Koscheck e Mark: veteranos com escolhas difíceis

Lucas Rezende | 11/03/2015 às 16:38
Josh babando

Apagado por Jake…

Um sopro fresco de coragem e determinação – primeiramente exibido por Donald Cerrone -parece ter contagiado alguns outros nomes célebres nesse início de 2015.

Depois que o Cowboy enfileirou Myles Jury e Benson Henderson em 15 dias, o próprio Bendo foi infectado por essa gana de mostrar o próprio valor e finalizou Brandon Thatch na categoria de cima, remediando o orgulho ferido.

Mas agora a moda tomou um rumo perigoso, pairando sobre a cabeça encaracolada de Josh Koscheck.

Brutalmente finalizado por Jake Ellenberger no UFC 184, o americano sofreu sua quarta derrota consecutiva da carreira e encara Erick Silva no Rio de Janeiro dentro duas semanas.

Traduzindo: aos 37 anos de idade, descendo a ladeira, ele enfrentará um oponente mais jovem, vigoroso fisicamente e em território inimigo.

Derrubado por Woodley...

…Derrubado por Woodley…

Isso sem contar que este seria o último combate no contrato do cara que vem de quatro derrotas consecutivas…

Parece simplesmente o timing errado para decidir arriscar tudo. Mas há quem diga que situações drásticas exigem medidas equivalentes.

Sendo assim, Koscheck traça um possível caminho certo, mas ainda perigoso.

Claro, uma quinta derrota pode culminar em Dana White lhe chamando em seu escritório para ter aquela mesma conversa que teve com Chuck Liddell e Matt Hughes há uns anos.

Mas, se por ventura do destino, Josh encontre um meio de deter o ímpeto de Erick – o que não é impossível – uma sobrevida pode lhe ser garantida.

... E por Lawler

… E por Lawler

Ainda mais pelo carinho especial que Dana tem por todos os veteranos da primeira edição do TUF.

Quando Tito Ortiz finalizou Ryan Bader no UFC 132, uma sobrevida de mais três contendas (contra Rashad Evans, Rogério Minotouro e Forrest Griffin) fora-lhe consedida.

Koscheck pode conseguir mesmo. Mas a faca é de dois gumes – até porque esse trio não traz boas lembranças ao Bad Boy de Huntington Beach.

É preciso pesar os prós e os contras e pensar à frente.

É evidente que os cheques garantiriam um futuro mais confortável para o Biro-Biro, mas essa necessidade se faz realmente urgente? Não é como se Kos não fosse proprietário de sua própria academia em Fresno, Califórnia, e passasse dificuldades.

Observemos a questão sob outra ótica.

Muñoz em sinuca contra Jucão

Muñoz em sinuca contra Jucão

Mark Muñoz também se encontra em situação similar, mas seu diferencial é ter reconhecido que chegou sua hora.

Do alto dos mesmos 37 anos – e carregando reveses pesados diante de Lyoto Machida, Gegard Mousasi e Roan Jucão-, a Máquina de Demolição Filipina atuará pela última vez de modo poético, no primeiro card do UFC nas… Filipinas!

Luke Barnatt será seu rival.

Vencendo ou perdendo, Mark já garantiu que pendurará as luvas imediatamente após o combate.

Por muitas vezes essa é uma decisão difícil de tomar, lutadores sempre pensam que ainda são capazes de dar uma reviravolta na carreira até encontrarem-se com múltiplas derrotas consecutivas e um legado manchado.

Acima de tudo, Koscheck precisa decidir o que quer fazer. Por vezes, já me deu a impressão de não querer estar dentro do octógono, no entanto, ele continua a subir no mesmo.

E ali não é um lugar para indecisão.

  • Ramon Reis

    REZENDE !!!!!!!!!!!!!!!

    O cerrone não começou essa mania, quem comesou foi o Chas Skelly, ele finalizou Tom NInimaki dia 23 de agosto no FIght Night Henderson VS Dos Anjos e duas semanas depois ganhou do Sean Soriano no Fight night jacare vs mousasi 2.

    • Lucas Rezende

      Hahaha, calma, Ramon. Se formos puxar quem fez antes, dá pra voltar até 2012, quando Lavar Johnson enfrentou Pat Barry e Stefan Struve em 20 dias.

      Ou então em 2011 quando Tito Ortiz venceu Bader e pegou Rashad somente um mês depois.

      Preferi me ater ao ano de 2015 para manter o texto atual.

      • Royce Gracie pegou Art Jimmerson, Ken Shamrock e Gerar Gordeau na mesma noite. Ganhei!!..
        hahaha…

        • Lucas Rezende

          Hahaha, não dá pra voltar mais do que isso.

          • Lucas Andrade

            Van Damme em O Grande Dragão Branco.. aeuhaue foi mal.

          • Lucas Rezende

            Muito clássico, haha.

      • Ramon Reis

        Eu pensei que voce iria responder, nossa eu não sabia disso, valeu Ramon.
        Mas que seja, um abraço Rezende.

  • Carlos Montalvão

    Sempre fica um clima meio triste na hora da despedida de um grande nome no MMA,vai ser uma pena ver o Muñoz e provavelmente o Koscheck se aposentarem, mas o corpo do cara vai pra luta e a mente/coração parece que ficam em outros lugares, é nessa hora que o cara tem que pendurar as luvas. Foi bizarra a última derrota do Biro Biro, mas torço por ele nessa luta contra o Erick Silva, e se vencer o brasileiro, que já anuncie a aposentadoria pro Anick ou quem quer que seja o cara que venha pra narrar o UFC para os gringos. Já deu pra ele, quando um lutador começa a acumular uma sequência de derrota porque foi perdendo de forma besta atrás de forma besta ele já não tá subindo ali por gosto ao esporte, mas sim pensando apenas no dinheiro e nem se preocupa em lutar direito. A menos que seja aquele cara que depois de 22 derrotas seguidas, nunca desistiu e na última semana finalmente obteve a primeira vitória rsrs

    • Lucas Rezende

      É isso aí, Carlos. Estamos chegando em um momento curioso do MMA.

      Como o esporte é muito jovem, ainda nos assusta quando vemos grandes ídolos se aposentando, pois nos acostumamos a vê-los lutar por tanto tempo.

      Mas olhando pelo lado bom, podemos acompanhar desde o início o crescimento dos próximos.

      • Lucas Andrade

        Sem contar que agora com essa política de exame anti-doping mais rígida será comum ver grandes lutadores se aposentarem cada vez mais cedo. Alguns até “precocemente” quando o fator genético (queda de testosterona mais cedo pra alguns) não lhe for mais favorável. É realmente lamentável.

  • Felipe Lemes

    Bellator / WSOF espera ansiosos

    • Renan Boldrin

      O Kosheck do jeito que está,não aguenta o Bellator não.

    • Carlos Montalvão

      Bellator só contrata ex-UFC se eles estiverem aposentados (tamanho o freak show que tá virando), é mais de praxe do WSOF pegar os caras demitidos

  • bedotRJ

    A favor do Koscheck o fato de ter, em todas essas lutas, enfrentado apenas lutadores rankeados e tops. Pode ter ficado evidente sua incapacidade voltar a figurar entre os 3 ou 5 melhores, mas não ainda de fazer lutas competitivas contra a parte de baixo do ranking. Era a situação do Muñoz antes de ser rapidamente finalizado pelo Jucão, um meio-médio, tão veterano quanto ele e reestreante no evento. Se o Koscheck perder pro Erick Silva, o RH, ou melhor, o INSS será o único caminho a se tomar.

    • Max Mendes

      Bem observado. Enfrentar um perde e ganha no Top 10 categoria é até vai, mas começar a perder até para quem não esta ranqueado é sinal claro do fim.

  • Nathan Oliveira

    Olha, reconheço que o Kos realmente esta bem longe do seu auge técnico e físico, mas na minha opinião a situação dele não é tão complicada assim. O cara foi nocauteado graças ao oportunismo do Lawler após defender uma queda, se afobou após acertar bom golpes contra o Woodley, e tava amarrando bem o Ellenberger. Resumindo, em nenhuma dessas três derrotas ele foi engolido pelo jogo de seu oponente.

    Nessa ultima luta inclusive, acho que ele até exibiu uma boa movimentação nos momentos de striking: bom tempo de reação, boxezinho decente sem apresentar o peso dos nocautes sofridos.

    E nessa luta contra o Erick, o hype em cima dessa decadência do americano pode trazer sérios problemas pro brasileiro.

    • Carlos Montalvão

      O Kos foi sodomizado pelo Woodley na porrada, não tem como defender um cara que apanhou feio daquele jeito e caiu pior ainda haha, mas contra o Jake ele tava indo razoavelmente bem antes de dar o pescoção pro adversário

  • Mauricio Draven

    Gosto do Kos, mas, Chegou a hora dele mesmo.. não acho impossível ele vencer o Erick Silva e caso pudesse dar um conselho para ele diria: “Vai lá, divirta-se e deixe os fãs com saudades de vê-lo atuar, perdendo ou ganhando! Porque tava dando pena” Eu particularmente não gosto de ver grandes ídolos sendo malhados igual Judas em sábado de aleluia!

    • Renato Rebelo

      Exatamente. Esse teria que ser o estado de espírito. Se entrar com a calça na mão, perde de novo.

      • bedotRJ

        Se o Koscheck ganhar do Erick, ainda vou querer aquela lutinha na Ásia contra o Akyiama (que ganhou bem a última contra o Sadolah). o/

        • Carlos Montalvão

          Biro Biro x o homem mais sexy do planeta. Épico o/

  • Rodrigo Tannuri

    Pô, eu achei que o Koscheck tomou a decisão correta em aceitar o desafio. Preferia ver o Erick contra o Bendo, mas essa luta entre o Biro-Biro é bem legal também. Acho até que o americano pode surpreender devido ao gás (ou falta dele) do brasileiro. O cara está mal, mas só perdeu pra tops. Perdeu pro Ellenberger, lutou mal, porém estava afastado há tempos. Não acho que ele será o mesmo, mas, com ritmo, pode endurecer. O que a saída da AKA fez com as carreiras de Fitch e Kos, hein? Mesmo assim, a situação dele não é a mesma do Munoz. O segundo foi trucidado por Lyoto e Mousasi, o que é compreensível, mas também tomou um baita atraso do Jucão, que reestreava no UFC, foi chamado em cima da hora e ainda deve descer pros meio-médios, ou seja, deu vexame. Finalizando, acho que o Kos ainda pode ir pro Bellator. Já que esta organização está fazendo freakice atrás de freakice, que casem a revanche dele com o Daley kkkkk

    • Lucas Andrade

      Erick não tem gás pra o Bendo nem por 2 rounds.. E nem nível também!

  • Diego

    A concorrencia do kocheck foi dura tbm, nenhum desmérito em perder para Hendricks (1), Lawler (c), Woodley (3). Mas a curva desceu para Ellenberger (10), e pode rolar abismo abaixo em derrota para Silva (sem ranking). Daí é pedir RH mesmo.

  • Lucas Andrade

    “vigoroso fisicamente” o Erick.. Na boa, esse carinha não me convence.

    • Lucas Rezende

      Mais que o Kos, pelo menos.

  • Malk Suruhito

    Kosheck não vai para o RH: todos os participantes do TUF 1 tem salvo conduto. Mas que pode lhe ser oferecido uma caixinha com um relógio… isso sim, é quase certo.

  • Marquim

    Dizem que Kos está tendo problemas com o visto, pra vir pro Brasil.
    Ja até contrataram um cara do Jungle, pra substituí-lo caso ele não possa vir.
    Mas eu achei a luta ideal pro Kos, essa contra o Èrick.
    Se essa luta rolar, e ele perder, tem que se aposentar mesmo, pq Èrick ta longe do top 10 convenhamos, e olha que gosto dele

    • Lucas Rezende

      Sim, o cara é o Elizeu Capoeira, no caso. Vamos torcer para que ele só fique no banco, mesmo.

Tags: , ,