Por favor, Georges St. Pierre, não volte ao MMA!

Lucas Carrano | 09/02/2015 às 13:42
Silva golpeando Diaz no UFC 183

Silva golpeando Diaz no UFC 183

Não vou mentir, ao contrário do meu amigo Renato Rebelo, fiquei em choque quando saíram os resultados do antidoping de Anderson Silva e ele testou positivo para drostanolona e androsterona.

É claro, ninguém com certo tempo de vivência no esporte crê em contos de fadas e sabe que volta e meia alguns atletas, uns mais e outros menos importantes na modalidade, vão acabar sendo flagrados pelo uso de substâncias ilegais.

Mas, ainda assim, não dá pra evitar o choque. Afinal de contas, falamos incontestavelmente de um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos, o maior na lista de muitos fãs.

Pra traçar um paralelo rápido, por mais que para algumas pessoas não seja assim, isso é um fato muito maior do que o caso de Jon Jones semanas antes – algo que gera muito mais um julgamento moral sobre a vida pessoal.

Desta vez não. É um golpe duro. Não só em Anderson, mas no esporte. A retomada do MMA junto ao grande público brasileiro está em xeque.

A relação conflituosa de parte da sociedade, especialmente alguns formadores de opinião, com as artes marciais mistas se acentuou – pode parecer que miram no Spider, mas o alvo é outro.

Mas, passado este longo preâmbulo, onde entra Georges St. Pierre, e sua especulada volta ao octógono, nesta história? Eu explico.

Quando se “afastou por tempo indeterminado”, no fim de 2013, além de um notável estafe, GSP alegou a frágil política antidoping adotada no MMA como uma de suas principais motivações para se retirar do esporte.

Isso me incomodou muito. Esta é uma das razões pela qual eu parei. Não exatamente para lhes dar uma lição, porque me penalizou também. Mas eu quis fazer alguma coisa pelo esporte que amo. Eu vejo a direção em que as coisas vão e acho que não faz nenhum sentido. É estúpido”, declarou o canadense, na ocasião.

Durante muitos anos, foi ele, St. Pierre, o acusado por diversos de seus adversários de fazer uso de substâncias ilegais (BJ Penn e Nick Diaz foram os mais agudos).

Apesar disso, porém, “Rush” jamais foi flagrado em qualquer exame que tenha realizado.

É claro que no atual momento, no qual a desconfiança reina, fica a dúvida: teria ele passado realmente limpo por todos estes anos ou somente escapado ileso até então dos testes realizados. O próprio lutador garante que a primeira opção é verdadeira.

Acreditem ou não, eu nunca usei doping na minha vida. Vou fazer um teste de detector de mentiras, não me importo. Sou a favor de testes antidoping. Acho que isso é um grande problema no esporte. A única coisa que quero dizer é que eu queria fazer algo para ajudar aqueles que são honestos no esporte”, afirmou GSP, em janeiro de 2014.

E realmente essa é a imagem pública de St. Pierre: um lutador que, salvo um lapso contra Matt Serra, dominou a categoria em que atuou, jamais fez uso de substâncias para melhora de desempenho (as famigeradas PEDs) e saiu do esporte espontaneamente, abdicando de seu cinturão sem de fato perdê-lo.

E é este o Georges St. Pierre que o esporte precisa neste momento. Ou melhor, este St. Pierre, mas com ainda mais participação direta e voz ativa no embate contra o doping.

O próprio GSP parece entender desta forma, mas prefere evitar a função de delator.

Eu fiquei surpreso ao saber do Anderson, como todo mundo. É terrível o que aconteceu com Anderson Silva, para a sua carreira, mas também para a sua saúde. Além disso, meu objetivo não é diminuir ninguém. Eu não sou um rato e eu não vou dar os nomes publicamente para jornalistas. Eu só que nós lidemos com este problema do doping”, comentou o ex-campeão, ao diário canadense “Le Journal de Montréal”.

GSP no último "Capitão América"

GSP no último “Capitão América”

Entre todos os combates possíveis para GSP em seu hipotético retorno ao octógono, o que mais faria sentido era, sem dúvidas, a superluta contra Anderson Silva – mesmo que alguns anos depois do que a data em que realmente deveria ter acontecido.

Tal cenário, no entanto, a menos que haja uma grande reviravolta no caso do Spider, está completamente descartado no momento. Resta então a St. Pierre percorrer o caminho, digamos, normal – entrar na categoria novamente e, eventualmente, disputar o cinturão.

Mas isso implica também em correr o risco. Risco de quê?

Ressalto que não é minha intenção levantar qualquer suspeita ou fazer insinuações sobre o canadense, mas, se por qualquer razão do mundo, por mais improvável que pareça, ele for flagrado em um exame antidoping, pode ser o tiro de misericórdia.

Vale lembrar que o ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios do UFC e WSOF Jon Fitch, outrora um dos críticos mais contumazes e ativistas contra uso de substâncias para melhora de desempenho no MMA, foi recentemente pego no teste realizado após sua luta contra o brasileiro Rousimar Toquinho.

A despedida: GSP x Hendricks

A despedida: GSP x Hendricks

Por isso, deixo registrado meu pedido público: Georges St. Pierre, não volte ao MMA!

Por mais que seu retorno ao octógono pudesse ser um evento extraordinário, sob diversos aspectos esportivos e financeiros, o risco de ver mais um nome se juntar à lista que já contém nomes de estrelas como Wanderlei Silva, Chael Sonnen, Vitor Belfort, Royce Gracie e agora Anderson Silva me parece inaceitável.

A etimologia da palavra “crise” está ligada ao momento de decisão, de mudança súbita ou julgamento.

Assim, talvez em seu momento mais crítico, a deflagrada crise do doping no MMA, mais antiga do que se imagina, mas, sem dúvidas, deflagrada em um cenário endêmico, possa de fato acender a luz amarela no esporte.

Além disso, como já dito, caso realmente se interesse pela causa, sua atuação fora dos oito lados do octógono pode ter papel ainda mais decisivo.

Todo mundo sabe quem, quando, como e onde. Existem pessoas, alguns médicos, todo mundo vai ver o mesmo. Isto é algo conhecido. É como em todos os esportes: onde há dinheiro, há maneiras de se enganar e vai ser sempre assim. Mas eu acho que nós devemos tomar medidas para minimizar essas coisas, porque não é justo. Eu tentei que as coisas ficassem no campo diplomático. Infelizmente as pessoas não estavam prontas para mudar. Tudo bem, mas fiquei decepcionado. Você sabe que há coisas que eu não posso dizer. Estou segurando, sou uma pessoa pública”, comentou Rush, no início do ano passado.

Não, GSP, não se segure. Você pode dizer e nós queremos muito ouvir.

Abraços.

  • Rodrigo Carvalho

    Gostaria de ver a lista de nomes, mas é complicado. Assim como a mídia alarmista manchou para sempre o nome do Anderson – caso ele prove que o teste feito estava errado, GSP mancharia o nome dos atletas e o pior, não poderia provar.

    Vendo por essa lado, é difícil esperar que ele fale algo, mas seria uma maravilha ver o que ele tem a dizer.

    Principalmente hoje em dia, tem tantos lutadores que nos deixam com a pulga atrás da orelha…

  • Matheus

    Viram o último post do Lauro Jardim? Ele disse que o Anderson vai assumir que usou as substância antes msm da contraprova!

    • Renato Rebelo
      • will

        Quer apostar que ele vai se fazer de vítima e transferir a responsabilidade para outro? Talvez um médico trapalhão ?

    • João Washington

      É bem provável que ele assuma que usou. Aqui vão dois indícios disso: Depois que o Sonnen se pronunciou dizendo que seria melhor o Anderson, caso realmente tivesse usado essas substâncias, assumir que usou, o Spider veio a público dizer que não havia sido ele o autor do primeiro comunicado em que alegava inocência. Talvez ele tenha pensado melhor e revisto a posição. E o fato de o Spider ter sido tirado TUF. O Anderson pode ter admitido aos dirigentes do UFC que realmente fez a besteira. Pode ser esse o motivo dele ter sido removido do TUF poucos dias após Dana White confirmar sua permanência.

  • Baba ovo do GSP. Todo mundo usa, deixa usar e vamos em frente. Brasil país de mulherzinha com lapso de memória.!

    • Lucas Pereira Carrano

      Xará,

      Sem qualquer tipo de revanchismo por conta da acusação, vou te responder como “pessoa física”, não jornalista, e acho que você não poderia ter passado mais longe no palpite.

      Poucas vezes escrevi um texto com tamanha objetividade quanto este. Embora reconheça sua habilidade, incrível potencial atlético e o coloque em lugar de honra no meu top dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos, GSP não faz parte sequer da minha lista de 15 lutadores favoritos (gosto pessoal mesmo).

      • Derick Alberti

        Lucas Carrano, pelo seu texto imoral, anti-ético e tendencioso percebe-se claramente que GSP não é nem de longe um de seus lutadores favoritos. Apenas deveria ser imparcial a partir do momento que se dispõe a escrever um texto para tantas pessoas. De longe este é o pior artigo que li aqui, gosto muito do site mas espero que não precise ler mais este tipo de “teoria” por aqui, ninguém tem mais 12 anos.

        • victor

          Desculpe… Não
          O ganho nada para defender ninguem, mas antes de ser um jornalista, o cara e um fã de MMA, e mesmo assim, entendo que nas entrelinhas o q ele quis e apenas preservar a historia do esporte, ate pq q diferença faz agora, se FPR pego vai alegar a e a primeira vez que usou… No caso do Anderson e ate mais fácil… Basta falar q foi pela lesão e pronto.

          • Derick Alberti

            “SE FOR”. Não posso vir aqui e dar a entender uma opinião sobre você ou outra pessoa (opinião maldosa, duvidando de uma coisa que mancharia sua carreira inteira) sem ter ao menos algum indício. O GSP tem vários motivos para não querer voltar ao esporte, mas motivos estes que são particulares, anti doping ele passou a carreira inteira, mais do que outros até por ser sempre acusado, devido a dominar a categoria. Se você ler superficialmente talvez não entenda assim, mas não só eu como a maioria entendeu que o texto é sim muito tendencioso.

          • victor

            Eu concordo com VC… Não falei q não foi tendencioso e tal… Acho q foi… Apenas acho q temos q levar em consideração alguns fatores… Em resumo apenas achei q VC pegou pesado com o cara … VC poderia discordar do texto, mas acho que VC deveria dar um certo descunto pelo fato de antes de ser jornalista o cara e fã TB… E o texto não esta correto na visão da imparcialidade e da ética jornalistica, mas antes de tudo isso temos q olhar o lado do fã…

          • Derick Alberti

            Ok, pelo lado do fã eu entendo completamente, acho que fãs e torcedores tem sim o direito de opinar o que quiser sobre o que quiser. Meu comentário é sim pesado, pois se trata de um site de grande número de acessos, formador de opiniões. Não acho justo “atirar em inocentes” e generalizar casos simplesmente porque dois campeões foram flagrados em sequência no doping.

          • mazzaropi

            Lesnar foi campeão e não foi pego no antidoping… Você acha realmente que ele estava limpo?

          • mazzaropi

            Se o texto for tendencioso pra você tudo bem, mas ele não ofende ninguém… Leia de novo o texto!

            Abraço.

        • mazzaropi

          Carrano entende muito de MMA. Você deveria ter mais respeito com ele… Peça desculpas.

    • mazzaropi

      Explica melhor…

  • will

    A conclusão que se chega lendo esse texto é que o autor preferiria que os grandes lutadores não fossem pegos no anti-doping para “salvar” a imagem do esporte. Isso é de uma elasticidade moral assustadora. Só no Brasil mesmo! Sinceramente, esse texto deveria ser apagado do site.

    • Lucas Pereira Carrano

      Óbvio que não posso me furtar da responsabilidade como autor, por permitir que minha produção permita essa conclusão central. Ainda assim, posso usar o espaço dos comentários para fazer algumas observações e pô-la em perspectiva.

      Há mais aí do que qualquer reducionismo, especialmente porque mesmo diante de uma avaliação estrutural do texto é fácil perceber que a conclusão aponta para o destaque da atuação do atleta fora do octógono.

      Dito isso, o ponto levantado faz sim parte da argumentação, não como premissa central, mas faz. A questão é que, não parto do pressuposto de que GSP é um dopadão que voltaria só pra se queimar. Foi levantado um cenário (no caso, um bastante negativo, mas hipotético), e seus eventuais impactos.

      É o mesmo com o Anderson. Caso se confirme o resultado na contraprova (o que, convenhamos, é muito provável), é positivo que ele tenha sido flagrado e seja punido por isso – seja um caso único ou recorrente. Por outro lado, achar isso não impede ninguém de analisar a situação e perceber os desdobramentos que este fato tem no esporte, na relação com o público e até na própria política antidoping – sejam eles quais forem.

      • Derick Alberti

        Esse tal de Lucas Carrano escreveu um texto completamente infeliz, tendencioso, imoral e anti-ético. Uma pena um site que eu considerava de um nível tão alto e textos bons ter um texto de tal forma, vergonhoso. Não é porque nosso ídolo e herói Anderson caiu no doping que se pode levantar este tipo de questão, quem não lembra que o GSP falava em parar a anos? LAMENTÁVEL.

        • Lucas Pereira Carrano

          Derick,

          Respeito o seu descontentamento, mas posso pedir mais detalhes sobre os tais “tipos de questões” que levantei e não deviam ser levantadas?

          Aliás, se possível for, onde cravei uma estaca em Georges St. Pierre, o que parece ter sido tratado por você como uma ofensa pessoal?

          O que fiz foi, muito pelo contrário, exaltar sob diversos aspectos a história do canadense e incentivar um comportamento que ele tem adotado (de se posicionar favorável a intensificação e aprimoramento das políticas e ações antidoping), e que considero extremamente benéfico para o esporte.

          Durante o percurso, porém, expus que ninguém, por mais que tenha se posicionado contrariamente ou não tenha sido flagrado até aqui, está livre de o ser. Isso, literalmente, pode acontecer com qualquer atleta profissional. O que quis dizer não é que ele voltaria e faria isso, mas sim que caso (hipoteticamente) este cenário, o pior possível, viesse a acontecer, seria uma tragédia sem precedentes (o que só reforça a relevância de GSP, especialmente no momento atual).

          É claro que eu entendo e até concordo com a decisão do GSP de se afastar por aspectos esportivos, financeiros, familiares ou qualquer outro, o que usei aqui foi apenas um recorte. Nada além disso.

          Por fim, se para você, “ser fã” ou não interfere no poder de julgamento, paciência. Isso nunca me deu e não vai ser agora, depois de tantos anos, que me dará procuração para defender ou sinal verde para malhar alguém.

          • Derick Alberti

            Você nega que levantou uma bandeira sobre um doping que nunca teve indícios e passou por diversos testes durante uma carreira inteira sem acusar simplesmente nada? Seu texto ficou bem discreto e “camuflado” mas qualquer um que lê interpreta da mesma maneira, só ver as opiniões citadas por muitos aqui. Você realmente levantou uma bandeira sobre um dos maiores atletas de todos os tempos, e isso por que razão?

            Acha ético falar que espera que o GSP não volte, me diz a razão? Se for pelo doping, sinto lhe informar, mas é sim uma acusação leviana de sua parte, uma vez que não tem se quer UM indício de tal fato.

            Seria o mesmo que no mesmo tempo (na época) que o Zico se aposentou do futebol e pensou em voltar, você falasse: “Zico, não volte ao futebol”. E explicasse assim sua opinião, falando que o Maradona acabou manchando toda sua história por descobrirem, no fim da carreira, que jogava dopado a maioria dos jogos.

            Por fim, diferente do que outros citaram pedindo para excluir o post, eu não penso assim, você expôs seu pensamento. Acredito que deve cuidar, pois um site grande acaba formando opiniões, e jogar um dos maiores nomes contra um público grande que acessa o site, simplesmente com a sua opinião, sem o mínimo indício, é um pouco leviano de sua parte.

          • Lucas Pereira Carrano

            O título nada mais é do que um apelo, não literal ao lutador, mas ao leitor. Algo que atraia a atenção para o texto.

            Eu realmente não torço pessoalmente para que o GSP fique aposentado. Na verdade, nem tenho uma “torcida” quanto a isso, ele faz o que bem entender. A metáfora aí é o ponto de partida, e chegada, para uma discussão sobre o momento atual do doping no MMA.

        • mazzaropi

          Vai ler TITITI e pare de entrar aqui… kkk!

          • Lucas Sousa

            Mazzaropi, isso me lembrou um outro debate aqui!!! O TC…

          • mazzaropi

            Não me lembro…

          • mazzaropi

            Desculpe-me amigo, no calor me excedi… Pegue uma pipoca e discuta racionalmente todos os dias aqui com a gente… kkk!

            Abração.

        • Dan Mendes

          “nosso ídolo e herói Anderson” Que zoeira é essa, jovem.

      • will

        Eu concordo que um doping do GSP iria detonar uma crise no esporte, mas isso é algo inevitável e até necessário.

        • mazzaropi

          Inevitável e necessário… Me lembrei deste cara aqui…

          http://artefactosteste.files.wordpress.com/2012/11/vigiar-e-punir.jpg

          • will

            Jovens são presa fácil para picaretas como Foucalt, mas comigo não cola. Esse livro é um estelionato intelectual! A autoridade é algo necessário para freiar a bestialidade humana.

          • mazzaropi

            Não entendi… Como poderia identificar Foucault como picareta? Porque você pensa assim? Você leu o livro completamente?

          • will

            É simples indentificar um picareta. Se for “socialista” bingo! O livro é um amontoado de bobagens.

      • will

        A crítica que fiz não é pessoal. Só acho que o texto leva a conclusões anti-éticas. Tenho certeza que sua intenção não era essa.

        • Lucas Pereira Carrano

          Sobre isso, fique tranquilo. Nem de longe tendo a levar qualquer tipo de apontamento pelo lado pessoal. Reconheço quando há um debate de ideias e quando não há (geralmente quando o foco principal de uma observação é relativa à pessoa e não ao que ela escreveu). hahahaha

        • mazzaropi

          Certa vez perguntei ao meu professor se os resultados de uma bateria de testes não fossem interessantes para a formulação de tal artigo científico, e o professor me respondeu prontamente que a análise dos resultados do tal teste é que seriam a resposta para a elaboração do tal artigo… Fantástico!

          Carrano fala de probabilidades, conjecturas, situações hipotéticas, nada demais…

    • Leo Corrêa

      Também achei o texto tendencioso. Para mim, parece que o autor levanta suspeitas sobre a idoneidade do lutador. Particularmente, eu não gostaria que GSP voltasse porque acredito que ele já fez o suficiente pela modalidade e conseguiu parar no auge. Mas, se ele decidir voltar, continuarei torcendo por ele.

      Só não concordo com a parte do teu comentário que expõe “Sinceramente, esse texto deveria ser apagado do site.”. A censura não é o caminho. Ainda que não concordemos com o conteúdo, é melhor a permanência do texto para fomentar o debate (inclusive com comentários do próprio autor) do que um bom site de mma carregar a mácula da supressão da liberdade de expressão.

      – abraços.

      • will

        Verdade, essa parte foi exagero meu. Censura nunca!

      • Lucas Pereira Carrano

        Leo,

        Escrever nestas condições, um artigo pré-editado para ser publicado é um exercício de retórica. Por isso, enquanto o produzia, considerei que incluir “Ressalto que não é minha intenção levantar qualquer suspeita ou fazer insinuações sobre o canadense, mas, se por qualquer razão do mundo, por mais improvável que pareça, ele for flagrado em um exame antidoping, pode ser o tiro de misericórdia” poderia evitar qualquer tipo de suspeita de que eu acreditasse que GSP era um juicehead que fez parte do time dos que usam, mas só não foram pegos – tanto que nem me alonguei muito detalhando.

        Como já disse abaixo, como auto, preciso reconhecer quando uma produção peca em determinado aspecto, e se isso aconteceu, é um sinal claro disso – o qual não nego ou evito. Por isso, felizmente, temos a sessão e comentários, e espero deixar mais claro que realmente trata-se de uma hipótese, levantada especialmente pelo paralelo evidente com o caso Anderson.

        Com relação ao apelo ao lutador citado, diria que é funcionalmente é também um apelo, para atrair a atenção e convidar para a leitura. Claro que não existe só por função estética, mas é mais uma demonstração (vá lá, hiperbólica) da premissa central: a atuação extra-cage de um cara limpo da envergadura de GSP é fundamental em um momento como este (especialmente por ele ter ideias interessantes, como a aproximação da WADA, levantar a conflituosa relação da NSAC, etc).

        No mais, agradeço pelo comentário e permaneço aberto a qualquer observação/debate adicional.

        Abraços!

        • mazzaropi

          Meu Deus, olha a educação deste cara… Ele gasta seu precioso tempo respondendo os internautas. Vou aumentar seu salário amigo… kkk!

          • Fernando

            kkkkkk, boa !!!!

    • mazzaropi

      Você está defenestrando a moralidade que lhe resta… Pare com isso!

      Claro que todos gostariam de ver os grande lutadores lutarem por mais algum tempo, óbvio, mas o texto do Carrano é uma alegoria do pensamento criativo, para Aristóteles Carrano seria a personificação do homem virtuoso…

      • will

        Rss… tem internet no seu hospício?

        • mazzaropi

          Tem sim e cabe mais um… kkk!

    • Renato Rebelo

      Will, desassociando-o do texto do Carrano (pelo fato, por exemplo, da minha interpretação dele ter sido diferente da sua – e, obviamente, não há certo ou errado nesse caso), seu comentário é perfeito. Concordo 100% com vc. Sobre o texto ser apagado do site, não sei nem como te responder. Aprender a conviver com opiniões diferentes das nossas e não querer impedi-las de ver a luz do dia é, no meu ponto de vista, fundamental para criarmos um ambiente de bom nível, onde a tolerância seja regra. Nem sempre concordo com o que é escrito pelos colunistas do site assim como tenho certeza que eles não concordam com muita coisa que eu escrevo. Mas sempre fiz questão de expor a vcs opiniões diferentes da minha para termos o mínimo de pluralidade. A concorrência de ideias é fundamental para o crescimento do bolo. E vcs são fundamentais nesse processo. Criticando e discordando (de forma minimamente educada e respeitosa, claro), vcs expõe pontos de vistas diferentes e, acreditem, pautam nossos textos muito mais do que imaginam. MMA é um assunto abstrato. Não há certo/errado ou sabichão/leigo.

      • mazzaropi

        Ótima resposta.

        Renato gênio.

      • Michelle Souza

        É por isso que eu desejo vida muitoooo longa a família Sexto Round.
        Educação, respeito,generosidade e genialidade só se encontra aqui.

      • will

        Essa de deletar o texto foi mancada mesmo. Baixou o PT em mim e me deu vontade de censurar! Mas já passou…

  • Era interessante, se o pessoal do blog conseguisse, levantar a lista de lutadores que foram acusados de doping erroneamente. Só conheço o Cung Lee.

    Porque tem muita gente ainda que acredita que o Spider pode ser livrar dessa.

    O pior é ver outros lutadores nas redes sociais dizendo que “estão com Anderson”. Cara, ele burlou as regras e está manchando o nome do esporte. Não há desculpas nem coitadismos, há punições. Ao que parece, quem diz isso faz pouco caso de se dopar.

    • will

      Isso é um sintoma da deformidade mental da sociedade brasileira. As pessoas aqui não respeitam a lei. Isso é tão abrangente que se torna epidêmico. São 60 mil homicídios por ano e com apenas 2% de condenação desses crimes.

      • Lucas Pereira Carrano

        Parece-me mais clara a relação entre impunidade e ocorrência, haja vista que o volume de investimento demandado inviabiliza totalmente a implantação de um controle antidoping. Por outro lado, não sei se o exemplo do MMA serve como prova para a tal “deformidade mental da sociedade brasileira”, especialmente porque o comportamento é realmente epidêmico, mas, pela diversidade de atletas flagrados (e aí, não só nos esportes de combate) vai além de qualquer traço cultural nacional.

        • will

          O doping é apenas um sintoma de algo mais abrangente. A impunidade criminal ou esportiva distorce a moral das pessoas. O problema da sociedade brasileira é a impunidade. Todo mundo aqui se acha acima da lei. O esporte reflete a vida social.

          • Lucas Pereira Carrano

            Ok. Mas você reconhece o que digo? Pois, mesmo que por causas diferentes, este fenômeno também se manifesta em culturas bem distintas da brasileira – e aí, vou na linha que você expôs, a inviabilidade de se combater o doping da maneira ideal aparece, e alta taxa de impunidade desequilibra a relação risco x benefício do ato ilícito.

          • will

            Sim ocorre no mundo todo, mas o começo dessa discussão era sobre a defesa do Anderson por parte dos internautas. Em outros países não há conivência com o erro. Errou tem que pagar. Aqui existe sempre a busca por uma alternativa à punição. É algo impregnado na cultura brasileira. Com todo respeito, está impregnado até no seu texto.

          • mazzaropi

            É mundial amigo!

        • mazzaropi

          Pandêmico mestre.

        • Fernando

          Eu ACHO que a médio-longo prazo é possível baratear os custos dos exames…. exemplo o exame de DNA !!

    • victor

      O cung Lee foi pego, só q ouve um erro no procedimento da coleta… Isso não quer dizer que não estava dopado… Isso foi o q li em todos os lugares sobre o assunto

  • Thiago Arruda

    Cara, esse final de semana sem textos no sexto round foi difícil… Você não imagina como haha.

    Então, pelo que entendi, você tá dizendo que não quer que o GSP volte, pra que, em um eventual teste surpresa ele não seja pego? Entre uma “ilusão” e uma verdade, eu prefiro a verdade.

    E eu tenho uma pergunta. A segunda luta do Royce contra o Sakuraba, em que o Royce ganhou, foi também a luta que testou positivo, mas a luta não virou um no-contest. Alguém sabe explicar o por que?

    • Renato Rebelo

      Rapaz, boa pergunta. Na minha cabeça, tinha virado no contest – até pq a luta foi na Califórnia e foi regulada pela comissão atlética local. Será que essa comissão não tinha poderes pra mudar resultados? Vou tentar achar uma resposta.

  • Natan Machado Fauzi

    Conto de fadas pra mim é ainda existirem pessoas que conhecem o esporte, conhecem a rotina de treinos, conhecem as lesões envolvidas, conhecem os drásticos cortes de pesos e conhecem os famosos shapes alá massa magra + Bf mínimo(salvo exceções) e ainda duvidam do quão forte é a influência da Testosterona e do HGH no esporte, com todo respeito, passou dos 30 anos já ta velho para o esporte (endócrinamente falando, salvo excessões novamente pois fisiologia humana tá longe de ser algo “exato”), só não curto ver hipócrisia por parte de alguns.
    Entrando no assunto Spider, tudo parece fazer sentido, um cara de 1,87 de altura, que nunca teve problemas para bater peso, e nem se quer sofreu cortes em uma luta bem contundente com Sonnen soa bem estranho ( sem entrar na questao da melanina e sim da desidratação que deixa a derme mais sensível.), mesmo o caso não tendo sido dado como encerrado é algo a se pensar, O ciclismo viveu momento parecido com o caso Armstrong, muita coisa vai rolar ainda…

    • will

      Eu falei isso aqui no site e todo mundo me esculachou. Depois dos 30 anos o metabolismo cai assustadoramente. É algo algo natural e irreversível.

      • Natan Machado Fauzi

        Realmente, e ainda acham que Randy Couture era o Capitão América sem o soro…

  • victor

    Na boa… Já falei em outro texto… A unica solução para tornar as coisas mais justas, e testar no dia da luta somente… Pois ou teste todo mundo do card nos testes surpresas nos mesmos dias ou então não testa ninguem

  • Natan Machado Fauzi

    Só uma observação, criar cenários hipotéticos auxiliam numa argumentação e não vi nada de tendencioso, apenas um texto com um assunto polêmico e delicado, nada fora dos padrões…

    • mazzaropi

      Exato.

      Um médico fisiologista diz que 98% dos atletas se dopam e depois o texto do Carrano que é tendencioso… kkk!

      Cada uma viu… kkk!

  • Franklin Stein

    Lucas, pois eu gostaria exatamente que o GSP voltasse numa superluta contra o Anderson, após ambos passarem por diversos testes regulamentados pela WADA… mas acho que não veremos isso… e fica a pergunta, GSP pressentiu a mudança da maré e saiu antes de perder as chinelas ou sua aposentadoria fez a pressão que faltava pro caldo entornar? Vcs sabem como funciona a fiscalização em outras artes marciais nos EUA? E alguém ja leu alguma declaração do Rogério Camões sobre o “doping” do Anderson? Abs!

  • Rodrigo Tannuri

    Sabia que sobraria pro GSP. O cara foi dominante, incontestável e rivaliza de igual pra igual com Fedor e Andy pelo posto de melhor da história do esporte (pra mim ele é o número um). Entendo perfeitamente o texto do Lucas e concordo. Ele não tentou diminuir o legado do canadense, apenas teme por uma volta perigosa em todos os aspectos. No entanto, vejo que muitos fãs do Anderson estão usando essas acusações contra o GSP como uma espécie de defesa, agindo por pura maldade mesmo. O que é engraçado, já que antes eles batiam o pé, negando o doping a qualquer custo e, agora, já estão querendo criar comparações, teorias e inventar desculpas. Eu mesmo, não curto a pessoa Anderson Silva, mas nem por isso vou dizer por aí que ele é uma farsa, que se dopou a carreira inteira, sendo somente pego agora devido a uma fiscalização mais severa, coisa que não existia antes. O que vejo é um GSP ativo. Ele sempre fez muito pelo MMA. Dentro do octógono foi monstro e, fora dele, também vem se destacando. Quero mais é que esses exames sigam acontecendo. Os de surpresa então, melhor ainda.

    Foi muito chato ver o Fitch caindo no exame também. Sempre fui um grande fã do cara. Logo ele, que sempre era tão lúcido em entrevistas. Agora, e se o Tim Kennedy cair também? Gostaria de ver a postura do milico que sempre provocou o Belfort no Twitter. Ele sempre foi muito vocal, mas sempre me deixou desconfiado.

    • Derick Alberti

      Exatamente isso, assino em baixo. Infelizmente brasileiro é assim, cheio das “teorias” e se precisar “atirar em inocente” é assim mesmo. Um mês atrás eu não lia em lugar nenhum pessoas falando que “todos lutam dopados” no MMA, agora o Anderson caiu, primeiro vem a indignação, depois vem as alternativas para se aceitar tal fato. Dentre essas alternativas, está acusar generalizando todo um mundo esportivo, que tem sim muita gente trapaceira, mas tem muita gente limpa que passou a carreira inteira por testes, nunca caiu e merecem respeito. Só me falta ler alguém acusando o Fedor, acredito que agora não vá demorar para tal.

      • Fernando

        Sinceramente, e com todo respeito, acho que então vc não andava lendo muito sobre MMA, mormente sobre suas variantes, como treinos, lesões e aumento dos exames com maior qualidade….. pois essa suspeita de dopping sempre pairou sobre todos os atletas….

  • Luis Felipe Fabricio

    Pelo amor de Deus galera, dizer que esse texto é imoral é o fim do mundo.
    .
    Eu acredito que o Lucas quis passar a seguinte mensagem, o esporte passa por uma crise profunda em razão do doping, crise essa que impede o crescimento da modalidade como um todo, nós, fãs um pouco mais “old scholl”, vamos dizer assim, queremos ver a modalidade crescer não é?
    O que faz a modalidade crescer? Televisão, patrocínio, midia especializada e principalmente audiência.
    O Doping do Anderson coloca tudo isso a perder, sendo que o GSP ainda é a única defesa pra aniquilação total, se ele voltar e cair já era interesse da televisão, patrocinio, audiência, tudo aquilo que foi penosamente construído vai por água abaixo (isso aqui é uma suposição, não existe afirmação em momento algum que o GSP é um drogadão).
    Concordo em gênero, número e grau com o tema abordado no texto.
    Por favor GSP, não volte!

  • mazzaropi

    No ultimo comentário do GSP no texto do Carrano fica evidente que ele descobre a politicagem, os lobbies, as manipulações, só uma pessoa muita inocente não consegue ver isso… GSP não vai falar!

    A cada texto do Carrano tento traçar um perfil para suas linhas de pensamentos e fico cada vez mais confuso… kkk! (Gênio)

    • Lucas Pereira Carrano

      Mazza,

      Afinal de contas, é muito mais fácil falar de um lugar do qual não se precisar sustentar cada palavra. Não é mesmo?

      • mazzaropi

        Sim.

        Imagina GSP voltando à lutar e é pego no antidoping? A imagem do esporte realmente seria manchada e a conjectura do Carrano efetivada…

        • Michelle Souza

          Anderson Silva passa no segundo exame anti-doping pré-luta. A notícia foi dada pelo site MMA Junkie.

          • mazzaropi

            Caramba… kkk!

            Muita gente vai chupar uma manga hoje.

  • Lucas Sousa

    Meu xará, tu já imaginou se o texto falasse sobre o Cain ou a Ronda? O povo iria te colocar em uma cadeira elétrica ou iria atrás de você até no inferno.

    Como professor de artes marciais e um grande admirador de AS, confesso que, durante as primeiras horas não quis acreditar de que na minha opinião o maior lutador de todos os tempos estaria envolvido em doping. A lista de lutadores pegos no antidoping é enorme: Jon Fitch,Thiago Silva,Pezão,Vitor Belfort,Toquinho,Matt Riddle,Michinori Tanaka,Alistair Overeem,Lavar Johnson,Riki Fukuda,Alex Caceres,Piotr Hallmann e Vinicius Queiroz.
    Concordo com cada paragrafo do texto.

  • Malk Suruhito

    Acho que muitos aqui se confundiram com o Carrano. Não querer que atleta X ou Y nunca tenha sido pego por doping, não quer dizer que ele compactue com o mesmo, ao contrário, expressa o desejo do autor de que aquele ícone nunca use ou nunca tenha usado o mesmo.
    Exemplo, conheço pessoas ao qual o livro com a biografia do LANCE ARMSTRONG foi considerado o melhor livro da vida deles, entre alguns, o mesmo foi de uma uma ajuda tremenda em uma situação delicada pelo qual o mesmo passava. Esta é a função de ícones, heróis, personalidades: inspirar os meros mortais em ter esperança e continuar na batalha. Quando foi deflagado o escândalo do mesmo (Lance) eu vi um misto de tristeza e depressão na pessoa, e mesmo as coisas que ELE conseguiu inspirada na história do até aquele momento, herói dele, eram mentiras também. Então, não é que não se queira que a verdade venha a tona e sim que aquilo realmente não seja a verdade.
    Foi isso Carrano?

  • Tom

    Primeiramente, se o Cung Le não tomou anabolizante para aquela luta contra o Bisping, eu estou maluco! E quanto aos comentarios de leitores “chateadinhos” com o autor do texto.. por favor! Vão catar coquinho.. realmente além de todos os problemas, o Brasil está ficando chato! Quanta gente chata.. descobri o site recentemente e me surprendi com com a qualidade dos textos e dos comentários também, mas foi só um textinho mais polemico, com uma reflexão um pouco mais profunda e pessoal que a turma do Mimimi vem duvidar do carater do autor, por favor! Realmente o Brasil está muito complicado! Que povinho mais cafona, brega, politicamente correto.. e pior.. neguinho burro que nem consegue interpretar o texto corretamente! Enfim, parabens pelo site, pelos textos, mesmo com aqueles que contenham ideias que eu não concorde! E por favor, leitores com problemas de compreensão, vão pro raio que o parta com esse mimimi desenfreado! Sei lá.. vão votar na Dilma.. vão ver um BBB.. vão escutar um sertanejo universitário!

  • Carlos Felix

    Acho que ninguém precisa discorrer
    sobre os ensinamentos de Platão, Nietzsche e conceitos de lógica
    argumentativa para interpretar um texto sobre MMA.

    Acho que a ideia do autor foi clara.

    O autor acredita na possibilidade de
    GSP usar drogas de aumento de performance em uma eventual volta ao
    MMA.

    Para mim é uma ideia sem nexo e
    desrespeitosa.

    Se GSP nunca foi flagrado no
    anti-dopping, por que essa desconfiança?

    É o mesmo de dizer: Carlos (o autor
    dessa resposta), não quero que você jogue poker nessa mesa por que
    acredito que você pode trapacear durante o jogo.

    Se nunca trapaceei na vida, por que
    essa desconfiança? Com certeza eu ficaria bastante ofendido com tal
    suposição.

    Acho que o mesmo acontece com GSP nesse
    texto.

    Apesar de gostar dos textos do Carrano,
    tenho que concordar que esse foi bastante tendencioso e infeliz.

    • mazzaropi

      Quem discorreu sobre os filósofos?

      • Carlos Felix

        Ninguém, Mazzaropi. Usei de uma figura de linguagem (hipérbole) para mostrar que, na minha opinião, a ideia do texto é direta e fácil de entender.

        • mazzaropi

          Entendi.

          Achei que foi mais uma defesa ao MMA do que um ataque ao GSP…

    • Malk Suruhito

      Carlos, quantas vezes você foi campeão mundial no Pokerstars?

      • Carlos Felix

        Nenhuma, Malk.

  • André

    Achei muito pertinente o texto, pois é muita coincidência o GSP ter se aposentado quando aumentou o rigor dos testes anti-doping. No mínimo uma suspeita deve ser gerada.

  • mazzaropi

    Então vou inverter o posicionamento do texto… Alguém acredita piamente que exista um controle efetivo de antidopagem mundial dos esportes?

    • Michelle Souza

      Mazzaropi, não existe um controle efetivo de antidopagem nos esportes. Caso houvesse não iriamos levantar suspeitas de que Rafael Nadal usa substancias proibidas, não teríamos tantos jogadores de futebol envolvidos com drogas (cocaína, maconha e bebidas alcoólicas) e não iriamos dizer que o maior nadador americano Michael Phelps é um drogado.

      • mazzaropi

        Ótima resposta.

        Muita gente que acompanha os esportes acredita que o controle é efetivo… Neste ponto mora o perigo.

        • Michelle Souza

          Mazzaropi, o caso de doping atinge todos os esportes. Veja a lista abaixo de grandes nomes de diversas modalidades que já foram pegos no doping:Ben Johnson-Atletismo pego 2x;Alan Tsagae -levantamento de peso;lberto Contador- Tricampeão da volta da França;Daiane dos Santos-Ginasta brasileira;Dodô-Jogador de Futebol;Floyd Landis-Ciclista;Maurren Maggi-Atletismo;Rebeca Gusmão-Natação e Giba e Jaqueline do Volei. Diante de tantos atletas de alto rendimento podemos dizer que existe um controle efetivo de antidopagem mundial nos esportes? Na minha opinião não.

          • Marcio Rodrigues

            Então, na verdade, todos os esportes são um só: competição de quem se dopa melhor.

          • mazzaropi

            De quem se dopa, vence ou perde, sai impune ou é punido… Tantas variantes… kkk!

            E corre-se o risco do bom ainda ser julgado como ruim…

          • Michelle Souza

            E são essas variantes que me preocupam Mazzaropi.

  • victor

    Saiu na mma junkie algo sobre o teste do anderson

    • Thiago Arruda

      Anderson Silva fora do TUF. Minotouro entra no lugar dele. É isso?

      • Marcio Rodrigues

        Poderiam ter escalado o Minotouro. Assim eles poderiam fazer a revanche.

        • Thiago Arruda

          Eu esperava isso também, mas acho que o Minotauro no TUF, deve ter sido um pitaco da globo. O óbvio seria Shogun vs. Minotouro. Mas Minotauro é mais conhecido que Minotouro.

  • Renato Rebelo

    Pessoal, calma, por favor. Primeiro, compartilho minha humilde interpretação do texto escrito não só por um dos mais competentes jornalistas do ramo, mas tb por um cara extremamente sensato. O doping do Anderson é catastrófico para o MMA (principalmente, o nacional). Repito: CATASTRÓFICO. O maior campeão de todos os tempos, cara que não é dos mais musculosos e sempre foi sinônimo de primor técnico, foi pego trapaceando no primeiro exame fora de competição que fez em mais de 17 anos de MMA. A impressão que fica pro público médio é: se ele, sinônimo de integridade e força de vontade, fez, todo mundo faz. O MMA quer, gostemos do conceito ou não, é um esporte com o telhado com vidro infinitamente menos resistente do que a maioria dos outros. Como disse no meu texto, um nocaute produzido com alguém com mais força gerada por uma dose extra de testosterona pode causar danos irreversíveis à vida de um oponente. E a HIPÓTESE levantada pelo Lucas foi: e se Anderson, homem de 40 anos, se submeteu, por resultado, pela primeira vez na carreira, à pressão colossal (de milhares de fãs, patrocinadores, do UFC, da família e, principalmente, da própria) e fez uma escolha errada? GSP, que já declarou que não tem interesse em voltar (por mil motivos), tb não é ser humano e está suscetível a erros, tb não pode acabar fazendo uma escolha errada para a maior luta da vida em nome da performance? Lembrando que ele tb vem de lesão mt complicada (duas cirurgias no joelho)…Hj, a margem para erros – com testes fora de competição- é menor. E algo relacionado a outro campeão – tão grande e importante quanto o Anderson ou algo próximo a isso- poderia ser a tempestade perfeita contra esse esporte que abraçamos. Essa ponderação é tão bombástica assim? É claro, muitas críticas feita por vcs são absolutamente sensatas e, inclusive, me fizeram para pensar em pontos de vistas que não tinha pensado. Se GSP fosse um infrator, não seria melhor ele cair, doa a quem doer? Sim, é verdade. Duvidar do GSP, que sempre foi sinônimo de trabalho duro, pode ser demais? Sim, pode ser. Mas o objetivo do texto é, primeiramente, nos fazer pensar, gerar discordâncias e novos pontos de vistas – esse desconforto é a pedra fundamental do Sexto Round. Concorrência de ideias, pessoal… São elas que fazem o bolo crescer! Só peço um pouco mais de tolerância e boa vontade na hora de expor os pontos de vistas para não descambarmos para ataques pessoais. Respeito acima de td para termos sempre esse ambiente de ótimo nível que temos por aqui. Abraços!

    • bedotRJ

      Achei o texto normal, nada bombástico. O espírito é claro: prá proteger o esporte, melhor seria que o GSP não retornasse, já que um eventual doping deste grande atleta seria devastador. É uma opinião válida. Eu só não concordo com ela porque não vejo muito sentido em uma espécie de “profilaxia de doping.” Não há motivos para não acreditarmos no que o GSP diz. Eu gostaria que ele voltasse sim, mas na categoria de baixo, 70kg, onde teria como reinar por muito tempo ainda.

      PS: acho que o texto cairia melhor para outro atleta muito estratégico para o UFC, cujo retorno também vem sendo especulado: Brock Lesnar.

      • Dan Mendes

        “O espírito é claro: prá proteger o esporte, melhor seria que o GSP não retornasse, já que um eventual doping deste grande atleta seria devastador.”

        Isso equivale a dizer que GSP se dopava. Não é bombástico é desrespeitoso.

        • bedotRJ

          É que vc não atentou para a palavra que faz toda diferença: “eventual”. Forçando muito a mão, até é possível extrair do espírito do texto uma conclusão de doping pretérito. Mas falando em eventualidade, e dado que o GSP nunca foi flagrado, o que vejo de fato é apenas um temor futuro e hipotético, alimentado pelo episódio do Anderson Silva. Cabe ressaltar que, a qualquer fã do Anderson, poderia parecer desrespeitosa e absurda, há menos de 10 dias, qualquer ilação de doping em sua carreira – e, no entanto, se confirmou. Não concordo com o texto porque não vejo muito sentido na analogia imaginada, mas não consigo ver nenhuma razão prá condenar moralmente o autor, que pareceu levar muito mais pro lado da ironia profilática do que pro lado da acusação taxativa.

    • Jailes Vieira

      Pois é, Renato em algumas coisas concordo + por favor alguem q disse ser contra utilizar é mto foda, eu acompanho MMA dsd vcs tvz, mas isso é d+ acompanhei andeerson silva e biografia e anderson sei q mto é mentira não sei o qnt sei q alguma coisa é, mas nós assumí-los como é herói é d+. Primeiro q ngm é hERÓI. E Herói pra mim é HERÓI E É ser Honesto. vCS SÃO OS MELHORES jORNALISTAS NO ASSUNTO. MAS NEM ISSO TORNA O ANDERSON IMPUNE E SEM CUMLPA, pois certamente o terá Renatp MSM q nós queiramos q não. E não não sei se GSP também nunca usous e não era testado e o terinador aproveita a oportunidade, nem sei se saberemos,MAS O FATO É Q SEI Q TEM Q ACABAR alguém colocará fim nisso, espero. PELA NOSSA PAIXÃO.

    • Franklin Stein

      Calma e respeito pessoal pois GSP não é Maomé e podemos especular e expressar nossas idéias a vontade! Isso é um dos grandes diferenciais do Sexto Round em relação a outros sites e Portais da vida. Até o dia da luta pra grade maioria do público que acompanha o MMA (entre leigos e peritos) se tinha um lutador acima de qualquer suspeita era o Anderson e se aconteceu com o Anderson, PODE (possibilidade), acontecer/ter acontecido com qualquer outro lutador, incluindo o São Pierre. Só nos resta esperar e torcer pra que isso seja um mal que veio pro bem…

      Agora Lucas, eu gostaria exatamente que o GSP voltasse numa superluta contra o Anderson, após ambos passarem por diversos testes regulamentados pela WADA… mas acho que não veremos isso… e fica a pergunta, GSP pressentiu a mudança da maré e saiu antes de perder as chinelas ou sua aposentadoria fez a pressão que faltava pro caldo entornar? Vcs sabem como funciona a fiscalização em outras artes marciais nos EUA? E alguém ja leu alguma declaração do Rogério Camões sobre o “doping” do Anderson? Abs!

  • Junior

    Todos os esportistas de alto-rendimento utilizam em algum momento alguma substância ilícita, é só olhar o corpo do GSP há uns anos atrás e ver como ele estava nas últimas lutas, só ingênuo não percebe uma grande mudança, não chega a ser como foi Overeen e Belfort, mas tá lá…
    Os atletas e médicos já falaram que a maior parte dos lutadores tomam bomba, só antes faziam o ciclo antes das lutas, agora como estão sendo testados fora do período tradicional, tá pegando todo mundo n moita…é isso que o texto do cara diz, e que se GSP for pego vai ser grave pro MMA, perfeito.

  • Junior

    Libera o suco pros meninos Bennet, pega uma pipoca e vamos se divertir vendo a gurizada solta no pátio…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • João

    Pelo naipe dos comentários mal-educados, tá dando até vontade de ver o GSP sendo pego no doping, só mandar um baita “chupa”.

  • Marcio Rodrigues

    Quando conheci o site fiquei surpreendido com a qualidade dos textos e também dos comentários, tanto que foi o primeiro em que ousei escrever alguma coisa. O texto realmente deixa muita margem para interpretação, o que na verdade é muito bom pois fomenta os comentários. Tenho certeza que o Carrano levou isso em consideração ao postar. Espero que o espaço dos comentários continue sendo um lugar onde se respeita opinião de todos, pois pra mim esse é o maior diferencial deste site.
    Abs!

    • Renato Rebelo

      Exatamente, Marcio. Essa é a intenção.

  • Leonardo Neves

    Lendo as declarações de GSP e analisando a sua saída do MMA, chego a seguinte conclusão : GSP não é natural. Quando os testes surpresas começaram no UFC, GSP começou a metralhar atletas que se dopavam. Curioso, pq se ele almejava exames mais rígidos, logo quando os ditos exames ficaram mais rígidos, ele retirou-se do esporte… Estranho… Estranho

  • joao neto

    trecho do texto do Lucas:(”Ressalto que não é minha intenção levantar qualquer suspeita ou fazer insinuações sobre o canadense”). Respeito a opinião de todos os amigos,mas na minha humilde opinião acho que o Lucas apenas imaginou um cenario,e quis compartilhar com todos nos.Abraço!!

  • Marcus Vinícius

    O que torna este site uma das melhores fontes de jornalismo sobre MMA é exatamente esta pluralidade de opiniões e a incrível habilidade de tratar sobre qualquer tema com tamanha competência, o que obriga o leitor a raciocinar. Pois desta vez, quando alguns foram a obrigados a reler pra entender, eles se perderam e não pensaram duas vezes antes de crucificar o autor. Pois pra mim, desde a primeira leitura, ficou muito claro o cenário HIPOTÉTICO e ESTARRECEDOR que seria o flagra em GSP. De resto, mais uma prova de que este espaço está dotado dos melhores do ramo.

    • Renato Rebelo

      Obrigado, Marcus!

  • Leo Ferreira

    Realmente GSP precisa se preocupar com quem usa esteróides, pois na sua última luta contra um cara que tem pura química correndo em suas veias (Steve Rogers), se deu mal

  • Thiago de Carvalho

    Olha as novidades chegando antes do podcast:

    Anderson é cortado do TUF Brasil 4, e Minotauro assume como técnico
    http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/02/anderson-e-cortado-do-tuf-brasil-4-e-minotauro-assume-como-tecnico.html

  • Fernando

    Aproveitei para passar aqui e falar o seguinte:
    Muitos fãs médios estão comemorando a suposta inocência de Silva após a publicação deste texto http://www.msn.com/pt-br/esportes/lutas/anderson-silva-passa-limpo-por-segundo-teste-surpresa-realizado-antes-do-ufc-183/ar-AA9b8ry?ocid=mailsignoutmd. Mas, o segundo teste não é a contraprova. Esta, muito provavelmente, irá corroborar o flagra. O teste do dia 19 prova apenas que o atleta conseguiu se livrar dos vestígios das drogas, não se trata de uma prova da inocência. Também, não ameniza muito a situação dele (que ainda continuará a ser punido). Ele já não estará na casa do TUF. O fã hardcore de MMA não está otimista agora.

    • Fernando

      Para complementar, não indico aqui que o texto foi malicioso, mas que muitos não souberam entender o que foi passado. No entanto, que discordar de algo, pode responder, já que precisamos do maior número de pontos de vista para alcançar um posicionamento sóbrio. Um abraço para todos.

      • Fernando

        Falei besteira, Renato? kkk

        • Renato Rebelo

          Não, Fernando. Estou 100% de acordo ctg – em ambos os casos

  • Dan Mendes

    Não gostei do texto, não! Muita coisa sem nexo.

    Melhor que o GSP não volte para não ser pego no dopping…Não seria melhor ele voltar e não se dopar?!

    Errou feio, errou rude, nesta Lucas.

  • Caio Abreu

    Lucas texto muito bacana realmente esse doping do Anderson pegou de surpresa e em um esporte que muitos criticam, e poucos entendem, torna isso uma bomba atômica, entendi claramente o medo que o fã tem de ver esse esporte cair na total reprovação. acho que tá na hora e jogar a merda no ventilador doa a quem doer, vidas de pessoas estão em risco.

  • Renato Almeida

    Percebe-se que só quem entendeu o texto como imoral, antiético e até deveria ser retirado do site, são pessoas que parecem (com o perdão da expressão) viúvas do GSP, ou seja, estão analisando o texto pura e simplesmente sob o prisma do fã do lutador, e não do fã do esporte preocupado com a imagem do MMA de uma maneira geral.

    Poucos diriam (e aqui eu excluo os “profetas do acontecido”) que o Anderson Silva faria uso de PED’s, afinal ele tem, ou pelo menos tinha, uma imagem de integridade intocável.

    A imagem libada do GSP não é, sequer, arranhada no texto, ao contrário é até exaltada, a ponto de demonstrar que um HIPOTÉTICO teste positivo dele seria o fim da réstia de esperança na moralidade dentro de um esporte que, constantemente, sofre com a ação ilegal, e aqui sim IMORAL, de profissionais que se usam de meios proibidos para melhorar sua performance, seja durante o treinamento ou não.

  • João Washington

    Depois que o Anderson foi pego no doping, e um médico disse que quase todos os lutadores se dopam, eu fiquei desconfiado de alguns deles. Quando Lance Armstrong foi pego, alguns atletas que competiram com ele disseram que achavam anormal o seu preparo físico. Enquanto estava todo mundo morto, diminuindo o ritmo o cara imprimia maior intensidade até mesmo nas subidas. Não estou acusando ninguém, mas, o Cain Velasquez é um dos lutadores que me impressionam muito nesse aspecto. O campeão dos pesados luta os cinco rounds como se fossem o primeiro. É possível ter esse gás todo sem o uso de certas substâncias proibidas? Creio que sim. Porém, esses recentes escândalos de doping acendem o alerta para todos aqueles que gostam de MMA.

  • João

    Sou fã do GSP, é o lutador que eu mais admiro como pessoa, ela é a causa que me fez gostar e me apaixonar por MMA, mas se ele usou ou vir a usar alguma substância ilícita prefiro que ele seja pego e punido, sem sombra de dúvidas. Prefiro a verdade desconfortável a uma ilusão confortável.j

  • João Washington

    Sinceramente não entendo o porquê de tanta polêmica. O autor simplesmente afirma que seria desastroso para o esporte se um ídolo como GSP fosse pego no doping. Sim, Rush nunca testou positivo em tais exames, mas, isso não faz dele um super-homem incapaz de cometer erros. Ele está sujeito ás mesmas tentações pelas quais todos seres humanos passam. O Anderson também nunca tinha sido pego até agora quando foi testado de surpresa. É claro que o fato de o AS ter caído não quer dizer que todos os campeões dominantes usam ou usaram anabolizantes, mas casos e mais casos recentes acendem o alerta no esporte. GSP foi um grande campeão e sempre teve postura exemplar. Além disso, vem fazendo afirmações veementes contra a fraca politica antidoping no MMA. O autor do texto não colocou Saint-Pierre sob suspeita apenas aventou uma hipótese. E realmente seria um duro golpe para o esporte se mais um dos melhores lutadores de todos os tempos testasse positivo para substâncias proibidas.

  • Fernando

    Um coisa é fato: o SUCESSO do site !!! Independente de concordar ou não só quando algo é relevante causa essa repercussão !!!

    Não sou de elogiar os textos pq eles sempre são muito bons, como este tb é !!

    Não há nada de imoral blá blá blá…… muito menos afirmação ou levantamento de suspeita, há uma hipótese, que caso isso aconteça…seria um baque para o esporte que tanto gostamos !!

    Bola pra Carrano….

    • Renato Rebelo

      Mt obrigado, Fernando!

  • Raphael Shaka

    GSP é um cara de pau.

  • Felipe Lemes

    Se bem que gostaria de ver GSP no Metamoris, contra alguém da velha-guarda, ou alguma promessa do Jiu-Jitsu

Tags: ,