Sobre Demian Maia, UFC Rio 6 e segundas chances

João Vitor Xavier | 19/03/2015 às 20:57
Grappler x gappler frente a frente

Grappler x gappler frente a frente

Não parece que a carreira de Demian Maia, escalado para fazer a luta principal do UFC Rio 6 neste sábado contra Ryan LaFlare, é recheada de segundas chances?

Em 2009, ele esteve praticamente a uma luta de disputar o cinturão dos médios, mas acabou nocauteado por Nate Marquardt.

Alguns meses depois, porém, uma simples vitória por decisão contra Dan Miller o colocou frente a frente com Anderson Silva.

Sem espaço entre os médios após uma derrota acachapante para o Spider e novo revés diante do futuro campeão Chris Weidman, Maia reviveu sua carreira descendo de categoria.

Até 77kg, ele conseguiu grandes vitórias sobre Rick Story, Dong Hyun Kim e Jon Fitch, antes de ser parado por Jake Shields em sua primeira luta principal no Brasil.

Demian disputando o cinturão até 84kg

Demian disputando o cinturão até 84kg

Mais uma vez, no entanto, Demian terá uma segunda chance: novamente escalado como main event em um card do Ultimate em seu país após uma série de mudanças na escalação do evento, o campeão mundial de jiu-jitsu precisa de uma boa atuação contra LaFlare para mostrar que ainda é relevante em uma divisão cheia de matadores e que se abriu completamente desde que Georges St. Pierre se aposentou.

Esse possível recomeço de Demian vem após ele ter tido uma segunda chance na vida.

No ano passado, o meio-médio teve um grave problema de saúde.

Em entrevista ao jornal “Extra”, conduzida pelo meu amigo Leonardo Maior, o lutador admitiu que teve medo de nunca mais lutar por conta de uma infecção no ombro direito e também disse que gostaria de terminar a luta com um nocaute.

Última luta: raspando Yakovlev

Aí está mais uma segunda chance: a de finalmente conseguir uma interrupção por “strikes”, algo que ele nunca conquistou dentro do UFC, apesar de ter chegado a se “internar” com Luiz Dórea, um dos melhores treinadores de boxe do MMA (tendo em vista que o primeiro knockdown aplicado por ele, em 25 lutas profissionais, foi em maio de 2014, contra o russo Alexander Yakovlev).

Imagino que a possibilidade de ter que se aposentar tenha sido assustadora e prevejo um Demian Maia com muita fome de finalização.

Deixo minha aposta de antemão: o brasileiro pega o pescoço do competente Ryan LaFlare antes do terceiro round.

E se for esperto ainda pede o vencedor de Thiago Pitbull e Carlos Condit, luta que deve ser o evento principal do UFC Goiânia em maio.

Qual a previsão dos leitores?

  • bedotRJ

    Acho que o Demian leva, mas por pontos, burocraticamente. A essa altura da carreira, seria uma grande surpresa ele conseguir apresentar alguma evolução na trocação.

  • Matheus

    O que mata o Demian é a falta de carisma (dentro e fora de campo) e o cara já á com 37 anos tb. Sei lá acho esse um dos piores main events da his’toria

    • Diego_GT

      Concordo com vc. Tem alguma coisa no Demian q so de olha me dá sono!

      • Lucas Andrade

        uaehuhueah Disse tudo!

  • Cícero

    Desde a luta do Demian com o Anderson que passei a ver o Spider como mal carater. Acho que ele merece td q tá acontecendo com ele hoje em dia

    • will

      É verdade!

    • Bruno P.

      Quando o Sonnen ou Mc Gregor falam um monte de asneira é maneiro, mas quando o cara faz isso só que ao mesmo tempo dando uma surra é mal caratismo ?

      • Cícero

        Não gosto também. E não se justifica um erro com o outro!

    • Jonas Angelo

      Mal caráter? Merece o que está acontecendo? Fundamentalismo não rola, irmão.

      • Cícero

        Fundamentalismo? É só a minha opinião acerca de um dano que ele msm causou. As pessoas tem que passar a respeitar opiniões contrárias nesse país antes de rotulá-las e enche-las de chavões. A liberdade de expressão aqui tá virando lenda.

        • Jonas Angelo

          Concordo. Respeitar opiniões e pessoas. Passamos da Idade Média já, da caça às bruxas, não cabe mais esse discurso de (falsa) moral. Somos todos “mal caráter” em alguma altura da vida, e aí atiramos pedra no Cristo.

    • Renan Boldrin

      Pq??? isso é MMA,não Tenis de Mesa…provocar o adversário faz parte…o Nick Diaz e o Nate fazem pior,eu não entendo muito a implicância que a galera tem nesse acontecimento entre o anderson e o demian….

      • Cícero

        Provocar é uma coisa, humilhar rindo da cara, dançar e chamar um companheiro de profissão de “Playboy Filho da Puta” por cinco rounds é outra. Ainda mais de vindo de um falso humilde que prega a união entre brasileiros, etc. Tb ñ curto mt a zoação dos Diaz e acho q um erro não justifica o outro. Obs: é só minha opinião, cada um pensa como quiser

        • Renan Boldrin

          Cada um pensa como quer sim,nunca vou ser contra liberdade de expressão e opinião…..justamente por isso te perguntei pq,tive curiosidade em saber o motivo e de fato,não concordo com vc mesmo..abraços!

  • RicardoVivas

    No atual contexto do MMA ser unidimensional é prato cheio pra derrota, que digam Roy Nelson e Dan Henderson, se a mão não entra, o caldo engrossa.

  • Rodrigo Tannuri

    Eu gosto muito do Demian. Pra mim, um dos atletas brasileiros mais articulados. Além de ser jornalista, como nós, o cara é muito boa praça e educado. A sequência de vitorias que ele tinha conseguido foi maravilhosa, pena que sucumbiu ao dementador Shields. Vou torcer muito pra ele, mas, sei lá, o LaFlare é um adversário muito chato de se encarar. Acho que os gringos ganharão outro main event aqui.

  • castro

    So um adendo na ultima imagem o demian tava senda raspado, nesta luta o demian não raspo o russo.

    • Renato Rebelo

      Certeza, fera? Ele não tá metendo um helicoptero ali? Eu que botei a foto e estava lá na luta, mas agora vc me deixou na dúvida.

      • Castro

        Tenho certeza sim, quando vi a imagem fui rever a luta e ele foi raspado na montada no final do segundo round.Fui ver porque raspagem para um humilde faixa branca 2 graus é foda kkkk.

  • will

    Apesar desse card ser uma bosta, acho que o UFC está no caminho certo. É preciso fazer super eventos numerados e deixar esses FN de lado mesmo. Digo mais, o UFC precisa fazer um limpa e demitir um monte de “Valdívias” do seu elenco.

  • Laerte Viana Venâncio Alves

    Gosto muito do Demian e torço para ele, mas não coloco muita fé que ele possa dar uma reviravolta na carreira a essa altura do campeonato. Acho, inclusive, que em caso de umas duas ou três derrotas, o UFC o convidaria para dar uma passadinha no RH. Digo isso porque vejo o caso dele muitíssimo parecido com o do Shields. Embora seja um lutador respeitado, não atrai muito público (até pela falta de carisma, já citada no texto) e as lutas não são empolgantes, além, claro, de já ter uma idade “avançada”.

    Torço para eu estar enganado.

  • Jonas Angelo

    João, acho que Damião só ganhou essa “segunda chance” pelo esvaziamento do card. Do contrário seria mais uma luta normal. Mais uma da série: “não tem tu, vai tu mesmo”.

  • Marcos

    teve aquela luta com o Rory McDonald também… o Demian foi que nem um louco pra tentar quedar o canadense desde o início do primeiro round. Até conseguiu começar bem o combate, mas na metade do segundo round ele começou a cansar e depois levou uma surra do McDonald. Todo mundo sabe do potencial dele no BJJ, mas, somente isso não basta. Ele precisa melhorar principalmente na trocação. Vamos ver como será o retorno dele na luta com o LaFlare. Afinal, o Demian já está inativo há tempos.

  • Renan Boldrin

    Também acho que dá Demian….uma pena aquela derrota pro Shields..até pq marquei vitória pro demian..não acredito q ele não perdeu aquela luta….depois já deram o Rory pro cara e o Demian foi bem no primeiro round….torço por ele,mas infelizmente ele está cercado de tubarões,acho bem complicado o caminho dele pra chegar ao TS..mas,tô na torcida.

  • Gefferson Nesta

    Thiago Pitbull e Carlos Condit? Uau!!! Se Pitbull vencer fica muito bem na fita!

    • Renan Boldrin

      O Duro que mesmo de costas no chão o Condit é muito agressivo,perigoso pra caramba..o Woodley quedava e saia fora ……se o Pitbull vier apenas com essa intenção de quedar e trabalhar por cima,eu vejo ele se complicando um pouco…ainda mais 5 rounds..que o Condit vai crescendo,acho dificil demais pro pitbull

  • Felipe

    Demian Maia é favorecido por ser brasileiro. Se fosse americano já estaria no Bellator. Acho que as carreiras do Jon Fitch e do Jake Shields no MMA são mais expressivas que a do Demian, e foram tesourados do UFC por muito menos.

    • Marquim

      As derrotas do Demian foram em lutas muito parelhas nessa categoria.
      Acho até que se ele não tivesse sentido tanto o gás naquela luta contra o Macdonald, ele podería ter vencido .
      Demian sempre busca a finalização, apesar de ter um estilo chato, ele não “amarra”.
      E imagino eu que Shields e Fitch recebiam salários bem gordos, e provavelmente não vendem tão bem, por isso a baixa tolerância com eles.
      Se não agrada o publico com seu estilo de luta, seja um cara polêmico (tipo Sonnen), ou que pelo menos não se deixe ser dominado se for pra lutar de forma segura como eles lutam.
      Demian querendo ou não, ainda não foi atropelado nas ultimas lutas, e ele serve pra vender cards no Brasil.

      • Felipe

        Venceu um round do Rory e foi mais espancado que uma mala empoeirada nos 2 seguintes. Não me entendam mal, eu gosto do Demian, é formado na mesma faculdade que eu, etc. Só que não existe critério que faça ele ser mais merecedor de estar na organização que o Jake Shields. Jake, além de ser um cara que já venceu, entre outros nomes, Dan Henderson, Carlos Condit, Woodley e Robbie Lawler, quase tirou um coelho da cartola na sua derrota contra o Hector Lombard. Venceu o confronto direto contra o Demian também, enfim…excesso de contingência americana.

  • Dênnys Dias

    Eu acho que vai dar LaFlare na decisao,infelizmente.Demian precisa evoluir mt na parte em pe ainda e se nao evoluir vai ser sempre um lutador de meio de tabela pq a grande maioria dos tops sabe fazer o anti jiu jitsu.

Tags: ,