Pensando alto: a análise informal do UFC 182

Renato Rebelo | 04/01/2015 às 15:50

Pessoal, começo pedindo desculpas por só estar postando sobre o UFC 182 agora.

Meu computador simplesmente derreteu (superaqueceu) ontem à noite e precisei montar uma operação de guerra na manhã deste domingo para trazê-lo de volta à vida.

Mas vamos direto ao ponto.

Pra alegria dos apostadores mais conservadores, o primeiro UFC do ano coroou todos os seus principais favoritos.

No card recheado por decisões unânimes (oito), do projeto de melhor lutador de todos os tempos (que igualou o recorde de GSP – oito defesas de cinturão) ao pragmatismo raro de um ex-campeão do Bellator, a zebra foi enxotada com vigor do MGM Grand.

Cortando o papo furado, eis a minha humilde leitura do que rolou de mais relevante:

JONJon Jones x Daniel Cormier

“Cadê o seu jiu-jítsu, playboy?”. A famigerada frase usada por Anderson Silva para desestabilizar Demian Maia no UFC 112 podia muito bem ser requentada (e adaptada – trocando a modalidade) pelo provocador Jon Jones para cimentar a maior rivalidades dos últimos tempos. Afinal, um reles campeão estadual de greco-romana não apenas negou a queda a um freestyler vice-campeão da NCAA e quarto colocado nos Jogos Olímpicos de 2004, mas ainda o pôs de costas pro chão de novo e de novo – fato que, francamente, não deveria surpreender ninguém. MMA ≠ de wrestling (quantos campeões mundiais de jiu-jítsu tiveram por cima de suas presas no centro do octógono e nada arranjaram?) e o arsenal do peso por peso número um do planeta é suficientemente vasto para confundir, exaurir e sugar a alma dos mais experientes trogloditas. As quedas, no entanto, foram apenas um mero detalhe neste grande cenário. Como previsto, Cormier se perdeu no jogo da distância e engoliu cerca 100 golpes significativos na tentativa de desfazer a vantagem que Deus, Greg Jackson e Mike Winkeljohn concederam a seu carrasco. DC foi bravo na tentativa de invadir o espaço aéreo do campeão, é verdade (ele, inclusive, abocanhou o segundo round), mas percebemos, novamente, que a diferença entre ordinário e extraordinário é aquele pequeno extra. A personalidade de Jones trava na garganta de muita gente, mas não adianta negar a dolorosa verdade: se Alexander Gustafsson não puder, ninguém mais poderá nessa faixa de peso – não até uma pesada ação do tempo. Se entendermos que DC seria, tranquilamente, top 5 na categoria de cima e atravessou Roy Nelson, Josh Barnett, Frank Mir e Antônio Pezão sem muito suar, teremos um panorama interessantíssimo no final de 2015. Será que alguém ficou com um gostinho de revanchismo na boca?

Foi ótimo botá-lo pra baixo. O “invicto DC”, todos que me odeiam e tudo o que ele falou me motivou. Eu botei ele pra baixo. Acho que foram cinco quedas a zero (na verdade, foi 3 a 1). Peço desculpas por estar sendo sem classe agora, mas eu não gosto desse cara e é por isso que estou sendo assim”, vociferou o campeão.

CERRONEDonald Cerrone x Myles Jury

O Cowboy é tão ardiloso que só no primeiro round botou no omoplata, raspou, passou a guarda e pegou as costas de um cara que se autointitula lutador de “Jury jiu-jítsu”. Após o plano A de Fury descer pelo ralo, trocar porrada foi a única solução. Jury, mais veloz, até equilibrou bem a balança no segundo round, mas um chute alto no terceiro – daqueles que o estalo obriga o espectador a fazer careta- mostrou por que Cerrone não costuma ser feito de escada por jovens promissores. Como diz meu amigo Fernando Cappelli, a maturidade do Cowboy no octógono é tamanha que o adversário é induzido ao erro naturalmente. Apesar de ter sido escolado, ainda boto minhas fichas no ex-invicto Jury a médio-longo prazo, já Cerrone, com a sexta vitória em 14 meses, segue provando que é leão demais pro quintal de 99% da divisão.

Sou um cara que não gosto de escutar vaias. Meu legado é dar tudo de mim, portanto, não considero isso uma vitória. Estou frustrado com minha performance. Peço desculpas a todos que assistiram”, desabafou Cerrone.

TAVARESBrad Tavares x Nate Marquardt

Mais hábil e veloz em pé – e sem precisar carregar o peso de 48 batalhas nas costas-, o havaiano machadou pouco a pouco O Grande – sujeito que trocava porrada no tempo em que Don Don jogava no Andaraí. Vale notar que Marquardt, wrestler bem decente, tentou vigorosamente a queda e sequer despenteou Tavares – que deve ter reforçado o sistema defensivo após ser tirado pra boneco de pano por Yoel Romero no UFC on Fox 11. Um se recupera de duas derrotas consecutivas enquanto o outro venceu apenas uma das últimas cinco e corre o risco de levar a bota.

Meu wrestling está sempre aqui, cara. As pessoas não veem muito, mas eu treino wrestling demais”, explicou Tavares.

HORIGUKyoji Horiguchi x Louis Gaudinot

O campeão de caratê que se apaixonou pelo MMA após assistir, in loco, um evento do Pride quando tinha apenas de 16 anos segue nadando de braçada no UFC. A quarta vitória consecutiva de Horiguchi, no entanto, foi a mais truncada até aqui. Apesar do cartel se inexpressivo (6-4), Gaudinot, homem que apagou John Lineker no UFC on Fox 3, também é faixa-preta de caratê e conseguiu minimizar a dolorosa com movimentação constante. Mas foi só isso, na real. O campeão peso galo do Shooto, pupilo de Kid Yamamoto, deixou o duelo sem um arranhão. Pelo menos pra mim, esse deve brilhar lá na frente…

Acho que preciso de algumas lutas antes do title shot ainda. Sinto que preciso evoluir mais”, confessou o japa.

HECTORHector Lombard x Josh Burkman

Equilíbrio surpreendente. Lombard – que mandou essa semana um “é óbvio que o Burkman não é do meu nível”- postou-se bem mais tímido do que de costume e, até meados do segundo round, parecia satisfeito apenas com o domínio territorial (controle do centro do octógono). Já o Guerreiro do Povo, doido pra mostrar serviço nessa reestreia, batia e saia de forma cerebral – anulando o poder do estático judoca. Isso tudo até o bracinho de T-Rex do Lombard entrar e o concurso virar samba de uma nota só – até por que no terceiro round, o produto da ATT preferiu não dar mole pra Kojac botando o a luta no chão. Aos que veem Lombard como candidatíssimo ao título, perdoem-me por discordar. Burkaman, por sua vez, chega pra fazer lutas divertidas e nada mais.

Acho que faz mais sentido eu lutar agora com o Rory (MacDonald) já que ele não vai lutar pelo cinturão”, sugeriu Showeather.

Outros resultados:

Paul Felder nocauteou Danny Castillo no R3
Cody Garbrandt nocauteou Marcus Brimage no R3
Shawn Jordan nocauteou Jared Cannonier no R1
Evan Dunham venceu Rodrigo Damm por decisão dos jurados
Omari Akhmedov venceu Mats Nilsson por decisão dos jurados
Marion Reneau venceu Alexis Dufresne por decisão dos jurados

Bônus da noite: Paul Felder, Shawn Jordan, Jon Jones e Daniel Cormier.

Abraços.

  • Davi Sean Ribeiro

    Não conseguir ver essa vitoria de Bones novamente não , enrolou a luta toda, os golpes de Daniel foram mais efetivos, as três quedas de Bones só uma teve um bom resultado.. Novamente Bones ganhando junto com os juízes, Mas Gugu ta chegando

    • William Terres

      Me permita discordar camarada. Se o Jones não foi dominante, o DC também não fez nada demais pra levar a luta. Eu marquei 50-45 pro Jones, posso estar errado, mas esperava mais do Cormier nessa luta.

      • Jones ganhou claramente a luta, mas 49-46 já foi o limite do tolerável. 50-45 acho que é impossível. Não vi ninguém mais marcar isso. O R2 foi muito claro pro Cormier.

        Sobre esperar mais do Cormier, a parada é que ele lutou contra um fenômeno raro.

        • Vitor MacGruber

          Exato, Alexandre, o terceiro round foi discutível. Na hora da luta eu tinha marcado para o DC, mas revido esse round e acho que poderia ter ido para qq um mesmo.

          48×47 ou 49×46 Jones.

        • mazzaropi

          Pra mim não parece impossível… Bones ganhou todos os rounds sem dúvida!

          • Tá aí pelos comentários esculhambando os outros leitores, chamando nego de leigo, querendo ensinar alguma coisa, mas viu 50-45 na luta. Estamos de olho!

          • mazzaropi

            Não estou esculhambando ninguém mestre.

            Qual o problema em ver a superioridade no Bones? Você não viu isso ontem também?

          • Vi a vitória clara dele, mas 50-45 é coisa de quem não sabe pontuar luta.

          • mazzaropi

            Então você se acha melhor que o fightmetric… kkk?

          • mazzaropi

            Neste comentário percebe-se claramente que você já não está preocupado em explicar as prováveis pontuações para “esculhambar” alguém que “não sabe pontuar”… kkk!

            Esta discussão infundada e permissiva gerada por um forista que disse incredulamente que a luta deveria ser empatada, oras, claro que não poderia ser, pois a atuação extraordinária e soberana de Jones foi perfeita!

            Houve muita dúvida sobre o round que Cormier tivesse ganho, poderia ser o 2º ou 3º… Cormier fez uma bela atuação, mas não o suficiente para ultrapassar Bones.

            No fightmetric diz que Bones ganhou todos os rounds.

            Se alguém achar isto tem algum problema então?

            (risos)

          • Sim, tem problema. 50-45 é ridículo. O FightMetric tem outro tipo de análise, puramente estatística.

          • mazzaropi

            Desisto… kkk!

          • Obrigado.

          • mazzaropi

            Não agradeça, você não me deve nada… kkk!

          • A ninguém, grazadeus.

          • mazzaropi

            Amém!

          • Junior

            eu acompanhei a pontuação que o Alexandre estava fazendo, Bones virou nos 2 últimos rounds na minha opinião, coisa que ele tinha feito contra o Gustavão.

          • mazzaropi

            e…

          • mazzaropi

            Continue de olho e aprenda alguma coisa.

          • hahahahahahaha menos, amigo. Bem menos. Aliás, pelo que eu vi, posso aprender como não se pontuar uma luta.

          • mazzaropi

            Acompanho seu trabalho a algum tempo e realmente te admiro, posso dizer categoricamente que eu aprendi muito mais com você do que você comigo… kkk!

            Eu não vou entrar neste seu jogo cara!

            (Não julgues para não ser julgado, lembra?)

          • mazzaropi

            Vou assistir mais uma vez a luta e quantas forem preciso… Estou longe de ser o dono da verdade, mas Cormier foi anulado… Se foi unânime ou não, Bones provou mais uma vez estar um degrau acima…

        • William Terres

          Bom, teve um juiz que deu o segundo round pro Jones e o terceiro foi discutivel, logo 50-45 não seria coisa tããããão ridicula

          • Seria sim. O juiz que deu o R2 pro Jones deveria ter sua função revista pela Comissão Atletica.

      • mazzaropi

        Concordo plenamente.

        • mazzaropi

          Um adendo… Não é por que nenhum site especializado deu todos os round pro Jones que isto seja uma verdade absoluta. Na verdade nem é a questão. Não entendo porque tanta ênfase numa situação que nada vai mudar, Bones continua campeão… Questão é que o fighmetric apontou os números superiores de golpes e de contundência… Isso não pode ser menosprezado.

      • Maykon Douglas

        Pra mim o R2 foi claro pro DC, o R1 e R4 foi claro pro JJ e os R3 e R5 foram mais equilibrados, nenhum site especializado em MMA que pontuou a luta deu 50-45 pro Jones, a maioria marcou 49-46 e a minoria foi de 48-47…

    • mazzaropi

      Vou assistir a luta depois e venho mais tarde lhe dizer se está certo ou errado…

      • Davi Sean Ribeiro

        Não diria que DC ganhasse mais pelo menos um empate daria pra essa luta…1r marquei JJ 2&3r DC 4rBones 5 ninguém fez nada, se não me engano dc ainda quedou bones

        • mazzaropi

          Amigão vou ser realista com você, escuta… Você não assistiu a luta ou deve ser algum inocente criado com suco de leite com pêra pela vó materna… kkk!

          • mazzaropi

            Suco… kkk!

          • Davi Sean Ribeiro

            Boa discussão cara !

          • mazzaropi

            Davi amigão, meu comentário é uma provocação… Estou lhe dando a chance em assistir o combate novamente e ver com outros olhos o combate. Se você assistir novamente e jurar que o Cormier merece empate do fundo do seu coração, então algo dentro de você está mesmo errado… kkk!

          • mazzaropi

            Em respeito ao mestre Alexandre Matos, Davi você está certíssimo no seu comentário, podemos ser amigos!

          • Renato Rebelo

            Mazzaropi, por favor, cara, pega leve nas provocações – tá ficando “over”. Nem todo mundo tá acostumado com o seu jeito e atacar por atacar um cara q vc não conhece e se expressou de forma sóbria chamando de “leite com pera da vó” não só empobrece o debate, mas acaba levando-o pro campo pessoal. Vc manja sobre o assunto e se mostra um cara mt articulado, mas peço para que contribua conosco para que essa casa seja sempre receptiva para com novos leitores – que às vezes podem ficar intimidados com certas cutucadas. Se puder guardar sua munição para usar cmg, com o Alexandre ou com os outros colunistas, agradeço.

          • mazzaropi

            Perfeitamente mestre Rebelo!

            Eu apenas adoro debater o esporte que mais amo… e só. nunca é minha intenção pessoalizar ou desrespeitar os colegas. Inclusive se realmente alguém se ofender sou capaz de pedir desculpas…

            Não vai precisar pedir novamente…

            Abração.

          • Renato Rebelo

            Mt obrigado!

    • Jonas Angelo

      Enrolou? Cara, acho que vimos lutas bem diferentes. No último round Jones segurou o jogo sim, mas somente nesse. De resto magoou demais Cormier.

    • Cristiano

      Rapaz, qual luta você assistiu?

    • Carlos Montalvão

      Rapaz, olhe os dados pós luta:

      Controle: Jones 07:01 / DC 01:33
      Golpes acertados: Jones 126 (59%) / DC 78 (40%)
      Golpes contundentes: Jones 92 (52%) / DC 58 (35%)
      Quedas: Jones 4 / DC 1

      Agora me diz como o Jones ganhou com ajuda dos juízes? Lembrando que decisão unânime não significa que o cara venceu todos os rounds, como muita gente pensa, e sim que os 3 jurados concordaram que ele venceu, apenas.

      • Nelson Junior Ticaum

        Isso me irrita desde a época do Pride… É difícil entender que DU não significa que 3 lutador venceu todos os rounds??????

        • Leo Ferreira

          não, significa que todos os 3 árbitros tiveram a mesma interpretação

      • mazzaropi

        Bones não venceu todos os rounds? Pra mim ele venceu todos…

        • Caiba

          Mazza,
          Nitidamente o segundo round ele não venceu!! Da uma olhada novamente na luta 😉

          • mazzaropi

            Acabei de assistir novamente o segundo round…

            Entra neste site, chama-se fightmetric… Lá você encontra o número de golpes desferidos e os que eles contabilizaram como contundentes…

            http://www.fightmetric.com/fight-details/57385188587c83b9

            Uma outra discussão que poderíamos ter é sobre a impressão que os árbitros tem durante a luta e depois comparar com o resultado do fightmetric… No 1:10 quando Cormier dsfere alguns bons golpes a plateia se contagia e acredito que muita gente se impressione com isso, mas achei que Jones apesar do round ser disputado levou a melhor…

            A impressão de que ganhou todos os rounds foi logo que assisti e sem ver o fightmetric…

            Abração amigo.

          • mazzaropi
          • Caiba

            Sinta-se a vontade para corrigir se minha interpretação estiver equivocada…
            Mas fazendo analise no site que passaste eu entendo que o DC teve maior numero de golpes significativos, mesmo tendo um percentual de aproveitamento menor…
            Todos nós sabemos que a impressão dos árbitros se baseiam em muito mais controle do centro do octagon e do ultimo minuto do round (Infelizmente kkk), neste round JJ caminhou o tempo todo para trás enquanto DC buscou mais o combate e demonstrou uma postura mais dominante durante o clinch. OBS: Você me fez rever o 2 round kkk. Ainda acho que o DC ganhou, porém realmente nos números foi o round mais apertado que na minha percepção.

          • mazzaropi

            Relaxa mestre Caiba, opiniões devem ser respeitadas… Se eu seguisse o controle do octagon à risca nunca daria uma vitória para Lyoto Machida que é o maior contragolpeador de todos os tempos… kkk!

            Eu assiti ontem pela segunda vez e continuei vendo a vitória de Jones… No fightmetric os maiores golpes desferidos e os mais contundentes foram de Jones, em todos os rounds…

    • Maykon Douglas

      Respeito sua opinião brother, porém tenho que discordar, é sabido que todos os sites especializados em MMA deram a vitória pro Jones…
      eis aqui a pontuação da mídia internacional via MMA Decisions:
      mmadecisions.com/decision/5796/Jon-Jones-vs-Daniel-Cormier …

  • Mauricio Lima

    Renato , realmente JJ , é um ponto fora da curva , muito fora da curva . Não acredito que o Gustavão consiga repetir na revanche , o que fez na primeira luta , sem falar que o campeão vai , com certeza entrar mais esperto . E se…der uma zebra , e Jhonson vencer , daí sim , JJ , fará parecer ser fácil passar pelo ogro da Blackzilian.
    JJ , tem , muitas armas , e a cada luta , supera as expectativas. Ou alguém poderia supor , antes da luta que o Campeão iria ficar pressionando durante tanto tempo DC , na grade ??? Que iria trocar no clinch com DC durante tanto tempo , e se sair melhor ???? E que deixaria DC de costas para o chão em três oportunidades , com relativa facilidade ????
    Desafio a Jon Jones , só nos pesados , e olhe lá . Imagina esse negão , que só tem 27 , 28 anos , com uns 110 , 112 Kg de massa magra , aumentando seu punch sem perder muita velocidade ??? Acho que nem Cain…

    • mazzaropi

      Cain é outra conversa…

    • Jonas Angelo

      Como diria Mazza: “Cain é outra história”, amigão.

    • Davi Sean Ribeiro

      Cain tem gás pra 10rounds kkkkk ai é totalmente outra história

    • Leo Ferreira

      Se vc parar pra analisar bem, apesar do domínio que costuma impor, Jones não se sente muito bem quando é pressionado, DC até tentou fazer esse jogo, mas a diferença de tamanho, como previ, fez a diferença. O jogo do Cain, é 100% pressão, e ele pode fazer isso por 7 rounds se for preciso, nesse ponto, eu acredito que Jones sucumbiria naturalmente…

      • Pedro Duarte

        Exato! A diferença de tamanho e envergadura não seriam tão significativas. Colocaria minhas fichas no Cain.

    • Dan Mendes

      Se ele tivesse 112 kg de massa magra pesaria uns 150kg não poderia lutas nos Pesos Pesados e perderia muita velocidade.

  • Jonas Angelo

    Bom, DC até me surpreendeu, aplicou bons uppers em Jones, e poderia ter abalado mais o campeão, não fosse o “extra” citado por ti Renato (Aliás, mais uma puta análise sua). Mas Jones é Mister no que faz, ganhou, bateu, distanciou, controlou, usou o quem tem melhor e botou o gordinho no chão.
    Continuo achando que o cara que pode ter mais chances de destronar o campeão é The Mauler (já havia dito anteriormente), que na verdade foi quem mais chegou perto, justamente por anular o que Bones tem de melhor: altura+envergadura.

    Jon é incrível, aceitou tomar as marretadas de Cormier, aceitou jogar e ser jogado no chão, para impor seu jogo, e impôs. Grande lutador!

    Já Cerrone, é a tranquilidade em pessoa batendo, focado e objetivo. Vai buscar a cinta em breve.

    • mazzaropi

      O cara pra vencer o Bones precisa de um bom golpe certeiro ou mais consistência no jogo, volume… O último cara para tentar isso é o Gustaffson!

  • William Amaral

    Eu acho que o Jury não chega a lugar nenhum. O vejo perdendo pro TOP 10 inteiro. Acho que a grande surpresa da noite foi o Paul Felder. Brincou com o Danny Castillo, que vem de batalhas apertadas com Edson Barboza e Tony Fergunson.

  • Mauricio Lima

    Cara adoro ver o Cerrone lutar , é aquele cara que todos torcemos apesar de saber que nunca será campeão…mas seria muito divertido ver uma luta dele contra um Pettis da vida , seriam 5 rounds de trocação e adrenalina ,( acredito q…ue Pettis não iria querer levar Cerrone para chão, e Cerrone com certeza iria aceitar lutar em cima ) seria insano…pena que será difícil acontecer , pelo menos esse ano
    Jury é muito bom ,tem muita técnica, tanto em cima quanto em baixo , falta um pouco de ‘sangue no zóio’ … mas ele é novo pra caramba … tem muito ainda para aprender , e quando aprender com certeza será candidatíssimo ao título …
    Já esse cubano , é muito HYPE , pra pouco lutador ….

    • Jorge Anderson Winchester

      Cerrone e Pettis lutaram recentemete e Pettis ganhou por Tko

    • mazzaropi

      To vendo que você acompanha bastante MMA… kkk!

    • Vitor MacGruber

      Pettis venceu em 2013 o Cerrone facilmente.

      Quando ao Lombard, que movimentação horrível a dele. Não sabe cercar o adversário, sempre anda em linha reta.

      • Caiba

        Pettis até venceu com certa facilidade… Mas o Cerrone de 2014 evoluiu demais ao menos no meu ponto de vista, porém com a fila gigante de desafiantes me atrevo a dizer que ao menos 2015 essa luta não rolará! Mas confesso que como fã de ambos Cerrone x Pettis 2 me empolgaria..

  • Luiz De Marco Freitas

    o lombard cozinhou o jake shields tambem…

    • Renato Rebelo

      Verdade!

  • Daniel Silveira

    JJ venceu claramente a luta e se consolida como o campeão que bate pra magoar/machucar o oponente e não para nocautear.

    • mazzaropi

      Acabei de assistir a luta… Realmente fantástico!

      Bones anulou completamente o jogo do DC. Não dá nem pra comentar… Parece-me que Bones não quer nocautear e sim mostrar que consegue superar o adversário em todas as áreas da luta… Inacreditável!

  • joao neto

    Parabens pela Analise Renato!!! so uma observaçao..sobre a frase do Anderson Silva. ele perguntou para o demian “Cadê o seu jiu-jítsu, playboy?”`Mas em nenhum momento ele se arriscou no chão com o demian rsrs..(Sem tirar a Razão do Anderson,Sabemos que mma nao e so Jiu jitsu,mesmo porque o Sonnen passou a guarda dele imagina o demian rs) ja o Bones foi em cima da especialidade do Cormier, quem critica jones nao quer abrir o olho p realidade.(Fenomeno). Abraço!!!

  • Carlos Montalvão

    Não gostei do evento, em geral

    Eu sinceramente esperava (muito) mais dessa luta, ambos pareciam nervosos e isso com certeza deu uma atrapalhada no gás. Achei que o Joãozinho Navalha entraria com mais violência e iria picotear a cara do DC quando ele usou o próprio jogo do DC contra ele. 6/10 pra essa luta. Eu sempre disse que as pessoas estavam meio que super-estimando o Cormier e que ele só tinha o wrestling e uma mão pesada, enquanto o Janjão é um lutador completo, bom em todas as áreas (não que eu seja fã dele, queria ver o Gustavão como campeão). Claro que ele não ia ficar boxeando com o Cormier porque não é trouxa de arriscar engolir uma patada e cair em slow-motion igual o Nelson quando tomou o upper do Samoano, DC tem seus méritos, o cara realmente é bom, mas acho que tem que se reinventar pra chegar no nível atual do Bones, Mauler e talvez Rumble.

    O desempenho aquém do esperado do Cowboy foi perdoado após os “Fuck You Kicks” (nomeados assim pelo próprio) no final da luta, parecia que tava cobrando pênalti haha.

    Lombard teve várias oportunidades de nocautear mas preferio o “playing safe”, uma pena, podíamos ter outro atleta caindo e menos uma decisão nesse card fraco.

    Acho que ninguém viu aquele spinning-back fist do Felder, Castillo provou do veneno e caiu fedendo quase igual o Brenneman.

    Alexis DIAZ Dufresne além de não bater o peso, perder a bolsa, entrou sem estratégia alguma, lenta, pesada e parecia sem vontade de estar lá, foi em modo automático e parecia um zumbi (no mal sentido, diferente do coreano) a luta inteira apanhando sem reagir. A Marion podia ter nocauteado também se tivesse um condicionamento melhor e apertado o passo. Gostei dela, uma boa striker e faria um lutão contra a Jessica Eye, Sarah Kaufman, Valerie Letourneau, Bethe Correia ou Alexis Davis.

  • Marcelo

    O Jon Jones é um talento fora de série mesmo. Se ele só perder quando estiver mais velho, tira o trono do Último Imperador como o melhor de todos.
    Renato eu concordo com a sua análise, mas não é que Jones por ter um arsenal maior venceu a luta, porque conseguiu manter a distância, controlou e defendeu as quedas como pôde, o Cormier tentou e conseguiu o in-fight e o clinch frequentemente e perdeu assim mesmo, não de forma dominante, mas de forma incontestável. Wrestling não é só quedas, jogo de mãos, controle no chão fazem parte do freestyle e o Bones não evitou entrar nesse confronto contra um wrestler do calibre do Cormier e ainda levou vantagem nessa área.
    Agora eu não sei não se dá para o Velásquez também. É bem capaz que o chicano também não levaria nenhuma vantagem no wrestling.
    O negócio é que talvez seja o Gustafsson o melhor oponente… Ele se defende do wrestling, mas não tenta bater o Bones nessa área e com a envergadura parecida e boxe superior ele pode ser o único que dá jogo e assim mesmo não leva grande vantagem.

    • mazzaropi

      Realmente interessante a mente do fãs… kkk!

      Todos querem descobrir quem será o lutador capaz de bater as habilidades de Bones no cage… Cormier era o cara e não conseguiu.

    • Pedro Duarte

      Como o próprio JJ diz, Wrestling é uma coisa e MMA é outra. O Cain é maior, mais explosivo e tem mais gás que o Cormier. Isso sem contar que lutar nos pesados é diferente de baixar pra 93kg e entrar na hora da luta com 100kg, que é pouco pro peso. O Brown Pride é uma conversa completamente do DC e ainda o considero favorito em um eventual confronto contra o JJ.

      • Carlos Montalvão

        Eu vivia sendo xingado nas redes sociais porque antes da luta eu tava falando pra galera que insistia no wrestling do Cormier que o efeito contra o Jones seria o mesmo do wrestling da Sara McMann na Ronda Rousey kkkkk, depender só dessa modalidade (ou de qualquer outra, sendo uma só) pra enfrentar o detentor do título hoje em dia não leva o contender a lugar nenhum.

  • Franklin Stein

    Sempre achei que o Jones tinha “pouco queixo” ou medo de receber golpes, pela forma que ele se encolhe/afasta quando é atacado, mas cada vez mais ele me prova que eu não poderia estar mais errado… desde suas lutas com o Gustavão, Glover e agora DC ele mostra que aguenta sim receber golpes duros, mas consegue como poucos, evitá-los/amortece-los… Claro, as ultimas lutas tb mostraram que ele pode ser ferido, frustrado e desgastado mas o coração de campeão ainda fala mais alto. Acho detestável, feio e completamente desnecessário (visto o seu amplo arsenal) o abuso de “golpes sujos” mas é inegável que o negócio está cada vez mais complicado pros outros atletas dessa categoria e pra categoria de cima tb… Jones falou que vai se mudar pra mais próximo da Jacksons MMA e que vai treinar mais mesmo sem luta marcada e que pretende ganhar mais força, acho isso um indicativo muito claro de que vai se enveredar pelos pesados num futuro bem próximo.

    • mazzaropi

      Sempre é tempo de aprender amigo!

      Ainda bem que você é inteligente… kkk!

  • Khabib McGregor

    Evento de ontem foi muito fraco, pelo casamento das lutas iria ser o melhor do ano, apesar de estarmos começando-o agora, card preliminar deu de 5-0 no principal , destaque positivo para Felder que pois o Castillo no lugar dele e negativo pro Rodrigo Damm que se bobear não está em condições de competir nem em eventos asiaticos clandestinos.

    • will

      Também achei! A única luta boa foi do Paul Felder. Aquele golpe rodado foi lindo demais!

  • Tiago Nicolau de Melo

    Eu, que não acreditava no sucesso do Bones na HW, fiquei com a mesma impressão do Rebelo. Ganhou de um cara que foi campeão da HW em outro evento e que pegou caras médios/bons do UFC nessa categoria. Resta saber se o JJ vai querer ser conhecido como o maior LHW de todos os tempos ou GOAT.

    • mazzaropi

      Realmente inacreditável seu jeito de pensar… O bones acaba de ganhar de um cara invicto, ganhou de 5 ex-campeões na categoria (e não venceu apenas caras bons ou médios como você disse) Bones continua soberano na categoria e você praticamente questiona se ele vai para os pesados como se tivesse que provar alguma coisa… kkk!

      Realmente incrível teu comentário!

      Eu é que pergunto… Existe alguém pra vencer Bones nesta categoria?

      • Jonas Angelo

        Mazza, eu amo Bones. Mas amo mais ainda seu maior desafio: Gustavão.

        • mazzaropi

          Pra mim é o último desfio real de Jones nesta categoria…

      • will

        Só perde pro Cain! O miserável é mais duro pão de ontem!

        • mazzaropi

          Pago pra ver!

          • will

            Cain Velasques não é humano.

          • mazzaropi

            Verdade.

        • Caiba

          Sei não queria ver JJ Contra Cain X Cigano x Miocic x Werdum pesados ageis, atleticos e que batem pesado!

          • will

            O DC brutalizou vário pesados e não deu em nada conta o JJ. Sei não… pra mim só o Cain mesmo.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Cara… me expressei mal ou rolou um mal-entendido, creio eu. Falei que concordei com o fim do texto do Renato, onde ele cita que acredita que o Bones possa ter sucesso na categoria de cima. Eu achava que não, que não venceria caras bons… mas ganhou do DC, que bateu Tops da categoria (mesmo a categoria estando meio fraca). Ou seja: concordamos. =]

  • Francis Couto Falbo

    Jon Jones fez de tudo para perder, e mesmo assim DC naum o abateu.

    • mazzaropi

      Quem em sua plena capacidade intelectual lutaria para perder?

      Pelo amor de Deus, tá cheio de louco aqui neste lugar… kkk!

      • Caiba

        Tem mt gente q manja d+, “DC fez papelão?” “JJ lutou para perder?” hehehe.
        Com essa capacidade de avaliação entendo pq PT está no poder hehehe.

        • mazzaropi

          Isso mestre Caiba, pegou o espírito da brincadeira… Quando eu me referi “louco” foi neste sentido… Presenciamos dois grandes atletas num combate fantástico!

          Sobre política nem vou comentar… kkk!

      • Francis Couto Falbo

        Mazaropi , não quis dizer q ele entrou p perder, só foi uma figura d linguagem q fiz pra dizer simplesmente q o jones lutou muito mal, e mesmo assim ,não foi vencido.Só os maiores podem fazer isso….

        • mazzaropi

          Eu entendi mestre Francis, não quis ser desrespeitoso com você quando usei a palavra “louco”… Assista novamente a luta, Jones não quer apenas vencer seus oponentes, mas quer mostrar a todos que pode ser melhor em qualquer campo de batalha…

          Abração amigo.

    • will

      Verdade, ele lutou muito mal mesmo. A sorte dele é que o DC fez um papelão!

  • Felipe

    Antes de subir deveria varrer a divisão. Só para aumentar cabeças no cartel e papar os recordes de GSP e AS com maior folga. Anthony Johnson pode dar um grande caldo também, e Phil Davis fazer papel semelhante que Glover e Rashad fizeram. Mercadologicamente não faria sentido, pois venderiam pouco PPVs. Já olhando strategicamente pra carreira de JJ, seria bom empilhar mais contenders.

  • Gabriel Castelani

    JJ ganhou claramente! Fiquei supreso pelo o fato do campeao defender todas as quedas! Ter o braco muito mais curto jogou em contra e a favor! No primeiro caso, quando o desfiante cinturava, nao conseguia o angulo com o quadril para a posicao de queda, JJ facilmente defendia afastando as coxas e a cadeira, no 3 e 4 round quando ele cinturou ja nao tinha forca pra derrubar e manter BONES no CHAO! Jones ja SABIA DISSO! O braco curto jogou a favor no infight, upper e cruzados perigosos foram bem absorvidos pelo campeao! No mais, faltou gas para o desafiante, em outras lutas ficou claro que o 3 round do DC caia bastante, e nem falar da afirmacao do Leandro Vieira para o SR! A unica chance era ganhar os 3 primeiros e levar em banho maria o 4 e 5! …. ainda acho CAIN VELASQUEZ um casamento terrivel para BONES, na VDD pra qualquer um!

    • will

      Sinceramente, eu não entendo como um cara tão alto é tão difícil de quedar. O Jones é muito mais forte do que aparenta.

      • Caiba

        Sonnen relatou após a luta com o JJ que ele é muito extremamente forte até comentou que foi totalmente dominado pela força do negão, e que só foi derrubado 3 vezes na sua carreira mas nada comparado com o dominio físico do JJ.

        • will

          Por ele ser magro passa a impressão dele ser fraco, mas ele é muito forte.

  • Rodrigo Kenok

    Essa falta de movimentação do Lombard e a desvantagem de alcance (bracinhos de t-rex) me fazem não colocar muita fé nele… qualquer lutador que saiba usar bem envergadura e se movimentar consegue superar o cubano… Rory por exemplo seria bem favorito, Condit voltando tbm.

    • mazzaropi

      Bracinho curtos de T-Rex funcionam muito bem no infight…

      • Caiba

        Mazza,
        Braço curto pode até funcionar no infight, agora se movimentar daquela forma… Convenhamos o Rodrigo tem razão em não levar fé.. Qualquer um q entre e saia faz um estrago em um cara que só sabe andar em linha reta!

        • mazzaropi

          Sim mestre Caiba, nem entrei neste quesito, apenas me referi aos braços mesmo…

  • Dan Mendes

    E a dedada no olho?!
    JJ perdeu o 2R e tava perdendo o 3º quando (propositalmente) enfiou o dedo no olho do Daniel.
    Jones é gênio mas usou um artifício dos canalhas durante a luta.

    • will

      Ele sempre foi canalha. E o pior é que ele nem precisa disso pra ganhar. Ele faz de sacanagem mesmo.

    • Carlos Montalvão

      Se ele alegar que foi sem querer é impossível provar que foi propositalmente. Tá na regra, cara quando faz isso uma ou outra vez na luta só pode receber dura do árbitro, igual chute no saco.

      • Bart Simpsons

        O que é um absurdo. TTinha que receber punição desde a primeira vez, afinal de contas, dependendo da intensidade da dedada ou do chute no saco, o cara vai sentir os efeitos até o fim da luta, e isso é uma vantagem para o cara que deveria ser o punido pelo ato ilegal. Absurdo isso!

  • Dan Mendes

    Uma coisa interessante é que neste evento a gente pode ter tido a luta do ano e o nocaute do ano já no primeiro evento.

    • Leo Ferreira

      Acho que não

    • Lucas Rezende

      Porque em casos como o próprio evento de ontem, onde nenhuma luta acabou por finalização, nenhum lutador receberia o bônus. Desse jeito, os prêmios são sempre garantidos.

      • Dan Mendes

        Foi uma pergunta retorica e quando isso acontecia o UFC dobrava o premio de nocaute, ou até teve um caso de 2 lutas da noite.

    • will

      Sacanagem não darem a luta da noite pro Paul Felder! Aquele golpe rodado foi lindo demais. Tem que entrar nos HighLights do UFC .

  • Leo Ferreira

    Eu fico impressionado com o Rodrigo Damm, ele não se movimenta bem, quase sempre gira pro lado errado, ataca pouquíssimo e mesmo levando uma piaba em pé, teima em não buscar um clinch ou uma queda é simplesmente não ataca! Dunham não é dos melhores strikers e acertou 152 contra 47 golpes significantes do brasileiro, mais que o triplo… Vai ser mandado embora e infelizmente não tem nível pro UFC

    • Renato Rebelo

      Sinistro msm. Dificilmente continua o capixaba

    • will

      Verdade, acho que ele pensa que ganha quem apanha mais. Viu ele pedindo pro adversário bater mais no 3 round? Nem pino de Boliche apanha tanto!

    • William Amaral

      Além de ser inferior à maior parte da divisão, sempre faz lutas nada empolgantes.

  • Leo Corrêa

    Eu fiquei puto com o Herb Dean no quinto round que deixou JJ e DC agarrados sem fazerem nada o tempo todo. poderia ter separado os dois pra luta recomeçar com um quebra pau épico… vsf!

    • Dan Mendes

      Eu não teria separado, eles estavam sempre buscando posição e golpeando no clinch.

      • Caiba

        Não era apenas “agarração” e sim buscando uma posicão de dominação e jogo de clinch! Eu não separaria ninguém estava clinchado para descansar…

    • mazzaropi

      Errar é humano. Errar duas vezes é burrice. Insistir no erro é coisa de jumento… kkk!

  • Leonardo Neves

    Achei a luta do DC contra Jones bem mais equilibrada do que os numeros mostram, (os 3 primeiros rounds, eu considerei muito parelhos)

    • mazzaropi

      Brother, na luta você vai verificar duas situações… Maior número de golpes e contundência. Bones teve os dois, mas Cormier pode se orgulhar por ser o único a levantar Bones ao céu, pena não ter concluído a queda…

      • Concluiu sim. MMA não tem o conceito obrigatório do wrestling de controlar no chão pra completar a queda.

        • bimbocas

          sou apenas fã, entao me dou o prazer de aprender. muito obrigado amigos!!!

          • mazzaropi

            Esse é o espírito!

            Comente também… Acertando ou errando não importa. A conversa e a busca pelo ponto comum faz disso um laboratório de experiências… A internet nos proporciona aproximidade e devemos usá-la com sabedoria.

        • mazzaropi

          Você sabe que não completou mestre Alexandre, pare de ser do contra… kkk!

          O negão aterrisou de joelhos e logo ficou em pé… Nem knockdown foi!

          • Knockdown? Você tá dizendo que se uma queda não for queda, ela pode ser knockdown? Você acha que só pelo fato do cara cair no chão é knockdown?

            hahahahahaha

          • mazzaropi

            Foi knockdown sim.

            Eu disse que o Jones logo se recuperou…

            Não insulte sua inteligência mestre… kkk!

          • Risos.

          • Natan Machado Fauzi

            Acho que ele jogou muito ufc no video game, onde algumas quedas levavam a Knockdown! (Nunca traduza o inglês ao pé da letra kkkkkk)

          • hahahaha

        • mazzaropi

          Então vou além, se nas regras o que vale é contundência e a queda não foi concluída… Qual a efetividade disso no combate? Eu respondo. Gasto calórico apenas… (risos)

      • will

        Mas o Jones cravou ele no chão 2 vezes. A maior humilhação que eu já vi. Pegou o baixinho pelas perninhas e levantou como se não pesasse nada. Depois dessa tem que chorar mesmo.

        • mazzaropi

          5 vezes…

          • will

            Só vi 2!

          • Vitor MacGruber

            Foram 5 quedas a 1 para o Jones.

  • Gabriel Guimarães Calefi

    Veja bem, ainda espero muito o duelo entre A.J x J.J….. acredito piamente que o Rumble vencerá o Gustavão….

    • Renato Rebelo

      Rapaz, que bombástico! Botaria uma grana no negão?

      • Gabriel Guimarães Calefi

        Olha, eu poderia me arrepender amargamente. Mas eu vejo potencial no A.J para vencer o Sueco. Agora, vencer o temido Jon Jones, seria outros quinhentos… =p

    • Jonas Angelo

      Cara, Gustavão não se chama Minotouro…

      • Gabriel Guimarães Calefi

        kkkkkkk eu sei meu camarada. Mas não estou subestimando o Gustavão, muito pelo contrário, eu acho ele FODA!…. só que eu confio no potencial do A.J, somente isso. E torço bastante por ele.

    • Raphael Seiji

      Gabriel, também penso que essa luta será uma pedreira pro Gustafsson! O Rumble deve ter o maior punch da categoria, se Gusta for afoito em algum momento da luta, corre sérios riscos de receber uma pedrada!

      • Gabriel Guimarães Calefi

        Exatamente nisso que eu penso. Seria um clássico caso de habilidade vs força bruta. Não sei não, mas acho que o Gustavão se tomar uma pedrada do Rumble, acho que o loirão arria os joelhos…

    • Natan Machado Fauzi

      Essa Luta me lembra Ali x George Foremam

      • Gabriel Guimarães Calefi

        Exatamente, leveza e habilidade contra Força Bruta e potência….

  • Raphael Seiji

    Jones venceu, convenceu, foi incontestável. Não boto nenhuma fé que Gustafsson irá destronar Jones. Aliás, no primeiro embate, embora tenha sido um lutão eu achei que o Bones entrou desligado no combate e tomou um atraso que lhe fez parir um porco-espinho para ser reparado. Como o negão não costuma apresentar erros recorrentes eu prevejo Jones pondo fim em mais uma discussão (isso é, se The Mauller superar o Rumble, o que pra mim não são favas contadas, embora pra muitos seja).

  • bimbocas

    jj é fantastico acertou inumeros golpes em DC que corajosamente continuava a andar para frente, guerreiraço, para mim ele tem potencial sim para vencer JJ, mas nao no mma, tao legal quanto o texto do Renato foram as analises anteriores d nos textos: wrestling a esperança e jones e a tortura da envergadura, putz que prazer ler a produçao desta galera. Nao sei nada de lutas mas amo o esporte.

    • Renato Rebelo

      Po, fera, que bom que gostou! Espero que possamos continuar agradando vcs = )

  • will

    Esse foi o pior UFC numerado que eu já vi! Só luta ruim. A única apresentação decente foi a do Paul Felder. O Cormier foi um fiasco! O Jones mostrou que é melhor no wresteling, mas lutou muito abaixo do que se esperava dele. A luta foi horrorosa! O reino de terror do “canela fina Bones” vai durar muito ainda. Não vejo mais ninguém com capacidade de ganhar dele nessa categoria. Só o Cain Velasquez mesmo!

    • hahahahaha meu ídolo!

    • Caiba

      Já vi numerados piores, mas sem dúvida foi o pior de 2015 kkkDC fiasco? Acho que você pegou pesado d+…
      Fiasco foi a Alexis Dufresne lutando até minha mãe surra ela kk

      • will

        O cara é um wresteling de nível olímpico e toma 2 quedas humilhantes! Assim não dá! Era melhor ter sido nocauteado. Ficava menos feio.

        • Pedro Duarte

          Rapaz, já viu o tamanho do braço do negão? A facilidade que o cara tem pra laçar as duas pernas a partir do clinch é bizarra. Na verdade, o Cormier inclusive merece méritos, pois conseguiu levantar até com certa facilidade.

  • Rodrigo Tannuri

    Jones x Cormier – Sinceramente, não entendo porque a galera está chorando pela derrota do Cormier, dizendo que ele é o campeão moral e tudo. Pra mim, isso é uma loucura! Marquei 49×46 claramente. Não sei se estou sendo crítico além do normal, mas não gostei tanto assim do combate. Ambos se cansaram por volta do terceiro round, por mais que tenhamos visto um ritmo frenético no octógono. Cormier até que foi aguerrido, mas virou estatística. Sobre o Jones, venceu, quedou, mas, em pé, ele segue mostrando não estar confortável. Não digo no controle da distância, já que esta é sua arma, mas na trocação em si. Ele é mestre nas cotoveladas, mas não o sinto tão à vontade em socar. Também acredito que o único que possa lhe fazer frente nos meio-pesados seja Gustafsson. Nos pesados, confesso que não sei o que esperar, mas gostei de ver o Werdum animado em recepcioná-lo. Coisa que o Cain também deve estar querendo fazer.

    Cerrone x Jury – Nosso Cowboy é tão doidão, que disse ter ficado insatisfeito com a atuação. Pra mim, ele brilhou. Foi consciente, quase que um professor. Jury é um prodígio, deve ter aprendido muito com a primeira derrota e logo irá se recuperar. Hoje, Cerrone é mais lutador. Pra piorar, ele ainda estava querendo vingar o Sanchez, ou seja, estava possuído. Acho até que a perda da posição no primeiro round pode ter afetado o Jury. Ele estava bem, mas foi surpreendido e dominado no chão. Não sei se ele esperava por essa. Agora, será que teremos o tão esperado Cowboy x Nurmagomegod?

    Sobre o Tavares, o acho um médio bem subestimado. Sim, sei que suas lutas não são tão atrativas de se ver, mas tem competência. Ele estava com uma boa sequência de vitórias, foi tratorizado pelo Romero e marginalizado por isso. Seu Wrestling nunca foi fraco, o problema é que não dá pra se igualar ao Soldado de Deus nessa área. Ele deve beirar o top-10 mesmo.

    Já o Lombard lutou de forma estranha. Nem parecia ele, mas o cara é tão mito do mal, que venceu tranquilo. Até sofreu alguns sustos, mas algo bem esporádico. De qualquer forma, esperava um nocautão. Gostaria de vê-lo contra Woodley, já que ambos não se curtem ou contra o Andróide Rory. Fico feliz que o carismático Burkman tenha sobrevivido. Creio que possa se manter no UFC.

  • Caiba

    Na minha opinião como já era previsto DC foi mt bem, porém insuficiente para vencer JJ!

    DC perdeu o primeiro round por pouco e causou bom danos na curta distancia, ganhou o segundo round e fez um terceiro round competitivo (Neste ponto JJ parecia mais cansado), porém após a dedada no olho vi uma nitida recuperação fisica do campeão que virou o round.

    Já no quarto round em diante a experiencia de lutar 5 rounds do campeão (quem treina sabe que é bem diferente a preparação de 3 e 5 round para uma luta e o DC normalmente desacelera no 3 round historicamente) e sua idade pesaram a seu favor e a partir dai só deu JJ, resultado justo!

    E francamente quem achou a luta “fraca” ou “pouco técnica”ou “enrolada”, não entende nada de luta agarrada e não tem a mínima ideia como essa porra cansa! Além disso amigos isso é MMA quer ver somente trocação vai assistir boxe, k1 e etc…

    Alguns detalhes JJ só conseguiu quedar o DC daquela forma, pois o mesmo estava exausto, algo que certamente não aconteceria com o Cain que na minha opinião manteria a pressão nos 5 rounds…
    No meio pesado gostaria de ver Gusta e Phil Davis (Sim! Gosto do estilo dele para contrariar a maioria, apesar de acha-lo instável acho extremamente atletico e bom westler e talvez poderia surpreender como fez com o Lyoto, Gusta, Glover) contra o campeão…
    No pesado seria legal ver o JJ contra Werdum X Cigano X Cain X Miocic pesos pesados ágeis, atléticos e que batem pesado!

  • Cristiano

    Quem já viu algumas entrevistas antigas do Jones sabe onde está o seu segredo: na cabeça.
    Ele não seria metade do que é se não tivesse a cabeça que tem. A força mental desse cara é tão impressionante quanto a envergadura. E não falo de força mental apenas para suportar pressões, mas também para evoluiur, para aprender a cada novo camp. Ele é diferente.

    • mazzaropi

      Exato.

      Ótimo comentário.

  • abner albuquerque

    Werdum já deu o recado pro jones:fique na sua divisão. Será?

  • Junior

    Cornier lutou bem estando em desvantagem física nítido e ainda lutando contra um fora-de-série, se Bones não fosse o campeão da categoria, Cornier seria.

    • mazzaropi

      Qual foi a desvantagem física do Cormier em questão?

      • Junior

        Altura e envergadura.

        • mazzaropi

          Mestre Junior, me responda como Mike Tyson nocauteou diversos oponentes mais altos e com maior envergadura que ele?

          • Junior

            Primeiro não sou mestre de nada, Mestre são o Lucas, Alexandre , Renato…segundo Tyson é um Boxeador e Cornier é um wrestler, não existe nenhuma comparação de estilo pois são lutadores totalmente diferentes.
            Bones não só tem uma envergadura gigante como Cornier é menor que a maioria dos Meio-pesados, na maioria das suas lutas ele venceu por que apesar de ser menor que alguns oponentes, ele é forte e impôs seu wrestling de maneira suprema, o lance é que JJ é MUITO forte apesar de não parecer, pelas pernas finas e ser longilíneo, dito isso por Cornier e Sonnen, 2 caras muito fortes que foram amassados pela Pujança física do garoto, então Cornier entrou na luta com um adversário mais alto, provavelmente pesando mais, e com uma envergadura para escolher se lutava no infight ou na distância, por que Cornier precisava levar muito soco e chute para encurtar, e isso foi minando sua resistência, dita pelo Leandro Vieira no podcast passado, que Cornier vai minguando conforme vai passando os rounds quando colocado sob pressão, acontece com Cain nos treinos e aconteceu ontem, foi isso que Jones fez, ( Cornier declarou isso ) tanto que suas quedas foram efetuadas quando Cornier estava muito cansado, então resumindo, Cornier tinha que fazer muito para compensar todas essas desvantagens, por isso na minha opinião, ele lutou bem, contra um fenômeno como Jones, e acho que nesta categoria isso vai ser uma constante, luta de 5 rounds Cornier minguando pelo corte de peso gigante que ele acabou efetuando para baixar de categoria, a sorte dele é que provavelmente irá vencer a maioria sem passar por toda esta pressão.

          • mazzaropi

            Eu consegui fazer você dizer o que realmente pensa sobre a tal “desvantagem física” do Cormier…

            Abração amigo Júnior!

  • Pedro Duarte

    Alguns relatam um passeio do JJ, mas o sistema de pontuação é traiçoeiro. Ganhar por UD, mesmo sendo um 49-46 não traduz o quão competitiva foi a luta. Pra mim ficou claro que a diferença de tamanho fez muita diferença no resultado final. Obviamente, nada disso tira o mérito do Jones, que usa com maestria a vantagem física que Deus lhe deu. Mas os reais desafios do cara realmente estão na categoria de cima ou no Gustafsson. Até lá, não tem jeito, a grande maioria ainda vai questionar a genialidade do campeão.
    Aliás, o DC mostrou sim que tem um wrestling de elite pois o histórico de oponentes quedados com facilidade no clinch contra o campeão é bem extenso.

  • caio abreu

    Primeiramente parabéns pra galera do site pelas analises e palpites da semana, não acreditava em uma decisão unânime. MMA realmente é outro esporte, não é boxe nem muay thay ou algo específico, ver um cara colocar um wrestler olimpico na grade e cravar o mesmo no chão 3 vezes, é algo diferente, pra mim o diferencial foi variedade, e velocidade a forma como JJ travou cormier na grade foi impressionante o cara não conseguia sair, joelhadas e cotoveladas a parte o campeão provou que tem queixo no segundo round cormier achou a distancia e pesou a mão no campeão que deu uma boa encarada no relógio. depois desse embate eu fiquei com um pé atrás em relação ao velasquez e uma futura luta, ja ouvi isso uma vez e o que complicou o JJ é velocidade e movimentação,morder o protetor e colar o queixo no peito, não é uma boa.

  • Bart Simpsons

    Renato Rabelo, essa análise sobre Donald Cerrone foi do caralho. Realmente Cerrone é leão demais pro quintal de 99% da divisão. Confesso que sou muito fã do cerrone, mas achei que nessa luta ele não resistiria ao menino prodígio Myles Jury. Mas sem problemas, fiquei feliz em ver que Cerrone tá cada vez mais sólido. Agora é cair pra dentro com Khabib Nurmagomedov.

Tags: ,