Chad Mendes: enfrentar amigos ou ficar estagnado?

Felipe Paranhos | 28/10/2014 às 20:35
urijah-faber-MMA-karate-athlete-picture-HD-wallpaper-4-

Entre WEC e UFC, Faber recebeu seis title shots

Mais de dois anos separaram o primeiro do segundo title shot de Chad Mendes. A primeira chance terminou no joelho de José Aldo.

A segunda, numa luta disputada, mas na qual claramente foi derrotado. E agora?

Qual a motivação que o cara encontra pra tentar um cinturão que já lhe foi negado duas vezes?

A equação é complicada. Parece óbvio que muito dificilmente Mendes vai poder buscar o título de novo, pelo menos enquanto Aldo estiver com ele.

Por isso, se pretende continuar entre os penas, Chad terá de se inspirar em Urijah Faber, seu companheiro de Alpha Male, para se manter forte na sua categoria e ser lembrado em caso de uma vaguinha de desafiante, como o California Kid foi três vezes entre os galos do UFC e três entre os penas do WEC.

Há alguns outros poucos bons exemplos: embora esteja numa categoria muito mais esvaziada, Júnior Cigano é um que pode ver um title shot voltar às suas mãos pela terceira vez, se vencer Stipe Miocic e diante do surgimento de um cinturão interino.

BJ Penn foi outro que teve duas chances de título nos meio-médios. Ambos, porém, tiveram suas novas oportunidades depois de já terem sido campeões. Não é o caso de Chad.

Recuperar a motivação depois de ser batido duas vezes é tarefa para poucos, como se vê.

Por isso, uma saída para Mendes pode ser baixar de peso. Intitulado anão bodybuilder pelo impagável Conor McGregor, ele é pequeno diante da maioria dos rivais e tem corpo suficiente pra cortar mais 5 kg.

Se o fizesse, seria uma aquisição importante para a divisão e o colocaria novamente em condição de lutar por um título.

Sou muito pequeno para os penas. Poderia com certeza bater 61 kg se eu precisasse fazer isso, mas, na minha cabeça, por que consertar algo que não está quebrado? Não sou tão grande para os 66 kg, então o corte de peso nunca foi um grande problema pra mim”, disse Chad em 2013.

Alpha Males unidos até na festa à fantasia

Alpha Males unidos até em festa à fantasia

Pois bem: agora é hora de consertar o que se quebrou. Quem descartaria as chances de Mendes num top-5 que tem TJ Dillashaw, Renan Barão, Dominick Cruz, Faber e Raphael Assunção?

Só tem um problema: tanto TJ quanto Urijah são seus amigos e parceiros de treino.

Acho difícil que Chad passe a lutar entre os galos se continuar na Alpha Male. E, se este for um empecilho, pelo bem de sua carreira, é melhor sair.

Motivação pesa no bolso. O tempo pro lutador passa rápido, e desanimar pode resultar em vários passos atrás na luta para se manter relevante.

Que o digam tantos adversários de Anderson Silva, que nunca mais voltaram a ser dignos de receberem title shots — incluindo Chael Sonnen.

Ou os de Jon Jones, que ou caíram muito de produção depois da derrota ou buscaram outros caminhos para se reerguer.

Chad Mendes precisa agir rápido se quiser mudar seu rumo.

  • Evandro Juninho

    Chad Mendes é um grande problema pra divisão dos penas, já provou que pode passar por cima de qualquer um que não se chame José Aldo, todas as lutas dele antes da de sábado, ele venceu com propriedade, foram 4 nocautes e uma decisão totalmente unânime, pegou caras que estavam bem no ranking, gostaria de ver uma luta dele com Frank Edgar, pois acho que é o único nessa divisão que consegue para-lo, concordo que dá outra chance pra ele seria quase impossível e sem coerência, tenho medo da categoria pena, sofrer do mesmo mal da categoria pesado, onde existe 1 rei, e um e somente um cara que o desafia, mas mesmo assim não consegue lhe tirar do trono.

    • Felipe Paranhos

      Acho que é mais difícil, até porque existem mais talentos nos pesos mais baixos que nos pesos mais altos. Só entre os que não enfrentaram ainda Aldo, os penas têm McGregor, Patrício Pitbull e Swanson. Só isso já garantiria um ano de desafiantes. Os pesados são bem mais vazios.

  • Hebert Jr

    Acho muito difícil o Mendes abandonar a equipe dele pra tentar uma chance nos galos, oq deve acontecer é ele seguir na categoria e enfrentar uma série de lutadores fora do top 10

    • Felipe Paranhos

      O negócio é que isso já aconteceu: ele pegou Cody McKenzie, Yaotzin Meza e Darren Elkins em sequência. Nenhum deles estava ranqueado. Não sei se rolaria isso novamente. Abraço!

  • Tom Santana Barros

    tem muitas duvidas se ele venceria edgar ,swanson ou ricardo lamas …. pelo seu alcançe curto … tenho minhas duvidas…

    • Bart Simpsons

      eu sei que foi há 4 anos atras, mas o chad já bateu no swanson, e hoje bateria novamente, mais fácil ainda, pq vejo ele com uma evolução bem maior, além de ser bem mais completo. Tb vejo-o batendo no ricardo lamas pelo mesmo motivo, ser mais completo, além de ser bem mais veloz e com muito bom punch. Agora, quanto ao edgar, aí seria uma grande luta, dificil prever quem sairia vitorioso. Eu apostaria em Edgar, mas vai saber né!?

      • Felipe Paranhos

        Lamas eu não tenho dúvida, a menos que ele me surpreenda com uma evolução equivalente àquela obtida pelo próprio Chad depois da chegada de Duane Ludwig à Alpha Male. Swanson seria uma luta um pouco mais equilibrada, mas acho que Chad teria mais recursos pra vencer. Como o jogo de Edgar e de Chad é muito parecido, boxe+wrestling+movimentação rápida, é mais difícil prever. Mas não esqueçamos que a curva da carreira de Frankie já começou a virar, e a de Chad Mendes não.

  • Renan Trigueiro

    Lutando o que lutou com o Aldo, acho que o Mendes bate todo mundo da categoria, inclusive o Swanson (que ele já ganhou inclusive) e o Edgar. É só uma questão de manter a cabeça em pé e seguir motivado.

    • Renato Rebelo

      Concordo plenamento com vc, Renan. Seguir motivado é que é mais complexo – até pq a janela de oportunidade é pequena no esporte e, se parar pra pensar que a sua se fechou, entra numa espiral negativa

      • will

        Enquanto o Aldo estiver nos Penas a janela fechou pro Mendes. Não vão fazer uma terceira luta.

    • Felipe Paranhos

      É isso: nível técnico ele tem. A questão é se manter animado mesmo. Será que ainda resta motivação pra tentar de novo bater Aldo?

      • Fernando

        Pelo que ele apresentou creio que, por hora, não é ainda o momento de mudar de categoria. Tem plenas condições de tentar a cinta novamente em 2016 (acho, inclusive, que no primeiro semestre ainda). Se baixar de categoria terá que fazer algumas lutas antes. Assim, essas mesmas quantidade de lutas que teria q fazer na categoria debaixo não seriam menores q na atual categoria. Ademais, como foi um contender altamente combativo ele tem apelo pra tentar a trilogia não muito distante….. Eu pararia pra assistir !!!

  • Rodrigo Tannuri

    Não sei se o Mendes conseguiria descer pros galos, mas, caso consiga, creio que ele terá muito sucesso. Acho até que o fato dele ser menor que o Aldo o impediu de tirar proveito de algumas oportunidades. Não acho que o Chad terá problemas pra se motivar. O cara é extremamente profissional e, como o próprio disse, adora o que faz. Treinar e lutar é rotina das mais agradáveis pra ele. É péssimo perder duas vezes pro campeão, mas, sinceramente, como o Aldo sempre dá a entender que se mudará pros leves, em breve, a situação do americano não fica tão ruim. Tirando o brasileiro, não vejo ninguém o derrotando. Eu, se fosse o Chad, seguiria nos penas, porque o futuro dele, nessa divisão, mais cedo ou mais tarde será dourado.

  • Felipe

    Entendo sua opinião, mas discordo. Primeiramente pq apesar de não parecer, o Aldo pode sucumbir a um adversário (quem sabe McGregor?) e aí o caminho se abre naturalmente para o Chad, que já alimenta certa rivalidade com o irlandês. Segundo que a categoria não é assim tão farta, e a julgar pela peleja de sábado, os chefões do UFC podem muito bem de interessar em uma trilogia, algo levantado pelo próprio Aldo. Se Chad continuar evoluindo dessa forma as lutas com o Aldo ficarão cada vez mais imprevisíveis.

    • Felipe Paranhos

      Bom ponto também. A depender do que acontecer fora do octógono entre Chad, McGregor e Aldo, pode ser que o cenário de “rei, príncipe e bobo” pode ser interessante para a promoção das lutas. E aí, quem sabe, surja outra chance pro Mendes.

      • Felipe

        Lembrando que para o Conor, que tem background zero no wrestling, o matchup com o Mendes é bem mais complicado. O irlandês é um excelente striker, e tem alguma chance de nocautear o nosso manauara. Agora contra um wrestling de nível o bicho pega.

        • Felipe Paranhos

          E o UFC tá tratando isso com o maior cuidado, né? Jogou o Dennis Siver pra ele agora, um striker muito polido, mas lento e que perdeu pra todo adversário de maior nível que enfrentou.

          • Bart Simpsons

            UFC mostrando que está disposto a blindar o irlandês, para que ele continue mantendo a invencibilidade até a disputa do cinturão. Depois, quando McGregor pegar o Aldo, e o brasileiro atropelar, aí ainda tem gente que vai dizer que não sabe pq isso aconteceu.

        • Bart Simpsons

          Sinceramente, as dificuldades encontradas por Aldo no combate com Mendes, foi justamente por Mendes ter um jogo bem completo, trocação + wrestling + movimentação + bom gás, coisas que o McGregor não tem. O irlandês tem apenas a vantagem da envergadura e tem até boa trocação, no entanto isso não seria nenhum problema para o brasileiro. Lembremos que parar para trocar porrada (coisa que o McGregor adora fazer) com Aldo, é pedir pra ser nocauteado. mcGregor pode até ser um excelente striker como você citou, mas José Aldo é nivel acima, já é de um bom tempo pra cá, o melhor striker de todo o UFC. O “bobo da corte” teria que conseguir montar uma boa estrategia para derrubar o campeao, e ainda assim seria muito complicado, uma vez que o manauara também tem grande facilidade e habilidade de ler a luta enquanto esta acontece e adapta-se. Só para lembrar, McGregor enfrentou Max Holloway em sua segunda luta no ufc, venceu por decisao unanime, mas em determinado momento da luta, viu que o garoto havaiano tb é muito bom trocador, sendo assim “the notorious” preferiu levar a luta para o chão e permanecer lá. Esperto e inteligente da parte dele, no entanto, no caso de estar levando um atraso na trocação diante de Aldo, se o irlandes tentar levar para o chão, corre serio risco de ser finalizado, além disso, derrubar Aldo é tarefa dificil até mesmo para um all american como mendes, imagina para alguém que nao tem essas caracteristicas. Eu duvido muito que McGregor ganhe de Mendes, Edgar e até mesmo Swanson e Lamas, imagine do campeão.

          • Felipe

            Calma lá, existem algumas dúvidas para esse duelo. A maior delas é como aldo se comportaria diante de alguém em vantagem física, algo único em sua carreira. O mcgregor vem do boxe, era um pugilista profissional antes de entrar para o mma. Embora o aldo seja mais experiente e completo em pé, existem algumas brechas. Principalmente os golpes abertos do manauara. Lembrando também que o aldo já se complicou com o Frank Edgar, zumbi coreano e Ricardo lamas nos últimos rounds, e não sabemos como mcgregor atuaria até o round final. São alguns pontos a serem esclarecidos.

          • Bart Simpsons

            McGregor luta num posicionamente que lembra bem mais o de um carateca do que de boxeador, mas enfim, a vantagem física a qual você se refere, eu vejo apenas como a vantagem na envergadura, pq na força de verdade, Aldo não fica para trás.
            Você fala em brechas no jogo de Aldo e, é claro que elas existem, afinal todos os lutadores do planeta tem brechas no seu jogo, não existe esse perfeito. O grande lance é quem consegue se aproveitar melhor do erro alheio,e nesse lance, Aldo é um mestre. Seria uma luta como o brasileiro adora, já que o irlandes gosta de vir p frente e dominar as ações, enquanto Aldo adora jogar matando e intimidando o adversário na base do contra-ataque.
            Sobre a questao do preparo físico, se nessas lutas anteriores pareceu questionavel, contra Chad, o brasileiro mandou bem e conseguiu lutar os cinco rounds sem se cansar tanto asssim.

          • Felipe

            E cara, ele levou o Holloway para o chão depois de romper o ligamento cruzado no meio da luta. Ele vinha dominando até então.

    • will

      Só nos seu sonhos meu amigo. A diferença entre o McGregor e o Aldo é um abismo técnico. Vou te contar o futuro. Em 2015 Aldo vencerá o irlandês e, na sequência, subirá para os leves. O cinturão interino dos Penas ficará entre Mendes-Swanson-Edgar. O irlandês é peixe pequeno num tanque de tubarões!

      • Felipe

        Apostaria dinheiro no Conor contra o Swanson.

  • Bart Simpsons

    Realmente a vida ficou complicada para o Chad depois dessa derrota, mas ele não pode se abater assim. É um cara talentoso, mostrou que treinou bastante e evoluiu, foi guerreiro tb, uma pena que ele enfrentou um cara absurdo, um cara que é um mito, uma verdadeira lenda, José Aldo. Enfim, Chad é novo, tem apenas 29 anos e, tem que lutar para conseguir mais uma vez a chance pelo cinturão. Aldo sempre revelou que gostaria de subir de categoria, primeiro pq ele tem problema com peso, segundo pq ele disse que quer ganhar em duas categorias e se tornar de vez uma lenda do UFC. Pensando assim, acho que Aldo fará no maximo mais duas lutas na categoria dos penas, sendo uma contra o vencedor de cub vs edgar e outra quase que certamente contra o “bobo da corte”, conor mcgregor, deixando então o caminho “livre” para que Chad viesse então finalmente a ganhar o tão sonhado cinturão dos penas.

    • Felipe Paranhos

      Esse é, realmente, um cenário possível a partir do ano que vem. E, mais uma vez, tudo depende do Aldo.

    • will

      Ele devia esperar. O Aldo vai subir pros Leves.

  • Cauã Albuquerque

    Antes da luta os analistas de buteco diziam que o Mendes não teria chances, que não tinha pegado nenhum top. Eu não fico mais chateado com esse tipo de gente. Eles são importantes pro esporte crescer mas de nada entendem. Não vou dizer que o Aldo vai reinar absoluto e blá blá blá… Até pq cansei de ver categorias passando por isso: foi assim com o Jones antes do Gus, foi assim com o Barão, com o Anderson, e GSP se aposentou com uma luta parelha. Todo ano surgem novas promessas, Swanson evoluiu muito (apesar de achar que Aldo vence), Bermudez vem forte na categoria. Não vamos fazer alarde. Vamos curtir o momento. Relaxa.

    • Felipe Paranhos

      Faltou completar com “Carpe Diem”! hahaha

  • Jonas Angelo

    Cara, já pensou Mendes X Dillashaw (que porradaria)? ou Mendes X Faber (na minha opinião, Chad ganha)? ou Mendes X Cruz (uowww)? ou Mendes X Barão (sangue no zóio)? Creio que ele não desce, mas que o cenário é fantástico, disso não tenho dúvidas!

    • Felipe Paranhos

      Lutaças, todas!

    • will

      O Mendes ganha todas, menos contra a Cruz. Iria ficar na mesma situação nos Galos, sendo o segundo melhor. Cruz e Aldo são amplamente dominantes.

      • Jonas Angelo

        Will, eu não teria tanta certeza assim cara. Veja bem, olha a revolução que Ludwig está causando na Alpha Male, Dillashaw e Chad evoluíram a olhos vistos com a chegada dele. Não vejo Cruz tão dominante assim, como Aldo por exemplo. É importante lembrar que talvez o cara que mais tem punch nos Galos é o Barão, e que o punch que o Chad mostrou contra o Aldo foi assombroso, ou seja, Money baixando de categoria faria uma boa frente à Cruz, ao meu ver.

    • Renato Rebelo

      Jonas, Faber falando sobre os treinos com o Mendes: http://sextoround.com.br/13774-faber-sobre-mendes-mais-duro-da-academia/

      • Jonas Angelo

        Ter “minha bunda chutada” foi ótima. hehe. Também acho que Chad ganharia com folga em condições normais (excetuando fatores psicológicos, etc).

  • Rodrigo Purgato

    Me colocando no lugar do Mendes, me manteria nos Penas aguardando ansiosamente pela desmotivação do Aldo depois de limpar a categoria e sucessivamente sua subida para os Leves, o que pra mim, não está tão longe de acontecer, vencendo McGregor e talvez o Swanson pra não deixar dúvidas, acho que o Aldo alçará voos maiores. Principalmente pela idade, 28 anos não é nada no MMA, e olhando pra cima e enxergando no mínimo – fora o campeão – 5 postulantes ao título, a concorrência e os grandes desafios devem apetecer o campeão. Ele subindo o Chad pode imperar.

    • Felipe Paranhos

      Verdade, esse é um ponto importante. Não duvido, de fato, que a partir do ano que vem, sobretudo já tendo vencido Conor McGregor, ele salte pros leves. O assunto é antigo, mas o tempo vai passando e o corte de peso pra 66 kg tende a ficar mais difícil.

    • will

      Concordo, o Aldo vai ter que subir por um motivo simples: grana! Nos leves o leque de super lutas é muito grande. Ele lucraria uma fortuna contra Pettis, Cerrone e Khabib(?!). Já pensou uma luta contra o russo? Eu não consigo nem imaginar o que iria acontecer.

  • will

    É melhor ele esperar a luta entre Cruz vs TJ. Se o Cruz vencer muito bem, fica difícil pro TJ exigir qualquer coisa. E ainda é cedo pra ele desistir dos Penas. O Aldo pode subir se ganhar facilmente do McGregor. Uma super luta contra o Pettis. Sobraria até pro Barão subir também.

  • Thiago Santos

    Penso que faltou uma opção no texto que seria ele ir lutar em outra organização.

    Vejo como uma possibilidade, visto que ele teria que esperar durante muito tempo para novamente ser um title shot.

    • Jonas Angelo

      Bellator?

      • Thiago Santos

        Acho que como novo desafio, uma nova empresa e uma nova carreira. Não seria loucura e ele poderia inclusive ser melhor remunerado.

        • Felipe Paranhos

          Pô, não acho boa ideia. Acho um tiro no pé, de certa forma. E se ele chega lá e perde pro Pitbull, por exemplo? Faz o quê?

          • Thiago Santos

            Felipe, perder e ganhar faz parte do jogo. A questão é que dessa forma ele tem como aumentar o salário / ser campeão / e não lutar contra seus companheiros de luta.

  • Raphael Seiji

    Chad Mendes deverá, em uma decisão acertada, permanecer na divisão dos penas, vez que o futuro do Aldo converge cada vez com os 71kg.

    Quanto ao eminente confronto Aldo x McGregor, além do gap técnico existente, vejo que a envergadura de Notorious e a possibilidade de jogar na média distância, poderá o encaminhar pra uma sessão de low kicks do Aldo e todos nós sabemos o final deste filme. Chad foi o único capaz de encurtar a distância em todos os rounds com o Aldo e acabou evitando a principal arma do manauara.

  • Talvez o TJ Dillashaw vaze pro Colorado atrás do Duane Ludwig, que definitivamente não tem relacionamento bom com o Urijah Faber. E, se o Dominick Cruz vencer o TJ (o que eu acredito que vai acontecer), poderia abrir um caminho pro Chad Mendes.

Tags: ,