Jones, os pesados e o perigo de ignorar Cormier

Felipe Paranhos | 25/11/2014 às 20:29

Nem bem Fabrício Werdum se acostumou com o peso do cinturão do UFC, já tomou um daqueles desafios que colocam qualquer um em alerta.

Jon Jones tirou o brasileiro pra nada e disse que, por Vai Cavalo não ser dos maiores lutadores de sua divisão, seria presa fácil para o seu jogo imprevisível.

Trata-se de uma chamada de respeito.

Há muitos pesados que me dariam muito trabaho ou possivelmente me venceriam. Eu sou realista. Sou menor que esses caras. Mas um cara como Werdum, eu lutaria com ele qualquer dia, o dia todo. Por quê? Porque ele não é o maior deles. Os pesados que eu acho que me dariam mais trabalho são os maiores. Não necessariamente os mais habilidosos — apenas os maiores. Você entra para a queda, eles dão o sprawl em cima de você. E custa muita energia concluir a entrada, entendeu?”

Já viram Hendo sendo arremessado assim?

Já viram Hendo sendo arremessado assim?

Certo Jones ou não, é engraçado vê-lo olhando através de Daniel Cormier.

E, de certa forma, pode ser engraçado e perigoso. Isso porque, enquanto Jon elocubra possíveis passagens pelos pesos pesados, Cormier se prepara para a maior luta de sua vida.

E, a despeito da briga entre os dois, trata-se de só mais uma defesa de cinturão para o campeão. É claro que Jones pode ter falado isso só por falar, para movimentar o noticiário e tal.

Mas confesso a vocês que essas coisas me fazem questionar o futuro do americano. É muito comum ver atletas fora de série que reinam muito cedo perderem a motivação rápido. Por isso, talvez o falatório do campeão possa realmente significar algo.

E, com isso, quem pode lucrar é Cormier. “Achar” Jones no octógono e suplantar a absurda diferença de envergadura — 32 cm — vai ser praticamente impossível, mas Daniel é aquele cara que a gente só dá valor quando vê dar mais um de seus passos.

Enquanto isso, Werdum não perde a oportunidade de aceitar o desafio.

Ele disse isso agora, mas eu lutaria com ele com certeza, sem nenhum problema. Ele tem que subir, ou fazer uma luta com peso casado. Mas meu maior objetivo é enfrentar Cain Velasquez para unificar os cinturões”, disse o gaúcho.

E, incentivado pelas projeções de Jones, já há quem faça previsões. Luke Rockhold, companheiro de treinos de Veláquez na AKA, diz que “não há chance” de Jon vencer Velasquez.

Você não consegue parar a tempestade que ele impõe a você. Eu já treinei com ele. Eu fiz sparring com ele muitas vezes, e quando ele quer superar você, ele vai fazer isso. Você só pode sair correndo. E Jon Jones não tem o estilo para fazer isso. Cain é um monstro”, disse o contender dos médios.

E vocês, o que acham? Uma eventual subida de Jones para os pesados seria produtiva?

  • Icaro Marinho

    É muito difícil analisar uma possivel luta entre os dois. Tem de se levar em consideração várias coisas e a principal delas é como Jones se portaria na HW.
    Não que isso mude muito coisa, pois pra mim, Jones não tem jogo pra bater Calindo.

  • Jonas Angelo

    Cara, conheço o 6º Round há pouco tempo mas já amo, um texto mais gostoso e interessante que o outro.

    Quanto ao tema, minhas singelas opiniões:

    Cain é monstro, e isso não é novidade para ninguém. Não vejo Werdum, Jones e nem o “antigo” Cigano ameaçando sua hegemonia. Quem sabe o “novo” Cigano possa trazer algo de novo, mas não boto muita fé também.

    Jones e Cormier se mostra interessante, mas sou bem discrente na possibilidade de Cormier vencer. Jones é monstro em sua divisão, e pelo jogo que executa, sua envergadura não deixará Cormier se quer sonhar em chegar perto. Ainda acredito que Gustavão seja o único com chances reais de destronar Bones, justamente pelo antídoto ser o próprio veneno: envergadura.

    Jones e Werdum seria uma luta interessantíssima. Gostaria de ver como Jones lidaria com um grappler do nível do Werdum, adicionado aí o detalhe da compatibilidade de envergadura e de Jones ter um centro de gravidade alto. Fora outros elementos.

    • Renato Rebelo

      Muito obrigado pelo elogio, irmão! É uma honra pra “nois”!

    • Malk Suruhito

      Eu lembro de certa vez ter perguntado ao Alexandre Matos em quem ele apostaria num duelo Jones x Cain. Ele falou que seria equilibrado, mas tinha tendência a apostar no Jones. Ai o Jones toma aquele atraso do Gustaffson, mas tira da cartola um golpe e vira o jogo. Ai perguntei novamente e o Alexandre falou que não seria bom apostar contra gênios e pela luta contra o Gus viu-se que o Jones era um.
      Ai veio aquela lavada do Cain no Cigano com o plus grade+boxe no pocket. Perguntei novamente e o Alexandre “É meu amigo… como eu faço para apostar contra este monstro?”

      • Jonas Angelo

        Um ponto de vista interessante. O único problema é que do outro lado do octógono está outro gênio, um gênio do cardio e da pressão!

        • Malk Suruhito

          Tenho dúvidas quanto o Cardio do JJ quando pressionado, já que só um cara fez isso com ele até hoje e mesmo ele saindo vitorioso, saiu carregado do Octógono enquanto o perdedor saiu andando normalmente.

          • Jonas Angelo

            Me referia ao Cardio do Chicano.

      • No podcast o Renato mandou bem e citou uma frase do filme predador “Se ele sangra podemos mata-lo”. O Gus mostrou o lado humano do jones, olha que o Gustafson não é dos meus prediletos, imaginem o Sueco contra o Brown Pride! Acho que ia ser uma boa lavada.

        Logo, acho que seria uma luta boa, mas é difícil acreditar que Jones venceria Velasquez.

        • Malk Suruhito

          Lembrando que o Jones não falou que venceria o Cain. Já a Ronda.. :v

        • Yuri David

          Se o Cigano conseguisse fazer aquele mesmo jogo que o Gus fez no Jones, ia ser difícil não ver o JJ caindo.

          • Vdd. Mas acho que o perigo que o Jones poderia passar para o Cigano é no chão, mas depois que vi o Cigano levantar pelo menos umas 10 vezes com o Cain nas costas dele, não acredito que alguém em qualquer categoria consiga manter o Junior no chão por muito tempo. Levando socos do Velasquez ainda assim ele conseguia voltar em pé!

        • will

          O Jones não vence nem o Frankie Edgar, muito menos o Cain. Tenho dúvidas se ele venceria o Phil Daves. A categoria 93kg é um deserto atualmente.

          • hehe.. sua respostá tem um toque de lógica com chacota..rsrsrs. Onde o Phil Daves assusta o Jones?

          • will

            O Jones nunca foi testado fora da sua zona de conforto. O primeiro que encurtar e botar ele pro chão vai ganhar. O Daves tem todas as armas pra isso. Tem envergadura boa, tem um wresteling melhor e é muito forte fisicamente. Eu não estou dizendo que o Jones é ruim, apenas acho que ele tem falhas não exploradas.

  • Gefferson Nesta

    Terra de Gigantes… Olha o que o Cain Velásquez fez com Lesnar o grande mostro de músculos. Vença o Daniel Cormie, sei que isso já vai custar muito pra você, depois vença de forma contundente o Alexander Gustafsson ai depois suba meu filho! Quem sabe!

    • Lero

      Depois super luta vs Weidman

      • Gefferson Nesta

        Super Luta com Chris Weidman? Hã? Ta de brinks.

        • Lero

          não gostarias de assistir essa luta? se eles seguem ganhando claro… Coisa que parece mais fácil para o Weidman acho.

          • Gefferson Nesta

            Seria uma luta interessante. A categoria de Jones não tem mais ninguem, ele passando DC e Gusta não sobra mais ninguem, o Johnson não leva muitos riscos ao campeão. Já a categoria de Weidman ainda tem uns caras pra bater…VITOR,JACARÉ,LUKE e ROMERO se bater esses não vejo mais ninguem tirando essa sinta dele. Mas enfim, adoraria sim ver essa luta.

  • LFG

    Na minha opnião é uma péssima idéia ele subir. Para ser Peso Pesado tem que ser “pegador” e Jones não é.
    Não vejo JONES vencendo nem CAIN e nem CIGANO…. lembrando que Cigano defendeu a maioria das quedas do Cain.. sendo amassado na grade..
    Na hora que a primeira sequencia de socos (dos dois) entrar (e vai, vide envergaduras grandes) o JONES cai! TKO.

    • Felipe Paranhos

      Rapaz, Cigano não defendeu não. Inclusive, na segunda luta entre os dois, Cain bateu o recorde de quedas entre pesados.

      • LFG

        kkkk sim, desculpe me confundi aqui…na verdade Cain derrubou muito na 2º luta, o que quis dizer (pensei) com isso…. foi que o Cigano se levantava na força…e se Cain não segurou ele lá por muito tempo, Jones é que não iria (opnião)… parabéns pelos textos!!

  • Rafael Cunha Caroline Reis

    Acho que tanto o Jones quanto o Aldo se subirem vão arranjar GRANDES problemas, literalmente.

    Jones ta mirando um pouco além do horizonte, ele tem 2 grandes problemas pela frente, Cormier e gustavão, Ainda acho o Gustavão um pouco pior pro Jones por causa da envergadura.

    Nos pesados, não vejo o Jones passando por Werdum, Cigano e Cain.

  • Matheus

    Cara que lutão seria Werdum x Jones e digo mais, boto um din din no americano!

    • Felipe Paranhos

      Eu também. Nesse caso, eu iria de Jones.

  • Bruno Goes

    Acho que essa frase do Jones é mais pra causar impacto na imprensa msm. Ainda tenho minhas dúvidas se algum dia ele subirá para os pesados, como ele msm falou é correr um risco muito grande, lá existem caras muito maiores que ele. E é bom que não esteja msm subestimando o DC, o gordinho vem pra luta da vida dele e duvido muito q vá aceitar passivamente aquela manutenção de distância do Jones como o Glover fez . Não me surpreenderá se virmos várias vezes o campeão de costas pro chão.

    • Jonas Angelo

      Cara, seguindo essa sua lógica o único que “não aceitou passivamente a manutenção de distância” do Jones foi The Mauler. Acho que isso passa muito menos pela “passividade” do oponente, e muito mais por uma imposição de Jones.

      • Bruno Goes

        Sim concordo, mas convenhamos que nenhum oponente começou pondo a pressão que o Gustafsson impôs. Isso que eu vejo como não aceitar passivamente. E acredito que não dependa só de envergadura mas tmb de postura.

  • Cristiano

    Mas quem seriam esses ditos pesos pesados grandes? Cain, assim como o cigano, luta com 108 Kg, bem abaixo do limite. A quem ele se refere, então? Não é pergunta retórica, é uma dúvida real mesmo. Abrs!

    • Bruno P.

      Pezão ou Struve.. hahahaha

    • Jonas Angelo

      Vai ver está falando do Lesnar ou do Ben Rothwell. haha

  • Leo Corrêa

    acho que o João Jonas no peso-pesado só ganha dos baranga.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Aparentemente falta punch nos socos do Jones, mesmo na categoria atual. Porém, ele compensa isso sendo um lutador que vem numa crescente desde sua primeira aparição. Não dá pra duvidar do cara, não.

  • Raphael Seiji

    Jones tem trabalhos muito duros pra fazer na LHW. Mas eu não duvidaria de Jones, pra mim esse cara pode ser um dos maiores lutadores de todos os tempos, quiçá o maior…

    • Felipe Paranhos

      Com certeza.

  • Evandro Juninho

    Claro que está muito longe de acontecer, mas essa fala de Luke Rockhold, me fez imaginar uma luta entre Cain x Jones! Seria épico, seria demais, não sei quem venceria, nem sei em quem apostaria, mas seria dois estilos diferentes se gladiando, é de lutas assim que o mundo do MMA precisa, super lutas podem ser prejudiciais ao UFC, pois um campeão irá perder, e a mídia sobre ele cair, mas pode ter o efeito contrário, pode virar uma rivalidade muito grande, onde revanches aconteciam e o público só teria a ganhar, super lutas poderiam ser repensadas melhor pelo ufc, uma ou duas por ano, não ia matar ninguém e quem ganharia seria nós!

  • Caio Abreu

    Cara acho que esse fato dos pesados grandes se perde na realidade a categoria do UFC os tops não são aqueles mostros de 140 e perdem 20 quilos pra bater o peso, vamos lá cain, werdum,cigano,miocic, tirando o hunt no top 10 todos lutam bem abaixo dos 120kg alguns até com 108, 110 próximo do peso que ele citou na entrevista que era de 105 kg, ele diz sentir-se melhor nesse peso, ele falando em caras realmente grandes como o josh barnett, ou travis “hapa”, o último foi totalmente dominado pelo então desafiado Werdum,e o primeiro pelo nosso caro gordinho Daniel Cormier, no strikeforce. Voltando um pouco podemos dar uma olhada, no cartel do Cormier e encontrar mais alguns desses ditos pesados grandes, jeff monson, Pezão, Soa pelelei, Frank Mir… enfim Cormier é acostumado abater nesses caras e acho que jones deveria focar mais nele na sua próxima luta, pois ele virá com menos peso morto, e com aquele gás de wrestler olímpico.

    • Felipe Paranhos

      Mas é mais ou menos isso que o Jones falou, né? Que os caras que levariam mais perigo a ele não seriam exatamente os melhores, mas os mais pesados. Só que tem aquilo, né? Com o cardio que tem, Jon também poderia maltratar demais os mais pesados dos pesados.

  • Luis Felipe Fabricio

    Se acontecer mesmo a luta seria fantástica!!!! Eu acredito no Werdum, aquele braço que o Vitor perdeu o Werdum tinha arrancado fora, rs.
    Brincadeiras de lado, acho a possibilidade da luta bem remota, bem remota mesmo, por alguns motivos:
    1 – Werdum e Jones tem duras missões em suas divisões;
    2 – A luta não tem apelo comercial pra uma “super luta”, principalmente por causa do Werdum (até mesmo no Brasil) que ainda não é visto como um campeão dominante, o UFC não iria casar uma luta dessas agora, vai que o Jones ganha e o Cain não volta de lesão ou perde pro Werdum, pronto, lá se vai de vez a credibilidade dos pesados;
    Vamos ver o que acontece.
    Não sei se é só a minha opinião, mas, me parece que os campeões muito dominantes estão se tornando “um problema” (entre aspas ok!) para o UFC, pois, todos eles falam em subir de categoria etc, se Jones passar pelo DC e pelo Gustavão os meio pesados vão entrar meio que numa crise comercial.

  • Eduardo Sanguinetti

    Se o Belfort quase levou o braço do JJ, imagina o Werdum… vai levar pra casa o braço do americano. Só tem que se ligar que o cotovelo dele continua perigoso mesmo no bolso do Werdum hehe

  • Rodrigo Tannuri

    Não acho que o Jones esteja subestimando o Cormier, até porque ele seria um louco se fizesse isso. Ele sabe muito bem que essa luta é bem perigosa e, pela rivalidade entre eles, treinará muito. Apesar de não se gostarem, os dois sabem que são excelentes. Jones pode ter trabalho nos pesados, mas algo me diz que ele vai se dar bem. Se lhe falta certo poder, sua condição atlética, envergadura e criatividade podem compensar.

    Obs: como o Rockhold é chato, hein? Se perde, fica chorando. Se desafiam seus amigos, vem igual a uma criança defender. Poucos são tão malas assim. Deus me livre!

    • Jonas Angelo

      E lembrando que a virgindade de quedas do Jones já foi tirada pelo Gustavão, então ele vai entrar sem essa pressão que carregou na última luta.

  • Yuri David

    Eu acho que tanto o Jones quanto o Aldo tinham que se manter nas suas divisões em que são totalmente fora de série até pelo menos ultrapassarem as defesas de cinturão do Anderson Silva.

    Quanto ao Jones no pesado só não apostaria nele contra o Velasquez e talvez o Cigano.

  • will

    Isso se chama “desculpa antecipada”! Jones sabe que não tem nenhuma chance entre os pesados. Inclusive vai perder pro Cormier, que é quase um pesado. Um soco do Hunt arrancaria a cabeça do Jones. Com relação ao Werdum, ele perdeu a chance de promover essa luta. Iria ser uma dinheirama sem fim pra ele e uma luta fácil fácil.

    • Jonas Angelo

      Como diria Alexandre Matos: “Bom mesmo é o Mizugaki!”.

      • will

        O tempo mostrará que estou certo. Ele é muito pequeno para os pesados. Werdum finalizou Fedor e Crop Cop. Dois lutadores mais fortes e mais técnicos que o Jones. É uma questão de lógica.

        • Jonas Angelo

          Ok senhor profeta. Só gostaria de lembrá-lo que muitas vezes esporte não se resume à lógica. E nesse ensinamento a gente já está bem letrado (ou pelo menos deveria).

  • Cauã Albuquerque

    Jones só vence se Cain estiver voltando de lesão. Em perfeitas condições, sem chance! Comier tem tudo pra engrossar o caldo pro Jones. Vamos esperar

  • Marcelo Silveira

    Não acredito que o Jones esteja ignorando o Cornier. Uma coisa são as declarações dadas a repórteres, e acredito que respondendo a PERGUNTAS que foram feitas a ele, outra bem diferente é como ele está se preparando na academia.
    Quanto a subir para os pesados acho que ele tem tudo para ir bem, tamanho/envergadura/talento ele tem de sobra.

  • gero

    Anotem aí, o Cormier vai ganha do JJones e levar o cinturão.

  • gero

    O reinado do JJones vai terminar com a derrota para Cormier. O JJones não tem jogo pra ganhar do Cormier, salvo se ficar correndo para pontuar. Primeiro, o Cormier sabe que pra ganhar do JJones ele vai ter que mostrar uma superioridade muito grande, certamente ele já viu a luta do JJones vs Gustafson, que dizem que o Gustafson ganhou mas eu discordo, porque o Gustafson não mostrou superioridade em relação ao JJones; segundo, o Cormier sabe que essa é a grande oportunidade da vida dele, de conquistar o cinturão, ganhando de um cara que limpo a categoria, o que vai significar a glória, ganhar de um supercampeão; terceiro, o Cormier tem todos os requisitos pra ganhar do JJones, força, resistência, pegada, estratégia. Portanto, senhores, eu vos apresento o novo campeão dos meios pesados, Cormier!

Tags: , ,