Pensando alto: a análise
informal do UFC FN 115

Lucas Carrano | 02/09/2017 às 18:32

Amigos do Sexto Round,

Como o UFC Fight Night 115 é a Primeira Liga do MMA, nada mais justo que dar uma folga ao time titular e dar ritmo de jogo aos reservas.

Por isso, com a ajuda dos companheiros e a confiança do professor, espero trazer para vocês os três pontos do que foi o evento em RoterdãHolanda.

Sem mais delongas, vamos à leitura das principais lutas da tarde/noite:

Alexander Volkov x Stefan Struve

Quando começou a luta, logo pensei: “Teria eu brincado cedo demais? Será que Struve estaria finalmente retomando sua melhor fase?”. O primeiro round do holandês foi muito bom e certamente assustou bastante Volkov. Porém, para o bem da nação e felicidade geral do povo, o Skyscrapper que não sabe usar sua envergadura monstruosa, luta com a cara aberta e toma atraso na curta distância voltou. E aí, todos sabemos, é só uma questão de tempo até que o inevitável nocaute ou nocaute técnico chegue. Neste caso, aliás, teve um peso fundamental no adiamento do término da luta a sucessão de dedadas nos olhos por parte do holandês – que, nem assim, diga-se de passagem, teve um ponto deduzido. No frigir dos ovos, mais uma vitória para Drago, que se aproxima da parte de cima da categoria até 120 kg e, desta vez, com uma atuação bem mais empolgante do que no último triunfo diante de Roy Nelson.

O problema é que somos muito parecidos, mas assim que eu comecei a me encontrar dentro do cage, consegui o nocaute. Agora só quero andar pra frente, enfrentar alguém que me faça subir na categoria”, disse Volkov logo após o triunfo.

Marion Reneau x Talita Bernado

Marion Reneau já merece um Troféu Anthony Johnson honorário por seu Q.I de luta, no mínimo, duvidoso. Tomando sempre as piores decisões possíveis nas piores horas possíveis, a veterana esteve muito perto de entregar a rapadura por diversas vezes ao longo do combate. Tudo bem que mudar a adversária em cima da hora traz seus prejuízos para o gameplan, mas não dá pra ignorar o abacaxi a ser descascado pela brasileira chamada às pressas (e que sequer se preparou para o duelo) – mesmo entrando como completa franco-atiradora. Passada a “sessão do descarrego” pra cima da ganhadora, Reneau tirou vantagem do evidente, e compreensível, cansaço de Talita Bernardo (que, é bom frisar, teve tempo e condições de mostrar suas credenciais de jiu-jitsu ao longo do combate, embora também tenha quase acabado em um triângulo da adversária) para conseguir a apenas seis segundos do fim o nocaute estraga-palpite – como se a vida já estivesse muito fácil pra mim ali na rabeira da tabela e os pontos do método não fosse me fazer falta.

Leon Edwards x Bryan Barberena

Tudo dava a entender que a luta seria um passeio no parque para Leon Edwards. No princípio, com o domínio total do jogo em pé e uma nítida diferença de qualidade na trocação, só lhe faltou mesmo o cacoete de mochileiro para finalizar nas duas oportunidades que teve nos rounds iniciais. Justamente quando parecia que a luta estava controlada, e onde o rival parecia oferecer menos risco, o britânico-jamaicano ligou o modo “com emoção” e, com um preciso uppercut de encontro, sofreu um duro knockdown na reta final do segundo assalto, ficando muito próximo de ser nocauteado. No terceiro e decisivo assalto, Edwards voltou mostrando ter feito bom uso do minuto que teve para respirar e por a cabeça no lugar e voltou a comandar as ações. Com boas combinações e controle da distância, além da luta agarrada por cima desenvolvendo-se a olhos vistos, ele garantiu sua quarta vitória consecutiva e, pelo menos por suas próprias expectativas, um passaporte para o top-15.

Eu tentei fechar o mata-leão, mas ele é um cara muito técnico, muito duro. Mas eu já esperava isso. Eu estava tentando manter a distância e sentir um pouco a luta, mas eu sabia que ele viria com tudo mais cedo ou mais tarde. Agora, já é hora para que eu pegue alguém do top-15 ou top-10″, disse Rocky.

Menções honrosas:

  • O que foi pior: a sova que o árbitro Leon Roberts deixou Rob Wilkinson levar ou o empurrão quase tão forte quanto os socos que deu no pobre australiano ao separar a luta? Quem diria, o afegão Siyar Bahadurzada está de volta e nocauteando como sempre.
  • Mairbek Taisumov vinha de quatro vitórias seguidas por nocaute e encaixou seu quinto triunfo seguido com mais um nocautaço digno de vídeo de highlightsOne punch knockout pra despachar o brasileiro Felipe Silva.
  • Começa a se complicar a situação de Francimar Bodão na organização. Duas derrotas, um no contest e somente uma vitória em suas últimas quatro lutas. Desta vez um revés por decisão unânime diante de Aleksandar Rakić.
  • Darren Till segue subindo importantes degraus e manteve-se invicto, desta vez batendo Bojan Veličković por decisão unânime.
  • Passada toda a confusão pré-luta (perda de peso e mudança de adversário), Michel Trator assinalou mais uma finalização para seu cartel, tendo agora duas das cinco finalizações da posição norte-sul na história do Ultimate.

Para os demais resultados e a resenha antes, durante e depois do evento, é só dar um pulinho no tópico do UFC Fight Night 115 no nosso fórum.

  • Malk Suruhito

    Volkov: 3 Lutas, 3 Freaks…

    • Festim Diabalico

      roy nelson mesmo com 41 anos é um cara dificil para qualquer um
      trajetória parecida com ngannou que só venceu arlovsky de grande nome e que esta com 5 derrotas seguidas
      os tops do pesado são apenas: werdum, overeem, velasquez , esses tres seriam os testes para volkov e nagannou

      • Malk Suruhito

        A culpa não é do Volkov, é da divisão mesmo. Freddy Mercury da Borracharia (que para mim, o russo ganhou by Garfo), o Nelson aos 41 anos que só tem um Mata-Cobra com prazo de 4 minutos no máximo para funcionar e agora o “Gigante Holandes”, que não sabe trocar, mesmo com a segunda maior envergadura do UFC (o primeiro lugar, ainda é do JJ).
        E Ces la vie!

  • William Oliveira

    Makhachev nunca lutou no KSW, quem desistiu de vir pro UFC e preferiu ficar por lá foi o Materla, que lutaria com o Marreta no UFC Gdansk, não com o Trator. Não divulgaram porque o Makhachev desistiu da luta.

    • Lucas Pereira Carrano

      William,

      Ignore essa parte. Estava às turras com o Facebook (ainda estou – pra postar o texto lá) enquanto escrevia.

      Já corrigi aqui.

      • William Oliveira

        Pode crer, só dando um toque mesmo, seria compreensível a confusão com Trator/Marreta!

        Ainda mais porque de fato o Trator teve o oponente trocado.

  • bedotRJ

    Só o pós-luta do ‘brasileiro’ (e patriota) Darren Till. O resto pode esquecer. o/

  • William Oliveira

    Ótimo evento, principalmente para os fãs russos de MMA, que viram seus 5 lutadores vencendo com propriedade, com exceção do Khabilov, o que é perfeitamente entendível, uma vez que pegou um cara muito duro que jamais foi nocauteado em 26 lutas.

    Tá na hora do UFC promover o Taisumov e o Khabilov, os caras são muito bons e evoluíram muito desde suas últimas derrotas. Falando em derrotas dos russos, Prazeres tem que dar um jeito no seu corte de peso, ele é baixinho então não deveria ter problemas pra bater o peso da categoria, vai ter que largar mão de um pouco da sua massa corporal, ou jamais vai pegar lutas decentes pra crescer no evento.

    Percebi também que parece ter bastante russos na Holanda, pois fora o Volkov todos tiveram apoio do público, então o UFC acertou nisso aí.

    E pros brasileiros, infelizmente, fica o gosto amargo, a Talita beleza, tinha obrigação alguma de ganhar, mas um ex-campeão de muay thai ser nocauteado com 1 soco e a performance do Bodão foram broxantes demais.

    • André Amorim

      otimo evento pq vc é hater de brasileiro isso sim. luta do spider silva vc critica.

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Salvo engano o William é um dos maiores defensores do Anderson no fórum kkkk

        • André Amorim

          duvido ja vi esse paga pau de gringo defendendo o mcchiken aqui

  • Festim Diabalico

    poderiam marcar volkov vs francis nagannou para decidir o proximo desafiante ao cinturão. Repetir overeem com apenas duas lutas pós derrota seria sem graça

    • William Oliveira

      Sim, claro, vamos queimar um “prospect” contra o outro, temos desafiantes de sobra na categoria.

      • Festim Diabalico

        um dos dois sem problema nenhum e após pode ser o overeem pois ja teria sentido, pelo menos faria tres lutas antes de ter um novo title shot.
        E após overeem tem werdum.
        volvok vs ngannou acho a mehor opção do que colocar o overeem novamente sem ao menos fazer 3 lutas

        • William Oliveira

          Um dos dois deveria pegar o Stipe (Ngannou), e o outro sim pegar o Overeem.

          • Festim Diabalico

            legal tb, mas acho que volkov vs ngannou valorizaria mais o title shot
            ngannou recebendo o title shot tendo como a unica grande luta em sua trajetória o arlovsky que vem de 5 derrotas seguidas seria desvalorizar demais o title shot

          • William Oliveira

            Tem que manter a categoria andando, e não é como se ele tivesse estreado contra o Arlovski né, ele vem de 5 vitórias, todas com total domínio, sempre impressionando, certamente merece.

            Overeem e Volkov ainda dá pra pegar o gancho e aproveitar o fato do russo ter calado a Holanda.

          • Festim Diabalico

            5 vitórias seguidas contra caras que nem estavam no top 15 e o grande nome que enfrentou foi arlovsky que esta com 5 derrotas seguidas
            por este motivo acho que volkov vs nagannou valorizaria mais o titel shot

          • Festim Diabalico

            5 vitórias seguidas contra caras que nem estavam no top 15 ou top 10 e o grande nome que enfrentou foi arlovsky que esta com 5 derrotas seguidas
            por este motivo acho que volkov vs nagannou valorizaria mais o titel shot

          • André Amorim

            vc está esquecendo o werdum por ser hater de brasileiro!!

    • magnuseverest

      Francis teve sua luta cancelada,Miocic esperar mais 6 ou 7 meses por uma luta seria muito tempo,se Cain lutar com Miocic tudo bem,mesmo assim Volkov lutou hoje e ficaria no mínimo dois meses até lutar com Francis.

    • Shotokan Karate

      Gostei do Volkov mas acho melhor mandar uma luta antes de mandar alguém do Top 5. Pode ser até mesmo o próprio Overeem ou o gordinho bom de briga Mark Hunt. Ele confirmando seu bom jogo de mãos pesadas e sangue nos olhos poderemos então coloca-lo em uma disputa de TS.

  • Leo França

    Esqueceu de citar na menção honrosa o Darren “Bolsorrachinha” Till, e seu discursso mitico KKKKK

    • Idonaldo Gomes Assis Filho

      “Lula na cadeia e Bolsonaro presidente 2018” e o cara nem pode votar salvo engano, nunca mais vai ter entrevista transmitida pelo combate

      • Leo França

        Ele disse que gosta de politica por causa do mestre hahahaha daqui em diante a globo/combate vai censurar com ctz

    • Luis Coppola

      performance do ano pra ele! hahahhaa

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Taisumov merece muito um oponente do ranking, perigoso demais da conta, e talvez o cachorrinho do Kadyrov renda nos 93kg.

  • Carlos André

    Aí a gente descobre que os bolsominions estão fazendo escola. A imbecilidade é contagiosa, basta andar mal acompanhado em terras tupiniquins. Lutando já não é grande coisa, mas o imbecil quer falar. Oh, não!

    • Shotokan Karate

      Não gosto tb do Bolsonaro mas já que tanto “artista” fica se metendo a dar palpite defendendo o Lula deixa o lutador falar do politico que ele gosta….

      • André Amorim

        Tem que falar de MMA aqui shotokan, esquerdinha enrustido.

        • Shotokan Karate

          Sou de acordo só quis rebater a critica do colega a cima que criticou o Bolsorrachinha pelo discurso pós-luta…

      • William Oliveira

        Postura diferenciada e ideal, pena que no Brasil pra alguns a democracia e livre expressão só vale se a opinião for de esquerda kk

      • Vinicius Maia

        Concordo plenamente. Apesar de não gostar do Bolsonaro não vejo problema dele falar do político que gosta. Acho besteira demonizar uma pessoa só por pensar diferente das suas convicções. Se quer se cercar de pessoas que concordam e pensam como você tu não pode viver em sociedade. Pluralidade de ideias é essencial em qualquer sociedade.

  • Reynaldo Junior

    kkkk

  • Shotokan Karate

    Volkov tem mãos pesadas e parte pra cima todo o tempo. Pra um queixo de cristal até que o Struve resistiu bem. Tomou knockdown no 1 round e em outros carnavais teria morrido ali mas aguentou até o final do round. Struve que decepcionou por sua incapacidade de bater ficando só metendo dedadas no Volkan e concordo contigo Carrano. Foi inexplicável não retirarem pts dele por tamanha incompetência.

    • Vinicius Maia

      Só discordo do queixo de cristal kkk. Ele aguentou algumas bordoadas do Hunt antes de cair. Tudo bem que todo mundo bate forte nos pesados mas ele só foi nocauteado por pegadores natos: Cigano, Hunt, Nelson e Overeem – não lembro de outro.

Tags: , , , ,