Melendez x Lobov/Fili
    Vieira x Peña / McMann x Zingano
    Moras x Bethe / Smith RH
    Glenn x Hacran / Tucker x Bochniak
    White x Horcher / Clarke aposentadoria
    Bhullar x Willis / KLB x Asker
    Johnson x Pichel / Martins x Diakiese

  • Daniel Piva

    Com a recusa do Cub Swanson, o Jeremy Stephens pode ser um bom nome para pegar o Aldo, caso a revanche com o Lamas também não saia do papel?

    E para o Rafael dos Anjos acha que pode ser uma outra alternativa o vencedor de Maia vs Covington, que lutam no fim de outubro?

  • Lucas Venagas

    nada de holm
    essa ai vai ficar ganhando TS todo semestre ate qdo pq venceu a gorda?
    Penington nem pensar tbm,limitada demais

    que coloquem alguma mesmo das que perdeu ora,a propria zingano tem historia com ela ja que a derrotou,ate parece que seria a primeira vez que o ufc faria isso
    Alem do mais a amanda ja falou que vai ficar um tempo sem lutar,da muito bem pra fazer essas mocinhas ai lutarem nesse periodo e se recuperarem dessas derrotas

  • magnuseverest

    Holm já ganhou da Penn,caso ela não pegue a Cyba,deixaria Evans-Smith contra Holly,e Raquel poderia lutar com Valentina ou Peña.
    Moras poderia lutar com Vieira em SP levando em conta que ganharam rapidamente,no caso Moras foi mais rápida e não deve estar tão cansada.
    RDA pode pegar o Lawler,seria lutão…Tyron não ganhou GSP e agora quer férias,só rindo.

  • William Oliveira

    Match ups que me interessam:

    Nunes VS Raquel Pennington
    RDA VS Tyron Woodley
    Magny VS Leon Edwards
    Cejudo VS Sergio Pettis
    Reis VS Brandon Moreno
    Latifi VS Jimi Manuwa
    Stephens VS Dohoo Choi
    Vieira VS Liz Carmouche
    Moras VS Alexis Davis
    Glenn VS Calvin Kattar

    • Luis Coppola

      Manuwa acabou de ser casado contra o Przemyslaw Mysiala no UFC Polônia..

      • William Oliveira

        Verdade, contra o Glover então, tem que ser alguém acima dele, tá 4-1 nas últimas 5 se não me engano.

        • Luis Coppola

          Prefiro Manuwa x Shogun caso ele passe pelo OSP.
          Essa luta estava casada pro UFC Uberlândia mas o Manuwa se lesionou..

          • William Oliveira

            Mas eu digo pra marcar Latifi VS Glover, o Manuwa fica pra depois, uma vez que pode até perder pra esse maluco desconhecido aí haha

  • Pedro Pires

    Shevchenko x gdr
    Magny x tarec safedine
    Melendez x pepey
    Wilson x cariasso

  • João Lucas

    Valentina postou hoje e pelo que anda dizendo não quer descer. Holly não lutará com a Amanda, eu acho que ter vencido a Bethe Correia na categoria não ajuda em nada, apesar de ser comercialmente interessante. Mas uma luta com a Cyborg já que ninguém quer enfrenta-la, seria uma ótima e muito melhor comercialmente falando. Acredito que será Amanda vs Raquel mesmo. Ou botaria a Julianna pra lutar este ano com a Raquel, se uma das duas vencer é Title Shot, eu acredito que a Julianna levaria, ainda que seria injusto pra Raquel, mas comercialmente uma luta dela (Raquel) com a Amanda não é uma boa. Nessa bagunça não sei como ficaria a Valentina se permanecer na categoria. Não faço ideia dos planos do UFC. Sinceramente que espero que ela vá para os 57.

Tags: , , , , , , , , , ,