Seria viável o retorno de Rampage Jackson ao UFC?

Renato Rebelo | 26/11/2014 às 20:53

Se o World MMA Awards 2015 premiar o chorão da década, caros amigos, algum botafoguense será vice (brincadeira, tá?).

Digo isso porque Quinton Jackson descobriu recentemente que a grama do vizinho não é mais verde e resolveu, como de praxe, compartilhar suas frustrações com público.

Só um pensamento… Eu aprendi uma grande lição na vida e nos negócios: às vezes, você simplesmente ficar com o diabo que você conhece”, disse o ex-Pride marcando, em seguida, o Twitter do UFC.

20140517101532_1DX_9531

Rampage atacando King Mo

Isso, lembrem-se, vem do cara que disse a Ariel Helwani, em entrevista dentro do metrô de Nova York – meses antes de enfrentar Glover Teixeira-, que eventos concorrentes do UFC ofereciam até duas, três vezes mais para tê-lo.

Vale lembrar que o contrato assinado por Rampage com a Viacom – conglomerado de mídia que comprou o Bellator de Bjorn Rebney– previa participações no tele catch e até pontas em filmes.

Até agora, foram três lutas de MMA, participações inexpressivas no TNA Wrestling (que, inclusive, teve o contrato com a Spike TV suspenso por baixa audiência) e nada da Paramount Pictures (gigante do cinema subsidiada pela Viacom) chamá-lo.

Para Rampage, no entanto, o problema é mais minimalista.

Segundo o próprio, foi o não comparecimento do atual empregador na hora de pagar pelo custo da reconstrução do seu joelho direito que azedou a relação.

Ressalto, também, que Emmanuel Newton, campeão meio-pesado da promoção tocada por Scott Coker, recorre aos serviços do mesmo treinador de Rampage (Antonio McKee) – o que inviabiliza a luta aos olhos do treinador do TUF 10.

E agora, como fica?

Perguntado sobre o assunto, Dana White procurou não ser revanchista (Rampage deixou o Ultimate cuspindo fogo, lembram?):

Eu gosto do Rampage. Eu e ele temos uma relação muito única. Muita coisa foi dita publicamente, mas, por trás dos panos, nos acertamos. Ele é um cara legal”.

Rampage-Jackson-Bellator

Acabou o amor?

As duas aspas coladas neste texto, obviamente, levantam a seguinte pergunta: haveria espaço para o retorno do negão ao maior evento de MMA do mundo?

Vamos aos números:

O americano de Memphis vem de três vitórias consecutivas – a última, inclusive, sobre King Mo, um dos maiores porta-bandeiras do Bellator-, e, indiscutivelmente, bota bundas em cadeiras.

Prova disso é que seus últimos cinco pay-per-views no UFC venderam, em média, 535 mil pacotes (dois deles acima de 500 mil – contra Jon Jones e Lyoto Machida– e um cravando a marca de 1 milhão – contra Rashad Evans).

Só para base de comparação, em 2014, até agora – considerando que não sabemos ainda os números exatos do UFC 178– a média é desastrosa: 225 mil pacotes vendidos por PPV.

Dana White pode ser passional em muitos casos, mas, quando a grana tá na mesa, não existe sujeito mais pragmático.

Não preciso gostar de você para fazer negócios com você. É simples”, diz o careca.

O maior empecilho para um retorno – além de uma possível multa por quebra de contrato com a Viacom-, é o próprio estado de espírito de Rampage.

Aos 36 do segundo tempo, o cara traz consigo notórios problemas de motivação, as chagas de 46 lutas profissionais e, além do mais, não retornaria de coração aberto à empresa que lhe pagou 15.2 milhões de dólares por quatro anos e meio de trabalho.

E mais: como ele se inseriria, à essa altura, na canibalesca divisão até 93kg do UFC?

Enfim, já vi coisas estranhas acontecerem nesse meio…

O UFC me fez perder todo o amor pela luta. Eles me desrespeitaram. Agora, estou num lutar muito melhor. É difícil explicar. Lá, você suava lágrimas e eles barravam seus patrocinadores, tentavam te impedir de seguir a vida (fazendo referência à carreira no cinema). O UFC nunca vê o cenário maior. É limitado. O Bellator me disse “vamos botá-lo em filmes e trazer patrocinadores. É melhor para a marca e para o esporte”. Por isso, escolhi trabalhar com eles”, disse o Quinton assim que assinou com o Bellator.

Abraços.

  • Maldonado Pepey

    A categoria como vc disse e desértica,é apesar de todos os problemas o rampage tem potencial de ser top 10 fácil la,acho que pelo fato de ser um cara popular é que ainda vende mt PPV o ufc pode recruta-lo $$$.

    • Renato Rebelo

      Vc tem razão, meu caro híbrido. Quando adjetivei a divisão de canibalesca, estava olhando mais pra parte de cima da tabela – considerando que Bader, Glover e Rashad já dominaram o Rampage e ele não voltaria ganhando merreca pra pegar estreante / desconhecido. Se esses ganharam tranquilo dele, o que diria Johnson, Davis, Gustafsson e Cormier – que não estavam nas cabeças quando ele saiu? De todo modo, concordo com vc que o cara pode fazer superlutas que atrairiam público (Rampage x Shogun II no TUF Brasil 4 Finale, que tal?). E mais: não tá descartado ele pegar um peso pesado meia-bomba tb – já que o bicho gosta de um cheeseburger…

      • Jonas Angelo

        Rampage X Shogun. Boa Renato, achamos um adversário para o sunga branca!

        • Puts, Jonas. Adoraria o Shogun de padrinho da minha filha, mas lutando não sei se tenho mais paciência para ve-lo..rs.

          • Jonas Angelo

            haha. Também não sei se teria. Mas que o nível técnico dos dois está próximo, isso não dá pra negar.

          • Acho que o Rampage está acima.

          • Malk Suruhito

            Talvez o do Page não esteja acima do Shogun, mas a autoconfiança, acredito que atualmente está…

    • Renan Trigueiro

      Concordo. Tem vaga sim. Dá pra fazer umas lutas rentáveis ainda!

  • will

    A nem, passa amanhã! Chega de medalhão. Ninguém agüenta mais essas ínguas do passado. Shogun vs Rampage? Alguém quer ver isso? Daqui a pouco você vai trazer o Adriano de novo pro time vermelho que ninguém gosta.

    • Matheus

      Cara, ele já passou do “prime” a mt tempo, mas vc prefere ver Manuwa x OSP ou Rampage x Maldonado, por exemplo? Ñ é questao de contratar um cara pra ser campeão, é questao de ser um cara q mt gente quer ver msm q vc ñ queira

      • Rafa FriAll

        Disse tudo. Não acredito que Rampage volte para o UFC, mas se voltar eu vou gostar.

    • Jonas Angelo

      Shogun X Rampage? Eu e mais uma galera quer, te garanto!

      • Bart Simpsons

        Rampage vs Shogun seria do caralho. Dois ex lutadores em atividade, mas acredito que ainda daria uma briga boa… heuehuehueheu

  • Rodrigo Tannuri

    Particularmente, eu considero o Rampage um dos maiores chorões do MMA. Inegavelmente, o cara tem sua importância no esporte, mas, se pegarmos suas últimas atuações, no UFC, o cara tinha desculpa pra tudo. O papelão dele, antes e depois, da luta contra o Bader foi ridículo. Ele é carismático, ainda é um chamariz, mas, na boa, não acho que seria bom pro UFC contratá-lo. O Rampage é uma bomba relógio. Uma hora ele é seu melhor amigo e em outra pode te dar uma facada. Está em boa fase, mas muito devido ao nível dos seus adversários. Francamente, Beltran e M’Pumbu não são parâmetro. Na vitória contra o Lawal, acho até que houve aquele erro maroto dos juízes em seu favor e olha que nem acho o King Mo tudo isso. Enfim, o UFC deve abrir o olho. Contratá-lo será garantia de insatisfação e polêmicas. Digamos que é muito mais mídia do que bola, hoje em dia.

    • Bart Simpsons

      Sinceramente, o rampage perdeu aquela luta para o king mo. O primeiro round foi do king mo e o segundo foi do rampage. No terceiro, nenhum dos dois fez muitas coisas, mas o king mo ainda tentou amarrar.

      • Renato Rebelo

        Tb acho.

  • Rafael Cunha Caroline Reis

    Tomara que volte ao UFC, é muito bom ver ele apanhando.

  • Gefferson Nesta

    Cara, eu gosto do Quinton. Seria bom sim ele voltar, mas na divisão até 93 kg não, pois essa ai ta complicado pra ele. Se ele realmente voltar espero que volte nos peso pesados. Todos sabemos como a categoria pesada é carente de bom atletas e de estrelas em potencial… Hoje temos ai só o Cain,Werdum,Cigano e o Miocic na ponta… Seria legal ver Quinton vs Andrei Arlovski, Quinton vs Junior dos Santos , Quinton vs Mark Hunt, Quinton vs Alistair Overeem, Quinton vs Matt Mitrione dentre outros e acredito que ele vencendo umas lutas seguidas seja um grande nome a disputar o cinturão nessa categoria… é complicado pra ele, mas é a unica chance dele voltar a disputar um lugar ao sol dentre os grandes do UFC.

    • Rampage vs Cigano / Hunt / Overeem? Quer matar o rapaz?..rs..
      Mas acho que é uma ideia válida ele subir sim.

      • Gefferson Nesta

        Concorda? Acredito que ajudaria muito a categoria de cima, ele voltaria com essa grande surpresa, mesmo correndo serious riscos de morte na categoria de um soco.

        • Sim, concordo, mas só acho arriscado colocar ele contra top 5 dos pesados, afinal, ele na categoria de cima não é sinal que ele iria atrás do cinturão.

          • Gefferson Nesta

            Verdade, então caso isso aconteça vamos dar a ele outros adversarios menos ranqueado … Basta saber se ele iria querer essas lutas, pois vc sabe que ele tem um ego inflado.

    • Jonas Angelo

      Caralho Gefferson, muito sádico da sua parte querer casar Rampage X Hunt! hahahaha.
      Brincadeiras à parte, acho que Hunt não deixaria pedra sobre pedra contra ele.

      • Gefferson Nesta

        Hehehehehehehehhe Só algumas opções caso ele volte !

  • Eu gosto do Rampage, não sei se o Shogun ainda me motiva a ver algo, mesmo que seja com o homem das correntes uivantes, mas tem um monte de Zé por ai que ele pode dar trabalho, quem disse que estar no UFC é preciso ficar galgando o cinturão, olhe o Tibau, por exemplo (por mais que ele mesmo diga que está querendo o título, alguém espera ele por lá?).

    Fora que meu pai é fã do Rampage e adora ve-lo entrando com aquela marra toda..rsrs..

    Acho que para o evento ele tem uma importância considerável.

  • José Augusto

    Podiam colocar Rampage x Shogun no retorno dele ao UFC.

  • Bart Simpsons

    Rampage é muito chato. Antigamente ele falava, mas também lutava, hoje em dia ele só fala. Enfrentou dois digimons de primeiro nível e quando pegou o adversário mais difícil, King Mo, acabou perdendo a luta, mas as juízes olharam que era simplesmente Rampage Jackson, e aí lhes deram a vitória.
    O adversário mais dificil que o cara venceu foi king mo, por decisão dividida e ainda levemente garfada. Putz! Melhor continuar lá ou ir para outros eventos menores. Com exceção de Minotouro e Shogun (nesse caso pq tá foda mesmo confiar no shogun), aposto que ele não ganha de nenhum top 15 dos meio pesados. E por mais meio bomba que seja, ganhar de um peso pesado tb vai ser sofrido

  • gero

    Acho que o rampage ainda tem fazer algumas lutas no Bellator, por exemplo contra o Lian Mcgeary, Ray Sloan e Felipe Lins. Se ele voltar pro UFC, quem ele vai enfrentar? já lutou praticamente contra todos dos 93kg. Talvez, uma luta interessante seria contra Chris Weidman, jacaré, Rock Hold, Belfort, Gustafson,

    • Renato Rebelo

      O McGeary pega o Newton na sequência. Se vencer – e tirar o colega do Rampage do trono-, de repente, ele se anima

  • Dan Mendes

    Eu pensei: Rampage x Hendo, Rampage x Shogum, Rampage x Minotouro…Não seria luta pelo pesos meio pesado seria a categoria (não oficial) master. que tem muita gente falando por aí.

  • mazzaropi

    Para a saúde do esporte MMA e competição saudável dos eventos é melhor Rampage no Bellator… Sem dúvida alguma!

    Se o Bellator conseguir reunir todos os grandes nomes descartados ao longo do tempo e dar o devido prestígio aos novos nomes, sim, esta é a fórmula para combater diretamente seu maior concorrente…

  • Fábio Malinowski

    Acho que ja ta claro que o Rampage vai voltar, tendo em vista que o UFC vai incluir ele no jogo de videogame agora em dezembro.

  • gero

    Pra min, o rampage já não é mais um osso duro de roer. Penso que ele tem umas lutas interessantes pra fazer no Bellator ainda, contra o Liam Mcgeary, Ray Sloam, Phelipe Lins, Emanuel Newton. Ao contrário dos colegas que querem ver rampage vs shogum, eu jamais pagaria pra ver essa luta, o shogum já era, penso que nem deveria estar mais no UFC, é carta fora do baralho, quem sabe se ele for pro Bellator ainda possa fazer umas lutas de bar. No UFC, penso que o rampage pode ainda fazer lutas boas nos 84kg. Rampage vs Gustafson = Gustafson; Rampage vs Cormier = Cormier; Rampage vs Antony Johnson = Antony Jonhson; Fora esses três, não vejo lutas boas com o rampage. Mas é capaz do Dana receber mais uma vez o rampage, por causa dos dólares, e como o Dana disse, “Posso não gostar de você, mas isso não me impede de fazer negócios com você”, tá certíssimo!!!

Tags: ,