No RJ, Durinho e Assunção farão das tripas coração

Renato Rebelo | 22/01/2015 às 15:11

Pra você que largou mão da categoria até 61kg quando Dominick Cruz, o Homem de Vidro, voltou a lascar-se, trago uma boa notícia: o crème de la crème da divisão está em rota de colisão para compensar a ausência do Dominator.

Tudo começou semana passada, quando Renan Barão x TJ Dillashaw 2 foi alinhavado para 25 de abril (um dia após o aniversário da besta que vos fala), no UFC 186.

De lá pra cá, os galos já começaram a se bicar.

Acho ele grande e lento demais para a divisão e vou provar isso novamente. Ele está um passo atrás. Todo esse corte de peso cobra um pedágio dele. Eu, por exemplo, não preciso me preocupar com isso até a semana da luta. Sinto que sou kryotonita para ele e por isso vou demoli-lo”, mandou Tyler Jeffrey no MMA Hour.

Direto de Natal, Barão não demorou para dar o troco, via Globoesporte.com:

Dillashaw está falando besteira demais. Fez apenas uma defesa de cinturão e está se achando o dono do mundo. Vou chegar e dar uma pressão para saber se ele é um galo de rocha”.

Faber prestes a dar o bote

Faber prestes a dar o bote

Além do número um e do número dois do mundo, o terceiro e o quarto do ranking também se pegam.

Falo de Urijah Faber e Raphael Assunção, estrelas do UFC Fight Night no Rio de Janeiro, que rola em 21 de março.

Antes de meter o bedelho, gostaria de entender por que o pé lesionado de Assunção era fator impeditivo para disputar o título em abril e não será um mês antes.

Se alguém matar a charada, é favor informar-me.

De todo modo, Assunção precisará exorcizar um fantasma do passado para reivindicar, de uma vez por todas, o tite shot.

Pra quem não lembra, no WEC 46, o California Kid usou toda a sua malandragem ao levar o rival para águas profundas e afogá-lo.

Em outras palavras, o enorme (para categoria) Assunção morreu no gás no terceiro round e cedeu o pescoço para o famoso mata-leão do faixa-marrom de Fábio Pateta.

Por mais que o pernambucano tenha evoluído nesse meio tempo, suas habilidades continuam muito parelhas às de Faber – em terra, solo e ar.

O que não mudou é a diferença de tamanho e o preparo físico seguirá sendo um fator primordial para que a dose não se repita – ainda mais agora, que serão cinco rounds de guerra.

Sinal amarelo para nosso segundo peso galo mais bem cotado no UFC.

Durinho em sua última passagem pelo RJ

Durinho em sua última passagem pelo RJ

Para um peso leve que trabalhará nesta mesma noite, então, o sinal é vermelho.

Com duas aparições no Ultimate, Gilbert Burns foi, oficialmente, jogado aos leões.

Vamos aos fatos.

Durinho, pra mim, é um das maiores promessas da categoria a médio-longo prazo.

Ele acertou o corte de peso, ocupa o topo da cadeia alimentar quando o assunto é jiu-jítsu, tem a mão direita pesada e bebe na fonte da trocação (Henri Rooft, Tyrone Spong, Vitor Belfort, Pedro Diaz, etc).

Agora, é inegável que o niteroiense apenas inicia sua caminhada nessa nova modalidade chamada MMA.

Josh Thomson, por sua vez, pertence à elite até 70kg há, pelo menos, cinco anos – tese sustentada por suas vitórias sobre Gilbert Melendez e Nate Diaz e a derrota contestadíssima para o ex-campeão Ben Henderson.

O Punk da AKA também é um grappler da pesada e engrossará a disputa pelo meio-campo (em sua passagem pelo circuito colegial americano de wrestling, acumulou 40v e 3d).

Com quase 30 lutas profissionais, o lastro de experiência no controle da distância e trocas em pé também pesam a favor do sétimo do ranking.

Em suma, para adentrar o top 10 tão cedo – e quebrar a banca-, Durinho precisa de uma exibição de gala em sua cidade natal.

Se Thomson chegar munido da apatia que o afetou contra Bobby Green, melhor ainda.

Só espero que a torcida carioca esteja preparada para fazer valer o mando de campo, pois a dupla precisará de todo apoio que conseguir.

Abraços.

ATUALIZAÇÃO: segundo o repórter Raphael Marinho, do Combate.com, os duelos Erick Silva x Ben Saunders e Demian Maia x Ryan Laflare também acontecerão no Maracanãzinho!

  • Luis Paulo

    Discordo ´sobre o Raphael. Acredito q ele vence sem dificuldades, Ta voando na categoria, invicto, venceu o atual campeão a pouco tempo e Faber já n é mais o mesmo há algumas lutas.

    • Renato Rebelo

      Seu avatar ganha tranquilamente o debate, Luis Paulo hehehe

      • will

        O Maldonado vai mesmo pegar o Rampage? Precisa de uma ambulância ao lado do octógono. Alguém vai ter um infarto.

        • Malk Suruhito

          Quem saiu vivo para uma luta contra o Miocic não vai temer Rampage.

          • will

            he he he…. você não entendeu… a ambulância é pro Rampage!

        • Natan Machado Fauzi

          Mano vibrei muito com essa luta, Maldomito dá show sempre.

    • Italo Soares

      Faber ainda é indiscutivelmente um Top Contender da Categoria,nao sei se o Assunção consegui uma vitoria sem ser por Decisão Dividida!

    • João R. Magalhães

      A vitória de assunção sobre TJ,foi um dos maiores garfos que já se ouviu falar em terras tupiniquim, sério mesmo Mr. Conrad McGillicutty! hahaha

  • Italo Soares

    Muito estranho ele nao estár pronto para lutar pelo titulo em Abirl,mas está para lutar um mes antes… de qualquer forma acho que ele nao passará do Faber!

  • luiz

    Se eu não me engano,o raphael assunção tinha uma lesão que poderia curar ou não até abril, assim por não ter certeza o ufc o descartou e já faz um bom tempo q ta agendado tj vs barão. Provavelmente e o RA curou a lesão antes do previsto e assim deu aval para casar a luta, porém isso deve ter sido depois da luta pelo cinturao ja estar casada. Isso é o que acho

  • Lawan Victor

    Não sei porque mas ri demais com essa imagem do Faber e o Assunção e voltando ao assunto da segunda luta entre eles , diferente de muitos acho que o Assunção leva e ganha o direito de enfrentar o vencedor de Barão vs Jigshaw .

    • Natan Machado Fauzi

      Eu também, parece que pararam só para sair na foto kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Renato Rebelo

        Hhahaha eu não tinha reparado, mas é verdade, tá hilária!

  • Pedro Duarte

    Para um evento que aparentemente parecia escasso de boas opções, estou gostando das lutas anunciadas até agora. Será que não caberia um Warlley Alves x Dong Hyun Kim/Gunnar Nelson pra fechar um card principal de respeito?

  • Raphael Seiji

    Das lutas anunciadas para o evento até então, na minha opinião, somente o Erick é favorito. Os demais, terão de suar sangue pra saírem vitoriosos.

    • Renato Rebelo

      Demian tb. Mas o Killa B e o LaFlare são muito de verdade

      • William Amaral

        Caraca, acho o Saunders de mediano pra baixo. Aposto que o Erick atropela no 1º Round.

        • Renato Rebelo

          Acho o Erick favorito tb, só não vejo essa facilidade td

  • abner albuquerque

    Excelente.

  • Fernando

    E aí, comentaritas e galera que acompanha o 6R, vcs acham que se o Faber e o TJ vencerem vai rolar a disputa entre ambos ??

    • Renato Rebelo

      Rapaz, ambos disseram recentemente que não lutariam, mas o homem com a grana garante que sim. Acho que só saberemos quando a proposta estiver sob a mesa

      • Fernando

        É, grana não aceita desforo !! hehehe

  • bedotRJ

    Faber vs Assunção é meio sacanagem com o brasileiro, mas como ele nunca abre a boca e não sabe se promover, vai ter que acabar correndo esse alto risco de nadar, nadar, nadar e se afogar num caixote de 1 metro. Só não acho que isso seja luta prá um main event no Rio.

    Quanto a Durinho vs Thomson, achei um casamento péssimo. Não faz nenhum sentido, nem esportivo, nem comercial. Em teoria, é uma chance de ouro pro Durinho queimar etapas. Resta saber se, na prática, isso não vai acabar jogando-o mais pro fundo da categoria e atrasando sua vida. É o que acho que vai acontecer. Thomson deveria ter disputado title-shot com o Pettis se não tivesse sido garfado contra o Bendo. Ele tinha que pegar algum rankeado vindo de derrota como Jim Miller (já tem luta marcada contra o Paul Felder), Miles Jury ou Eddie Alvarez. Se sou o Joe Silva, escalaria o Durinho contra alguém como Lauzon (luta dia 31 com o Iaquinta), Matt Wiman, Diego Sanchez ou Evan Dunham, ou seja, lutadores bons, que já foram rankeados, mas que já não passam pelos melhores momentos de suas carreiras. Seria uma situação mais adequada para o momento do Durinho.

  • Ramon Reis

    Gilbert Burns VS Josh Thompson é a luta mais mal casada da década, senão do século, vão ter que procurar no boxe uma luta mais mal-casada.

    Por outro lado, Durinho, falou em uma entrevista que pediu o cara que tem o pior jogo para lutar contra ele nessa divisão e Joe Silva atendeu seu pedido, por tanto Durinho trate de cumprir sua promessa.

    http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2014/10/gilbert-durinho-pede-luta-em-barueri-e-avisa-pode-me-dar-ate-um-top-10.html

    • Renato Rebelo

      Francamente, tb não vi mt sentido nela. É quase como se fosse ruim para ambos. Se o Thomson ganhar, não fez mais que obrigação e para-se uma promessa. Se o Durinho ganhar, mata a carreira de um top 10 e o coloca ainda precocemente no topo da montanha.

      • Ramon Reis

        Por um lado ele quem pediu essa luta, deve ter confiança, aguenta passar 15 minutos na mão em uma luta, está em uma das melhores academias do mundo, tem os melhores sparrings com ele, tenho confiança nele, mas por me lembrar do DoBronx e do Erick Silva fico receoso.

        E por outro temos um dos melhores lutadores até 70 KG que o mundo já viu, acredito que ele só aceitou essa luta pela sua situação atual, não fez nada na luta contra o Boby Green, ta com o cartel negativo no UFC, ele sabe que precisa mostrar serviço, ele tá precisando encarnar o PUNK dele, as vezes eu penso até que ele quer se aposentar, muita gente não sabe quem ele é, poucos sabem o que ele já fez e ele tá direto no corner do pessoal da AKA com Head Coach, me lembro que era ele quem mandava as instruções para o Nurma na luta contra o RDA.

  • Natan Machado Fauzi

    Foco no Durinho, vamos poder tirar as dúvidas se ele vai se concretizar ou se manter como promessa, e só para lembrar, durinho tem um wrestling finíssimo “parece até que não é brasileiro”.

    • Ramon Reis

      Eu já tenho confiança nele, na sua estreia ele passou 15 minutos trocando tapa contra um cara da categoria de cima e é que ele é conhecido pelo seu Jiu-Jitsu.

      • Natan Machado Fauzi

        Cara ele é um dos únicos no evento com jogo de chão que me empolga e MUITO, o cara é perigoso até montado kkkkkk

  • Ramon Reis

    Tô sempre na torcida pelo Assunção, seja contra quem for, é o único cara aqui de Pernambuco que faz bonito no MMA.

  • Gabriel Carvalho II

    Acho que deve ser a primeira vez em que o Main event e o Co-main event de um UFC no Brasil tem um americano como protagonista.

    • Natan Machado Fauzi

      Acho justo e que sirva de exemplo para acontecerem mais, essa onda de só lutar brasileiro tá fechando os olhos de muitos, e gerando adeptos a teoria da conspiração anti brasileiro.

      • Gabriel Carvalho II

        Se esse evento não tiver uma boa promoção por parte da Globo, creio que estará vazio, pois o Assunção não é o nome mais chamativo para um evento,
        Eu sou fã de MMA e queria ver a luta, mas como o público que frequenta as arenas do UFC não é assim…

        • Natan Machado Fauzi

          Mano infelizmente é assim mesmo, pra conversar sobre MMA com alguém não pode sair do Spider se não o papo morre, salvo raras exceções…

        • Kelion Almeida

          Verdade. Se Aldo x Mendes II não lotou 100% o maracanãzinho, quem dirá Faber x Assunção! Espero que o ingresso seja mais barato, senão…

  • Thiago Kuhl

    Porra… foi a primeira coisa que eu pensei quando anunciaram a luta… como é que o Raphael não luta em abril, mas em março sim ?

    Tá com um puta cheiro de desculpinha pra não falarem que deram o passa pé nele de novo hahahah…

    De toda forma, essa luta realmente só terá implicações de título para o Raphael, se o Faber ganhar fica numa situação escrota, independente de quem for o campeão… Já apanhou inapelavelmente 2x para o Barão (ambas valendo a cinta, uma interina e a outra linear), há pouco tempo, relativamente, e outro é parceiro de treinos…

  • Thiago de Carvalho

    Se o Faber continuar nessa de só perder luta que vale cinturão, Assunção já era! rsrsrs

  • will

    Barão ficou realmente muito lento pra categoria. Barão vai perder de novo! Anotem aí no caderninho de apostas.

  • Thiago de Carvalho

    Pode atualizar o card ai:

    Raphael Assunção x Urijah Faber, peso-galo
    Demian Maia x Ryan LaFlare, peso-meio-médio
    Gilbert Burns x Josh Thomson, peso-leve
    Erick Silva vs Ben Saunders, peso-meio-médio
    Leo Santos vs Matt Wiman, peso-leve
    Leandro Buscapé vs Drew Dober, peso-leve
    Leonardo Mafra vs Chris Carrizosa, peso-leve

  • Rodrigo Tannuri

    Nossa, estou adorando as lutas deste card e farei de tudo pra ir. Mesmo não tendo os figurões conhecidos da massa, quem é fã de verdade do esporte deve estar gostando da montagem. Primeiramente, sobre a decisão do Assunção, ela só serve pra nos mostrar que ele não tem voz ativa. Ele poderia conversar com a organização, estava em ótima posição na divisão para tal, mas, agora, terá uma luta perigosa. Vou e torcerei pro Faber (sou fã mesmo). Realmente, Assunção deveria saber gerenciar melhor a sua carreira. Sobre o Durinho, caramba, que pedreira! O UFC deve ter tido a intenção de reabilitar o Thomson, mas não são favas contadas assim. Esse é um baita teste pra ambos. Durinho pra ver como lida com a pressão de já encarar um top renomado e o Thomson terá que confirmar o favoritismo pra voltar a pensar no ouro. Tomara que o restante do card seja legal assim.

  • jeffthekilla

    E mais uma vez o Renato não dá o devido crédito ao Assunção. Na última luta o Renato disse que o namoradinho da Miesha era pário duro pro Assunção, dando a entender que ele achava que o Assunção perderia. No fim das contas o Assunção venceu e até que de forma tranquila.
    Já Burns vs. Thomson é um casamento ridículo mesmo, mas o Joe Silva não dá ponto sem nó. Lembram de Story vs. Macarrão? no fim das contas essa luta serviu para deixar o Story embalado e em alta, para pegar o Nelson na Suécia.
    E caramba, até que para um Fight Night o card tá bem interessante! é um dos cards com mais nomes de alto nível que vi no Brasil nos últimos tempos.

    • Renato Rebelo

      Quando eu não dou crédito pro cara? Minha crítica se limita ao seu esforço promocional. Só. Jeff, eu defendo quase sozinho a vitória do Assunção sobre o TJ por aqui. Sobre a luta contra o Caraway, não concordo com sua interpretação do que eu teria dado a entender. Só quis passar que a luta seria equilibrada. E foi. Mt gente menospreza o Caraway pq ele é namorado na Miesha e por ter sido zuado em TUFs, mas o cara é bom lutador.

  • Lucas Sousa

    Gilbert Burns VS Josh Thompson? Sinceramente não faz nenhum sentido. Já Assunção vejo total possibilidade de vencer Faber. Agora se tem um cara que juro que desejo ver como um verdadeiro lutador é Erick Silva. Estarei presente com minhas pupilas neste evento.

  • Gabriel Fareli

    Foi só o Renato dizer no podcast, que o Fight Night Rio estava fadado ao fracasso ( e tava mesmo) que Joe Silva e Shean Shelby tiraram varias lutas boas da cartola.
    Gostei MUITO do mais event, e do resto das lutas. Apesar de alguns amigos aqui nos comentários acharem que Burns x Thomson foi mal casado, eu acho uma boa luta, que pro Durinho pode ser chamado com “portaria de divisão”, sendo cedo ou não, se ele vencer ele passa a ser ranqueado e a ser “visto” pelo resto da categoria.
    Pra mim, eu tava achando até que esse evento ia ser cancelado, porque ninguem via lutas boas a vista pra montar esse card, mas eu to gostando muito do card até agora.

    E espero estar lá no Maracanãzinho dando apoio aos brazucas !! rs

  • Felipe

    Vejo com bons olhos, finalmente um UFC no Brasil que não foi feito sob medida para todo mundo sair contente do ginásio.

  • Deivis Chiodini

    A como é bom ser da Blackzillians, ter padrinho forte hein Durinho? Com todo respeito, acho o Durinho um dos melhores prospects da categoria, mas se não fosse de academia grande ia levar mais umas duas vitórias expressivas pra chegar perto de alguém do top 10. E não venham me dizer que não, pq o Sonnen colocou o Bomba lá com um cartel 3-1 e tendo perdido na primeira rodada no TUF e o Minotauro colocou o Caldeirão pra lutar com o Phil Davis, no casamento de lutas mais nonsense da história!
    Obs: Alguém tem que falar pro Rhoodes parar de dizer toda vez que alguém machuca o olho mais gravemente “Aconteceu com o Caldeirão. Ah aquele dedo no olho do Phil Davis, o caldeirão tava bem na luta, prejudicou muito”

    • Rodrigo Tannuri

      Essa lembrança do Rhoodes também me irrita. Parece até que o Davis fez por mal. Acaba passando uma ideia errada pro grande público, que muita gente acaba comprando.

  • Dan Mendes

    Que eventaço! Dá até inveja do Rio por receber um evento.
    Faber x Raphael é uma das melhores lutas que se pode ver sem diputa de cinturão em todas a categorias. Josh é um dos meus lutadores favoritos da categoria.
    Lafrare x Demian pode ser histórico, pode ser uma passagem de bastão entre gerações.

    • Renato Rebelo

      Vc é de onde, Dan?

      • Dan Mendes

        Sampa

  • Gefferson Nesta

    Se o durinho vencer pode dar não um passo, mas sim uma caminha rumo ao topo da divisão. Já o Raphael ainda deixa duvidas, mas se vencer de forma incontestável será merecedor de uma disputa de cinturão. Erick Silva x Ben Saunders é luta louca vai ser sinistro de ver. O evento realmente ta show de pancadaria e eu assistirei com certeza!

  • Weslei Alvarenga

    Ué, isso é card msm feito no Brasil !? Cadê Pepey e Rony Jason !? Cadê estreante que vem do Jungle Fight !? Cadê campeões e participantes de TUF aí !?

    Zueiras a parte, já que os matchmakers colocaram essas “características” pra montar um card por aqui, em Porto Alegre e espalhado nos outros eventos, esse FN Rio teve uma sorte. MAS ainda tem muito lutador sobrando que está nessas “características” que citei acima, eles vão aparecer ainda, se animem não ! kkk…

    Só quero saber onde vão remarcar Jacaré x Romero ( que era a minha provável luta principal desse FN Rio )

  • Bart Simpsons

    Faber vs Assunção – O brasileiro vem de 7 vitórias consecutivas, uma delas sendo inclusive pra cima do atual campeão da categoria, TJ Dillashaw, em nem tão distantes outubro de 2013. Grande problema para Assunção é que do outro lado tem um cara casca grossa demais, um cara que até hoje nunca foi derrotado em lutas onde o cinturão não estivesse em jogo. Luta boa, tanto para Raphael mostrar de vez que merece o tittle shot quanto para o “california kid” mostrar para todo mundo que definitivamente ele ainda é um “leão” dentro da categoria.
    Gilbert Burns vs Josh Thomson – Como dito no texto, “durinho” foi agora jogado aos leões. O brasileiro que ainda está invicto na sua trajetória no MMA finalmente será testado de verdade, pelo ex campeão do strikeforce. Nas últimas 4 lutas, Thomson conta com 3 derrotas e apenas uma vitória. Situação ruim? Talvez nem tanta se olharmos que as 3 derrotas foram por decisão dividida, sendo que uma, contra Benson Henderson, foi simplesmente um dos maiores garfos que eu já tive a oportunidade de ver, e a vitória foi por nocaute, em cima de Nate Diaz. Duelo bom, para Gilbert mostrar de vez a que veio, e para Thomson mostrar que assim como falei de Faber no comentário acima, ainda é um “leão” dentro da LW.

  • Bart Simpsons

    Erick Silva vs Ben Saunders – Finalmente Erick Silva conseguirá sair dessa alternância de ganha uma e perde outra, finalmente acho que o atleta da X-Gym terá a chance de vencer duas seguidas. Saunders vem mostrando bom jogo desde que retornou ao Ultimate, mas ainda assim não é pareo para o brasileiro, nem em pé e nem no jogo de solo.
    Demian Maia vs Ryan LaFlare. LaFlare é um cara enjoado, excelente jogo de grappler tem 11 lutas e 11 vitórias no MMA. No entanto, um cara como Demian Maia, que já finalizou grapplers do calibre de Chael Sonnen, e mais recentemente conseguiu vitória contra o wrestler “all russian”, Alexander Yakovlev, talvez nem tenha tanta dificuldade assim em colocar toda a sua experiência em jogo e assim garantir essa vitória.

  • Davi Sean Ribeiro

    Crocop vs gonzaga 2 :OOOOOOOOOOOOOOOOOOO

  • Luiz Gustavo

    Fala Renato Blza?
    Po kra primeira vez comentando no seu site…antes comentava so no mmaBrasil mas ja vinha acompanhando seu trabalho atraves das materias e dos podcasts smp ricos em informação.Te considero um dos melhores nesse ramo do mma…entao mó satisfação estar escrevendo aki…
    Kra…Eu acho q os brasileiros podem se solidificar em suas categorias apesar do risco ser grande.Fazendo o raio x do pernambucano e do California Kid vejo inclusive um lastro grande d diferença para o americano,Verdade é q o Assunção nunca me empolgou,smp o achei normal demais…mas verdade é q ele vem vencendo bem suas lutas e a ultima apresentação do Faber me preocupou pelo fato da diminuição do instinto animal adquirido atraves dos treinos com Bang.Vi ali um Faber ainda mais estatico,o q me leva a crer q Raphael tem chances reais d vence lo.

    Thomson é um dos caras mais subvalorizados do mma e msmo q venha d dois garfos,a idade avançada nessa categoria alguma hora cobrará o preço e com Durinho voando,logico caso bata o peso,de lutao ai sim…

    Mas a vida é assim msmo né…uma hora tem q deixar d pegar os pela porcos pra pegar gnt d verdade ne…

    • Renato Rebelo

      Luiz Gustavo, seja muito bem-vindo e mt obrigado pelas palavras! Quanto às suas considerações, concordo com eles. Abração

  • Caio Abreu

    è galera chegou a hora de ser testado com os Leões pros dois brazucas acho que o Durinho pega uma luta mais dificil, dependendo do ânimo do nosso caro punk, durinho tem chão pra vencer qualquer um na divisão, vamos ver como vai estar seu wrestling pra levar a luta pro solo. Apesar de discordar do resultado da luta entre o TJ e o Raphael, vejo ele como favorito contra o Faber, que veem de resultado polêmico. É hora de mostrar serviço.

Tags: , , ,