Barão pode renascer?
#jornaleiroresponde

Renato Rebelo | 12/06/2017 às 22:14

Pessoal, no #jornaleiroresponde dessa semana matutei sobre a situação de Renan Barão, ex-campeão do peso-galo do UFC.

Será que o potiguar, que foi considerado por muita gente o lutador número um peso-por-peso do mundo em 2014, tem condições de se reinventar nesse retorno à categoria até 61kg?

Espero que curtam a resenha!

  • abner albuquerque

    otima analise rebelo, to bastante otimista com esse intercambio do barão, se vingar ate o aldo poderia fazer o mesmo.

    • Renato Rebelo

      Obrigado, meu velho!

  • Joadson Carvalho

    Barão é um lutador sensacional, mas precisa evoluir em pé se quiser bater de frente com os atuais tops da categoria e reconquistar o cinturão.

  • Andhré Lannes

    Teoricamente o Renan Barão pode voltar a ser o que era, mas eu não acho que ele vai conseguir porque ele já esta em baixa a muito tempo.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Não dá pra estagnar, mesmo. “Sorte” que ele levou dois bailes do TJ, se tivesse entrado algum famigerado golpe de sorte seria pior.

    Creio que só não é favorito contra Cruz, TJ, Cody.

    • Eduardo Kovasc

      Ele só perdeu do TJ para “a mão entrou”.

  • Lorenzo Fertitta

    Dá tempo de se reinventar, só tem 30 anos e, provavelmente, está fazendo camps com mais qualidade (por não precisar cortar tanto peso e pelo intercâmbio). Acho até que irá evoluir em pé a médio prazo.
    Porém, Renato tocou em um ponto importantíssimo: “ponto fraco do Barão são os adversários que socam em linha e são ágeis na movimentação”, além de citar vários nomes. É exatamente por esse motivo que eu acredito que o Sr. Pegado chegará até o Top 5 da categoria, no máximo.

  • Wellington Fonseca

    Como ele irá retornar é uma incógnita, mas só dele ter saído de sua zona de conforto e procurado uma academia de ponta nos States para treinar, já me deixa um pouco otimista.

  • Marco antônio

    Que categoria se tornou essa dos galos hein…
    A melhor categoria do UFC, tranquilamente.

Tags: , ,