Pensando alto: a análise informal do UFC 185

Renato Rebelo | 15/03/2015 às 04:25

Duas horas já se passaram desde que a transmissão do UFC 185 foi oficialmente encerrada e a minha adrenalina ainda está em nível propício para dar início a um assalto a banco.

Além do meu óbvio apego pelo esporte, não é sempre que testemunhamos todos aqueles que adentraram uma arena com o cinto dourado afivelado deixarem o recinto de mãos abanando.

Uma dessas zebras ladras de título, aliás, é o décimo primeiro brasileiro campeão do Ultimate.

Falo de Rafael dos Anjos, homem que fez com Anthony Pettis o que o bode fez com a cabra.

Joanna Jedrzejczyk, polonesa porradeira, também alcançou seu sonho ao demolir a campeã do último TUF, Carla Esparza.

Enfim, cortando o papo furado, vamos à análise do pelego que só desligará quando o sol der o ar da graça:

RAFARafael dos Anjos x Anthony Pettis

Há alguns anos, Zé Mario Sperry me indicou o livro “Talent is Overrated” (O Talento é Superestimado) – obra que tenta explicitar que os grandes foras de série – de qualquer campo- não são determinados por fatores genéticos, intervenção divina ou conceitos abstratos e sim por pura repetição de ações e perseverança. O nome desse livro sempre me faz lembrar da história do faixa-preta de jiu-jítsu que ficou um ano inteirinho sem vestir o kimono para poder se doar ao muay thai em três períodos (todo santo dia) e aprender na marra a sua maior deficiência. Esse mesmo camarada, a convite de Ricardo Cachorrão, fez parte de um camp de Frankie Edgar em outubro de 2008 (ante luta contra Gray Maynard) e, por lá, percebeu que haviam menos feriados, excessos no fim de semana, enfim, menos distração do que no Rio de Janeiro. Alguns meses depois, quando se deparou com a academia deserta na semana do réveillon e ainda mais vazia no período de carnaval, esse niteroiense arrumou as malas e partiu. Desde então, Rafael dos Anjos tem sido o soldado mais obediente do melhor treinador de MMA do mundo (o único que ostenta dois pupilos com cinturões no UFC), Rafael Cordeiro. Introvertido e avesso à exposição, Jeguinho (apelido do início de carreira) não tem grandes patrocinadores – que o intimam para festas, eventos e campanhas publicitárias-, não viaja para promover a empresa – em sessões de autógrafos, perguntas e respostas, etc- e, na real, nem tem uma grande base de fãs para atender (quer dizer, não tinha, né?). Todo tempo disponível é empregado na fábrica de suor chamada Kings MMA (com pequenos desvios de percurso em direção à Black House e à Cavalry Chapel Wrestling). O resultado de toda essa moedura de carne tá aí: atuação absolutamente estelar contra o mais “talentoso” lutador da categoria mais povoada da empresa. Será que Pettis consegue pegar uma posição recém-ensinada de forma mais rápida que Rafael? Talvez. Mas garanto que a quantidade de vezes que ambos repetirão o mesmo movimento será muito diferente. Na hora H, toda essa obsessão é convertida em conforto, embasamento técnico, velocidade, potência e precisão. É algo próximo à famosa memoria muscular. Nada – no esporte mais multifacetado do planeta- estava fora de ordem no jogo de Rafael esta noite. Showtime foi engolido em terra, céu e mar pelo maior trabalhador braçal que já conheci – do contrário, cinco rounds de pressão ininterrupta, misturando movimentos aeróbios com isometria seria humanamente impossível. Palpites furados, intuições estranhas e patriotismos à parte, ninguém merece mais do que este sujeito que transforma cada minuto do seu dia em show. Parabéns! Obs: uma análise mais técnica e abalizada do remake de “O Massacre da Serra Elétrica” será feita pelo meu amigo Fernando Cappelli nesta segunda-feira. Hoje, preferi focar na trajetória inspiradora do ex-campeão do Fury FC – primeiro evento que cobri in loco na minha carreira de jornaleiro.

Eu vim debaixo, cara. Jamais imaginei estar aqui, fazendo uma luta principal e conquistando o cinturão do UFC. É uma benção tudo isso”, resumiu.

JOANNAJoanna Jedrzejczyk x Carla Esparza

No duelo de estilos, a grande questão era se a defesa de quedas da desafiante conseguiria sobrepor a trocação da campeã. Pelo que vi na luta da Joanna contra Claudia Gadelha, achei que a impetuosa Esparza, wrestler all-american, fosse plantar a polonesa de costas pro chão. Acontece que ignorei dois fatores. 1- a representante da Nova União é maior e mais forte fisicamente do que a americana e 2- Claudinha equilibrou a briga em pé contra a campeão mundial de muay thai, portanto, as quedas se apresentaram naturalmente. Quando não conseguiu o que queria, Carla, unidimensional e dona envergadura grosseiramente inferior, passou a ser saco de pancada de uma menina com mais de 80 lutas profissionais de kickboxing nas costas. Passeio no parque e terceiro cinturão do UFC conquistado por europeus (Bas Rutten e Andrei Arlovski foram os outros).

Eu treinei duro demais. Ninguém acreditava no meu grappling e wrestling, mas sempre disse que sou uma lutadora completa. Ninguém vai tomar esse cinturão de mim”, disse uma nova e emotiva campeã.

JOHNYJohny Hendricks x Matt Brown

Disse nos palpites da última sexta que, para Johny levar essa, o wrestler campeão da NCAA teria que dar as caras – coisa que não víamos desde a neutralização de Carlos Condit. Afinal, O Imortal é um striker muito agressivo e a diferença de envergadura e altura facilitaria o uso de chutes, joelhadas e jabs. Hendricks sabe que, na busca pelo objeto dourado, 1 a 0 zero é goleada – e foi isso que ele fez. Brown aterrissou mais golpes significativos contra a cabeça do barbudo, é verdade, mas as nove quedas concluidas desequilibraram a disputa. E digo mais: se não tivesse entrado fininho e no gás, Hendricks teria perdido essa. Se conscientizou na hora certa…

Essa não foi uma boa luta. Cara, não sei o que acontece comigo, começo muito forte, mas diminuo. Parece que não consigo mais aterrissar golpes com tanta perfeição… Eu quero perfeição. Esse título é meu e daqui a seis meses vocês verão o melhor Johny Hendricks que já viram”, analisou o ex-campeão.

ALISTAIRAlistair Overeem x Roy Nelson

Entendo a atração que muitos têm por um homem comum, barrigudinho – e capaz de derrubar um bezerro com seu punho direito. Agora, apostar nele, que sobrevive basicamente do overhand de direita há anos, contra um cara que, apesar dos vacilos (e sou o primeiro a apontá-los), é um striker dinâmico que troca de base, move-se bastante lateralmente e ainda goza de 20 centímetros a mais de envergadura é fugir dos fatos. O lentíssimo e estático, Nelson foi alvo fixo e teve logo a perna dianteira decepada. A linha de cintura do gordinho também foi extensivamente trabalhada por um Overeem mais cauteloso e menos exposto à própria deficiência em absorver golpes. A previsibilidade do rival, inclusive, o permitiu atuar em velocidade de cruzeiro até o terceiro round. Aí, Overeem quase cedeu à vontade louca que tem de entregar a paçoca. Respirando pesado, passou a se defender das últimas investidas de Nelson de costas para a grade, parado – apenas com a guarda alta. Um upper o levou a knockdown e não fosse erro crasso de Nelson – ao invés de insistir nos golpes, entrou em queda ao sentir o holandês machucado- e a falta de tempo no relógio (eram apenas três rounds de prosa), ele teria jogado 12 minutos de baile no lixo. Até na sua melhor atuação no UFC o cara quase dança. Impressionante!

Werdum e Cain, estou chegando para vocês”, mandou The Reem esquecendo-se, novamente, de um tal de Júnior

CEJUDOHenry Cejudo x Chris Cariaso

Sei que a diversidade de valências englobadas pelo MMA é enorme, mas, ainda assim, ser o campeão olímpico mais jovem da história do wrestling americano é carteirada pesada demais. Não só pelo falo de escolher, em 100% das vezes, onde a luta transcorrerá (fica em pé ou vai pro chão?) ou pelo lastro físico gerado por anos e anos de trabalho desumano, mas quando se atinge tal nível de foco e força de vontade, o aprendizado de qualquer outra arte torna-se mais simples. Cariaso, campeão do Golden Gloves (famoso campeonato amador de boxe) e kickboxer das antigas começou a trocar socos e chutes pelo menos 10 anos antes de Cejudo e, mesmo assim, foi suplantado no setor. O benefício da dúvida a favor do novato pesou e o Kamikaze foi à campo apenas para sobreviver. Só espero, de coração, que tenham paciência para que Cejudo caminhe em paz e se torne algo especial a médio prazo.

Não estou muito feliz, acho que cansei um pouco, por isso, me dou uma nota D nessa luta. Me cobro demais e sei que posso fazer muito mais. Quero pegar esse cinturão, então, peço desculpas… Assim como ganhei o ouro em 2008, estou aqui para ganhar o ouro. Me deem um top 5”, pediu O Mensageiro.

Outros resultados:
Ross Pearson nocauteou Sam Stout no R2
Elias Theodorou nocauteou Roger Narvaez no R2
Beneil Dariush finalizou (mata-leão) Daron Cruickshank no R2
Jared Rosholt nocauteou Josh Copeland no R3
Ryan Benoit nocauteou Sergio Pettis no R2
Joseph Duffy nocauteou Jake Lindsey no R1
Germaine de Randamie nocauteou Larissa Pacheco no R2

Abraços.

  • Thiago Felix

    Qual a expectativa para Nurma vs Dos Anjos 2?

    • André Felix

      Opa, seria um primo meu? hahaha
      Acho que antes de qualquer previsão sobre essa luta, devemos ver como o Khabib vai se portar contra o cowboy. Mas, sinceramente, não vejo como duvidar do RDA depois dessa luta de hoje. Não foi sorte, não foi um soco salvador, não uma finalização em um momento de aperto. Foi disciplina, trabalho (muito) duro e determinação que o levaram a ser campeão. Tenho certeza que ele vai continuar nessa pegada e, sendo assim, acho difícil alguém tirar esse cinturão do brasileiro.

      • William Terres

        Creio que trabalho duro por trabalho duro o Khabib não pode ser desconsiderado. Quem acompanha o russo nas redes sociais sabe que o nego treina dia e noite.

    • Renato Rebelo

      Rapaz, seria muito grande. A questão é: será que o Nurma consegue manter por cinco rounds a pressão que manteve por 3 no encontro deles contra esse Rafael “homem possuído” de ontem?

  • Rodrigo Carvalho

    Gostaria muito de saber quem é o treinador de JJ do Matt Brown. Porque a coisa ta feia pra ele…
    Roy Nelson é previsível, mas suporta porrada feito uma parede de concreto. Ele é um talento despejado pelo ralo, infelizmente. O ex-bomba, fininho (de quase 140 pra 112, né? Devia ser água no corpo dele né) sou manter a estratégia, mas não sob pressão – aquele papo de ter queixo feito de banana, e de não gostar de apanhar, fica bem evidente. Não vejo como sobre vida, só como uma camuflagem ante seu declínio. Conversei com um colega, e ele apontou o Cigano como melhor opção, mas prefiro indicar o Arloviski, duelos de queixos moles, ao menos, quem ganhar, sai com alguma moral mesmo.

    :Sobre a disputa da noite, só tenho uma dúvida a indagar, e agora, o Pettis vai aceitar a luta com o Aldo valendo a cinta?!

    PS: fiquei por essas duas horas aguardando esse artigo hahaha

    • Luis Felipe Fabricio

      Cara não lembro o nome, mas era um brasileiro, que deu uma treta sinistra pq o brown bateu nele kkkk

      • André Felix

        Não é o Rodrigo Botti? Lembro dessa história aí! hahaha

  • Luis Felipe Fabricio

    Rafael cordeiro é um puta técnico, meu deus. Sei que foge ao assunto, mas, se o shogun viu essa luta e na pegada ainda tinha que ligar pro velho mestre e voltar a treinar com ele.

    • Carlos Montalvão

      É, se continuar treinando com um jornalista (com todo respeito à profissão, mas uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa) e o Demian Maia, é melhor considerar a aposentadoria do MMA e virar técnico, professor, abrir rede de academia, etc. O Rafael Cordeiro ainda pode dar um jeito no Shogod, é só o Curitibano querer.

      • Jônatas Freitas

        O sonho da galera é esse, hahaha, Shogun + Rafael Cordeiro= Sangue no zói

        • Sidra

          Shoga + Cordeiro + 185lbs = novo contender, talvez campeão

    • Paulo Josué Lemos Alves

      Shogun é novo ainda, o problema é ele querer. Rafael queria muito, já o Shogun não sei. Torcendo pra que ele volte a parceria do velho mestre.

  • Carlos Montalvão

    Pettis vs Dos Anjos: Rafael Cordeiro é um GÊNIO! Sem mais, Duane Ludwig é amador perto do que esse cara faz! RDA simplesmente estuprou, sodomizou, EXPLODIU o campeão, eu apostei no brasileiro no “Pick’em” do UFC.com por SUB no 4º round, achando que o Pettis ia acabar dando o pescoço pra um mata-leão ou deixando um braço pra cair num triângulo, mas não esperava um massacre desses (foi até mais bonito que a surra que ele deu no Diaz). Enfim, como eu disse em outro post, tava sentindo que essa era a hora do Rafael, que tinha algo no ar apontando a vitória dele, mas não de forma tão impressionante e aparentemente fácil. Pra mim, candidata a Luta do Ano, ou melhor, Performance do Ano (já que foi um 50-45) até agora.

    Esparza vs Jedrzejczyk (Yen jay ticth): Difícil colocar em palavras minha satisfação em ver uma wrestler extremamente unidimensional ou a Phil Davis/Khabib Nurmagumedov/Ildemar Marajó/Gleison Tibau das mulheres, Carla Esparza, sendo surrada de forma impiedosa (na luta apenas, óbvio) pela Jayjay e sendo frustrada (só não apanhou mais porque a polonesa tava segurando o gás) no único jogo que tinha (me faz questionar a trocação da Jessica Penne, já que a Carla mandou bem em pé contra ela no TUF e a Jessica pra mim até então era uma das melhores lutadoras da divisão). Eu sempre comentei aqui e no YouTube pra galera não ficar subestimando a polonesa (que tinha vencido duas grapplers no UFC) insistindo no papo de que a Carla era All American no Wrestling e ia arremessar a a Joanna pra todo lado, porque o UFC já mostrou que não existe medalha olímpica ou título nacional quando o adversário tá com defesa de queda em dia e que esse pessoal que depende só disso eventualmente ia quebrar a cara se o adversário fosse completo (acertei em DC vs Jones, McMann vs Tate e agora Esparza vs Jedrzejczyk). Ao mesmo que fiquei feliz em ver ela apanhar por ser uma lutadora chata, dado vexame no Twitter e ter feito um papelão infantil no TUF20, contra a Randinha (insira um coração aqui) Markos, fiquei com pena porque ela tava bonitinha naquela roupa, a estratégia dela foi patética e ela apanhou MUITO (só a Rosi Sexton conseguiu o feito de ser violentada por muito mais tempo, pela Jessica Andrade). Também não acho que a Gadelha consiga vencer ela numa revanche (e nem merece uma, no momento).

    Overeem vs Nelson: QUASE o cara me entrega a luta pro amigo do Van Damme em “O Grande Dragão Branco” (esqueci o nome do personagem), mas vez o que eu esperava dele, se movimentar bem e cansar o Nelson, que dependia de um só golpe.

    Cejudo vs Cariaso: Sabia que ia ser uma encoxação, então tirei um cochilo na hora. Segundo minha parceiraça mãe nas noites de MMA, fiz o certo hahaha

    Hendricks vs Lawler: Pior luta que já vi de ambos, sem mais.

    • Renato Rebelo

      Boa análise, monstro!

      • Carlos Montalvão

        Hendricks x MATT BROWN, não sei porque eu tava com Lawler na cabeça, viajei ali.

    • Guest

      Deu a logica venceu o melhor e trucidou o então imbatível,como ja tinha dito Rafael venceu facil e mostrou que e muito talentoso para aprender e se reinventar no esporte.

    • Luis Felipe Fabricio

      O amigo do Frank Dux eh o jackson e eu chorando de rir com a comparação, parece mesmo, rs.

      • Carlos Montalvão

        Hahaha, hoje não tem nada a ver, mas a alguns anos atrás, com o cabelo mais curto e menos barba, era igualzinho

    • Lucas Andrade

      Dux* falastrão fanfarrão que tomou uma peia do Bolo kkkkkkk

  • Vitor Torre De Avila

    Briga feia pra ver quem é o melhor treinador do mundo entre Rafael Cordeiro e Dede Pederneiras….com diferencial, eles FORMAM ATLETAS DO ZERO….Pegam caras crus e deixam monstros…

    Eu to na Europa, a luta do Rafa começou no fim da Madrugada aqui…por intervenção divina, acordei com o Bruce Buffer fazendo as apresentações!!!! Feliz demais!!

  • abner albuquerque

    O melhor evento do ano até agora… Overeem na sua melhor performance, dois campeões sendo destroçados…. E essa vitória do Rafael… Meo Dels ainda não consigo acreditar….mas não sai da minha cabeça aquela derrota pro russo…

  • Jônatas Freitas

    Um exemplo de determinação, o cara superou um dos mais feras p4p, Rafael Cordeiro foi o diferencial, enfim, creio que grande parte dos fãs, mesmo os mais confiantes no cara estão chocados com tamanho domínio, tem que aplaudir de pé, que surra!

    Agora é esperar o Cowboy vencer o russo, e casar Nurmagomedov vs Pettis

    • Luiz Henriqueq

      Nurmagomedov Vs Pettis seria o mesmo que Gustafsson Vs Cormier, estaria queimando dois contenders a troco de nada..

    • will

      Impossível o russo perder, a menos que ele usasse doping antes e agora não use mais. A luta dele contra o Rafael deixou isso claríssimo pra mim. O cara não é humano. Torço muito mesmo pro Rafael, mas contra o russo o buraco é muito mais embaixo.

  • Carlos Montalvão

    Umas observações sobre as moças:

    -Alguém assistiu o quinto episódio do Embedded desse UFC? Foi hilário a cara que o Pettis fez tipo “daaaaamn!” quando a Joanna mandou pra Carla algo como “Você não pode fazer isso (sinalizar o número 1 com a mão), por que está sorrindo? Vou arrancar esse sorriso da sua cara sábado a noite, vaza daqui” no Media Day hahaha. Inclusive acho que foi nesse momento que a polonesa DEBULHOU e venceu a ex-campeã.

    -Ronaldinho Gauc…Germaine de Randamie quebrou o braço da Larissa Pacheco com um chute, por isso a brasileira ficou sem saber o que fazer no resto da luta.

    • Renato Rebelo

      Hahaha eu ri pra caramba tb com o susto do Pettis.

  • Gabriel Castelani

    Para todo striker bailarino showman, existe uma linha de boxe simples aliada a imprevisibilidade da queda! Aprendi isso na luta entre AS vs Weidman! Sem querer ser profeta do passado, 2 meses atrás postei minha previsão das futuras disputas de cinturão envolvendo brasileiros, frizei que dos anjos seria campeão por UD! Era o palpite mais claro que tinha nas análises! E vou além, o novo campeão vai domar todos os leões ate 70 kg inclusive o seu ultimo algoz! A estrategia, o trabalho árduo em defesas de queda, sendo a peleja em 5 rounds minará o cardio do russo!

  • Thiago Arruda

    Eu tô aplaudindo os Rafaeis até agora!

    Uma das melhores atuações da história do MMA. Dos Anjos foi superior do que o Pettis em todos os aspectos da luta. E a luta ainda mostra que o Dos Anjos é impossível de ser nocauteado, levou uma bomba no cucuruto no terceiro round e nem balançou. Rafael tem um currículo monstruoso: Nate Diaz, Ben Henderson, Donald Cerrone e Anthony Pettis.

    Rafael Cordeiro é o Jesus Cristo do MMA. Assim como Jesus transformou água em vinho, Rafael pode transformar qualquer grappler em um striker de nível mundial.

    Duas perguntas:
    1ª pergunta: Quão grande Khabib é? O fato de Khabib ter dominado o campeão da categoria deve ser levado em conta.
    2ª pergunta: A superluta entre Pettis e Aldo foi pro saco? Na minha opinião, essa luta está mais perto do que nunca. Se Aldo ganhar de Conor, irá ficar sem nenhum desafiante. É a chance dessa superluta acontecer.

    • Renato Rebelo

      1- Muito grande. E ele avisou que o Rafael literalmente amassaria o Pettis
      2- Pelo contrário. Se o Aldo atravessar o McGregor, ganha-se um grandessíssimo contender para a categoria. Lembra que ele esteve a poucas semanas de enfretar o Aldo com 66.

      • Felipe

        Renato, acho que a subida do Aldo (que chegou a assumir em vídeo recente que subiria para os leves) acabou de ficar um pouco mais longe.

        Uma coisa é enfrentar o Pettis, outra, o RDA (brasileiro como o Aldo) e o Khabib Nurmagomedov (90 quilozinhos em off).

        • Renato Rebelo

          Exato. Tamanho será um fator pro Aldo nos leves. Se o Pettis quiser fazer o corte, de repente, o Aldo fica na categoria mais condizente msm com seu físico. A subida seria por pura falta de opção (e isso, claro, se dá por mérito dele)

          • Carlos Montalvão

            Eu acho que o Scarface não tem escolha mesmo, pois no Pena tem o Conrad McGillicutty e mais ninguém (na melhor das hipóteses o Pettis desce aí aumenta em 1 indivíduo as opções do campeão), Aldo teria paciência pra viver de revanches?

  • Mendes

    Excelente texto Renato, essa disciplina de samurai que RDA possui é inspiradora.

    • Renato Rebelo

      Pra mim, podia concorrer ao prêmio “Brasileiro do Ano” (se existisse premiação do tipo). Temos tantos exemplos ruins nesse país que ver um cara enveredando pelo caminho mais longo e triunfando é bonito demais.

      • Franklin Stein

        Mesmo eu estando muito confiante e torcendo pela vitória do Rafael, quando terminou o segundo round a realidade bateu pesado. Ele REALMENTE ia ganhar!!! Caras fiquei nervoso como se estivesse vendo uma luta do Wanderlei, ou do Minotauro, nos tempo áureos! esquivando dos golpes do Pettis no sofá de casa! rs Histórica a atuação do Rafael e de suma importância pro atual momento do MMA nacional. “In Rafael Cordeiro we trust!”

    • Paulo Josué Lemos Alves

      O que esse rapaz fez é realmente impressionante. Cinturão dos mais merecidos.

  • joao neto

    Otimo texto!!! Rafael dos Anjos fantastico!! O que um ser Humano determinado nao faz ne?

    • Jonas Angelo

      Pois é João, ser Humano determinado faz muita coisa, mas não sozinho, ele depende de muita gente e muitos outros fatores, não desmerecendo o campeão, é lógico.

  • Natan Machado Fauzi

    Cara,não é querendo desmerecer e muito menos tirar o foco do gênio Rafael Cordeiro, mas RDA está com um wrestling de altíssimo nível, e a Churchboyz merece bastante crédito nisso e os treinos com Dariush também, e digo mais, Rafael com esse foco e motivação tem total condições de desbamcar o Russo e quem sou eu pra dúvidar de mais alguma coisa do Rafael, Pettis já tinha mostrado a chave para ser derrotado e pra piorar foi estudado pelo Cordeiro que tinha o soldado perfeito, fim da linha…
    Para concluir, na minha humilde opinião, a divisão dos leves está com uma lacuna bem distante entre RDA e Nurmagomedov (Pettis se incluía na minha lista até ontem kkk), não vejo no momento ninguém fazendo frente com os dois a curto prazo, se a luta for parar na guerra de dedo pode ter certeza que Rda vai dominar na guerra de dedo kkkk, brincadeiras a Parte já prevejo possíveis 3 prêmios com dono certo, Upset of the year, coach of the year e quem sabe fighter of the year.

    • André Felix

      Imagina então se o Werdum ganhar do Velasquez? Acho que não precisa nem esperar a premiação formal, dá logo o prêmio pro Cordeiro no octógono mesmo! rsrs

      • William Terres

        Ele pega caras oriundos do grappling e transforma em strikers extremamente polidos, sempre adaptando ao MMA. Vide Werdum, Dos Anjos, Dariush, sem contar quem deve estar lá dentro e não estourou ainda.

        • Paulo Josué Lemos Alves

          O trabalho do Rafael Cordeiro é fantástico. Achei meio exagerado o 1º prêmio de melhor treinador que ele ganhou, na época considerei que valia mais o legado dele com a Chute Boxe do que o desempenho data do prêmio, mas agora ele volta a fazer história e merece todos os méritos.Brilhante.

      • will

        E se a Claudinha ganhar da Joana? 4 Cinturões ta bom ou não?

    • will

      Verdade, muito mais que a trocação, o que fez diferença foi o Wresteling mesmo. Quando a luta complicava ele botava pra baixo rapidinho. Outro ponto alto foi o BJJ dele que não deu chances pro Pettis e quase o finalizou 2 vezes.

  • Lucas

    o cara Treina feito um louco, e evoluiu pra caramba, antes já com o afiado BJJ, depois de passar um ano Inteiro treinando em três períodos para melhorar sua parte deficiente no MMA. Rafael e o Belfort são Exemplos de Dedicação.
    Orgulho desse cara, e digo mais, nesse ritmo e dedicação, ganha do Khabib, se este passar pelo Louco do Cowboy…

  • Naldyn Mesquita

    Existe uma coisa chamada inteligencia… e isso foi o que mostrou o RDA ontem. Sabia exatamente quando quedar, quando trocar.. surpreendeu td mundo com sua agressividade (principalmente nos dois primeiros rounds) e com as combinações de mãos que chegavam a até 7 golpes em sequencia.

    • André Felix

      Rapaz, acho que ele fez jus ao sobrenome Dos Anjos ontem! rsrs
      Parecia estar iluminado, como se alguém lá em cima quisesse que ele fosse mesmo o campeão. Uma luta tática, muito bem pensada.. Não deu a mínima chance pro azar. Foi de se aplaudir de pé. Um exemplo de determinação pra todos os lutadores.

      • Renato Rebelo

        Como disse um lutador ontem no Twitter (não lembro qual), “O Rafael parecia um homem possuído”. Atuação impecável – na medida ou até mais impressionante que a do TJ Dillashaw contra o Barão

        • William Terres

          E de quebra pode ter resolvido o problema do PPV brasileiro em 2015, discutido no ultimo Colunistas respondem

          • Max Mendes

            Ja pensou RDA x Nurma no Brasil, seria foda!

        • Carlos Montalvão

          Quem falou que o RDA tava possuído foi o James Krause hehe

  • Allison Roberto Siviero

    Pessoal, bom dia, conheci o site faz pouco tempo e gostei muito dos textos e análises. Bem da verdade, além de contente por ver o RDA campeão, como bom paranaense bairrista, gostaria de saber se vocês sabem se o Shogun já voltou, vai voltar ou não a treinar com o Rafael Cordeiro? Abraço a todos e parabéns pelo site.

  • André Felix

    Quando acabou a luta eu fiquei com o mesmo sentimento do Renatão! A adrenalina não baixava de forma alguma e eu não conseguia parar quieto na cama. Talvez virasse cúmplice nesse tal assalto! rs

    Mas ao final da luta, essa música me veio à cabeça: “It’s just ten percent luck
    Twenty percent skill
    Fifteen percent concentrated power of will
    Five percent pleasure
    Fifty percent pain
    And a hundred percent reason to remember the name.”

    Talvez seja preciso mudar algumas porcentagens porque a força de vontade e a habilidade do Rafal dos Anjos são fora do comum. Tinha tempo que não ficava emocionado com uma vitória, não apenas por ser mais um brasileiro campeão, mas de todo o processo que o levou até lá.

  • Renato, poderia dizer o nome do autor do livro? Me interessei pela leitura hahahah

    Excelente análise de todas as lutas, parabéns!

    • André Felix

      Geoff Colvin o autor, meu camarada!

  • bruno

    Show do Rafael! Sua trajetória no ufc é inspiração para profissionais de qualquer área. Há muito tempo não ficava acordado até altas horas para assistir o UFC, mas esse cara mereceu demais.
    sua vida como campeão será dificílima, mas o feito de hoje já está eternizado.

    Agora tem que tomar cuidado com o doping…

  • Felipe

    Algumas observações:

    Nada minha tira da cabeça que o pior defeito do Overeem não é técnico, e sim biológico. Tecnicamente ele é um oásis no deserto (pesos pesados), e já estava mostrando todo seu arsenal contra Ben Rothwell, por exemplo. Só que ter queixo de açúcar numa categoria de mamutes é uma combinação ingrata demais. Imaginem Reem com o queixo de Nelson?

    Obs: pra quem veio para se contrapor ao “pragmatismo GSPiano”, Hendricks tem deixado a desejar. Quinta luta que vai para decisão, é isso?

    • Carlos Montalvão

      Como eu ri do “categoria de mamutes’ hahahahahaha. Enfim, pena que o GSP é bunda-mole, se fosse mais porra-loca dava até pra tirar uma com a cara do Hendricks, tanto falou mal que fez igual.

  • Fábio

    Seria o final dos super campeões após as novas medidas dos exames anti doping?
    Sei não, hein!
    Só pra botar lenha na fogueira!

    • Renato Rebelo

      Nos foruns americanos os caras tavam desesperados citando essa hipótese hehehe. A potência do Rafael mantida por cinco rounds foi realmente assustadora. Mas o cara sempre teve porte físico compatível e, realmente, investiu no trabalho de força para essa luta. Além do mais, com tanta vigília, seria loucura ir por esse caminho

      • Juan

        Apesar da luta ter sido no Texas (que não aderiu à nova política de testes surpresa), o Rafael parecia o Rafael de sempre.
        Sabe-se ele foi junto com o Werdum treinar na altitude mexicana?

  • Luiz Henrique

    Anotem aí: Pettis Vs Henderson

    • Renato Rebelo

      3?

      • Luiz Henrique

        Trilogia!! Igual ao caso Cerrone.

    • Fábio

      Nesse momento não faz sentido.

    • Juan

      O cara veio do futuro, direto de 2017.

    • will

      Pettis vs (Perdedor de Khabib vs Cerrone). Tomara que essa luta do russo dê empate!

      • Luiz Henrique

        Acho que The Eagle se sai melhor.

  • Neto

    A transpiração vencendo a inspiração! O cara não para de evoluir, qual é o limite do Rafael?

    • Lucas Andrade

      Acredito que seja o mesmo da zoeira..

  • marco antonio

    Sem Mais.
    Rafael dos anjos Mitou…
    E que o Russo venha muito melhor que na primeira luta,porque dessa vez a história vai ser outra.
    Como disse o próprio Rafael a alguns meses atrás.
    “Eu não vou me aposentar com essa derrota pra ele no cartel”
    Rafael dos Anjos

  • William Terres

    Também não consegui dormir, tava com a adrenalina a mil. Algum canal poderia fazer uma mesa redonda após os eventos, ou o combate transmitir a entrevista pós luta para os loucos que nem nós hehehe.
    Fiquei emocionado com a conquista do Dos Anjos, dei pulos no sofá. Estava torcendo demais pra ele e pra Joanna. Acompanhei o Countdown e os UFC Embedded, deu pra ver que ambos são pessoas como nós que trabalham duro demais.

    • Carlos Montalvão

      Se não estou enganado, alguns anos atrás o Combate transmitia a coletiva pós luta e depois fazia uma mesa redonda mais completa do que o pessoal faz no Sensei. Ou talvez eu tenha sonhado isso, sei lá kkk

      • Lucas Andrade

        Infelizmente pagamos caro por esse canal somente pra ver os combates, pois nem programação digna de 61 dilmas ele tem. Lamentável..

    • Lucas Andrade

      Falando em Canal , o Combate tava uma bosta. Podem demitir a equipe responsável pelo Audio todinha. Dá pra acreditar que se paga 61 Dilmas por esse serviço?

  • William Terres

    Pra ver a importancia da medalha de ouro olimpica, o Bruce Buffer chegou a anunciar na introdução do Cejudo “he is olympic gold medalist in 2008”. Pensei que eles só anunciavam se o cara fosse ex-campeão do UFC ou de algum outro evento comprado pela Zuffa.

    • Renato Rebelo

      Acho que abriram uma exceção pela medalha de ouro – que, convenhamos, é um feito tão grande que merece ser alardeado, até pq ele a conquistou representando seu país. O Cejudo é o segundo campeão olímpico a pisar no UFC. O primeiro esteve no UFC 9, portanto, ainda fora do controle da Zuffa.

      • Max Mendes

        …terceiro. Teve o Kevin Jackson a partir do UFC 14

  • Rodrigo Tannuri

    Evento maravilhoso com final supremo!

    Dos Anjos x Pettis – impressionante! Essa é a palavra perfeita para definir tal atuação. O talentoso Pettis, apontado como gênio por muitos, não só foi dominado, como também perdeu de forma nunca antes vista. Quem poderia imaginar que o outrora lutador de Jiu-Jitsu fosse se transformar neste monstro do MMA? Rafael é um veterano do UFC que batalhou muito para chegar ao topo. Ele, simplesmente, derrotou Cerrone, Bendo e Pettis, ou seja, a nata dos leves. É um campeão com todas as letras e que merece muito respeito. A verdade é que o brasileiro humilhou Pettis. A palavra é forte sim e a dedicação de Dos Anjos pra evoluir é ainda mais. Dá até para dizer que ele é o atleta que mais evoluiu física, mental e tecnicamente. O tempo só o melhora e o mais legal de notar em suas atuações é o semblante focado. Nunca um lutador brasileiro tinha sido campeão dos leves do UFC, então nada mais justo que Dos Anjos ser contemplado com tal glória. Longa vida ao novo rei dos leves! Dos Anjos é Dos Diabos!

    Jędrzejczyk x Esparza – ela prometeu e cumpriu. Ao longo da semana, Joanna afirmava que seria campeã, que tiraria o sorriso do rosto de Esparza, etc. Poucas são as vezes em que o desafiante destrona o campeão de forma convincente, mas Jędrzejczyk fez mais do que isso. Ela simplesmente massacrou. Deu até pena de ver Esparza, até então campeã, sendo surrada no octógono. A cada potente golpe acertado e a cada defesa de queda bem executada a certeza de que o cinturão trocaria de mãos aumentava. A performance de Joanna foi tão assustadora, que dá até para dizer que foi uma das melhores do ano. Aos 27 anos e invicta no MMA, a experiente striker pode sim marcar época no UFC. Tenho que me retratar, inclusive. Ela não é nada fraca como eu havia postado.

    Hendricks x Brown – o “Bigg Rigg” tem mais é que usar e abusar do Wrestling de alto nível mesmo. É até engraçado, mas, buscando o cinturão, Hendricks é agressivo e imparável, mas, sendo dono dele, ele se torna mais passivo e sem pressão.

    Overeem x Nelson – Overeem estava impecável e, especialista na trocação que é, fez uso do seu maior arsenal de golpes para castigar o gordinho. No terceiro round, cometeu um deslize que quase o fez perder a luta, para sua sorte, o knockdown sofrido foi no apagar das luzes. Com a segunda vitória seguida, fica clara a filosofia do renomado treinador Greg Jackson na postura do gigante holandês. Sendo mais cauteloso e estando mais leve, o holandês é páreo duro. Os fãs podem não gostar dele, achá-lo marrento, porém o mesmo é muito bom lutador.

    Cejudo x Cariaso – ser um atleta olímpico é diferente de ser apenas atleta. Bem mais experiente no Wrestling, o invicto Cejudo fez o que quis com o outrora desafiante ao cinturão dos moscas. Aos 28 anos, ainda se acostumando ao UFC e sendo melhor lapidado no MMA, “O Mensageiro” vai mostrando suas credenciais e, no futuro, pode ser páreo duro para o campeão.

    Que card preliminar show de bola, hein? Um dos melhores que já vi! Zero decisões e muito empenho dos lutadores. A bola fora foi a atitude do Benoit, chutando o Pettiszinho no chão. Acho até que caberia uma demissão aí.

    • Carlos Montalvão

      Os dois Pettis literalmente tiveram a bunda chutada hahaha

      • Carlos Montalvão

        Deixando isso aqui:

        • Renato Rebelo

          “O soldado do cenoura me deu um chute no cú”

          • Carlos Montalvão

            Clássico! Hahaha. Olha só o que te espera, CM Punk!

  • Tonny Varela

    é o Khabib tava certo , Rafael amassou 😀

    • Renato Rebelo

      #khabibknows

  • Victor Antonaci Salvaterra

    Excelente texto Renatão! Nunca fiquei tão feliz em errar um palpite no confere! rs

  • Jonas Angelo

    Putz, eventaço! O melhor do ano pra mim!

    Dos Anjos nem preciso comentar, o texto do Renato e os coments já fizeram isso por mim. Demorei a dormir, porque a adrenalina estava a milhão. Me lembrou Dillashaw desbancando Barão. Pettis disse que Rafael não estava no seu nível, e eu concordo plenamente com o ex-campeão.

    Esparza parecia uma criança perdida no Shopping. Ela se quer ameaçou um soco, não cabe mais esse tipo de lutadora(o) no MMA. Ou se atualiza, ou fica difícil.

    Big Rigg é foda meu. Adoro esse cara, é um sujeito diferente. Será que algum dia alguém conseguirá apagá-lo? Ele parece fazer questão de tomar porrada, e não demonstra sentir nenhuma delas, seja do Brown, do Lawler ou do GSP. Quando ele toma a pancada parece que bambeia, mas na verdade está falseando de forma heterodoxa, é incrível. Ele disse que quer descobrir porque não nocauteia ou finaliza, acho simples: ele não dá sequência em seus combos; teve duas ou três chances de derrubar The Immortal e optou por tentar a queda. Precisa confiar mais no seu punch, que é muito bom.

    Overeem aprendeu a usar estratégia, e finalmente está conseguindo se soltar mais, sobretudo graças a Greg Jackson, que está ajeitando a casa. Só vejo duas lutas com sentido para ele: Dos Santos ou Hunt.

    O card preliminar também foi de excelente nível. Muita pancadaria, muita técnica e movimentação. A única nota chata fica por conta de Jared Rosholt X Josh Copeland, tenho a impressão de que tem lutas de pesos pesados que o UFC marca meio aleatório, Joe Sila vai no bar e chama dois caras para brigar no octógono, fala que um xingou a mão do outro e espera que eles acertam suas contas. Bizarro.

    Enfim, o saldo foi extremamente positivo, e viva Rafael, que agora terá que treinar o triplo para manter o nível desse atropelo no Pettis. O Show tem que continuar…sqn.

    • Carlos Montalvão

      “Fechem as cortinas, levantem-se dos assentos e voltem para as suas casas, pois o Show acabou” DO FACEBOOK, Desconhecido. 2015. hahaha. Teria essa edição do UFC quebrado o record de MENOS lutas chatas? Só a do Cejudo e do Bigg Rigg foram ruins, o resto foi alucinante

      • Jonas Angelo

        Cara, não consegui achar a luta do Cejudo e do Hendricks ruins, mas eh questão de opinião neh.

        • Carlos Montalvão

          Pra mim o Johny conseguiu o impossível: Tornar uma luta do Matt Brown chata rs

    • Lucas Andrade

      Sparza já entrou derrotada. Só eu notei isso? Nossa, a postura dela o olhar, aquilo não me pareceu concentração e sim nervosismo ou medo. Surra de dar em 10 ela tomou sozinha, foi lamentável kk.

      • Jonas Angelo

        Pois é Lucas, eu não sabia identificar se era o jeito dela ou era uma apatia mesmo. Sei que ela apanhou muito.

      • Carlos Montalvão

        Como eu disse, a Joanna quebrou a Esparza já no Media Day, depois disso a Esparza só conseguia falar no jeito que a polonesa tava tratando ela, não conseguiu se concentrar em mais nada e ainda teve o Pettis zoando ela (que já é fraca mentalmente, como demonstrou no TUF)

  • Luiz Gustavo

    Rapaz…fikei impressionado com tamanha disparidade tecnica em luta valendo cinturão.Msm não havendo knockdown me impressionou mais q a vitoria do Dillashaw contra o Barao.Foi um banho surpreendente apesar d q…pra mim ele é azarão frente ao Nurmagomedov,q tem um jogo mt ortodoxo…q o mestre Cordeiro vai ter q dissecar pro brasileiro.
    Tomara q ele venha ser reconhecido da maneira q merece pq o q esse rapaz vem fazendo nos ultimos tempos é d uma magnetude q não temos a real proporção.To embasbacado ate agora com o q ocorreu.

  • Gustavo Menor

    Chamou em todas as áreas e deu aula em todas. Aqueles chutes na costela pra forçar o Pettis ir pra grade, trocou esgrima e ganhou todas e ainda quedou quando quis. Uma vez por cima, tava em casa. Pettis ainda mostrou ter aquele quadril solto, mas um preta competidor do Gordo e passador por natureza, já pegou quadris e guardeiros bem mais ariscos que ele. Fiquei feliz como se fosse um irmão meu lutando, coisa que só acontece quando o Aldo luta. Quem trabalha duro merece. Eu sempre acreditei!

  • Walber Gomes

    Orgulho do Rafael dos Anjos pela conquista e orgulho de ter um colunista BRASILEIRO escrevendo sobre MMA neste nível!

    • Renato Rebelo

      Mt obrigado, irmão!

  • Caio Abreu

    QUE SACODE IRMÃO!!! Rda molestou o pettis ontem e quebrou a banca literalmente.. hehehe sinistro fiquei impressionado com o combate o beneficio da dúvida mais uma vez dando certo “se vc pensa que eu vou te socar eu te derrubo e vice versa” old scholl assim como a apresentação tirana do RDA ontem. não imaginava uma luta de 5 rounds de maneira alguma, tanto pela pressão do rafael quanto pela contudencia do pettis, que aguentou pancada pra caralho.

    • Lucas Andrade

      auehauheuahe “Molestou” foi foda kkkkkkkkkkkk

  • Leo Corrêa

    tava torcendo pro Matt Brown =/
    o Hendricks lutou melhor mesmo, mereceu a vitória.

  • Mαykon Douglαs

    Quando vi o Rafael se tornando o campeão dos leves, dominando um cara muito talentoso, só lembrei dessa frase: “hard work always beats talent when talent doesn’t work hard”. A história do Rafael é digna de cinema, um cara que teve tudo pra ser demitido do UFC, quando vinha de duas derrotas consecutivas, pois dependia basicamente do BJJ pra vencer às lutas, e hoje fazer o que ele fez com o Pettis, realmente é um dos feitos mais sensacionais na história do MMA, e que legal pode testemunhar isso. Rafael Cordeiro > Duane Ludwig
    e vi alguns comentários de americanos dizendo que o Rafael usou PEDS, meus amigos americanos, aceitem que dói menos. hahaha

    • Carlos Montalvão

      Sempre quando um americano é surrado por um brasileiro (nesse caso, LESIONADO) eles ficam chorando haha, são os mesmos que acham que o Mendes venceu o Aldo porque o cara saiu com o rosto fudido depois de tomar 2 dedadas e uma cabeçada no mesmo olho

    • Juan

      Temos que lembrar que luta foi no Texas, onde a comissão local não aderiu à nova política de testes surpresa que está pegando todo mundo e que o Rafael estava com um gás extraordinário.
      Mas conhecendo a trajetória do cara, fica claro que o negócio ali é puro trabalho duro mesmo.

  • Dênnys Dias

    Pra mim uma coisa eh certa:temos um novo mini Velsquez!Que atuaçao impecavel,que cardio,que garra e que habilidade em todas as areas!No começo achei que a estrategia dele tinha sido a de Melendez que tinha dado certo,mas no meio do caminho percebi que parecia mt mais com de Velasquez frente a Cigano na retomada de seu cinturao.A cara de frustaçao de Pettis no inicio dos rounds ja dizia td sobre a luta.Grande merecedor RDA!Vendo essa evoluçao dele por ter ido pro EUA e se dedicando integralmente aos treinos eu me pergunto:pq nosso querido Shogun nao faz o msm?Enfim,isso eh papo pra outra hora…Que surra que a polonesa deu hein?!Grande vitoria!Hendricks me pareceu mt GSP pra pouco Big Rigg no estilo de luta,e me pareceu faltar um pouco de gas do meu pro final.Essa mudança de estrategia dele seria efeito das lutas contra Lawler em que se ele tivesse feito isso talvez ainda estaria com o cinturao?Talvez…Agora,vamos pra maior quase nao surpresa da noite.Overeem talvez tenha feito sua melhor luta no ufc,foi mt bem!Mas Nelson(que era meu favorito por conta do queixo adversario) eh mt inconstante em suas lutas,principalmente contra grandes nomes,Dificil sobreviver apenas de overhands.Grande evento e grande analise de vcs!

    • Renato Rebelo

      Falando em Mini Velásquez, alguém duvida do Werdum dps dessa? Rafael tb traz esperança!

      • Dênnys Dias

        Depois dessa eu nao duvido eh de mais nada!To meio espantado ate agora pra te fala a verdade.Ate fiz o download da luta pra assisti de novo.Espetacular!

      • Carlos Montalvão

        Desde Silva x Weidman e Barão x Dillashaw nunca mais duvido de nada

      • Jonas Angelo

        Renatão, não duvido de nada também. Mas Werdum possui menos garrafas pra vender do que RDA, além do que Velasquez já tem mais horas de voo do que Pettis. Mas sim, esperança sempre há!

      • will

        O Velasquez é uma força da natureza. Se ele não estiver machucado ninguém ganha dele.

        • Lero

          Mais do que força da natureza eu diria que ele é um filho da puta monstro que saiu do inferno.

  • Marquim

    Nem no meu sonho mais otimista, eu imaginaría o Dos Anjos destruindo o Pettis dessa forma.
    Agora é dar a revanche pro russo(que eu imagino que passe tranquilamente pelo Cowboy)

  • will

    Vamos ver se agora o Rafael vai ter o respeito que merece da imprensa. Espero que o Pettis baixe a bola e se lembre que não é essa Coca-Cola toda. Pettis já é passado, vamos pensar agora no Kabhib.

  • Fernando

    Depois de ontem, considerando a “dominância” dos 5 rounds, ainda dá pra considerar o Pettis um lutador melhor que o Rafael? Ou um lutador mais showman apenas??

    • Rodrigo Tannuri

      Showman ele continua sendo, mas o Rafael é sim melhor lutador. Se vencesse por nocaute ou finalização, poderia até gerar alguma dúvida, mas o cara humilhou o até campeão durante os 25 minutos.

  • Marcelo

    RDA não tomou conhecimento. Passou o trator. Foi melhor em tudo. Eu não acho que ele é menos talentoso. Ele entrou no UFC mais cru do que o Pettis, mas pra fazer o que ele fez ontem tem que ter talento, no mais alto nível você precisa ter uma certa facilidade com a coisa. É bom que se diga que o Pettis é um lutador extremamente veloz e ágil, mas ontem não pareceu ser mais veloz ou mais atlético.
    E eu acho que ele tava de turista com esse cinturão. Pra mim as melhores e mais eficazes artes marciais são as de grappling, tanto no MMA como na vida real. O cara pode usar mais a trocação pra vencer como fazem Jon Jones e José Aldo, mas tem que ter uma excelente base de grappling só pra poder usar qualquer coisa relacionada a envergadura, agilidade, poder de nocaute, etc e pra mim na luta com o Meléndez, o Pettis já tinha dado sinais de que contra o Khabib a coisa ia ficar feia, que ele não tinha essa defesa de quedas e BJJ tão bom assim, mas foi melhor ainda, foi o Rafael quem executou o plano antes. E acho que RDA é muito mais jogo contra o Nurmagomedov.

    • kg

      Cara, eu discordo com relação ao casamento Pettis e Khabib, acho que a luta contra o Melendez mostrou que o Pettis se vira bem quando o wrestling é unica arma do adversário como fez com o Bendo e o Melendez.

      • Marcelo

        Mas o Meléndez não é só wrestling, ele é aluno do César Gracie e tem um background no wrestling muito menor do que caras como Nurmagomedov e Benson, no MMA ele teve muito mais sucesso na trocação, tanto que metade das vitórias dele são por KO/TKO.
        O Bendo conseguiu derrubar o Pettis, mas foi finalizado… Pra mim, o fato de ele ter sido derrubado já é um ponto negativo forte, na minha opinião ele “achou” essas finalizações contra o Meléndez e o Benson, mas não acho que duraria pra sempre e foi justamente contra o Rafael aonde a sorte do Pettis de ser quedado e achar uma finalização acabou.
        Pra mim o Khabib iria passar o carro. Derrubaria a hora que quisesse. Como o próprio Rafael, que derrubou a hora que quis também.

  • Allan Philip

    Essa dupla de Rafael’s não tem pra ninguém, hein!!
    Só ouvia o Cordeiro dizendo “Acompanha o Quadril dele” e no mesmo instante o Dos Anjos obedecia. Melhor exemplo de mestre e pupilo que já vi(Cena de filme, mesmo).

  • Max Mendes

    Não sei se foi só eu mas achei o Antonio muito magrelo, muito mais fraco do que o Rafael. Se for possível, ele é alto, deveria descer para os Penas e não ficar na desvantagem fisisca.
    Neste caso teríamos o tão esperado Aldo x Pettis, não nos Leves e sim nos Penas

  • thetigereyes

    Ae Renatão o cereal do Pettis entrou na promoção..rsrs

    • Renato Rebelo

      No Twitter, o Cathal Pandred pedid reembolso no cereal dele hahhaa

    • will

      há há há há há …. Alexandre Matos aproveite a promoção!

  • Alan Nunes Santos

    Me motivou a voltar treinar duro jiu-jitsu..

  • Malk Suruhito

    Rafael se vencer o Nurmagomedov, vai ser o campeão que na primeira defesa já varreu a categoria…

    • Fernando

      Se rolar o casamento Michael Johnson x Ben Henderson e o MJ vencer temos um outro contender.

  • Gefferson Nesta

    Fiquei emocionado com a vitoria do Rafael, mas não digo emocionado de lagrimas rolarem, digo emocionado de quão bonito é ver uma cara tão esforçado e merecedor conquistar aquilo pelo que tanto trabalhou! Parabéns Rafael.

    • Renato Rebelo

      Lagrimas? Claro que não! Puro suor masculino escorrendo pelo rosto heheeh

  • Felipe Rafael Mattioli

    O pettis perdeu a luta ja no primeiro round, qdo o rafael deu aquela socada com ódio acumulado no “zóio” do ex campeao!!!! achei até que ele ia chorar rsrsrsrs!!!
    Tb acho que o bendo é mais lutador que o pettis, acho que ele da uma pipocada pro pettis!!!!!

  • Lucas Andrade

    Como disse na última postagem à respeito do RDA, “somente talento nunca foi suficiente pra nada”. O Rafael provou que força de vontade aliada a muito dedicação podem render frutos surpreendentes, e assim foi. E olha que eu particularmente não acreditava na vitória do Br, (quem viu meu comentário nas anteriores sabe rs) engoli minhas palavras e estou contente com isso! A atuação de Overeem eu achei um tanto modesta e conservadora (claro que já era esperado, ele não podia tropeçar agora). Porém vi também uma chama se acender. Acho que o gigante só precisa de um pouco mais de dedicação + força de vontade (palestras do RDA poderia ser uma boa pra ele) poderia lhe colocar facilmente entre os tops da rasa divisão dos “Pés Grandes” . Vi ele ousar algumas esquivas que há muito não o via fazer, e ele era realmente bom nisso, porém com os nocautes de outrora creio que não será mais uma de suas caracteristicas pendular frente aos adversários. No geral gostei, torço por ele (sim, e daí?!) e acredito que com confiança e trabalho duro, ainda nos dará bons combates!

  • Lucas Andrade

    Na entrevista pré-luta ouvi uma frase dita pelo RDA que descreveu a luta ” Todo mundo tem um plano, até tomar um soco na cara”. Adorei hahaha e descreveu a luta, pois se o Pettis tinha um plano ele ficou no 1º Round no primeiro cruzado!

  • doujhou

    to vendo um monte de gringo do tipo ”Can’t wait for the failed drug test” ”next day he test positive for ped” ‘RDA is on PED’s” ,só digo uma coisa o cry é livre vão ter que aguentar o new champion agora =D

  • Rei Jaffe Joffer

    “Aí, Overeem quase cedeu à vontade louca que tem de entregar a paçoca.” Rebelo, Renato.

    Eu tive que parar de ler de tanto rir depois dessa frase. HAHAHA.

    Tenho que admitir: RDA me surpreendeu muito. Eu sabia que a ideia era pressionar o Pettis pra impedir as “pettiszisses”, mas RDA foi além. Eu via a frustração no rosto do Showtime.

    Joanna “Sopa de Letrinha” botou a campeã no sal e eu não vejo muita gente pra tirar ela desse trono.

    E, como sempre, Overeem venceu e PI-PO-COU em chamar JDS pra mão… hehehe

    Como sempre, grande texto Renato!

    Abraço a Todos!

Tags: ,