Pensando alto: a análise informal do UFC 181

Renato Rebelo | 07/12/2014 às 04:46

Pela terceira vez em 2014, testemunhamos duas disputas de cinturão na mesma noite.

Se a primeira delas não deu margem para dúvidas, a segunda trouxe consigo um caminhão de pontos de interrogação.

Isso sem contar que três (Josh Samman, Sergio Pettis e Matt Hobar) dos quatro (o outro foi Anthony Pettis) lutadores que levaram pra casa os bônus da noite não estavam contidos nas lutas principais do UFC 181.

Bom, cortando o papo furado, vamos à minha humilde leitura do que rolou de mais relevante:

LAWLERRobbie Lawler x Johny Hendricks

“Poder se soltar integralmente na trocação por ter a absoluta certeza de que não será quedado é uma vantagem grande demais no MMA”. A frase de Joe Rogan na transmissão com áudio original explica por que Hendricks, lutador unidimensional até meados de 2011, havia aterrissado 98 golpes significativos entrando no quarto round e o desafiante, striker de carteirinha, 72. O que não se explica é como o jurado Glenn Trowbridge marcou 49-46 Lawler. Papo de pedir quebra de sigilo telefônico, bancário e o escambal! Marquei um apertado 49-47 Hendricks – mesmo entendendo que as cinco quedas aplicadas pelo Barba não o levaram a lugar algum. Como há (muito) pano pra manga (principalmente nos rounds um e quatro), prometo reassistir a luta e deixar uma impressão mais sóbria amanhã, aqui nos comentários. De todo modo, Hendricks deu um passo à frente com combinações mais extensas (encerradas sempre com um chute baixo) – exatamente para não depender tanto do cruzado de canhota. Lawler, por sua vez, soltou a mão pra valer mesmo só no primeiro e no quinto round – tendo ficado petrificado no miolo da luta. Enfim, mais pra lá ou mais pra cá, outra decisão inconclusiva que deve fazer essa rivalidade desaguar em trilogia. Isso se houver força política para cassar o title shot de Rory MacDonald, já pré-agendado pra março, em Montréal

Eu achei que tinha que ficar em cima dele, forçá-lo a lutar a minha luta. É assim que se luta no UFC, é assim que se luta por um cinturão”, esbravejou o Ruthless.

PETTISAnthony Pettis x Gilbert Melendez

Por cinco minutos, Melendez executou com perfeição a estratégia ideal para anular o campeão. Manteve a luta na curta distância, colou Pettis na grade, misturou entradas de quedas com cruzados pesados e, consequentemente, cansou os braços do striker superior. Prevendo ser impossível manter esse ritmo de pressão até o fim (se você não se chama Cain Velásquez) ou por puro descuido, El Niño partiu pro tudo ou nada – abrindo demais os golpes para empregar 100% da força em cada um deles. Foi aí que o fora de série deu as caras. Pettis, frio feito um iceberg, conectou um direto improvável. O golpe obrigou Melendez a dobrar os joelhos e entrar no double leg mais baixo do que de costume. O resto é história. Além de todo arsenal técnico, Pettis prova que seu QI de luta é dos mais altos no mercado. O cara é capaz de enxergar brechas e mudar de rumo em poucos segundo – independente de quem esteja fungando no seu cangote. Primeira vez que Gil foi finalizado em 12 anos de carreira. Primeiro a bater Ben Henderson tanto no UFC quanto no WEC. Primeiro a nocautear Donald Cerrone. És louco se ainda não embarcaste no trem de Showtime

Fiquei fora por 15 meses. É muito tempo, mas estou aqui por um motivo. Minha defesa de quedas tá ficando boa – trabalho ela todo dia na academia. Eu apenas estou melhorando. Acabei de fazer 27 anos e tenho muito tempo no jogo ainda”, mandou.

BROWNETravis Browne x Brendan Schaub

E não é que o queixo de Schaub nunca falha (em falhar)? O Híbrido até começou melhor, botando o grandalhão onde queria: no chão. Não só deixou a chance escorrer pelos dedos como caiu de maduro no primeiro gancho que entrou. Hapa foi cirúrgico, é verdade, mas não vejo como essa vitória faz muito por ele. Schaub, por sua vez, dificilmente ficará desempregado em categoria tão nivelada por baixo, mas as limitações técnicas somadas à shape pouco atlético evidenciam que ele não irá longe.

Tudo que eu esperava hoje era vencer – não importa como. Eu sou um péssimo perdedor. Sacrifico demais por tudo isso”, resumiu o havaiano de Oahu.

FergusonTony Ferguson x Abel Trujillo

Por cinco minutos, Trujillo é simplesmente aterrorizante. O problema é quando seus músculos começam a cobrar a conta. El Cucuy passou perrengue – sobreviveu a knockdown e a ground and pound bruto-, mas, a partir do segundo round, bateu em bêbado. Peso leve com gás no tanque pra cinco minutos de corrida não rola. Ferguson, 7-1 no UFC, não tem nada a ver com isso e apertou o mata-leão. Killa precisa refletir…

Muitas vezes, preciso de um round para aquecer. Ele me deixou puto no segundo round – por ter segurado meu short e a grade- e pude finalizá-lo ali mesmo”, disse o vencedor.

FABERUrijah Faber x Francisco Rivera

Primeiro camp de Faber inteiramente coordenado por Matin Kampmann nos trouxe um Califórnia Kid mais estático. No início, o benefício da dúvida (vai quedar ou trocar?) atuou como salvo conduto, mas, assim que Cisco achou a distância, o Alpha Male virou alvo fixo. Dava até pra dizer que o primeiro round foi pro corner azul e Rivera, com chutes que estalavam alto, encaminhava-se pra ser a grande zebras do semestre. Muito infelizmente, uma das dedadas mais grotescas que já vi no MMA mudou o rumo da prosa. Na sequência, Cisco se contorceu feito lagartixa com câimbra e foi vítima de um dos famosos estrangulamentos do aluno de Fábio Pateta. Algumas observações: 1- Faber, de 35 anos, parece estar virando o fio (desacelerando). 2- Se houver justiça, essa luta virará No Contest. 3- Mario Yamasaki estava na linha de tiro e nada fez – e esse não é um erro trivial…

Eu, definitivamente, acertei ele no olho. Não me liguei no momento, mas isso foi terrível pra ele. Não desejo isso pra ninguém”, admitiu Faber.

Outros resultados:

Todd Duffee nocauteou Anthony Hamilton no R1
Josh Samman nocauteou Eddie Gordon no R2
Corey Anderson venceu Justin Jones por decisão dos jurados
Raquel Pennington finalizou (gravata) Ashlee Evans-Smith no R1
Sergio Pettis venceu Matt Hobar por decisão dos jurados
Clay Collard venceu Alex White por decisão dos jurados

Abraços.

  • Ruan

    Sem comentários para a luta do Faber com o Riviera, ele ganhou a luta na dedada rodada.

  • Nelson Junior Ticaum

    Tambem preciso rever a luta… Eu nem estava prestando mais aten;ao por achar que a peleja ja era do Hendricks… Achei o Lawler melhor no primeiro, mas o Hendricks foi bem melhor no segundo e no terceiro… Come;ou melhor no inicio do quarto, ae parei de prestar aten;ao… mas, se nao me engano, o Lawler terminou melhor. O quinto achei que o Hendricks exagerou na amarra;ao, e pegou muito mal, e o final entao, com o Lawler partindo com tudo e ele acuado, pegou mal. Mas nao sei se seria o suficiente… Eu tenho de rever a luta, principalmente o quarto round, ja que marquei o primeiro e o ultimo pro Lawler, e o segundo e terceiro pro Hendricks… O quarto definiria… Mas concordo, o 49X46 foi MUITO ridiculo. Quando anunciou o score, eu tinha certeza que era o Hendricks… Pq foi mto claro a vitoria do Hendricks no segundo e terceiro… Imaginei ele dando o primeiro (que foi parelho) e o quarto tambem… Enfim… Irei rever!!! hehe

    • Dan Mendes

      Quando anunciaram 49/46 eu também pensei que era o barbudo…rsrs

      • Renato Rebelo

        Somos 3

        • Luis Felipe Fabricio

          Somos 4! Não sei se vcs prestaram atenção, mas, quando o Bruce Buffer anunciou 49-46, sem falar o nome o Hearb Deen levantou o braço do Barba, teve que mudar de lado, hahahaha

  • Luiz De Marco Freitas

    no momento em que ouvi o corner (jake shields, pelo que disseram no twitter) gritando “DON’T CHASE HIM TOO MUCH” pro melendez eu ja sabia q o game plan e a luta iam pro vinagre… falar depois e de fora é facil, mas acho que gilbert se afobou demais

    • Renato Rebelo

      Exatamente, Luiz! Gritaram isso mais de uma vez!

    • Gabriel Kondrat

      Também senti isso, mas pra vencer o Pettis tem que ser na pressão, do jeito que o Guida venceu. Querer trocar com o Showtime, tem que ser muito cuidadoso, agora deu mole no pescoço né, o Pettis é rápido e tal, mas o Melendez deu mole.

  • William Amaral

    Estou impressionado pelo Pettis, desanimado pelas chances do Aldo em ter dois cinturões e muito ansioso por Khabib x Pettis.

    • Pettis chamou o Khabib para treta hoje a tarde.
      Estou começando a gostar do garoto..rs

      • André Guilherme Oliveira

        O Khabib foi la chamar pra mão e ja começou tomando duas cortadas bem massas hahahaha. The treta has been planted.

        E o Pettis fez questão de frisar que está trabalhando bastante as defesas de queda. Só que esperar até Junho é dose, podia defender pelo menos uma vez até lá.

      • Rafa FriAll

        Khabib interrompeu a coletiva pós evento pra desafiar o Pettis. Que alguns lutadores aprendam como garantir o title shot.

    • Thiago Marques

      O Pettis bem que podia enfrentar o Rafael, em caso de vitória desse sobre o Nate, mas parece que vão esperar o Urso-Maluco, futuro campeão peso leve do UFC.

  • Dan Mendes

    O Todd aplicou um chocolate no Hamilton 😛

    Qual é sua opinião sobre ele?

    • Renato Rebelo

      Rapaz, o Todd é gigante e é um superatleta. Talvez, o mais bhem condicionado da categoria. Como estamos falando da divisão menos técnica do Ultimate (no geral), capaz dele ir longe. Agora, tecnicamente, não é nenhum baluarte. Lembrando que ele já foi desligado por Mike Russow (por mais q estivesse vencendo) e Alistair Overeem.

      • Ramon Reis

        Mesmo com essas duas derrotas ele merece uma certa atenção.

      • Yuri David

        Mais bem condicionado que o Cain?

      • Natan Machado Fauzi

        Tomou um Hommer Simpson Punch do Russow kkk

      • Thiago Marques

        O Bomba passou o trator, guindaste etc por cima dele.

    • Provavel que casem com o Rothwell ai acho que teremos mais algumas infos

      • Dan Mendes

        Seria uma boa. Mas acho que vão dar o Rothwell para alguém mais bem colocado no ranking.

  • SavageDragon

    Vi 3 rounds pro Lawler (1, 4 e 5), quando anunciaram 49×46 até achei no momento que ia pro Hendricks, mas, fiquei feliz pela vitória do Lawler, acho que no final venceu quem mais buscou a luta. E pra ser bem sincero, não acho que o cinturão ficará muito tempo com ele não.

    • Ramon Reis

      Estou feliz pelo Lawler, assim não terei outro GSP no UFC e ele deve fazer umas três defesas por ano, torço para não existir um Ben Henderson nos meio-médios. So saberemos se ele aguenta defender a cinta na proxima luta.

  • Renan

    Putz ,garfinho…hendricks ganhou 3,perdeu 2,pelo menos na minha opinião…não vi como dar a vitória pro lawler,estes dois inclusive também estão bem acima dos outros na categoria,até do Rory…creio em uma futura trilogia,mas não pra agora…to apostando que vai rolar a revanche rory vs lawler…marketing em cima já tem,já que a primeira foi meio equilibrada

  • Fabricio Alves

    O jogo do Melendez diz claramente que o Nurmagomedov vai ser o teste mais dificil do Pettis.

  • Fabricio Alves

    Eu vi a vitoria do big rigg, mas tambem fiquei feliz pelo Lóla.

  • Maykon Douglas

    Não achei absurdo darem a vitória pro Lawler, sendo aceitável no máximo um 49- 48 pro Ruthless , agora o bizarro foi o 49-46, o que mais me preocupa não é a forma de pontuação atual, sendo super válido a discussão de uma futura mudança pra melhoria do esporte, porém a raiz do problema está na questionável qualidade de alguns jurados.

  • Cristiano

    Pulei do sofá quando anunciaram que o Lawler ganhou. Um campeão como Hendricks é tudo que o UFC não precisa. Sempre torcerei contra. Tenho preguiça de caras que amarram a luta como ele tentou amarrar. Esse jogo chatíssimo de ficar aplicando quedas só pra pontuar teve o castigo que merecia.
    Ele que dê o lugar na fila para o Canadense. Ver o Hendricks pela quarta vez seguida disputando o cinturão é dose pra elefante.

    • Renato Rebelo

      Concordo com vc, ele não é dos mais excitantes. Viram como MMA é ENTRETENIMENTO? Eu, inclusive, apostei no Lawler. Só acho q o Hendricks ganhou…

      • André Guilherme Oliveira

        Como ele não é dos mais excitantes, o caminho dele até o titulo foi demais, apagar o Fitch em 12 segundos, o Kampmann em menos de 1, as guerras com o Condit e o Lawler e o lutão contra o GSP.
        O cara é muito empolgante.

        Mas com a cinta tem que jogar mais fechadinho mesmo, gol de bunda e gol olimpico valem o mesmo tanto.

        • Rafa FriAll

          Se falar que o lutador é um wrestler já ganha a alcunha de amarrão.

  • Maykon Douglas

    Se Pettis conseguir fazer muitas defesas de título na categoria mais populosa e competitiva do UFC, vencendo nomes como Khabib e Aldo, ainda levando em conta que ele é um dos campeões com um dos estilos mais empolgantes do MMA, eu não hesitaria em considera-lo número 1 peso por peso.

  • Começando pelo Main Event, que papelão dos juízes! Hendricks ganhou claramente os rounds 2 e 3, o 4 até da margem para discussão(eu vi superioridade do Hendricks tb) mas há muito tempo se diz no UFC que para derrotar o campeão numa decisão é necessário ser muito superior, e Lawler definitivamente não foi, apanhou praticamente sem reação nos rounds em que perdeu, fazendo com que até mesmo seu head coach falasse que a única saída era o nocaute no intervalo do 4o round. Acho que se querem mudar as regras de uma decisão, para que vença quem mais foi contundente nos golpes, porém menos eficiente no controle da luta que o façam, mais podia ter rolado um aviso prévio para o Big Rigg então.

    Melendez infelizmente não irá ser campeão do UFC, e essa luta contra o genial Pettis mostrou que a estratégia estava corretamente montada, porém não haveria gás e tem o fator de que El Niño não consegue trocar socos “fechadinho” e isso quase custou uma derrota para o mediano(para o nível dos leves, claro) Diego Sanchez. Contra a nata, da qual ele atualmente faz parte, teria que corrigir isso. Parabens ao Showtime que se mostrou frio e novamente fez algo inédito. Só que eu tenho uma notícia ruim pra ele, caso seja Khabib o próx. contender ele será arremessado lado a lado por 5 rounds. O que é uma boa notícia para os fãs, como ele é estrela, vão jogar ele nos penas no colo de um TS e finalmente acontece Aldo x Pettis.

  • PS: O nocaute do Travis sobre Schaub era mais certo que o Robben cortar pra esquerda e realmente espero vire N.C a luta do Rivera, que posso até estar errado, mais não vi inocência naquela dedada do Faber não.

  • Felipe

    “Prevendo ser impossível manter esse ritmo de pressão até o fim (se você não se chama Cain Velásquez)” – Khabib discorda, heim.

    • Renato Rebelo

      Ainda não o vimos fazendo isso por cinco rounds – só por três. Caso ele consiga, o insiro, com mt prazer, nessa lista.

      • Felipe

        Concordo, mas durante 3 rounds eu nunca vi nada parecido no
        UFC. Na luta contra o dos Anjos foi caso de teste antidoping imediato na pré-coletiva;
        esforço isométrico durante 15 minutos, sem intervalos sequer para respirar.
        Acho que se o Pettis é o Anderson Silva dos leves, o Weidman infelizmente
        apareceu cedo demais.

        • Renato Rebelo

          Verdade. Tb acho um casamento péssimo pro Pettis. Vai depender do imponderável (e olha que ele é bom nisso).

        • Lero

          Infelizmente para ele, felizmente para nos. Imagina que o Weidman tivesse aparecido tipo, na quarta defensa de cinturão do Anderson? tivesse sido uma trilogia e tanto. no augue de ambos caras.

  • Thiago de Carvalho

    Acho que estão treinando dedo no olho na Alpha Male!

    • Gabriel Kondrat

      Sim.

    • Jonas Angelo

      Eu sabia que um dia esse apelido ‘Cisco’ ia dar merda. hahahaha.
      Trocadilho infâme.

  • Jonas Angelo

    Um evento de Altos e baixos.

    Renato, também acho que cabe no mínimo uma investigação para esse Árbitro lateral. Também vi vitória do Hendricks, mas gostei e acho que a vitória do Lawler agita ainda mais a divisão. Achei interessante Hendricks não achar que venceu, um ponto a se analisar.

    Pettis calou minha boca, e me provou por A+B que é Campeão de fato, com C maiúsculo!!! É essa a diferença entre o Campeão, e o Weidman, entende?!

    Travis podia mais contra Schaub.

    E Faber…Ah Faber, você é o cara mais sortudo do UFC (junto com o Bendo)! Esse dedo no olho comprometeu totalmente o Chico Rivera. Se não virar No Contest oficial, vira No Contest Moral. Mario Yamasaki precisa se ligar menos nos coraçõezinhos, e mais na peleja!

    PS: Esse horário das 22:00 mata o caboclo!!!

    • Quando vi a vitória para o Lawler, pensei.. será que deram 10 a 8 para o lawler no primeiro e no ultimo round?..rs..

      • Jonas Angelo

        MMA é tão fascinante que quando os lutadores não dão conta da reviravolta, os juízes se encarregam disso.

        huahuahuahuahua

    • André Guilherme Oliveira

      O Weidman tem sido bastante dominante e um campeão incontestável até o momento, não vejo muitas diferenças não.

      • Jonas Angelo

        Discordo André. Pra mim ele não é incontestável nem a curto e nem a médio prazo, é um excelente lutador, mas bem comum. Dominante ele está sendo, por isso é o campeão, “bastante” já não acho. E na minha humilde opinião ele não tem o diferencial que Aldo, Pettis, Bones, Velasquez e até Demetrious têm. Então foi à isso que eu me referi. Agora, se ele nocautear Belfa no 1º ou 2º Round, nocautear ou finalizar Jacaré, e fazer o mesmo com Rockhold, aí a coisa muda de figura. Mas por enquanto tá só no “se”.

        • Rafa FriAll

          Então ele precisa nocautear ou finalizar alguem? Se vencer o maior lutador do UFC por duas vezes não é um diferencial, não sei oque pode ser.

          • Gabriel Kondrat

            Cara ele venceu uma vez, um lutador se machucar da forma como o Anderson se machucou, só conta como vitória por uma burocracia, todo mundo sabe que ele não venceu aquela luta.

          • Rafa FriAll

            Que seja só uma vez (apesar de não concordar), o cara venceu o temível
            Anderson Silva por nocaute. E não venha falar que “se” o Anderson não
            tivesse feito palhaçada teria sido diferente. Ele perdeu todos os rounds
            que fez contra o Weidman.

          • Thiago Kuhl

            Não é só isso. No dia da primeira luta entre Anderson e Weidman eu não pude assistir, mas acompanhei pelo twitter. Lembro muito bem no fim do primeiro round, quando as brincadeiras do Spider atingiram o ápice, ler uma enxurrada de mensagens “Acabou”, “Anderson quebrou o psicológico do Weidman”, “Já era”, “Vai começar o show”.

            Já na segunda luta é sempre bom frisar que ela só não acabou no primeiro round por TKO por detalhe, dois ou socos a mais naquele GnP finalizariam a luta.

            Somado a isso tudo: Ele ganhou 3 rounds do Lyoto na movimentação, sendo wrestler e jiujitero.

            Se isso não é ser fora da curva, eu não sei o que é.

          • Thiago Marques

            Ele perdeu até todos os rounds que lutou contra o Sonnen! 😀

          • Gabriel Kondrat

            Anyway, eu achei a luta do Lyoto com o Wiedman bem parelha. Não acho que o Wiedman vai dominar como o Anderson dominou, nem vejo o Wiedman sendo metade do lutador que o Anderson foi e ainda pode ser por uns 2 anos. Enfim, acredito que o Belfort esteja melhor que o Wiedman, mais explosivo mesmo com 7 anos a menos e mais que o dobro de lutas.

          • Rafa FriAll

            Cara eu vou torcer muito pelo Belfort, mas as chances dele sem TRT, 7 anos mais velho e tendo como ponto fraco o wrestler defensivo (forte do Weidman) é parada de 5% de chances.

          • Gabriel Kondrat

            pô lembra o que o Belfort fez no braço do Jones né? talvez o que mais chegou perto de derrotá-lo depois do Gusta. Na verdade tô mais querendo ver como o Wiedman vai se sair contra o Belfort e acho que o TRT fará tanta diferença nessa luta. Enfim né, vamos torcer pra uma boa luta, que é isso que a gente quer ver!

        • Heitor

          Nossa, com todo respeito, mas nada a ver isso q vc falou…É como o amigo falou acima, então precisa nocautear ou finalizar alguém pra ser inconstestável? O cara venceu por 2x o AS e o Lyoto, sem tantas dificuldades.

          Percebo uma má vontade sinistra de uma galera com o CW, “comum” é sacanagem…enfim, talvez seja apenas impressão minha.

          • Jonas Angelo

            Bom Heitor, é por isso que se chama opinião meu caro. A minha é essa, e não vejo Weidman com algum diferencial como os caras que citei aí em cima. Pode vir a ter, mas hoje não tem, e pra mim é um campeão bem comum. É um excelente lutador, completo, etc, mas o meu rótulo de excepcional ele não tem. Ponto.

        • Thiago Marques

          Concordo, o Weidman teve duas vitórias mais que suspeitas sobre o Anderson, mesmo estando dominando a luta enquanto essa durou. A vitória sobre o Machida foi clara, mas burocrática. Sem mais, esperando o Pastor exorcizar esse novo campeão e enfrentar o Anderson num estádio brasileiro na luta que será a aposentadoria de ambos.

    • Rafa FriAll

      Mario Yamazaki é outro que ta merecendo uma punição a tempos. O cara viu o dedo no olho, confirmou que viu e não fez nada? Um dos piores arbitros do MMA.

      • Thiago Kuhl

        Além de ser ‘levemente’ carniceiro. To com dó do Shogun até agora….

  • will

    O GSP ganhou nome e fama amarrando lutas igualzinho o Hendrics fez ontem. O juiz deliberadamente retirou posições de vantagem do Hendrics favorecendo o Lawler. Dois pesos duas medidas. Foi um escândalo o que aconteceu ontem. Estavam fazendo de tudo pro Lawler vencer. Lawler venceu os rounds 1 e 5, enquanto Hendrics venceu os rounds 2, 3, e 4 com estrema facilidade. Mais uma garfada no UFC!

  • will

    O “ShowFail” Pettis demonstrou no round 1 o que eu falei. É um lutador facílimo de ser batido. A finalização foi um vacilo, mas acontece no MMA. O “ShowFail” não passa pelo Khabib e nem pelo Rafael.

    • Rafa FriAll

      Hahahaahah, cara, você já está virando folclórico.

  • Maykon Douglas

    eis aqui como alguns dos principais sites de MMA pontuaram Hendricks vs Lawler 2 : mmadecisions.com/decision/5739/Robbie-Lawler-vs-Johny-Hendricks …

    • Renato Rebelo

      Pois é!

    • Esse Gleen Trowbridge tinha que ser afastado imediatamente.

      • Maykon Douglas

        concordo plenamente!

  • Khabib McGregor

    José Aldo, Dominick Cruz, Jon Jones, Anderson Silva e George st. Pierre … sem eles presentes nas disputas de cinturões não tem graça, toda categoria precisa de um lutador soberano que nem eles, nas duas lutas principais do UFC181 nem parecia que era valendo titulo, apesar de os lutadores serem muito bons, não vejo os campeões defendendo o titulo por muito tempo !

    • Gabriel Kondrat

      Po e o meio pesado antes do Jones? era bem bacana aquela alternância

  • caio abreu

    cara achei o melendez bem na estratégia todo o primeiro round, trocou bem com o Pettis, encurtou não deu espaço pros chutes , mas como renato frisou, foram 5 minutos perfeitos, o problema é a habilidade do pettis que bicuda alá anderson foi aquela no meio da guarda do melendez, acho ele um cara que tem além do qi de luta(grande diferencial) um instinto de finalizar impressionante, o cara luta pra encontrar a brecha e mandar o cidadão pra casa. Já ví comentarioos sobre isso aqui no site, e acho que a agressividade atrapalhou o desafiante, e pra lutar com um campeão imprevisivel como o pettis a estratégia tem que ser perfeita. o que que sobra pro melendez renatão, vai pro final da fila?

    • Renato Rebelo

      Rapaz, boa pergunta. Segue sendo um dos melhores do mundo. Podia pegar alguém rodado – pra não descarrilar jovens promissores. Que tal o Jim Miller?

  • Rodrigo Muringa

    Yamasaki, vira e mexe dá esses foras. Faber levou a vitória porque tem nome. Depois do replay, se fosse um lutador sem expressão, com certeza seria no contest. Se bem que esses juízes americanos… Me admira muito que essa comissão de nevada seja tida como referência. Só pode ser piada isso.

  • Yuri David

    Marquei a luta pro Hendricks, assim como marquei pra ele também contra o GSP. Lutou bem o segundo e terceiro round. Mas nas duas lutas ele simplesmente abdicou de lutar o quinto round e dei brecha pra outra interpretação da luta. Ele se fechando igual um casulo e tomando porrada do Lawler foi ridiculo.

    O Lawler lutou muito pior que nas outras ultimas lutas. Como o Renato disse, estava petrificado. Não soltava um jab e tomava todas combinações do Hendricks. Só soltou o jogos nos segundos iniciais e finais das lutas. E se deu bem. Deve se considerar sortudo por ganhar o cinturão em uma atuação dessas.

    O próximo deve ser o Mcdonald. O Lawler não teve revanche imediata. Então acho que não darão pro Hendricks.

    Se o campeão lutar assim contra o Rory…And the new…

    Melendez tava fazendo o jogo certinho, mas ele se afobou demais. Começou a entrar toda hora com o Pettis acertando ele. Acho que devia ter dado uma respirada. Ponto pro Pettis que finalizou Bendo e Melendez pela primeira vez cada. Oitava finalizacao da carreira

    • Jonas Angelo

      Cara, o mérito foi todo do Pettis. Melendez só continuou seu plano de jogo, e tomou 3 ou 4 porradas precisas que o abalaram, por isso tomou a invertida.

      • Yuri David

        Sim, não estou tirando merito do campeão. Ele foi muito bem. Mas acho que o Melendez se afobou um pouco. Como falaram aqui nos comentarios até o corner do Gilbert falou pra ele não perseguir muito o Pettis.

        • Jonas Angelo

          hehe. Sabe aquela parada do “se correr o bicho pega, e se ficar o bicho come”? Pois é, esse era o Melendez. hehe

          • Yuri David

            No caso ele tava lutando com um bicho mais brabo que ele hahahah

          • Jonas Angelo

            Isso que eu quis dizer, esse era o dilema do Melendez, Yuri.

          • Yuri David

            Ah, tá. Achei que você tava falando do Melendez. Desculpa a burrice haha.

    • Thiago Marques

      O Rory vai levar outra surra do Lawler.

      • Yuri David

        Foi split decision, não foi surra não. Foi bem disputada. Marquei pro Lawler, mas foi disputada.

  • Bruno Gaboardi

    Eis que ouço ao assistir uma luta qualquer, que o volume imposto num round vale somente aquele round, tendo que ser um massacre para ser obtido um 10 a 8, na ultima luta do UFC 181, a unica explicação para a vitória de Lawler é que os 2 jurados que deram vitória para o mesmo se levaram do 1 e do ultimo round para analise da luta como um todo, fazendo uma média geral, marquei vitória para o Hendricks, enfim nunca deixe nas mãos dos juízes, o Faber teria que no minimo dar uma chance de nova luta no ato de sua “vitória” um cara que tem a sua popularidade e sua história no esporte não pode levar uma vitoria dessa para casa quietinho como se tudo que aconteceu foi licito.

  • EVERTON SILVA MOÇO

    1°Lawler 2°Hendricks 3°Hendricks 4°Hendricks 5°Lawler (10-8)… no meu ver, empate…masssssss ainda bem que o Lawler ganhou hehe. O absurdo é o seu jurado lá inventar um 49-46. Renato assistiu a luta novamente e conseguiu achar esse 49-46? rs

    • Renato Rebelo

      Rapaz, esse 49-46 é “inachável”!

  • Laerte Viana Venâncio Alves

    Minha contribuição para o “Lutas a casar”:

    Lawler vs MacDonald
    Hendricks vs Vencedor de Matt Brown x Saffiedine
    Anthony Pettis vs Khabib Nurmagomedov
    Gilbert Melendez vs Perdedor de Myles Jury X Cerrone (ou não?)
    Browne vs Vencedor de Cigano X Miocic (quem vencer disputando o cinturão)
    Schaub x Derrotado de Napao X Mitrione

  • Thiago Marques

    Renato, dessa vez o critério de pontuação baseado nas regras de brigas de rua ou de bares prevaleceu, ou seja, por isso o ex-campeão perdeu os rounds 1, 4 e 5!

  • Fernando Lima

    Renato, entrei em alguns sites de mma (inclusive neste) e não vi nenhum comentário sobre o erro de defesa do Melendez. Fiz questão de não rever a luta e ficar com a primeira impressão.
    Gostaria de saber a opinião dos colegas que acompanham mma.
    Pra mim o Melendez não defendeu a posição, ficou com os braços abertos. Praticamente o Pettis aplicou a guilhotina (gravata de porteiro?) com uma mão.
    Eles estavam muito próximos da grade. O Melendez poderia ter amassado, golpeado, más, ao contrário disso, não defendeu e bateu muito rápido. Achei muito estranho. Não acompanho aqueles que veem teoria da conspiração em tudo, más achei que ele entregou muito fácil.
    Bem verdade que o Pettis acertou bem, foi preciso e não desperdiçou golpes.
    Porém, fiquei com essa pulga atrás da orelha.
    E aí Renato, qual a sua opinião?

  • Fernando Lima

    Pra não perder a oportunidade:
    Hendricks ganhou do GSP, porém foi garfado.
    Fez a primeira luta com o Lawler, perdeu e foi ajudado pelos juízes.
    Na segunda com Lawler, aconteceu o inverso.
    Os juízes estão estragando o UFC. 49-46 não dá! Nem o Geraldo Magela cometeria tal erro.
    A boa notícia é que nos meio-médios o cinturão vai ficar igual batata quente, de mão em mão. Não vejo nenhum lutador defendendo a cinta por mais de 3 vezes e gosto da idéia…
    Quanto ao Pettis, ainda não me convenceu. Acho superestimado por todos.
    Porém, achei ele um pouco fora de ritmo nesta luta, isso quer dizer que ele tem muito mais a mostrar.
    Depois de vencer Nurma e Dos Anjos, posso mudar de opinião. Quem viver, verá!

  • Bruno Cicero

    Parece que o UFC quer empurrar o faber para o title shot de qualquer jeito,e que coincidência hein?primeiro chad mendes com o dedo no olho do aldo,agora faber ganhando assim do rivera.
    PS:Van Damme derrotou Chong Lee sem os dois olhos!HAHAHA

Tags: