Colunistas Respondem: Evans / Toquinho / Cejudo

Renato Rebelo | 18/12/2014 às 20:40

Amigos, nessa edição de “Colunistas Respondem”, escolhi quatro perguntas enviadas à nossa fanpage do Facebook na última segunda-feira.

Como expliquei no post do podcast, o programa dessa semana foi gravado mais tarde, se alongou e preferi liberar os convidados.

Para não deixá-las sem resposta, vamos à modesta compensação:

Captura de Tela 2014-12-18 às 17.41.41 Davi, acho que o Rashad Evans com 84kg teria um impacto inicial à divisão semelhante ao causado por Lyoto Machida. Portanto, o vejo fechando o top 5 da categoria com Luke Rockhold, Ronaldo Jacaré, Vitor Belfort e Chris Weidman. O lance é que, segundo o Combate.com, Suga está alinhado com Glover Teixeira para fazer a luta principal da primeira incursão do UFC em Porto Alegre (22 de fevereiro de 2015). E outra, quando Anderson Silva reinava absoluto – e a falta de desafios compatíveis nos fazia especular-, muito se falava sobre esse migração de Rashad. Lembro bem dele, que surgiu no MMA como peso-pesado no TUF (atuando na casa dos 104kg), dizendo que o corte de peso seria brutal demais e que, provavelmente, haveria perda de performance. Agora, aos 35 (anos) do segundo tempo, a hipótese me parece distante…

Captura de Tela 2014-12-18 às 17.43.24 Rapaz, o Toquinho daria trabalho até no peso-pesado. Lembro como se fosse hoje de ficar chocado ao vê-lo, ainda faixa-roxa, finalizando Rômulo Barral – multi-campeão mundial na preta- num torneio de submission (advinha como?). Antônio Braga Neto, peso médio do UFC e campeão absoluto de jiu-jítsu nas faixas azul, roxa, marrom e bi na preta (no seu peso) já disse aqui, num podcast, que batia pro Toquinho na Team Nogueira. E mais: o campeão dos médios do próprio WSOF (David Branch) também já deu três tapinhas. Com tudo isso dito, pelo pouco que deu pra ver contra o cascudo Jon Fitch, o achei ainda mais fluido e tranquilo em pé. Além de trocar de nível de acordo com a movimentação dos adversário, Toco teve a frieza de esperar o tempo certo para entrar em queda – no passado, o víamos avançando feito boi bravo. Queria vê-lo numa batalha mais longa pra analisar melhor se houve evolução quanto ao QI de luta. A categoria até 77kg é um populoso vespeiro e, com toda certeza, Toquinho teria que apresentar alternativas aos famosos leg locks para prosperar. Fazer previsões eu não posso, mas que seria uma ótima e divertida adição, seria (deixando as polêmicas de lado, naturalmente).

Captura de Tela 2014-12-18 às 17.42.24 Fabrício, fera, não tenho dúvida alguma que, em termos de know how, Cigano está no melhor lugar que poderia estar no Brasil. Dedé Pederneiras nunca foi um cara bitolado. Pelo contrário, sempre estimulou todo tipo de intercâmbio e foi atrás de bons nomes para complementar seu jiu-jítsu. Refletindo: qual atleta dele é fácil de ser quedado? Ronny Markes, Cláudia Gadelha, José Aldo, Renan Barão, Hacran Dias, Yan Cabral, Thales Leites… Nenhum deles tem base no wrestling – mas o trabalho com Daniel Pirata e o cubano Pedro Gracia rendeu bons frutos. E lutadores criados no pano que viraram strikers de primeira grandeza? José Aldo é pupilo de Pedro Rizzo, outro colaborador da equipe. Por outro lado, vejo dois problemas. 1- parceiros de treino do seu top. Além dos meio-pesados Cara de Sapato e Francimar Bodão, quem mais pode mimicar a força que o ex-campeão encontrará na jaula? O povo brasileiro, naturalmente, não é dos maiores, portanto, esse problema será encontrado em qualquer equipe por aqui. 2- Estrutura. A Nova União, por exemplo, não tem octógono. O novo CT do Pedro Rizzo tem, mas é do outro lado da cidade (Flamengo x Jacarepaguá). Esse segundo fator reflete muito a situação econômica do país e, por isso, a concorrência com os EUA é tão desigual. Lá, o cara tem tudo do bom e do melhor no mesmo lugar, preços mais acessíveis, menos caos urbanos, etc. Enfim, entendo que ele passou boa parte de 2014 machucado, portanto, se fosse eu, daria mais tempo à nova casa antes de outra mudança.

Captura de Tela 2014-12-18 às 17.41.59 Felipão, o Cejudo traz consigo um problema crônico para bater 57kg. A forma veemente como ele pediu outra oportunidade, no entanto, me faz pensar que agora o negócio é sério. Imaginando que sim, trata-se de uma ameaça real e imediata – ainda mais com tão poucas opções para Demetrious Johnson. Cejudo dominou Dustin Kumura – que não é trouxa- apenas com seu boxe – notando que o cara tem só 27 anos e dedicou 25 deles exclusivamente ao wrestling. Aliás, trocar força com o “freestyler” – campeão olímpico e panamericano- não é opção para o Ratinho Encrenqueiro. Bater, sair e fintar, sim. E é aí que reside o problema do casamento: a velocidade. DJ se move na velocidade da luz, como um legítimo Cavaleiro de Ouro. Conseguirá o desafiante, grande para o peso mosca, encontrá-lo? Na divisão onde volume de jogo influi mais que punch, vejo Cejudo com chances, mas não muitas. Johnson é um dos campeões mais dominantes do esporte e tem ferramenta demais à disposição – ainda mais contra um novato.

  • Mikeias Filipe

    Amigos do SR, perdi a edição dos ”colunistas respondem” dessa vez, então deixo minha pergunta aqui: Estive pensando a respeito sobre quem seria o lutador mais técnico peso-por-peso , em atividade no mma mundial, e fiquei restrito a dois, Dominick Cruz e Demetrius Johnson. Algum dos dois seria o mais tecnico ou voces enxergam um terceiro nome? Abraços!

    • Renato Rebelo

      Rapaz, que métrica difícil hehe. Aldo é campeão de JJ e um dos melhores strikers do MMA. Velásquez é preta de JJ, wrestler all-american e ótimo kickboxer. Weidman suplantou o Lyoto e o Anderson em pé sendo grappler. Pettis é genial em pé e só tem finalizado. É muito complicado escolher um nome. Quero ver mais do Cruz após três anos pra cravá-lo nessa lista. O DJ, certamente, está nela. Ele é a tradução plena do trabalho do Matt Hume. Acho que sigo a lista oficial e, pelo que já foi feito, boto Aldo e Jones nos primeiros lugar. O campeão meio-pesado, inclusive, teria no JJ seu calcanhar de Aquiles e já finalizou até faixa-preta do Carlson Gracie.

    • will

      José Aldo Jr é o melhor lutador disparado! Jones só é campeão em função da sua envergadura, não vejo tanta técnica. Finalizou o Vitor após este estar semi-nocauteado. Nem vou falar do ShowFail Pettis, que esse perdeu pro Guida! O Anderson ainda é um fenômeno, mas a idade pesa. O Weidman é pura força bruta e só! E anota esse nome: Myles Jury. Futuro melhor peso-por-peso do mundo!

      • Nelson Junior Ticaum

        Concordo com quase tudo…. Mas vamos la… Mighty Mouse eu acho mto tecnico, velocidade animal… Mas sei la, n sei pq, me parece que falta algo pra se tornar uma lenda… TJ tem o jogo mto parecido com Mighty Mouse e outros, como Mendes e F. Edgar, e pra mim caem na mesma questao, meio que completiiissimos, mas falta algo pra ser um fora de serie… Aldo eh fenomeno… Achava que tinha o gas como ponto fraco, ja que em algumas lutas me parece que morreu, ateh em que ganhava com facilidade, como aquela do galao na testa (esqueci o nome do puto…hehehe) mas na ultima luta deu show de gas… Defesa de quedas animal, reflexo animal, JJ animal, e punch animal especialmente pra categoria… Pettis pra mim eh outro fora de serie… Jogo em pe mto tecnico, mas me pareceu meio acoado contra o Melendez, que foi mto afobado… Mas acho o Pettis mto fora da curva… Lawler/Hendrix, bons lutadores, mas mto abaixo dos fora de serie… Weidman eh um cavalo, mas mostra evolu;ao constante, tendo surpreendido na troca;ao, mas tb n acho fora de serie…. Jon Jones eh fora de serie, principalmente pelo lado atletico… Evolui bem, troca;ao n ortodoxa mto boa, aproveitando o que Deus lhe deu… Essa combina;ao com seu wrestling o torna mto diferenciado… Pra mim a prova real sera seu proximo confronto e uma possivel revanche com o sueco… E o Velasquez simplesmente tem o maior cardio e resistencia muscular do UFC… Pq n eh soh uma questao de cardio, eh questao de isometria muscular… Ele sempre abafa o oponente, e fica no jogo de isometria, o que faz sempre ele levar vantagem nos rounds seguintes… Fora que seu wrestling animal for;a o adversario a trocar mto preocupado.. Resumindo (pqp ateh que enfim).. Na minha opiniao eh Aldo > Jones >Pettis (questao de talento, falta se provar no UFC) > Cain > Johnson > Weidman…

  • Renan Trigueiro

    Cara, Rashad x Jacaré seria insano! Sobre o Cigano, discordo um pouco do Renato. Acho que ele tinha que fazer as malas e partir ontem! No mais otimas respostas!

  • Matheus

    1)Tb acho que o Evans não desce 2) Acho q o Toco não chegaria ao Top 5 do UFC 3) Cigano tinha que ir pra Kings MMA ou pra ATT 4) Cejudo apanha pro Demetious

  • Gustavo

    Pq o Alexandre matos não posta mais nada no MMA Brasil

  • Erick Maia

    Lombard já não mostrou como o Toquinho iria no meio-médio do UFC?

    • Renato Rebelo

      Verdade. O Toquinho costuma dizer que essa foi a pior fase da vida dele e tal, mas, sem dúvida, a vitória do cubano foi com ponto de exclamação

  • Vinicius

    Gostaria de entender mais sobre essa ação judicial movida por alguns lutadores: Existem maiores consequências possíveis para o evento e seus lutadores? Afinal, vai dar em algo ou é apenas uma tentativa de expor a situação na mídia?

    • Renato Rebelo

      Vinicius, obrigado pela pergunta. Semana que vem vai rolar um texto específico só sobre esse assunto aqui no site. É só ficar ligado. Abração.

  • Bruno Torres

    Gostaria de saber se o Toquinho
    ainda tem chances de ir para o UFC. O Dana Branco já professou, inúmeras vezes,
    que não há a ínfima chance de vermos novamente o Palhares no octógono do UFC.
    Em outro viés, sabemos como o White tem como uma das suas maiores características
    as citações de efeito, além do mais o Toquinho ia dar uma boa agitada na
    categoria Meio-Médio.

Tags: