Pensando alto: a análise informal do UFC FN 57

Renato Rebelo | 23/11/2014 às 05:18

UFC no estado mais belicoso dos EUA – o Texas–  é sinônimo de casa cheia.

E o Fight Night 57, que já era acima da média no papel, não mandou a tigrada pra casa insatisfeita.

A escolha dos cheques extras (pelas melhores performances da noite) foi, inclusive, das mais complexas – e favoreceu o bom e velho Frankie Edgar, as meninas Paige VanZant e Kailin Curran e o pesadão russo Oleksiy Oliynyk, que tirou o selo de Jared Rosholt no Ultimate.

Bom, cortando o papo furado, vamos à minha humilde leitura do que rolou de mais relevante:

FRANKIEFrankie Edgar x Cub Swanson

E não é que o filhote de urso (sim, esse é o significado de “cub” em inglês – o nome do cara é Kevin!) abstraiu o passado de Frankie – um wrestler all-american pela tradicional universidade da Pennsylvania? Da série “prioridades furadas”, Swanson tirou onda nos vídeos promocionais fazendo sparring com Timothy Bradley (homem que já venceu Manny Pacquiao) quando seu calcanhar de Aquiles sempre foi a isometria (Ricardo Lamas, Chad Mendes e Jens Pulver que o digam). Resultado: o pupilo de Ricardo Cachorrão passeou no parque – completando 10 plásticas quedas- e garantiu a finalização mais tardia da história do UFC (aos 4m56 do 5º round). Isso quer dizer que Conor McGregor assistiu, no último mês, Dennis Bermudez e Swanson (seus maiores concorrentes ao title shot) caírem do cavalo e agora – entendendo que Edgar já foi dominado pelo atual campeão- tem o caminho livrinho, livrinho até José Aldo… Só deixo uma pergunta no ar: caso Dennis Siver não chegue saudável ao evento de janeiro e Edgar aceite viajar à Boston, como seria esse casamento para a estrela irlandesa? Ruim ou péssimo?

Deveria ser eu (o próximo a lutar pelo cinturão). Baseado na minha performance e no que fiz na carreira, deveria ser eu. Ponto final”, cravou o pequenino Coração de Leão.

EDSONEdson Barboza x Bobby Green

O brasileiro já tinha dado o papo pré-luta: “Se for me xingar (na jaula), é bom que fale devagar, pois não entendo bem inglês ainda”. A barreira linguística, portanto, manteve Edson focado à medida que o gringo desdenhava de seus golpes (menos do que o levou a knockdown no R2, claro). Green, que passou os últimos meses dormindo no sofá da sala de Nate, em Stockton, repetiu o mesmo erro do amigo Diaz contra Josh Thomson: investiu na guerra psicológica e perdeu no volume. Edson, por sua vez, acertou na mosca quando deixou um pouco de lado a postura estática do muay thai tradicional e abraçou o estilo Mark Henry (treinador de Frankie Edgar) de trocar. Bate-sai esperto + os chutes magoantes de sempre = a vitória mais expressiva de sua curta carreira. Finalmente, top 10!

Treinei muito duro para essa luta, mas vocês ainda não viram o melhor Edson Barboza. Vão ver em breve. O Green me provocou bastante, mas não foi um problema, estou acostumado. Ele é um lutador muito bom e estou orgulhoso de ter conseguido a vitória”, disse o fluminense.

CAMUSChico Camus x Brad Pickett

E a ação da maresia atingiu, oficialmente, nosso querido chapeleiro inglês. Com 36 primaveras no lombo, Pickett fugiu do salgado peso galo sem contar que, mais embaixo, o ritmo é frenético ao quadrado. Velocidade, tempo de reação, assimilação de golpes, entre outros fatores imprescindíveis pra se dar bem com 57kg, não são mais os mesmos da época em que Pickett bateu Demetrious Johnson (WEC 48). Camus, por sua vez, nem parecia novato no peso mosca e nos brindou com trocas de base frenéticas – à la Dominick Cruz– e movimentação lateral acima da média – marca registrada da Roufusport. Faltou um pouco mais de agressividade, é verdade, mas deu pro gasto (no volume) contra um duríssimo veterano do esporte.

Ele foi um oponente duro e me sinto ótimo por vencê-lo. Investi pesado na academia e não tirei dias de folga. Minha confiança vem de estar muito bem preparado. Quero lutar com todo mundo para chegar ao topo”, disse o vencedor.

JOSEPHJoseph Benavidez x Dustin Ortiz

Assimile: se você é do sexo masculino, mede menos de 1,65m e não se chama Demetrious Johnson, seu traseiro seria chutado por Joseph Benavidez se houvesse oportunidade para tal. Com isso dito, declaro Dustin Ortiz mais duro que japonês sambando. Das duas uma: ou o cidadão finge como poucos ou encontramos alguém que assimila golpes melhor que Homer Simpson. Não foram poucas as caneladas de canhota – assinadas por Duane Ludwig– que entraram limpas em sua cachola… No mais, Benavidez nos brindou com combinações belíssimas (muitas delas sucedendo entradas falsas ou fintas de corpo) e alguns dos melhores body shots do jogo. Ir do corpo pra cabeça é com ele mesmo. Pra terminar, Joe-Jitsu ainda botou o wrestler superior de costas pro chão duas vezes. Barba, cabelo e bigode!

O Dustin é um cara duro. Acertei ele com bons golpes e ele continuou vindo pra cima. Queria levar a luta pro chão, pois acho que sou um dos melhores grapplers da divisão, mas ele tem boa defesa de queda”, analisou o Alpha Male.

Outros resultados:

Oleksiy Oliynyk nocauteou Jared Rosholt no R1
Matt Wiman venceu Isaac Vallie-Flagg por decisão dos jurados
Ruslan Magomedov venceu Josh Copeland por decisão dos jurados
Roger Narvaez venceu Luke Barnatt por decisão dos jurados
James Vick venceu Nick Hein por decisão dos jurados
Akbarh Arreola finalizou (armlock) Yves Edwards no R1
Paige VanZant nocauteou Kailin Curran no R3
Doo Ho Choi nocauteou Juan Puig no R1

Abraços.

  • Tonny Varela

    ai que vemos o quão foda é o Aldo ehehe. o Edgar eh completo e só pego pedreira , adoraria ver Chad vs Edgar. no mais acho que agora é certeza que se o irlandês ganhar é title shot , dai veremos o Aldo ganhar na base do low kick 😀

    • Rafa FriAll

      Se tirar as derrotas polemicas contra o Henderson, só Aldo que venceu Edgar claramente.

  • Gabriel

    Tenho dó do Edson Barboza pois com todo seu talento ele não consegue implacar por causa de seu queixo de vidro e isso não da pra mudar (é de sua própria natureza). Aliás suas únicas 2 derrotas foi por conta de seu queixo.

    • mazzaropi

      Tenho dó do seu comentário.

    • Rafa FriAll

      Não acho que ele tenha queixo de vidro, acredito mais que ele não está completo para estar no topo, me lembra muito o caso do Rafael dos Anjos que sofreu para chegar aonde chegou, teve várias derrotas. Queixo de vidro ele teria se tivesse sofrido nocautes de somente um soco. Depois que leva uma bem dada, o tempo de recuperação de alguns demora mais.

  • mazzaropi

    O evento americano e seu horário para americanos, claro, não me ajudaram a ficar acordado e eu simplesmente dormi, pois como já sabem corro todos os dias pela manhã 10 km… kkk! Acordei no início da luta do Barbosa e Green e gostei do que vi… Um tremendo show! Na luta do Edgar Duracell e do pequeno uso adormecido tive vontade de voltar a dormir quando sabia exatamente o que Edgar faria e o fez… kkk!

    Depois assistirei o restante das lutas e farei meus comentários…

    • mazzaropi

      1. Aldo x Bobo da corte Gregor (risos)

      2. Chad x Edgar.

      3. No mesmo evento de preferência.

  • Matheus

    Excelente análise! Acho que o Edgar podia pegar o Lamas na próxma

  • Dênnys Dias

    Edgar tirou o Cub pra nada!!!Adoraria ver ele estuprando um certo irlandes falastrao…mas como o negocio do UFC eh vender,Conor deve ser o proximo desafiante,infelizmente!!!Edson Barboza me surpreendeu pra bem com a movimentaçao e o psicologico inabalavel.Pra mim,a melhor trocaçao dos leves juntamente com o Pettis.Imagina se ele tivesse uma boa base de wrestrling?Ia dar muito trabalho na divisao!Ta no caminho certo!Um bonus:que mole do Rosholt hein?Tava quase com a luta ganha,mas peso-pesado basta um golpe e eh tchau!Deu no que deu

    • Dan Mendes

      “Edgar tirou o Cub pra nada!!!Adoraria ver ele estuprando um certo irlandes falastrao”

      Que fantasia sexual bizarra. Credo!

      • Dênnys Dias

        serio???pqp hein

      • Natan Machado Fauzi

        KKKKKKKKKKKKKK ABSTRAIU DEMAIS.

    • will

      Imagine uma massa de pizza sendo amassada e esticada com as mãos. Está imagem ilustra bem como seria uma luta entre Edgar vs Irlandês falastrão. É até covardia. Nenhuma frase de efeito pode defendê-lo de Frank Edgar!

  • Fabricio Alves

    Edgar vs Chad é o melhor casamento a se fazer.

  • Rodrigo Tannuri

    Atuação monstruosa do Edgar. O cara não está em seu auge, mas é excelente. Quem olha assim, até pensa que o Cub não é isso tudo, mas, tirando esse passeio ele é ótimo. O problema é que o compatriota está em um nível totalmente diferente. Cub bobeou em trocar o TS, que era justíssimo, por essa luta. A confiança era tanta, que o tiro saiu pela culatra. Uma pena. Tendo isso em vista, quero muito que o Aldo suba pros leves. Sem ele nos penas, Edgar, Mendes e Lamas brigarão intensamente pelo ouro e olha que alguns leves podem descer no futuro. A categoria, que já é boa, ficará ainda mais competitiva e interessante.

    O Edson mostrou muita maturidade contra o Green. Foi praticamente perfeito. Possui chutes repletos de má intenção e está melhorando com as mãos. No terceiro round, ele optou por ficar mais na defensiva, temendo outro revés e, por mais que possa ser criticado, fez o certo. Edson precisava vencer um atleta de alto nível e, agora, ficará ainda mais confiante e ganhará o devido respeito. Melhor do que a vitória, foi a atitude que o brasileiro teve no final. Abraçar Green e orar pelo irmão falecido do mesmo foi um gesto louvável.

    Mais uma vitória maiúscula do Benavidez. Apesar de já ter sido derrotado duas vezes pelo Demetrious, ele é a maior ameaça ao atual campeão. É até uma pena um atleta desse calibre não ser o número um da divisão, porque qualidade ele tem de sobra. Ser conhecido por ser o eterno número dois dos moscas é até uma injustiça.

    Indo além, tenho a impressão de que o UFC descobriu duas novas jóias. Paige VanZant, finalmente, estreou pelo UFC e mostrou por que todos estavam ansiosos para vê-la em ação. Ela parecia uma veterana, mesmo tendo apenas 20 anos. Carismática, bonita e competente, ela tem tudo pra figurar no top-10/5 da divisão. Doo Ho Choi também impressionou. Não é qualquer um que estreia no UFC e vence em 18 segundos. O coreano pode, perfeitamente, se tornar um dos queridinhos dos asiáticos.

    • Renato Rebelo

      Excelente como sempre, Rodrigão!

  • neylon

    Sou fã do Edson Barboza. Mesmo não sendo um top 5, ele é, talvez, meu lutador favorito. Mas confesso que aquele queixo dele me dá um frio na barriga.

    • Renato Rebelo

      Tô no mesmo bonde!

  • Renan

    Alguém aí acredita que o frank edgar teria grandes chances contra o Aldo em uma possível revanche? achei que ele mandou muito bem ontem,e a primeira luta entre ele e o aldo foi até que equilibrada, caso o Mcgregor perca para o Siver,devemos ver essa revanche ano que vem.

    • Dan Mendes

      Tem gente que acha que o Aldo perdeu na primeira luta.

      • Renan

        Pode crer,é,foi bem parelha,não achei que o Aldo perdeu,revi a luta umas vezes depois e não enxerguei vitória do Edgar,mas que foi uma vitória “apertada”,isso pra mim foi muito,mas tá aí,revanche ver qual é.

      • Natan Machado Fauzi

        Verdade, se Chad foi o que trouxe mais perigo de nocaute ao Aldo, Edgar foi quem mais ameaçou Aldo na decisão.

  • Dan Mendes

    Essas brincadeiras do Green, me levam a crer que ele não esta madura ainda. 😀

  • Dan Mendes

    Senti falta de uma analise da luta da noite. Acho que aquela loirinha tem futuro no MMA, até pela pouca idade.

  • José Renato

    Galera, além do 6Round, pra onde a galera do PVT tá indo? O off/segundona acabou e a galera sumiu… Alguém sabe?

  • William Terres

    Só sei que meu coração agora está dividido entre a Jéssica Eye e a Paige VanZant hehe

    • Renato Rebelo

      Hehehe

    • Rodrigo Tannuri

      Concordo. E tem algumas, na casa do TUF, que merecem chances em nossos corações kkkkk

  • William Terres

    Falando sobre o evento de ontem, vareio do Frankie Edgar com uma justa(no sentido de justiça e da precisão do golpe tbm) finalização no apagar das luzes. Sobre a luta do Barboza, era nítido que ele estava preocupado em não ser golpeado, com a guarda fechadinha. Tirando uns ensaios de joelhada voadora do Green, nenhum perigo na luta pro querido lutador de Nova Friburgo. Do resto do card, da pra destacar a luta do coreano(não me atrevo a escrever o nome dele), aliás, o Alexandre Matos tinha antecipado no podcast dessa semana pra ficar de olho nele. A luta das meninas foi boa tbm!

  • Atenção para os números de Bobby Green vs Edson Barboza:

    Barbosa: 67 Golpes efetivos
    Green: 68 Biquinhos e sinais de negativo com a cabeça.

  • Natan Machado Fauzi

    Cara esse main event só me fez refletir o quão grande é o reinado do Aldo.

  • Natan Machado Fauzi

    Edson mostrou que evolui muito em quesito de estratégia de luta, acho que suas 2 derrotas foram cruciais para esse amadurecimento, só que não consigo projetá-lo como campeão com Nurmagumedov na categoria, mas acho que a representação brasileira na categoria está melhorando.

    • Renato Rebelo

      Amanhã, aqui no site, tem análise técnica de Green x Barboza pelo Fernando Cappelli!

      • Natan Machado Fauzi

        Aí sim, aguardando.

  • Natan Machado Fauzi

    Acho que vamos ter que esperar mais um pouquinho para ver o McGregor de costas no chão.

  • Bart Simpsons

    Frankie Edgar é um monstro, realmente tirou o Swanson pra nada. Fez o que quis, como quis, quando quis, arrepiou no ground and pound e quando bem quis foi lá e finalizou. Se não fosse um tal José Aldo, assim como Mendes, Edgar teria uma grande chance de ser campeão.
    Sobre Edson Barboza, o cara anulou o Green. O Green só achou graça até quando pegou aquele rodado cheio de estilo na cabeça. Barboza luta muito, seria favorito contra a maioria dos lutadores do top 10 da lightweight, senão fosse o fator queixo. Mas trabalhando bem essa guarda, deixando o queixo sempre escondidinho, dá pra ir longe na divisão.

  • abner albuquerque

    Vitoria com V maiúsculo pro Barboza.

  • will

    Que luta do Edgar! Uma aula de MMA. É impressionante que alguém ainda perca tempo cogitando McGregor. Ele seria amassado que nem banco de ônibus. Aldo vs Edgar já! Leve meu dinheiro now! (Detalhe, se lutar que nem ontem, Edgar é favorito!)

    • Rafa FriAll

      Contra o Aldo? Dificil…primeiro pq derrubar o Aldo é uma parada ingrata. Segundo pq a trocação do Aldo é de outro mundo. Mas mesmo assim gostaria de ver essa luta…depois de Aldo x Conor.

  • Natan Machado Fauzi

    Edgar tava estilo Nurmagumedov, carrapato de elite, o que mais me impressionou foi o mix que ele fez entre wrestling e Jiu Jitsu, abusou do grappling, mas como uma referência do calibre do Aldo, é complicado, porque se derrubar o Aldo é tarefa absurdamente difícil eu adicionaria um grau adicional de dificuldade para mantê-lo no chão, minha humilde impressão é que Aldo sente o chão como uma chapa de fritar Hamburguer.

  • Thiago Marques

    O Jack Slack impressionou ao dizer que a melhor luta de sábado a noite não ocorreu no MMA nem no Boxe, mas no Metamoris 5! Vejam: http://fightland.vice.com/blog/edgar-vs-swanson-wrestling-is-the-answer

Tags: