Pensando alto: a análise informal do UFC FN 59

Renato Rebelo | 19/01/2015 às 04:14

O primeiro Fight Night do ano começou e se desenvolveu em temperatura ambiente (leia-se morna).

Muito clinch na grade e pouca franqueza na porção preliminar e no início do card principal.

O bicho começou a pegar mesmo quando o Homem Ambulância magoou um pobre professor substituto.

Agora, os responsáveis por levantarem mesmo os presentes na TD Garden Arena, em Boston, foram os pratos principais.

Cerrone e Bendo deixaram muitas dúvidas no ar enquanto McGregor garantiu uma audiência com o campeão da categoria ao decapitar Dennis Siver como se fosse fácil.

Enfim, vamos à minha humilde leitura do card principal:

CONORConor McGregor x Dennis Siver

Siver – assim como Dustin Poirier– nunca foi nem nunca será campeão mundial. Mas o fato de ambos serem top 10 legítimos e terem deixado a impressão de que sequer mereciam dividir o mesmo octógono com McGregor – tamanho o vareio- precisa ser levado em conta. Pessoal, não deixem a repulsa pela personalidade do cara cegar seus julgamentos sobre o lutador. Conor é especial. Canhoto, contundente, rápido, possui movimentação lateralmente exuberante, cronometra ataques (timing cirúrgico)… Pouquíssimos golpes erram o alvo e menos ainda o acertam. 1,88m de envergadura é muita coisa para a categoria até 66kg e seu jogo foi construído – pelo cerebral John Kavanagh– exatamente a partir desta vantagem (lembra alguém?). Neste domingo, muito chutes rodados, piruetas e fintas foram lançadas na direção de Siver com um único intuito: confundir. O que quebrou as pernas do alemão foram simplórios diretos de esquerda que encontravam o alvo toda vez que ele retrocedia – e, consequentemente, ficava com seus poderosos overhands de direita fora de alcance. Resultado: morte limpa, eficaz, planejada. Depois disso, uma suculenta promoção espontânea (Conor pulou a grade e confrontou José Aldo – que o recebeu com gargalhadas). Será que a guerra psicológica funcionará contra um dos assassinos mais frios do esporte? Chega logo, maio (mês escolhido para o duelo, segundo Lorenzo Fertitta)!

Ele disse que ganharia em dois minutos, e a luta levou dois rounds. O Dennis Siver é um veterano, mas não é do calibre dos lutadores que já lutei antes, portanto, não estou impressionado… Ele é apenas um bobo pra mim, então, só me resta a rir dele. Acho que nossa luta é ótima para o UFC, ótima para a categoria também. Acho que vai ser a maior luta da história da categoria e mal posso esperar para enfrentá-lo”, sintetizou o atual campeão.

CERRONEDonald Cerrone x Benson Henderson

Primeiro, é impressionante o nível de conforto e maturidade exalados pelo Cowboy no octógono. Nem parece que o cara está sem camisa saindo na porrada para o entretenimento de milhões de pessoas. Parece apenas mais um dia no escritório. E tem mais: o fio não virou, o passo não foi controlado e não houve qualquer limitação física. Ou seja, após 13 meses extenuantes – revertidos em sete vitórias-, o conto de fadas virou realidade e Cerrone, via agressividade e controle territorial – já que em número de golpes significativos ele perdeu, com 57 a 86-, venceu um antigo carrasco sem nenhuma preparação específica. Marquei os rounds 1 e 3 pro ex-campeão dos leves, mas não houve ultraje. O primeiro round realmente foi muito parelho e vira questão de ponto de vista – assumindo que o 2º foi do Cerrone e o 3º do Mogli. Enfim, é quase um crime botar esses dois pra brigarem por apenas 15 minutos.

O Ben é um baita cara, sempre tirarei meu chapéu pra ele. Na verdade, o que eu precisava mesmo era de cinco round com o Ben. Vamos fazer novamente!”, pediu o fominha.

HALLUriah Hall x Ron Stallings

Uma rapaz com pinta de lateral direito do Bangu da década 80 foi chamado às pressas para evitar o êxodo do Homem Ambulância de Boston. Stallings, veterano do Strikeforce, vinha de derrota em novembro no local CFFC e até que equilibrou a movimentação enquanto pôde. Acontece que a primeira mão dura posta obliterou seu olho esquerdo e forçou um cevado doutor a parar a luta. Pouco se viu, mas dá pra cravar que o sujeito merece nova oportunidade no UFC pela demonstração de bravura. Hall, por sua vez, sabe que sua terceira vitória consecutiva nada prova. Deve ser por isso que um recadinho malcriado para os faltosos Costas Philippou e Louis Taylor – que alegaram lesões para não estarem lá- foi deixado na entrevista pós-luta:

Vocês se esquivaram de uma bala. O que aconteceu hoje aqui era pra ter acontecido com vocês. Mas eu os espero, não tem problema”, mandou o jamaicano.

TIBAUGleison Tibau x Norman Parke

O duelo entre grapplers tinha tudo pra ser truncado (leia-se chato). E foi. Primeiro, noto que, apesar da lentidão (contrapartida pelo corpanzil gigantesco para a categoria), Tibau mostrou mais leveza e confiança em pé. Parke, striker mais polido no papel (apesar do background no judô – foi campeão britânico), até aterrissou mais, mas o medo da potência do “peso médio” (palavras de Joe Rogan), geraram um bate-sai pouco eficiente. Em suma, efetividade zero de ambos os lado com as boas e velhas quedinhas ladras de round fechando a conta para o nosso homem-decisão. Casamento dispensável, aliás…

Eu tive cinco semanas para me preparar para essa luta e comecei o camp com 89kg. Vou tentar manter o meu peso mais baixo e lutar mais quatro vezes esse ano para bater o recorde de mais número de vitórias no UFC”, cravou o produto da ATT.

Outros resultados:

Cathal Pendred venceu Sean Spencer por assalto decisão dos jurados
Lorenz Larkin nocauteou John Howard no R1
Chris Wade venceu Zhang Lipeng por decisão dos jurados
Patrick Holohan venceu Shane Howell por decisão dos jurados
Johnny Case nocauteou Frankie Perez no R3
Charles Rosa finalizou (triângulo de mão) Sean Soriano no R3
Sean O’Connell nocauteou Matt Van Buren no R3
Joby Sanchez venceu Tateki Matsuda por decisão dos jurados

Abraços.

  • Rodrigo Carvalho

    Esperei ansioso por esse texto, motivo de estar escrevendo isso as 5:30 da manhã.
    Queria dar minha opinião em duas coisas:
    1) O Conor é diferenciado, mas tudo o que ele faz me parece ter buracos onde o Aldo pode crescer.
    2) O título dos leves vai ter logo um próximo desafiante.

    E cara, vamos fazer uma petição ao Cerrone, deixa “cowboy” de lado, adota “Money” como apelido, combina muito mais hahaha

    • Nathan Oliveira

      E o Mendes vira cowboy.

    • will

      Ele perdeu essa luta e é inferior ao Khabib, ao Pettis e ao Rafael. Não vejo ele vencendo esses 3 de jeito nenhum!

    • Malk Suruhito

      Money não, “I Need Money” sim..

      • Rodrigo Carvalho

        hahaha

    • também vejo muitas lacunas no jogo dele. Ele vai pra cima totalmente aberto.

  • will

    Torci muito pro Mcgregor vencer essa luta. Explico. Aldo vai ganhar duplamente com essa luta. Primeiro, vai encher o bolso de dinheiro. Segundo, vai ESPANCAR esse coitado sem piedade. O irlandês é muito LENTO! É quase um alvo fixo. O que salva ele é a sua envergadura. Eu to até com pena dele, sinceramente.

    • Thiago Arruda

      Lento? Alvo fixo? Cara esse é o Siver, McGregor é o outro.

    • Luiz De Marco Freitas

      acho q ñ era lentidão, era calma, paciencia e auto-confiança… mas os golpes eram rápidos p/ kct. conor tava naquela vibe anderson silva…

      • will

        McGregor está para Silva assim como Jones está para o Aldo. Percebeu a diferença? Firula não intimida caras como Aldo ou Weidman.

  • Thiago Arruda

    – McGregor vs. Siver
    O hype de McGregor e Siver foi tão grande, q Joe Rogan e Mike Goldberg, fora chamados pra cobrir um Fight Night.

    O hype de McGregor e Siver foi tão grande, q as pessoas “esqueceram” q semana q vem tem Alexander Gustafsson vs. Anthony Johnson. Repetindo Alexander Gustafsson vs. Anthony Johnson.

    O hype de McGregor e Siver foi tão grande, que conseguiu uma audiência enorme, msm em dia das finais das duas conferências da NFL.

    Confesso que fiquei desapontado com o Aldo. Era pra ele ter ido pra cima do Conor, pra ter rolado uma treta histórica, que nem quando Rampage chamou Wanderlei pro pau e ele foi.

    E sensacional o Q&A com o Aldo.

    UFC 187: Aldo vs. McGregor, 23 de maio, Las Vegas, Nevada. Só falta a zuffa confirmar.

    – Cerrone vs. Henderson
    Descobrimos onde estão os piores juízes fora de Nevada. Ben ganhou a luta, mas n tô triste por ele ter sido garfado. Dps de tantos favorecimentos, ele sentiu o gosto de como é ruim ser roubado.

    Cerrone é fominha + Benson disse q lutaria semana q vem se o Dana quisesse = Cerrone vs. Henderson IV já. Mas com 5 rounds dessa vez.

    • Malk Suruhito

      Achei o Aldo rindo do “Bobo” a piada e provocação final dele. Realmente, uma fortaleza mental impenetrável.

      • Thiago Arruda

        O Aldo não fica bravo com nada, é impressionante. Além disso José é muito macho, disse q lutaria com o Conor em um estádio na irlanda sem problema, Aldo é muito mito.

      • Carlos Montalvão

        O cara não entende bulhufas de inglês (que com sotaque irlandês fica desgraçado pra entender até por quem fala o idioma), veio da favela, passou fome, dormiu na academia no tatame sujo, atropelou os melhores do mundo no WEC/UFC e na luta mais difícil de sua carreira perdeu só 1 round, é muito ingenuidade do Bobo achar que vai desestabilizar o campeão depois de tudo que ele passou na vida. Sem contar que mal conseguiu esquentar a cabeça do Russo/Alemão. É mesma coisa que Nick Diaz tentar usar jogo mental pra tirar o Anderson Silva (que inclusive tem uma história parecida com a do Scarface) do sério, isso nunca vai acontecer. Ou o Chris Weidman, que é psicólogo, simplesmente não vai funcionar. Acho que nem com 80 mil irlandeses gralhando no ouvido do Aldo com o Conor fazendo macaquice na frente dele o cara ia se abalar.

    • Filipe

      Haha! Pensei a mesma coisa sobre Hall vs Page depois que a luta acabou, cheguei até a imaginar ele contra o Anderson (por causa dos estilos de luta iguais e diferentes ao mesmo tempo em pé de ambos).

      Agora sobre o Henderson, paciencia. vi vitória do Cowboy, talvez seja por causa das 2 quedas que rolaram no 2° e 3° round. Mas se o Benson não mudar sua postura de luta, buscar novos metodos ou voltar a ser como era na época de Edgar vs Henderson pra tras, se tornara escada para os tops contenders, e num futuro mais proximo, escada para os top 5 da categoria, infelizmente.

      • Thiago Arruda

        Hall vs. Anderson tbm seria sensacional.

        As quedas definiram os rounds pro Cowboy, mas ainda assim eu acho q Bendo venceu. E sobre o estilo tem q mudar msm, pra mim Ben é top 3 fácil da LW mas com esse estilo de luta, vai acabar ficando pra trás e talvez nunca mais dispute a cinte novamente.

    • Maxsupremo

      Discordo que sobre Bendo ter sido “roubado” Cerrone frustrou todas as tentativas de quedas do cara e ainda o quedou umas 3 vezes, acertou golpes potentes como chutes na cabeça, Bendo ficou apático demais nessa luta.

      • Filipe

        Bendo ultimamente tem lutado mal demais, poucas combinações, chutes no “seco” , sem fazer combinação alguma pra desfarçar o golpe.. Tem que rever isso rapidamente antes que vire escada..

        • Maxsupremo

          Eu acho que ele já virou escada e isso foi decretado,Bendo fazia o suficiente pra garfar a galera e nem isso faz mais, Só não foi derrotado pelo Thomson porque garfou sem dó nem piedade, Khalibov ele venceu por SUB, mas tava sendo quedado pelo russo e ainda Perdeu pro RDA e Cerrone.

          • will

            O problema do Bendo parece ser mental. Ele estava transtornado na luta. Emoção drena toda a capacidade de lutar.

      • Thiago Arruda

        Eu tava torcendo pro Cerrone, mas eu acho q o Bendo venceu. O Ben acertou mas golpes significativos, 86 contra 57 do Cerrone. E de 7 quedas q o cerrone tentou, Smooth defendeu 6. Ben só tentou quedar 1 vez.

    • Daniel Cazan

      O Page está machucado? Faz tempo que não vejo lutas dele. Porque será que o UFC não contrata esse cara?

      • Thiago Arruda

        A última vez que ele lutou foi em outubro. Eu te faço a msm pergunta sobre o UFC não contratar ele, logo o UFC que quer show.

        • Yuri

          Ele tá no Bellator. Luta mês que vem, parece.

    • Yuri

      Acho que o Page é meio-médio, não?

      • Thiago Arruda

        Sim, ele é, mas bem que poderiam fazer uma luta em peso combinado.

  • heitor

    aldoXmcgragor vai ser loko, mas já deixo aqui o meu palpite, Aldo por finalização no 2 round, não sem antes tentar umas joelhadas refrescantes.

  • Ricardo Carvalho

    Aldo ganha no máximo terceiro round.
    Cerrone já tem o respeito de todos (monstro do dinheiro) merece uma luta de 5 round com Ben para depois Cinta.
    No mais Ricardo Lamas vs Mendes lutão.

  • Jônatas Freitas

    Imagina a promoção que essa luta vai ter…

  • João

    Vocês concordam que essa sequência de derrotas do Ben Henderson mostra que ele é apenas um bom lutador que não pertence ao Top da categoria e que deteve o cinturão desmericidamente por algum tempo por causa de falhas dos juízes?

    • Jônatas Freitas

      Eu concordo..

    • Malk Suruhito

      Do jeito que você falou, parece até que ele venceu lutas igual o Diego Sanchez e Leonard Garcia, distribuindo socos ao vento e bloqueando golpes com o rosto e que só perdeu para os frangos de uma categoria nada concorrida. O semblante do Cerrone tanto no resultado quanto na entrevista, quando ele quase se desculpou, mostram que nem ele achava que tinha vencido.

    • Renato Rebelo

      Não concordo, João. O Bendo não é dos caras mais contundentes do mundo , por isso, dá margem pra dúvida, mas dizer q ele não faz parte da elite é outra coisa. Acho, inclusive, q ele venceu ontem o Cowboy pela terceira vez…

      • will

        Você notou o quanto o Bendo estava descontrolado emocionalmente? Não sou médico, mas vejo indícios de problemas psiquiátricos nas atitudes dele.

        • Renato Rebelo

          Hahaha não tive essa sacada não, Will

  • Jonas Angelo

    Saudade dos tempos em que os eventos passavam no sábado e começavam as 18:30. haha

    • vô ti falá, viu, meu amigo. foi duro aguentar até o main event.

      • Jonas Angelo

        Confesso que não aguentei, meu caro, hehe.

        • William Terres

          Eu durmi em Tibau x Parke e acordei só hoje de manhã hehe

    • Malk Suruhito

      Mulher nem me deu bom dia antes de eu ir para o trabalho hoje.

    • Daniel Cazan

      Resolvi cochilar no meio do evento mas curiosamente acordei em Cerrone x Henderson. O Rhodees estava falando mais alto nesta luta rss..sorte a minha.

  • Malk Suruhito

    O engraçado é que pelas reações, nem o Cerrone levou fé que ele tinha vencido. Mesmo sendo fã do Bendo, pelo histórico (inclusive recente) de decisões, ele não pode reclamar no fim das contas.
    E P*** Renato, “Lateral Direito do Bangu”…. tu sabe o que é ver uma luta daquelas e e toda hora que olhava para o semblante do Stallings lembrar disso, e ficar rindo madrugada adentro? Alías, parece até ser o irmão mais novo do Odvan….

    • Renato Rebelo

      Hahaha é vero. Parece tb

      • Maxsupremo

        pergunta Meio que off tópic: Renatão sei que o Sexto Round é um blog de conteúdo próprio, mas será que não poderíamos ver os textos do Jack Slack traduzidos aqui no Blog? ele tem uma coluna muito boa no Fightland e os textos Killing the King do cara são demais, ele preveu a derrota do Barão! :O O Killing the King do Aldo vs McGregor será foda demais.

        E queremos também mais análises do Jack Slack Jr. (Mais conhecido como Fernando Cappeli e também com mais foco a eventos de Striking e outras artes marciais como Karatê( Alguém disse Rafael Aghayev?,Taekwondo e etc…)

  • Fernando

    Impressão minha ou o combate cortou a fala do Aldo ???

    • Filipe

      Também percebi isso ¬¬

    • Renato Rebelo

      Isso foi bem lamentável

  • Boa, Renato! não vale muito, mas assino embaixo..rs

    A meu ver – com pretensão de anular o jogo mental do Mcgregor – o José Aldo não poderia ter tido comportamento melhor, aliás, campeão não tem que subir no octógono para desafiar alguém.

  • William Amaral

    Mendes, Lamas, Swanson, Edgar e o próprio Aldo provavelmente venceriam o já veterano Siver até o 2º Round. Além do alemão estar na descendente, nos últimos 2 anos, tem apenas uma vitória limpa sobre um cara que nem ranqueado é, e a outra vitória, anulada por doping, foi sobre um cara que já está nos galos. Acho McGregor muito bom, mas pegou uma galinhaça morta. Stephens, Guida, Elkins ou Hacran, que estão abaixo do Siver no ranking, dariam muito mais trabalho ao irlandês.

  • Pedro Duarte

    Hands down para o irlandês. O momento dele inclusive me lembra um tal rapaz do meio pesado que também enfileirou uma galera onde nenhum era do Top 5, mas aniquiliou o campeão quando teve sua chance. Por isso não se pode duvidar da legitimidade do McGregor. A grande diferença, obviamente, é que Aldo não é Shogun.
    O brasileiro é muito mais rápido, explosivo e técnico do que qualquer oponente enfrentado pelo irlandês, além de ser psicologicamente muito forte. Mas prevejo que o Aldo não vai ter vida fácil.
    O campeão, que normalmente dita o ritmo da luta e controla a distância como poucos, vai ter dificuldades para implementar esse tipo de jogo devido à diferença de tamanho. Me intriga também como o campeão vai lidar com a imprevisibilidade e precisão cirúrgica do falastrão.
    Enfim, lutaço que tá longe de ser essa mamata que estão plantando por aí. Eu diria que tá 60%-40% pro Aldo, e olhe lá. Definitivamente, embarquei no hype train chamado McGregor!

    • Malk Suruhito

      A diferença é que o Shogun não tava a séculos com a cinta, batendo inclusive ex-campeões das categorias de cima….

    • Nelson Junior Ticaum

      E o Connor nao eh o Jon Jones… Me lembro de quando o Jones ganhou o title shot ele ja era favorito… Mas ngm esperava o vareio que foi,,, E outra… Aldo nao eh um simples campeao, e sim, considerado por mto um dos melhores P4P do mundo, senao o maior… N sei se to sendo otimista ou subestimando o Connor (ele calou minha boca nessa luta, achei que seria mais dificil, e foi um passeio)… Mas como ja disse aqui… Luta pro Aldo trazer a fera do WEC de volta, atropelar e dar show… Ele n precisa se preocupar com quedas… Pelo contrario, pode trazer esse jogo pro Connor, visto seu avan;o no wrestling em suas lutas… Vejo o Aldo mais rapido e forte, e com um aeroporto de lambadas na postura aberta (de pernas) do irlandes… Vejo a envergadura como o principal ponto a ser trabalhado e controlar a euforia para nao abrir mto o jogo contra o irlandes… Mas acho que no primeiro direto ou lambada nas pernas que entrar, o irlandes vai se arrepender de tanto trash talking!!! hehehehe

  • Luiz De Marco Freitas

    apesar de, assim como 90% das pessoas, achar que o aldo ganha, tambem penso se aldo ñ seria o adversário menos difícil pro conor entre os top3? lamas, edgar e mendes tentariam e teoricamente teriam condições de controlar o mcgregor no solo, já o aldo vai aceitar a luta em pé e aí o mcgregor teria mais chances de vitoria… capaz de mcgregor ser campeao e depois perder pro edgar ou o vencedor de lamas x mendes, rs

    • Renato Rebelo

      Dizer que o Aldo é menos difícil pra alguém é até heresia hehehe. Mas, Luiz, faz mt sentido pelos estilos. Dificilmente ele não ficaria de bunda no chão contra o Edgar e contra o Mendes logo no primeiro round. Acontece que o Aldo tb tem esse recurso, caso precise. Lembra da luta contra o Hominick – que ele deu umas quedas para esfriar a luta? A diferença é esse é apenas o plano B do Aldo e raramente precisa ser usado

      • Deivis Chiodini

        Contra o Zumbi também, quando ele quebrou o pé…inclusive passou várias vezes a guarda do Zumbi, que sempre foi bem ativo na guarda.

    • Ramon Reis

      O Aldo é faixa-preta do Dede Pederneiras, campeão mundial de jiu-jitsu, essa luta com o Conor vai ser mais tranquila para ele, já que ele não vai precisar se preocupar em defender quedas – como nas lutas com Chad Mendes e Frankie Edgar – Tambem não se esqueça que a nova união tem um wrestling de altíssimo nível, só se lembre do Renan Barão, Hacran dias, e claro do Scarface Jr,

      • Luiz De Marco Freitas

        concordo q o aldo tem jj e wrestling pra controlar o mcgregor no chão, o lance é saber se o aldo vai querer fazer esse jogo mais conservador… acho ele muito confiante e orgulhoso, acho q vai querer vencer o mcgregor na trocação pura, e aí q mora o perigo… contra o mendes mesmo ele perdeu a paciencia e partiu pra dentro

        • Ramon Reis

          Que nada cara, a precisão do Aldo, as suas sequências de boxe que só ele faz, o seu bloqueio e esquiva de golpes são o que fizeram ele ficar em um Highground da divisão, por exemplo, todo o top 5 de verdade perdeu para ele.

          Tem varias entrevistas na internet do Popó falando que o cara que tem o Striker diferenciado no MMA é o Aldo, isso porque ele domina o jab, para preparar as sequências e isso é coisa que nem todo boxeador profissional sabe fazer cara.

          E eu não preciso falar sobre seu Muay Thay.

          • Nelson Junior Ticaum

            Mais rapido e mais pegada… Vejo o Connor ganhando s’o em um hipotetico pombo sem asa cagado… Aquela postura dele com as pernas afastadas… O que vai sofrer de lambada ali nao vai dar nem pra contar… Imagina… Lambadas nas pernas… Jab e cruzados animais… Se o Connor tentar se encontrar, rola uma quedinha pra deixar ele zonzo e tomar umas cotoveladas, isso se n for finalizado… Realmente achei uma excelente luta do Connor, achei que seria mais dificil… Mas as brechas dele vao de encontro com os pontos fortes do Aldo… Nao sei se to sendo mto otimista… Mas eh uma luta pro Aldo trazer de volta o Aldo do WEC, estracalhar o irlandes falador e finalmente ganhar a aten;ao devida do evento… O irlandes era tudo que o Aldo precisava…

  • Luiz De Marco Freitas

    sobre o resto do card, vibrei com a vitoria do carlton banks! gosto muito do kickboxing dele, pena q ele parece ñ saber amarrar direito todos os elementos do mma p/ conseguir vitorias com maior frequencia. vamos ver se ele vinga no meio-medios, sendo que ele ja ganhou do lawller e tudo, rs

    • Renato Rebelo

      Rapaz, de repente, ele dá uma rendida com 77kg. Ele tava mt rápido fininho

    • Malk Suruhito

      Carlton… este foi o evento dos Clones. Seal e Daniel Craig inclusos..

    • will

      O filho do Phill Banks tava rápido e bate que nem um cavalo. Vai dar o que falar nos 77!

  • edson

    Aldo vs mcgregor. …vou adorar ver easa luta…boa prova pro nosso campeão. ..mais com q critérios ele c credenciou….luta com lutador ranqueado acima e tem direito ao titleshot???? Queria ve-lo lutar com um cara duro da luta agarrada. ..frank edgar era um possível candidato! !!! E ai rapaziada do sexto round ??? To falando besteira… quero sabrr a opinião d vcs sobre isso! !!!! Muito obrigado desde ja…..site montro.

  • Maxsupremo

    Renatão sei que o Sexto Round é um blog de conteúdo próprio, mas será que não poderíamos ver os textos do Jack Slack traduzidos aqui no Blog? ele tem uma coluna muito boa no Fightland e os textos Killing the King do cara são demais, ele preveu a derrota do Barão! :O O Killing the King do Aldo vs McGregor será foda demais.

    E queremos também mais análises do Jack Slack Jr. (Mais conhecido como Fernando Cappeli e também com mais foco a eventos de Striking e outras artes marciais como Karatê( Alguém disse Rafael Aghayev?,Taekwondo e etc…)

    • Renato Rebelo

      Feroz, traduzir texto não rola. Perdão. Mas o Cappelli escreverá hj sobre McGregor x Siver = )

    • Rodrigo Muringa

      Pede pro Jack Slack traduzir as análises do Sexto Round no blog dele. Acho que os gringos vão gostar. Análises sensatas e realistas, sem fanfarronice.

      • Renato Rebelo

        Mt obrigado msm, fera

    • Yuri

      Jack Slack é sensacional mesmo.
      Se não me engano foi ele que previu uma forma de derrotar o Spider usada pelo Weidman também.

  • Junior

    Ganhou do Silver, um lutador velho e pequeno,o MG é realmente um bom lutador, que usa bem a envergadura diferenciada, boa trocação mas está na divisão de um fenômeno como Aldo, vai apanhar muito do manauara.

    Ainda acho que o McGregor não passaria pelo Mendes e pelo Edgar.

  • Junior

    Uma coisa deve ser dita, o UFC amaria se aparecesse outros lutadores que sabem se promover, e vão pras lutas para terminar e sabem criar polêmica como esse Irlandês, o cara é uma figura e aquela saída em direção ao Aldo foi genial, e a risada do Aldo também, vai rolar muita campanha com esse vídeo por parte de UFC.

  • Rodrigo Tannuri

    Bom, eu achei o evento sem sal. Conor confirmou o favoritismo e fez seu esperado show. Quem me surpreendeu foi o Aldo, com boas respostas e tiradas, se mostrando mais desenvolto. Que luta! Renatão, você tocou no ponto crucial. A ira da galera impede de ver o quão bom o McGregor é. Uma das coisas que mais odeio no MMA é discutir com fanáticos e pessoas sem educação. Será um lutão! Outra coisa que me aborrece é ver a ruindade dos juízes. Eu marquei claramente a vitória do Bendo. Sim, sou lover do Koreanegro, admito que a luta poderia ser um pouco melhor, mas ela teve a cara do ex-campeão dos leves. A reação de ambos após o embate foi clara. Uma pena que o esporte não seja tão justo e limpo. Torço muito pra que o Hall do UFC seja o do TUF. Se esse cara se soltar, pode ter muitos highlights. Tomara que o UFC não mude de ideia. Essa luta entre ele e o Philippou tem que rolar. Tibau e Parke fizeram um festival de sono mesmo, que já era esperado. Gosto muito do Tibau, que é muito subestimado e ignorado. Ele tem sim suas qualidades, sem contar que é bem legal. Não é qualquer um que possui o recorde de participação dele.

    Mais notas negativas: o que o Pendred faz no UFC? Meu Deus, ele é muito fraco, mas muito mesmo! A luta entre O’Connell e Van Buren foi eleita a melhor do evento, mas pra mim foi um freakshow total! Quanta lentidão e despreparo.

    • Renato Rebelo

      Belas considerações, meu amigo!

    • William Amaral

      Também sou muito fã do Bendo (do Cerrone tbm), queria saber onde ele esqueceu as quedas! Lembro que ele pressionava os caras de uma forma absurda, misturando golpes em pé, no clinch e quedas (com um ground and pound poderoso após elas). No entanto, foi quedado com facilidade pelo Cerrone, pelo Thomson e parece que perdeu a pressão no jogo agarrado. Se ele tivesse forçado uma queda nos 2º e 3º rounds, a luta teria ido pra ele, mas aconteceu o contrário. Isso não é coisa de um lutador dito tático.

      • Rodrigo Tannuri

        Concordo! O jogo dele é bem físico e o Wrestling tinha muita importância. Ontem, era pra pelo menos tentar. Não acho que ele esteja sendo escada, porque foi derrotado por caras que estão voando, mas, realmente, esta falha preocupa. Condicionamento ele tem, mas não pode abdicar de um ponto forte assim.

        • William Amaral

          Com certeza! Isso me faz pensar se o corte de peso não tem afetado essa parte de força e pressão. Ele já falou muito em subir de categoria e o Thomson disse que não o achou forte na luta entre os dois. Tem de haver uma explicação para o cara, que dominou Cerrone nas quedas na 1ª luta, nem tentar isso nessa.

  • Ibsen Oliveira

    Vcs acham que o Conor McGregor realmente tem alguma chance concreta com o Aldo ? Se sim, qual é o caminho ? ( Pra mim ele passa um belo sufoco com o Jung Chan-Sung )

  • André “na fase boa” Victor

    Eu apostaria no Tibau (na decisão), mais como ele teve problemas pessoais semana passada mudei de ideia na ultima hora, apostei no BH… Vou confessar que ontem eu mesmo vi vitória do Cerrano, mais agora vendo vocês (e outros) dizendo que marcaram para o BH bate uma desmotivação mordida…

    • Renato Rebelo

      Rapaz, que tunda!

      • felipe

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Rodrigo Kenok

    Duas coisas me surpreenderam nesse evento: a forma como o McGregor dominou Siver (mesmo ja esperando por isso) e a decisão da luta de Pendred x Spencer (minha nossa, oq foi isso)

  • Rodrigo Muringa

    Nem me lembro quantas quedas o Aldo deu no grappler Zumbi Coreano. E não se enganem, isso será feito contra McGregor. Dedé é esperto demais para não botar o Aldo pra fazer esse jogo de chão, e o Aldo é experiente e obediente demais para desobedecer seu mestre. Já dizia o filósofo Rousimar Toquinho, o rei do calcanhar; “Pra quer ir por um caminho mais difícil se existe um caminho mais fácil?”

    • Deivis Chiodini

      Eu pensei a mesma coisa ontem. Tomou duas quedas do Siver que não tem armas em pé, movimenta pouco, consegui as quedas vindo da grade parado.
      Tenho certeza que o Aldo na primeira oportunidade vai colocar o McGregor pra baixo e sentar a marreta.

  • Daniel Silveira

    Como dizia meu mestre antes das disputas de cinturão dos penas: “José Aldo é José Aldo”. Pra tomar a cinta dele tá pra nascer…

  • Yuri David

    O Conor McGregor é muito subestimado pela galera por aí. Eu vi em uns fóruns da vida muita gente falando que ele teve brechas demais no jogo. Não devem ter visto a mesma luta que eu. Eu vi ele massacrando o #10 sem despentear o cabelo. O irlandês é um desafiante legitimo, sim. Apostaria nele contra o Cub e o Lamas, por exemplo, que já lutaram contra o Aldo. Mas agora ele tem que saber que o brasileiro é um nível absurdamente superior em relação a qualquer um que ele já enfrentou na vida.

    O Ben Henderson é um baita lutador, disso ninguém duvida. Mas ele ta com um seríssimo problema em definir suas lutas. Reparem que por mais que ele acerte seu adversário, ele nunca o coloca em situação de real perigo.E ele também é muito arisco e não se deixa acertar. Resultado: sempre lutas muito apertadas e confusas. Não seria nada absurdo falar que ele perdeu 6 das ultimas 8 lutas, uma vez que só as vitórias contra o Diaz e o Khabilov foram claras e contra o Edgar, Thomson e Melendez foram split decision que poderiam ter ido pra qualquer um.

    O cowboy ta com moral. Será que colocam ele na frente do Khabib? Pra mim já merece um Title shot também…

    • Carlos Montalvão

      Eu sinceramente não vejo tudo isso no Cub nem no Lamas, acho que o Conor venceria os dois sim, não facilmente, mas venceria. Agora Edgar, Mendes e Aldo só em sonho ou no EA Sports UFC.

  • Yuri

    Acho que o McGregor ainda tem muio a amadurecer ainda e apostaria todas minhas fichas no Aldo porque ele é absurdo. Mas é interessante analisar o estilo do irlandês e reconhecer qualidades características de dois grades campeões:
    – o sábio uso da envergadura e do controle de distância, bem como uso de técnicas que podem não nocautear de cara, mas vão minando pouco a pouco a resistência do adversário – Jones;
    – a fortaleza mental e a confiança estelar pra jogar golpes de toda sorte e brincar com o adversário – Spider.
    Vai dar trabalho esse moleque. Mas acho que ainda não é top 3.

    • Malk Suruhito

      Pensei realmente no Jones quando vi ele cercando, indo para cima e batendo sem ser atingido.

  • Leo Corrêa

    um abraço pro Carlton Banks… hehehe o

    • Carlos Montalvão

      Cancela essa abraço aí porque não teve dancinha

  • Raphael Seiji

    Conor McGregor é uma figuraça! Ama dinheiro (como mesmo disse) e sabe fazê-lo! O irlandês tem o background de caratê/boxe muito forte, se trabalhar seu grappling será um grande problema pro top 3 da categoria. Por hora, creio que bateu a cabeça no teto — o mesmo também se aplica ao Cerrone. Creio que Pettis, RDA e Khabib são jogo demais pro Cowboy.

    Sobre Cowboy e Bendo, vi vitória do Cerrone. Primeiro round claro pro Bendo, segundo pro Cowboy e terceiro equilibradíssimo, mas eu marquei Cerrone. Curto muito o menino lobo, mas acho que está na hora de dar um passo pra trás na categoria, readquirir confiança e tentar se consolidar nas cabeças da categoria novamente!

  • Gefferson Nesta

    Renatão analise perfeita nem deixa o que comentar!

    Se alguém ai achou que as lutas de anderson vs sonnen foi bem promovida eperem pra vê daqui pra frente essa luta José Aldo vs McGregor…

    2015 sinistro!

    • Renato Rebelo

      Valeu, mano!

  • Gabriel Fareli

    Depois de ontem, me rendo ao talento do Irlandês, o cara é dos bons mesmo, é rapido, tem bons golpes, boa movimentação,e alem de saber se promover. Isso não significa que ele vá ganhar o Aldo, mas vejo ele no topo da categoria por alguns anos.
    As pessoas querem tentar diminui-lo, pq ele fala essas bobeiras pra vender a luta, nego dizendo que ele é ruim, não luta nada, ai já é demais tambem… rs

    OBS : Concordo com o amigo Jonas aqui de baixo, saudades da epoca que os eventos eram mais cedo… rs

    Fui dormir as 3:30 da manhã e acordei as 6 hoje pra trabalhar,dormi quase nada, maaas o que a gente não faz pra ver umas lutas, HAHAHA

  • Franklin Stein

    Believe the hype! Acho que McGregor vai engrossar o caldo pro Aldo e se engana quem acha que vai ser luta (dinheiro) fácil pro Aldo. Claro que o favorito continua sendo o campeão, pelo histórico e versatilidade, (ainda não vimos como o Conor se comporta “apanhando”, nem como estão suas habilidades no solo, mas temos que lembrar que ele treina com o Gunnar Nelson) duas coisas me preocupam nessa luta e que pesam contra o campeão: Movimentação e envergadura. Conor pode ser um novo Dillashaw? Acho que sim… Outra coisa, o Aldo aparentemente não entrou no jogo psicológico do irlandês, mas ainda tem muita água (lama?) pra rolar até a luta e essa outra guerra promete ser tão pesada quanto, vamos ver como isso afeta cada um deles. Acho que mais do que nunca o Dedé (e o Aldo) tem que pensar na estratégia pra conseguir a vitória, e manter esse importante cinturão, sem essa de pensar em “dar show”.

    Quanto ao Cowboy vs Henderson, luta lá e cá, mas achei que apesar das quedas, o ritmo da luta (bem como os golpes mais fortes) fora ditado pelo Henderson, o Cowboy foi frustrado e ficou hesitante em vários momentos… Podem marcar revanches quantas vezes quiserem que vou assistir e com 5 rounds seria melhor ainda 🙂

    P.S. Parem de pedir pelos txt traduzidos do Jack Slack rs o massa é ter essa variedade de informações/percepções! Abs!

  • Carlos Montalvão

    Eu marquei dois rounds pro Cerrone, não sei se é porque a luta tava meio parada e aqueles pisões do Bendo não me convenceram, mas não consegui ver vitória do Smoth além do primeiro round.

    Lembro que o McGregor disse no Embedded pra um cara algo como “if you wanna make some money, he’ll go down on second”, nessa ele não disse 2 minutos, mas sim 2º round e o cretino foi lá e brincou com o Siver no primeiro round e despachou o cara realmente no segundo round. Porém, ele não parecia tão confiante de se aproximar do Siver quanto nas outras lutas, além de ter sido derrubado algumas vezes com chute na perna por um lutador que é no mínimo 3x mais lento que o campeão.

    Antes da luta eu ficava dizendo que o Dennis é simplesmente baixinho, lento, pesado e sem coração demais pra lutar contra o McGregor (que provou não ser brincadeira). Mas o irlandês faz a gente ficar com um pé atrás em aceitar que ele é bom assim ou não, porque embora ele tenha ido pra decisão com o Holloway e não tendo enfrentado nenhum dos pica das galáxias da divisão, o cara tem uma suavidade, ao mesmo tempo brutalidade/força, que faz a movimentação dele ser bonita igual do Cruz, Dillashaw e Spider e você vê que contra Poirier/Brandão/Siver o cara não joga soco pra errar e cada soco que o infeliz acerta, não tem meio termo, faz o adversário bambear, ele consegue mandar os caras a knockdown com uma simples sequência de jab+direto e é nisso que ele faz a gente ficar receoso em uma luta dele contra o José Aldo, mesmo o Aldo sendo absurdamente mais rápido que o Siver e até que o próprio irlandês, essa mão pesada assusta bastante, pra ser sincero. É simplesmente impossível duvidar do potencial do cara quando ele manda vários adversários pra lona com uma sequencia 1-2 simples dessas, e os caras caem fedendo igual um saco de bosta sem titubear.

    Quanto ao Siver, apesar de aparentemente estar em fim de carreira, não conhecia o cara e no fim ele ganhou um fã, se mostrou uma boa pessoa, séria e lutou pra valer mesmo contra o irlandês, gostei dos momentos e declarações dele nos Embedded também.

    Quanto a postura do cara quando foi pra cima do campeão, sorte dele do Aldo ser um cara sossegado, imagina se fosse o Wanderlei Silva, tinha carimbado a mão na cara do irlandês nem que fosse via empurrão no nariz. Infelizmente o Scarface não estava vestido de rei pra complementar a festa ali nem ao menos meteu um dedo na cara do falastrão pra botar moral, mas podem esperar que essa luta vai parar o mundo e muita gente vai morrer do coração nessa porra haha, até quem não gosta de MMA ou só assiste 1 ou 2x por ano quando passa na Globo vai se render ao hype desse evento, que se o Dana manter a promessa, vai ser em Vegas. Imaginem o MGM ou aquele outro cassino top com a torcida tomada por brasileiros e irlandeses, o lugar iria desabar!

    E agora na brincadeira, se eu fosse o Aldo, faria um planejamento de McGregor, Dillashaw, Pettis (sendo o campeão ou não), Bendo, Cowboy, Barboza, Alvarez, RDA, Habib’s McDonal’s e Castillo (pra terminar de fechar as portas da Alpha Male, porque até lá a Claudia Gadelha vai ter limpado o octógono com a Paige Van Zant, que eu não tenho nada contra – mas que é TAM também – hahaha) aí aposentava como o GOAT em cima do Spider e Fedor hehe

  • mazzaropi

    Olha Renatão, é o seguinte… Se Mcgregor abrir a guarda assim pro Aldo será nocauteado, pois excesso de confiança pode ser uma grande armadilha… kkk!

    Aldo x Mcgregor é uma luta que estou ansioso pra ver!

    Sou fã do Aldo e gosto muito do estilo do Mcgregor… Resumindo… Será uma guerra!

  • Bart Simpsons

    Minha análise do UFC FN 59…
    McGregor vs Siver – Como eu e milhões já tinhamos ditos por aqui e pelo mundo, Siver tinha pouquíssimas chances de conseguir fazer Dana White ficar com cara de cú ao ver seu queridinho sendo derrotado em uma luta que casaram justamente por ser mais fácil para o irlandês. Conor controlou bem a distância, controlou bem a luta, controlou todas as ações. Gastou bem o seu arsenal de golpes e acabou com a luta a hora que bem quis.
    Cerrone vs Benson – Assim, eu tenho a mais absoluta certeza que, para os fãs mais hardcores, essa era a luta mais esperada da noite. Os adversários já possuíam um históricos de dois combates anteriores, Cerrone procurando manter a boa fase e a grande sequência de vitórias, além de faturar mais umas “notinhas”. Benson procurando voltar ao caminho das vitórias após ser atropelado pelo atual desafiante ao cinturão da LW, Rafael Dos Anjos, e também até porque o resultado do main event já era bem previsível. A luta foi muito boa, confesso que eu esperava um pouco mais, mas ainda assim foi boa, ainda mais se comparada ao restante das exibições anteriores deste evento. Cerrone se mostrou que realmente está uma fortaleza, tecnicamente mais polido do que nunca, e que acima de tudo deixou de vez para trás aquela velha fama de pipoqueiro que pairava sobre ele há algum tempo atrás. Benson não conseguiu ser aquele Benson, aliás, desde a última derrota para Pettis que ele não consegue ser mais aquele Benson. O “menino lobo” já acumula 3 derrotas em suas últimas 5 lutas, sendo que uma de suas vitórias foi contra o ainda não muito expressivo Rustam Khabilov e a outra foi um dos maiores garfos da história, aquele contra Josh Thomson. Enfim, Melhor Benson repensar e tentar se reinventar, porque tá ficando cada vez mais complicado de retornar há uma disputa de cinturão, ainda mais que a LW fica a cada dia mais encorpada com grandes lutadores.
    Uriah Hall vs Ron Stallings – Stallings mostrou que tinha vindo pra lutar, mostrou que não ia ficar com medo do “homem ambulância”, sabia que não tinha nada a perder mesmo. Uriah Hall tecnicamente já mostrou mais de uma vez que é um espetáculo. O “homem ambulância”, se lutar com mais “sangue nos olhos”, mais vontade, mais garra, mais pressão, com certeza vai lá pra cima no ranking, vai pra brigar pelas cabeças, no top 10 por exemplo, sou muito mais o Hall do que um cara tipo o CB Dollaway. O Hall tem uma auto confiança lá em cima, lembrando muito o Conor McGregor, só que ao invés de fazer como o “the notorious”, que parte pra cima de domina o oponente, Hall prefere ficar mais na dele, mais paradão, fazendo aquele tipo de “vem pra cima e tenta a sorte, porque o azar é certo”, parece que ele se confia demais de que nada que o oponente vá fazer dê certo e que ele pode vencer quando ele quiser. Enfim, Hall é um dos caras que mais gosto de assistir, justamente por conta de sua técnica, mas é como eu disse, queria que ele fosse mais “assassino”, mais “matador”.

    Só vou comentar essas 3, porque as outras foram muito fraquinhas

Tags: ,