Santiago Ponzinibbio: a chance
de trazer a Argentina para o MMA

Leo Salles | 18/07/2017 às 14:10

Atuação irretocável: assim foi a performance exuberante do argentino mais gente boa do Brasil, Santiago Ponzinibbio, contra o perigoso meio-médio Gunnar Nelson, na luta principal do UFC Glasgow em pleno domingo (16).

Sem deixar que o islandês, companheiro de treinos de Conor McGregor, impusesse seu estilo low profile no octógono e toda categoria de carateca, achou um belo cruzado de direita no primeiro round e depois aplicou uma sequência de golpes que fizeram apagar “Gunni”.

Derrubando o favorito

Vitória que deve colocar o argentino dentro do top 10, principalmente por ter derrotado um adversário duro e número oito dos meio-médios.

Além disso, é a quinta vitória seguida do argentino (três nocautes) desde que seu mudou para a American Top Team, que mostra estar mais estratégico para atacar e confiar no seu boxe afiado.

Agora, com esse triunfo maiúsculo, o que podemos esperar do “Gente Boa” no UFC, especialmente no aspecto mercadológico?

Será que o maior evento de MMA do mundo explorará um potencial produto de vendas, se falamos especificamente do público sul-americano?

O argentino, já muito querido pelo público brasileiro desde o TUF Brasil 2, deve ser levado mais a sério pela organização.

A chance da organização comandada por Dana White entrar num novo mercado, como a Argentina ou em outro pais sul-americano que tenha audiência para o MMA, ou colocá-lo em grandes lutas contra adversários de elite da categoria até 77kg no Brasil ou nos EUA deverão ser os próximos passos para o argentino.

Ponzi no TUF. Que evolução!

Como lembrou em sua análise pós-UFC Glasgow o amigo Lucas Rezende, Ponzinibbio dará um salto para o estrelato, por ter bastante apoio dos torcedores tupiniquins, ter se mudado para os EUA, falar três línguas, ser carismático e ter mãos pesadas, no qual concordo integralmente.

Se lembrarmos também que seus três primeiros combates no UFC foram realizados no Brasil (2-1), em cujos eventos foi tratado como um lutador brasileiro, já vale perceber que “Gente Boa” é o cara para explorar novos ares, assim como tem Alexander Gustafsson na Suécia, Khabib Nurmagomedov na Rússia, Conor McGregor na Irlanda e nas Ilhas Britânicas (esse nem conta), Mark Hunt e Robert Whittaker, agora com o cinturão, na Oceania, entre outros.

A organização, testando um novo mercado, fez uma edição do TUF América Latina em Buenos Aires no ano passado com diversos lutadores de países latinos (apesar de ter destoado os treinadores desta edição, Chuck Liddell e Forest Griffin, que pareciam meio perdidos no programa).

Talvez precisassem de algo a mais para levarem o UFC ao Cone Sul, e ele apareceu, agora, sem dúvidas. A certeza do investimento do UFC em um novo público para levar um evento, além da audiência local e lutadores locais para fazer valer o ingresso, tem que ter um atleta de destaque.

Será que a Argentina o abraça?

E Ponzinnibio será, definitivamente, essa ponte para que a organização aporte na Argentina (ou quem sabe no Chile, Peru, Colômbia…).

Além disso, a excelente fase de Ponzinibbio é somente mérito dele, que pensou no que podia melhorar e não ser mais um dentro do UFC. Procurou outro pais e outro ambiente de trabalho para aperfeiçoar o boxe, melhorar seu jogo de solo e o preparo físico.

Os frutos estão sendo colhidos pelo ex-participante do TUF Brasil 2, cuja lesão no cotovelo nas semifinais do programa não o fizeram amolecer na carreira.

Ainda na adrenalina da vitória dentro do octógono, o argentino disse que será “campeão do mundo”. O sonho é válido obviamente e merece a atenção do UFC daqui para frente contra meio-médios de ponta.
Porém, a curto e médio prazo, será improvável qualquer menção a title-shot.

Pegar qualquer lutador da categoria do top 10, ainda mais fazendo luta principal no seu pais-natal será um dos grandes méritos que “Gente Boa” conseguirá dentro do Ultimate.

O que vocês acham? Vamos bater um papo nos comentários!

Abraço!

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    É a hora certa de fazer um card na América do Sul que não seja no Brasil, tem Ponzinibbio, Barzola, Diego Rivas, os brasileiros, pode até colocar uma Juliana Peña de co main event mesmo ela sendo fake hehe.

    • Leo França

      Coloca qualquer lutador com nome latino, ja vale também kkkkk

  • Asisz Marco

    ponzi x robbie lawler, caso passe cerrone seria um belo match up, um cara top 3 precisando emendar uma nova sequencia, contra um prospect embalado por 5 vitorias seguidas

  • Marcelo Silveira

    Olha eu acredito que se o Argentino ganhar mais 2 lutas ele tem o TS. Ele bateu o número oito do ranking e está pedindo o Magny. Vencendo essa e mais uma contra um cara da elite o TS pode ser dele sim. []’s

  • Paulo Vinícius

    Não entendi essa conclusão. Acho evidente que com umas 3 (ou no pior cenário 4 vitória, e isto se estiverem atrasando muito a vida dele) vitórias ele estará disputando o título. Se essas vitórias podem ser alcançadas é outra discussão…

    • Paulo, o que eu disse na conclusão é que qualquer luta contra qualquer top 10 dos meio-médios como luta principal em seu pais-natal já seria um chamariz e tanto para o argentino.

      Quanto á questão de combates que ele faria até uma possível disputa de cinturão, disse que a curto a médio prazo acho improvável ter uma chance ao titulo. Ou seja, vamos colocar de seis meses a um ano.

      Teremos agora o Woodley defendendo o cinturão contra a Demian e posteriormente o GSP parece que já tem o title-shot prometido para Nova York em novembro. Se GSP ganha, ele deve lutar contra outro nome mais conhecido da categoria…. só ai já se vai o que estipulei de tempo.

      Mas, claro, Ponzinibbio terá que estar ativo e casaria, como meu amigo Laerte propôs, contra Neil Magny. Vencendo, um combate ou contra Condit ou Masvidal…e por ai vai.

      Mas, na minha opinião, ele ter esse retorno do UFC tendo a oportunidade de fazer um main-event em casa já seria espetacular.

    • Malk Suruhito

      Eu acho fácil entender: teriam que ser 3 ou 4 vitórias não só contra caras de renome, mas acachapantes como foi a última. Maia já era uma unanimidade entre os próprios lutadores quanto a ter direito a um TS, não sei se o Santiago conseguirá este status tão logo.

    • Shotokan Karate

      O castelhano ganhou de um Top 10 e poderá pleitear algum porteiro da elite como o Magny ou o Condit como já sugeriram. Caso confirme a excelente fase e ganhe passa a o mínimo entrar na fila da disputa de titulo.

  • João Monteiro
    • Gunni reclamou especificamente da última dedada, na grade, depois de levar aquele cruzado de direita no meio do octógono.

      • João Monteiro

        Pra quem tava falando que não havia cabimento em pedir uma anulação.. Tá aí! O argentino atingiu os olhos do islandês com os dedos, pelo menos umas quatro vezes. Na sequência final dá pra ver claramente que foi intencional.

        • Shotokan Karate

          Cara preciso ver esse video pq não estou conseguindo mas pelo que vi da luta se rolou algum dedo no olho não foi intencional…O que aconteceu é que o castelhano conseguiu encaixar um golpe que mandou o Gunnar na lona. Depois ele tentou levantar e o castelhano começou uma blitz (talvez nessa blitz possa ter entrado o dedo no olho mas como comentei se rolou foi sem intenção pq ele estava fazendo uma blitz)…

          • João Monteiro

            Veja o vídeo aí! Depois comenta comenta sua opinião. Não me referi especificamente a você haha.. Mas ao pessoal em geral que achou que foi mimimi do Nelson após a derrota.

          • Shotokan Karate

            Eu entendi só quis te passar a impressão que ficou o video não está reproduzindo tentarei ver em casa depois…

          • Asisz Marco

            ve o video, vc vai mudar radicalmente sua opiniao, foi MUITO intencional, 4 dedos nos olhos, vitoria suja do argentino

          • Shotokan Karate

            Honestamente NÃO achei que fosse intencional (vi agora o video)… O castelhano estava pem uma blitz pra cima do Gunnar e queria resolver a luta… Os dedos entraram a meu ver sem intenção de dedada… Gunnar tb já estava baqueado pelo knockdown que tomou e foi mto mais a sequencia que o castelhano mandou depois que resolveu a luta… Em nada teve de sujo…Vitória merecida

          • Asisz Marco

            sério mesmo, agora golpear de mao aberta nao é sujo e nem ilegal kkkkkkkkkkkkkk
            o direto que ele joga antes da blits também foi sem intenção, lógico,
            direto esse com o dedo indicador apontado em direção ao olho do adversário kkkkkkkkk totalmente sem querer, coitado do argentino, ele nao sabia o que estava fazendo……………..
            essa é boa mesmo.
            claro que nao foi intencional, 4 dedadas em sequencia sendo que TODAS podiam ser evitadas,
            agora cutucar o olho alheio virou golpe legal e eu nao fiquei sabendo
            vitoria límpida e cristalina do santiago, sem nada de errado, até por que golpear 4 vezes de mao abertá é um golpe legal no mma moderno.

          • Shotokan Karate

            Cara tu já subiu em um tatame ou em um ringue ou em mesmo em um octógono na vida ? É mto fácil enxergar “má fé” ou “sujeira” confortavelmente atrás de um computador. Olha a adrenalina que o Ponzinibbio tava… Ele sentiu o Gunnar balançar e foi correndo resolver a parada…O máximo que se pode falar é que ele foi estabanado mas não houve má fé alguma da parte dele… Tanto que ao final ele foi ver se tava tudo bem com o Gunnar… O engraçado é que nem o Gunnar reclamou tanto disso quanto certas pessoas aqui…Ele só citou UMA dessas quatro dedadas mas não tirou os méritos do castelhano…

          • Vinicius Maia

            Eu achei que o xenge boa foi displicente. Também não vejo má fé, mas é inegável que as dedadas atrapalharam o Gunnar. Agora é preciso urgente mudar as luvas, todo evento tem dedada no olho (intencional ou não). Troque pelas luvas dos concorrentes e vai parar com isso.

          • Asisz Marco

            Já fui campeao sulamericano de jiu jitsu e quinto em mundial, alem de ser campeao brasileiro e estadual algumas vezes
            ja dei muitos rolas na vida e já levei diversos acidentes em braços, joelhos e OLHOS, ja levei cutucoes em olhos no treino e acidental ou nao atrapalhou meu desempenho, assim como qualquer pessoa que luta que ja sofreu esse tipo de acidente, independente da intencionalidade sai prejudicado.
            Quem parece nao sacar de lutas nao sou eu, já que nao sou eu que estou afirmando que dar socos com os dedos para fora é algo sem intenção, ou legal.
            por que o argentino nao socou de punhos fechados entao?
            Outra pergunta vc sabe interpretar comentários? em que momento eu falei em ma fé do argentino? Mas independente de ma fé ou nao os golpes foram ilegais, e pensar o contrario é compactuar com algo ilicito.
            vou usar a frase do forista Joao Monteiro: “Bom, se nem com o vídeo você conseguiu se convencer, não será com a minha argumentação que sua opinião irá mudar.”
            O PIOR CEGO É AQUELE QUE SE NEGA A VER OS FATOS, MESMO QUE ESTES ESTEJAM MAIS CLAROS QUE ÁGUA CRISTALINA.

          • Shotokan Karate

            “Quem parece nao sacar de lutas nao sou eu, já que nao sou eu que estou afirmando que dar socos com os dedos para fora é algo sem intenção, ou legal.
            por que o argentino nao socou de punhos fechados entao? ”

            O colega Vinicius levantou uma tese interessante… O formato da luva do UFC… Inviariavelmente em todos os eventos do UFC rola pelo menos UM dedo no olho em alguma das lutas coisa que mto dificil acontece no Bellator…

            “Outra pergunta vc sabe interpretar comentários? em que momento eu falei em ma fé do argentino? ”

            Em um de teus comentários tu fala em dedada INTENCIONAL, uma vez que dedo no olho não é permitido no MMA e alguém o faz intencionalmente o que se conclui ? Segue abaixo a msg:
            “ve o video, vc vai mudar radicalmente sua opiniao, foi MUITO intencional, 4 dedos nos olhos, vitoria suja do argentino”

            Parabéns pelas tuas conquistas no jiu-jitsu só que a cena que passou com o castelhano foi de um cara partindo pra uma blitz na trocação visando finalizar uma luta por KO. Ou seja adrenalina pura. Mtas vezes o cara nem tem noção do que está rolando direito na hora pois só quer saber de nocautear. É pra isso que tem o árbitro pra saber a hora de fazer a coisa parar. Como comentei antes o máximo que se pode falar do Ponzinibbio é que ele foi estabanado mas não que ele foi “sujo”… Nem mesmo o Gunnar esquentou tanto com essas dedadas…

          • Asisz Marco

            falei que foi intencional, e nao retiro o que eu disse, porem nao questionei o carater do argentino em nenhum momento, e sim a vitoria foi suja, mas a pessoa do argentino não, vc continua sem entender, haja paciencia.

          • João Monteiro

            Bom, se nem com o vídeo você conseguiu se convencer, não será com a minha argumentação que sua opinião irá mudar.

          • Asisz Marco

            exato

          • Shotokan, estou contigo nessa. Não achei intencional as dedadas, apesar que a última o argentino poderia ter tido mais atenção. Mas as outras foram no calor da bltz, como a do cruzado.

    • Asisz Marco

      caramba hein, 4 dedadas, eu tinha visto somente uma anteriormente, e a que eu tinha visto era a segunda se nao me engano, quando eu vi eu pensei “poxa se o gunni nao reclamou entao nao tem nada que o juiz possa fazer, e o argentino nao tem nada com isso”,
      mas depois desse video para mim invalidaria a vitoria do “gente boa” que nao foi gente boa e nem limpo nessa luta, triste, mas para mim mancha a vitoria, igual as vitorias do romero contra o kennedy e jacare, mas infelizmente acho que nao devem mudar a luta e o santiago terá a maior vitoria sendo uma vitoria suja, lamentavel

    • Vinicius Maia

      Caralho, sinistro. Mano eu tenho a impressão que se o UFC utilizasse as luvas nos moldes do bellator (mais dobradas entre os dedos):
      http://mmabrasil.com.br/bellator-divulga-reducao-drastica-em-contusoes-nas-maos-dos-lutadores-com-novo-modelo-de-luvas
      Eu não acompanho tanto o Bellator mas poucas vezes vi uma dedada nele. Posso esta enganado. Mas de cabeça não lembro.

      • João Monteiro

        Sim; poderia haver essa migração para o formato de luva diferente usado pela concorrência. Lembro que o Dana White chegou a comentar a necessidade de novas luvas, logo após a luta entre Michael Bisping e Alan Belcher, no UFC 159, ainda em 2013. Mas nada mudou de lá pra cá.

    • Lyn

      Criminosa essa ultima dedada.

      • João Monteiro

        Quatro dedadas seguidas em menos de um minuto, difícil de acreditar que foi acidental. Mas mesmo que tenha sido (não desviando do foco principal da discussão), há sim precedentes para uma anulação do resultado. Já que o árbitro também não cumpriu sua função de forma correta.

  • Shotokan Karate

    Acabei de ver a luta… Não achei os tais dedos nos olhos que o Ponzinibbio supostamente cometeu no Gunnar… Como karateka lamento a derrota do islandês (Gunnar é karateka do estilo Gojuryu) mas o castelhano mereceu a vitória… Está com uma boa trocação e soube aproveitar a oportunidade que apareceu quando do primeiro knockdown antes de fazer a blitz definitiva pra arrancar a vitória… Ponzinibbio é notório boa praça quando lutou em Porto Alegre onde conseguiu uma excelente vitória entrou no octogono ao som do Hino Riograndense pra fazer uma média com a gauchada… O KO do ultimo findi o coloca no Top 10 da divisão e com mais uma vitória poderá pleitear TS…

  • Beto Magnun

    Não diria que foi uma atuação irretocável. Durou pouco mais de um minuto, mas no começo parecia que ele ia levar uma sova. Sorte que o Nelson não é um cara de muito volume. Tem que dar jeito na defesa esburacada. Quem sabe uns treinos com o Sergio Martínez melhorem o boxe e a imagem dele já que o Martinez é grande ídolo na Argentina.

    • Evandro Reis

      Fiz a mesma leitura que você Beto. Gosto do argentino mas, nesta luta ele estava com uma guarda estranha, baixa e aberta, onde a maior defesa era inclinar a cabeça pra trás deixando o queixo exposto. Qualquer uper ou cruzado entraria limpo. Se ele não observar esta falha e pegar um striker um pouquinho melhor que Nelson, sei não viu!? A hype pode acabar antes mesmo de começar.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Merece muito! A dedada mais grave, pra mim, foi a primeira e Nelson nem esboçou reclamar já que estava andando pra frente e ameaçando o Santi.

    Tá rolando um vídeo de alguma dedada que entrou meio a socos, mas isso é natural numa trocação franca… vida que segue.

    Nem o Nelson tá reclamando tanto das dedadas como alguns haters que só apareceram porque o Xente Boa é mezzo brasileiro.

    • Asisz Marco

      É normal por que não é com vc né? E como vc faz uma afirmação igual na sua frase final baseado em nada? Então segundo você as criticas estão vindo devido a um preconceito pela origem do Santiago? Haja mimimi,
      Voltando ao lance só não vê quem não quer, o forista João Monteiro postou um vídeo bem detalhado das 4 DEDADAS que o argentino desferiu contra o islandês.
      Como você afirma a gravidade das dedadas se não foi você que sentiu, se vc estivesse lutando e espetassem seus olhos 4 vezes durante a luta vc também acharia normal e limpo? No dos outros não doe né.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Nossa… doeu no teu olho mais do que o do Gunni as dedadas, cara? Que revolta…
        Quem tá com mimimi é quem tá achando demérito na vitória do Argentino, onde tem muito mais mérito/evolução do que sorte/sacanagem.
        Minha afirmação da frase final não foi baseada em NADA, veio da própria entrevista pós-evento onde o Nelson citou a dedada. Ele podia ter feito sinal pro juiz ou pro próprio adversário que é um cara que nunca demonstrou atitude anti-desportiva . Ao invés disso, na primeira dedada e, pra mim, a mais intensa, ele esfregou a mão no olho e seguiu… já que estava pressionando o Ponzi.

        Óbvio que normal em trocação é trocarem socos/chutes e não dedadas, mas da maneira que tu fala parece que o Santiago soqueou tentando enfiar o dedo no Nelson.

        Treino Muay Thai com luva fechada, mas já fiz MMA e às vezes no reflexo vc não consegue fechar a mão corretamente, no instinto. Os próprios tapas dos Diaz podem resultar em dedadas.
        A gravidade das dedadas (pode ter atrapalhado) mas não foi uma coisa tão grotesca, pois já vimos lutadores ficarem com o olho machucado e/ou usarem os 5 minutos pra recuperação.

        • Asisz Marco

          Sobre a ultima frase eu me referia a essa aqui: “Nem o Nelson tá reclamando tanto das dedadas como alguns haters que só apareceram porque o Xente Boa é mezzo brasileiro.” vc parece dar a entender que as criticas da galera sao motivadas por algum tipo de preconceito. o que eu falei ser mimimi.
          Sobre essa frase:”Óbvio que normal em trocação é trocarem socos/chutes e não dedadas, mas da maneira que tu fala parece que o Santiago soqueou tentando enfiar o dedo no Nelson.” se vc ver o vídeo postado pelo Joao Monteiro abaixo eu acho que vc vai repensar a respeito dessa afirmação sua. no video dá a parecer que o argentino faz propositalmente.
          Uma coisa é sem querer uma dedada escapar, o que nao parecee ter sido o caso, da maneira como o argentino golpeou dava para ele ter evitado sim, está bem claro para quem quiser ver o video está bem detalhado.
          Sobre o Nelson nao ter parado para acusar a dedada, ele estava em momento de vantagem, entao nao fazia sentido ele parar para acusar o golpe, e nesse momento foi apnas a 1 dedada das 4 desferidas.
          Tem um puto de um arbitro central que estava muito mal posicionado por sinal. A obrigação é do arbitro parar a luta quando acontecer algo ilegal, mas como ele estava tao mal posicionado ele sequer viu os lances, nao é o lutador que tem que parar a luta, claro que ele pode parar se quiser(vide bisping x anderson), mas a obrigação de intervir é do arbitro.
          Vc usar outros exemplos de dedadas mais graves nao anulam o fato de as dedadas do argentino terem sido ilegais, qualquer dedada é ilegal
          e se vc realmente luta mesmo vc ja deve ter vivdo ou presenciado alguem que viveu situação semelhante de ter os olhos tocados por dedos alheios e isso prejudicar o desempenho.
          Independente da claridade das açoes provavelmente a luta nao mudara de resultado, beneficiando o infrator, igual em outras oportunidades, vida que segue, uma vitória suja, mas vitória, segue o jogo.

          • Tiago Nicolau de Melo

            Pra mim (não é uma verdade universal ou lei, é minha opinião só) a dedada daquele overhand não foi intencional e nem a dedada na grade, onde ele queria segurar ou se afastar do Nelson. A única que eu achei passível de parar a luta (porém não creio que teve dolo do Hermano) foi a primeira, mesmo.

            Sobre levar dedada, óbvio que já levei (só não revelo onde, RSRS). Até com luva de 12/14 Oz é ruim quando a luva pega dentro do olho, uma vez minha lente deslocou.
            Só reitero que não achei que o Gente Boa teve intenção e que assumiu o risco naquela primeira dedada, já que esticou o braço com a mão aberta. A puxada no calção foi intencional, claro… mas não influiu tanto, Nelson conseguiu sair.

            BTW, melhor sorte pros dois na próxima.

          • Asisz Marco

            Se vc ja levou, vai concordar que independente da intencionalidade atrapalhou seu desempenho em lutas as dedadas que vc levou certo?
            e é nesse ponto que eu quero chegar, eu nos comentarios anteriores nao questionei a intenção do argentino até por que eu nunca vou saber de fato o que ele pretendia, mas questiono que independente disso receber dedadas nos olhos prejudicam em uma luta.
            se ia mudar o resultado, caso o argentino tivesse socado com os punhos cerrados eu nao sei.
            a vitoria para mim foi suja sim, mas o carater do argentino em momento nenhum eu julguei, entao quando eu cito vitoria suja é em relaçao ao resultado da luta, e nao a persona do santiago.

          • Tiago Nicolau de Melo

            Sim, dependendo da força, é preferível levar um soco/chute limpo do que um POKE nuzóio.
            Achei que tu tinha visto algo proposital na dedada, pra mim dedada mais flagrante e onde o Ponzi arriscou foi na primeira.

            Mas, depois de várias linhas, fecho contigo: se a luta se estendesse por mais um round ou uns minutos e o Argentino vencesse sem as eventuais ajeitadas de cílios ficaria + legal.

            Por fim, deviam regrar melhor: 1a dedada ok, na 2a (proposital ou não) tira 1 ponto.

  • Gabriel Nicacio

    Olha, a sorte do Ponzinibbio é justamente o contrário da maioria: Ele é latino – americano! Pois, se ele fosse americano, seria mais um subindo no ranking, mas não, ele tem td pra alavancar o MMA na Argentina e na America do Sul, e o UFC com certeza te interesse nisso, pois nunca houve um campeão com torcida de peso em 2 países (talvez até mais no Brasil), trílingue, e tds gostam dele. Vejo tranquilamente um TUF America Latina: Ponzinibbio x Maia no futuro. Vamos ver!!

Tags: , ,