UFC FN 58: os palpites dos colunistas do Sexto Round

admin | 19/12/2014 às 19:35

Pertinho de nós, Barueri recebe o último UFC de um turbulento 2014.

O card, se comparado com outros Fight Nights que tivemos por aqui no ano vigente, é dos mais robustos.

Dois ex-campeões mundiais (Lyoto Machida e Renan Barão), bons valores já estabelecidos (Erick Silva e CB Dollaway, por exemplo) e algumas apostas desfilarão neste sábado, no Ginásio José Corrêa.

Boa oportunidade para os (nem sempre tão precisos) bicos de fora da área dos colunistas do Sexto Round.

Vamos a eles:

LYOTO_CB

Felipe Paranhos: Pra mim, o combate pode ser bem mais disputada do que as bolsas de apostas indicam. Dollaway é um lutador em franca ascensão, que melhora luta a luta, e pode surpreender. Mas ainda acredito na vitória de Machida, devido à massiva diferença técnica que separa os dois. Decisão tranquila pro brasileiro.

Fernando Cappelli: Outro wrestler no caminho do carateca. Nos médios, Machida tem mostrado técnicas recicladas e ótima velocidade de respostas, mas ainda falha na falta de iniciativa, o que lhe custou o resultado – e o cinturão – contra o campeão Chris Weidman, em julho. Dollaway é um wrestler/boxer cascudo e em evolução, que costuma lutar plantadão e pode ter sérios problemas com o famoso deslocar/atacar do brasileiro. Machida, por nocaute.

Lucas Carrano: CB tem um bom retrospecto no Brasil, território hostil para muitos gringos, mas desta vez pegou um adversário fora da sua alçada. Como o próprio norte-americano já chamou a atenção, Lyoto será um quebra-cabeças difícil demais de desvendar. Machida vence por nocaute.

Lucas Rezende: Respeito a crescente de C.B. e vejo que realmente evoluiu como lutador, mas não o bastante para decifrar Machida dentro do octógono. Acostumado com wrestlers, Lyoto encaixa algum contragolpe categórico e encerrará o combate. Se Dollaway tentar trocar, será ainda pior. Machida por KO no round 3.

Renato Rebelo: Todo cuidado é pouco nessa aqui. Quem tira o Doberman pra wrestler unidimensional – daqueles que Lyoto engole no café da manhã- terá uma bela surpresa. Desde que começou a trabalhar com o ex-pugilista José Benavidez, as mãos de Dollaway melhoraram uma barbaridade. O nocaute sobre Cezar Mutante, inclusive, surgiu de um direto lançado após defender lindamente um cruzado do rival com o ombro – o famoso shoulder roll, popularizado por James Toney, Floyd Mayweather, entre outros. Vejo um concurso bem mais acirrado do que dizem por aí, no entanto, ficará clara a diferença de quem entrou de cabeça na trocação há três aninhos pra alguém que nasceu socando. Filho de mestre de caratê, TKO.

BARAO_GAGNON

Felipe Paranhos: O que Gagnon tem de melhor — o jogo de chão — Barão tem o dobro. Claro que o combate será um desafio ao psicológico de Barão, acostumado a grandes decisões e tendo de enfrentar alguém que nem ranqueado deveria ser, mas o potiguar deve levar no primeiro round. TKO.

Fernando Cappelli: Chance para o potiguar amenizar o ano nebuloso e ganhar injeção de ânimo para começar 2015 com tudo. Finalizador nato, Gagnon provavelmente vai puxar o combate para a curta distância e não dar espaço para o ex-campeão dos galos. Mas não será suficiente. Barão, por finalização.

Lucas Carrano: Se a derrota de Barão para TJ Dillashaw já deixou muita gente de queixo caído, imagine um novo revés contra Mitch Gagnon? Não acredito que a zebra passeie pela Grande São Paulo, então vou de Barão por TKO.

Lucas Rezende: Primeiramente, Mitch Gagnon está em sequência de quatro vitórias e não é cachorro morto. Tendo dito isso, ainda não vejo nada menos que um atropelo de Barão, a não ser que este sofra com corte de peso ou alguma lesão. De qualquer forma, passeio para o brasileiro. Barão por TKO no segundo round.

Renato Rebelo: Novos tempos, pessoal! Barão bateu o peso com cabelo e tudo! Brincadeiras à parte, alimentar o centésimo faixa-preta de Dedé Pederneiras com um grappler (por mais duro que seja) é passar atestado de favorecimento. Barão, superior em terra, céu e ar, tem desafio à feição para tirar onda, apanhar o microfone de Jon Anik e desafiar o vencedor de TJ Dillashaw x Dominick Cruz. Não que Gagnon seja mole, mas o potiguar é um peso galo enorme e defende quedas com maestria. No chance. Barão, TKO.

SAPAT_CUMMI

Felipe Paranhos: Tenho sérias restrições quanto a apostar em quem não bate peso. Mas, nesse caso, tendo a acreditar que o wrestling de Cummins e a pouca experiência de Cara de Sapato decidam a luta. Não acredito que o brasileiro terá defesa de queda suficiente pra segurar Patrick. No entanto, não esqueçamos de que Cara de Sapato tem só 24 anos e evoluiu muito entre suas lutas em Salvador e o TUF e entre o TUF e o UFC. Mas vou de Cummins por DU.

Fernando Cappelli: O brasileiro tem estilo poderoso, que mixa o jiu-jitsu de origem com boxe carga pesada. O problema é que esse padrão ofensivo repleto de overhands pode abrir buracos para a forte base de wrestling de Cummings funcionar. Sapato terá de ser dinâmico para se dar bem aqui. Esse combate está com cheiro de ser parelho ao extremo. Arrisco Cummings, na decisão.

Lucas Carrano:
Uma das ascensões mais meteóricas do MMA brasileiro me fez acreditar que Cara de Sapato no início de sua trajetória do Ultimate. Porém, creio que o simpático “Shoeface” não tenha sido favorecido pela decisão de Joe Silva, que o escalou contra uma parada torta demais logo de cara. Por isso vou de Cummins por DU.

Lucas Rezende: O caldo engrossou rápido para o Cara de Sapato. Jiu-jiteiro legítimo, o paraibano precisará usar todo seu aprendizado no boxe para não se deixar ir para o solo contra o o americano, um wrestler de primeira e forte como um touro. Já vimos antes como essa história costuma terminar. Patrick Cummins por DU.

Renato Rebelo: Não deixe a surra imposta por Daniel Cormier te enganar. Além de DC ser, talvez, o melhor da divisão (tiraremos a prova em três de janeiro), Cummins trabalhava em tempo integral num coffee shop até a semana da luta. Durkin já esteve ranqueado entre os melhores wrestlers dos EUA tanto na categoria até 96kg quanto na até 120. Ele, inclusive, ficou muito próximo da classificação para os jogos Olímpicos de 2012 (perdeu nas eliminatórias justamente pro medalhista de ouro). Sapato é incontestavelmente melhor no chão (campeão mundial absoluto na faixa-marrom) e leva vantagem questionável em pé, mas acho que o ímpeto do wrestler superior (fisicamente também, diga-se de passagem) será muito para o paraibano de apenas 24 anos. Cummins, decisão.

ELIAS_MAGO

Felipe Paranhos: Xuxu vai pegar o adversário mais duro de sua carreira. Apesar de ainda ter muito potencial, Magomedov tem recursos suficientes para mostrar as brechas do jogo do brasileiro. Ainda assim, acho que Silvério leva numa tradicional decisão controversa dos juízes brasileiros.

Fernando Cappelli: Outra parada dura. O russo tem a vantagem no grappling, o brasileiro no striking. O ritmo forte imposto pelo paulista nas últimas atuações tem ser levado em conta como diferencial, além da melhora gradativa no jogo de isometria. Assim, deve fazer valer os detalhes para computar a quarta vitória seguida pelo UFC.

Lucas Carrano: Xuxu x Highlander tem tudo para ser a batalha mais equilibrada da noite em Barueri, por isso mesmo é daquelas em que o prognóstico é mesmo um palpite. Na base da intuição mesmo, aposto no fim da série invicta de Silvério e triunfo do daguestanês Magomedov na decisão.

Lucas Rezende: Apesar da boa fase de Xuxu, prevejo uma noite difícil para ele em Barueri. Oriundo do famigerado Daguestão, o russo indigesto deve presentear Elias com sua primeira derrota da carreira. Magomedov por DU.

Renato Rebelo: Palpite mais complexo da noite. Pela ascensão impressionante nas últimas lutas, passei a ver o Xuxu como uma grande promessa brasileira no populoso peso leve. Agora, será que ele já aguenta a impetuosidade de um carrapato daguestani? Jogando a moeda pro alto – e imaginando o sufoco diário que ele deve levar de Demian Maia-, digo sim. Silvério na decisão – via defesa de quedas e ligeira superioridade em pé. 

Restante do card (início previsto para as 22h):

Erick Silva vs. Mike Rhodes
Antonio dos Santos vs. Daniel Sarafian
Marcos Pezão vs. Igor Pokrajac
Renato Moicano vs. Tom Niinimaki
Hacran Dias vs. Darren Elkins
Leandro Issa vs. Yuta Sasaki
Márcio Lyoto vs. Tim Means
Vitor Miranda vs. Jake Collier

Retrospecto dos colunistas em UFCs (acertos/erros):

Alexandre Matos: 18-8
Felipe Paranhos: 32-19
Fernando Cappelli: 14-6
Lucas Carrano:  33-18
Lucas Rezende: 37-14
Renato Rebelo: 34-17

E vocês, amigos, como veem as lutas principais transcorrendo?

Abraços.

  • Davi Sean Ribeiro

    Engraçado como ninguém bota fé em Elias, magomedov vem sobre decisão sobre aquele lixo de rodrigo damm kkkkkk… Acompanho Elias desde da primeira luta fiquei impressionado, ele vai balançar essa categoria um pouco , assim como Adriano martins…. E cara de sapato não perde não creio eu!

    • Lucas Rezende

      Ué, mas a maioria de nós apostou no Elias.

      • Davi Sean Ribeiro

        A maioria não, principalmente nas apostas gringas que sempre rola antes dos cards, todos apostaram no russo

        • Lucas Rezende

          “de nós”, os colunistas.

    • Renato Rebelo

      Eu botei, pô! haha

  • Matheus

    Lyoto – Barão – Sapato – Elias. Esses são meus palpites sem ser ufanista (juro)

  • Raphael Seiji

    Lyoto Machida, Renan Barão, Antônio Cara de Calçado (eu boto muita fé nesse cara) e Elias Silvério. Quero ver como Lyoto vai ser apresentar, ele disse algo de vir mais agressivo…

  • abner albuquerque

    Cara…essa confiança toda no machida…

  • Regis Nogueira

    Machida, com direito a cochilada no terceiro e quarto rounds (minha, no sofá. Que horário….), DU
    Barão rapidinho, TKO 1 round
    Cummings, SD, e Cara de Sapato crescendo no UFC
    Xuxu, SD à moda da casa

    Cadê o Alexandre? Casa de praia em Ibiza?

  • Renan Trigueiro

    Ñ sei pq mas to achando que ou o Lyoto ou o Barão vão perder. Qual dos dois seria mais provável na opinIão de vcs?

    • Lucas Rezende

      Lyoto, pois tem um adversário bem mais duro que o do Barão. Mas ainda assim, será uma surpresa se Machida perder.

    • Renato Rebelo

      Rapaz, é improvável que um dos dois percam mas, se tivesse que escolher um, seria o Lyoto, que tem casamento um pouco mais nivelado.

  • Walber Gomes

    Os russos do UFC são cascas. Na torcida pro Elias, mas o Russo é duro em pé e no chão. Teve ser a luta mais dura da noite.

  • Kaue Macedo

    é muito bom saber que vai ter de novo um evento do UFC no ginásio que fica a dez minutos da minha casa e que eu já joguei tanto campeonato inter municipal la, espero que seja tão divertido quanto o último foi.

  • Gabriel Fareli

    Lyoto por decisão unânime.
    Barão por finalização.
    Cara de Sapato por K.O
    Magomedov por decisão dividida.

  • David Leucas

    Lyoto por TkO no 3° round
    Barão – mas acho que vai nos surpreender com um jogo de nervosismo até se encontrar, KO.

    Cummings por DU, pessima luta pro cara de sapato

  • Gefferson Nesta

    Acredito que Machida vença Dollaway, mas se a luta se prolongar até o ultimo round corremos o risco de ver uma vitoria do Dollaway.

    Barão vence Gagnon por nocaute no primeiro roud.

    Cara de Sapato surpreende e vence Cummins por finalização ou nocaute no primeiro round.

    Silverio vence Magomedov por decisão.

    Erick Silva vs. Mike Rhodes – Silva Nocauteia.
    Antonio dos Santos vs. Daniel Sarafian – Sarafian Vence por nocaute.
    Marcos Pezão vs. Igor Pokrajac – Pezão vence por decisão.
    Renato Moicano vs. Tom Niinimaki – Moicano vence por decisão.
    Hacran Dias vs. Darren Elkins – Hacran finaliza.
    Leandro Issa vs. Yuta Sasaki -Issa amassa e vence por pontos.
    Márcio Lyoto vs. Tim Means – Lyoto nocauteia no segundo round.
    Vitor Miranda vs. Jake Collier – Miranda nocauteia antes do terceiro round.

  • Diretão no contragolpe, Dollaway vai cair e o The Dragon vai encher ele de bloco no côco. – TKO.

    Gagnon vai inventar de levar para o chão e será finalizado por triângulo do Barão.

    Cummins ainda não está acostumado a levar porrada, vai beber leite no primeiro round e ir à posição fetal.

    Elias vai sofrer, mas levará em split decision.

  • Ramon Reis

    acho que Silvério leva numa tradicional decisão controversa dos juízes brasileiros.

    O que penar se o Paranhos acertar esse palpite,

  • Rodrigo Tannuri

    Último evento do ano, com um bom card em SP. Let’s go!

    Lyoto KO R2
    Barão SUB R1
    Cummins UD (mas torcendo muito pro Cara de Sapato nessa)
    Magomedov UD (lutão e espero que o fator casa não pese…)

  • ninas@hotmail.com

    Ei, Babões. Palpites meio que óbvios. Vcs vão queimar a língua, pois, o Cara de sapato irá vencer. Coxinhas!

    • Renato Rebelo

      E não é que os “Coxinhas” acertaram? = )

  • Jardel Sousa

    Lyoto Decisão
    Barão KO
    Cara de Sapato TKO (alá Cigano)
    Xuxu Decisão

  • Davi Sean Ribeiro

    RENATO MOICANO 😮

  • Andre Fausto

    Machida, Barão, Cummings, Magomedov

Tags: ,