Aldo e McGregor lotariam um estádio no Brasil?

Lucas Carrano | 27/10/2014 às 15:39
Conor conhecendo uma favela

Conor conhecendo uma favela

Na última semana, escrevi aqui no Sexto Round sobre o que esperar da presença de Conor McGregor no Brasil.

Bom, é claro que, conforme aguardado, foi uma passagem marcante, mas de uma forma um pouco diferente da expectativa.

A começar pela sexta-feira, 24 de outubro, momentos antes da pesagem oficial, naquele que provavelmente ficará marcado na trajetória do UFC como o “mais vexatório Q&A (perguntas e respostas) da história”.

Reconheço que não é fácil para todos achar o tom das provocações e o é alto o risco de cruzar a linha tênue que separa a alfinetada da barbárie, especialmente diante de um expert no assunto como Conor McGregor, mas o que se viu no Maracanãzinho foi um verdadeiro show de horrores.

Para ilustrar, destaco apenas um momento: aquele no qual até mesmo McGregor (para muitos um cara de leitura difícil quando está interpretando ou não) despiu-se completamente do personagem e respondeu com ira genuína, e justificável, ao ouvir sua mãe ser atacada sem o menor pudor.

No entanto, além de condenar, é possível também tentar entender o que essas cenas lamentáveis vistas na sessão de perguntas têm a nos dizer.

E fico com a resposta de que a fúria cega demonstrada pelos presentes pode ser um bom indício de que o irlandês conseguiu a atenção do torcedor brasileiro – e mais: caminha a passos largos para ser seu grande vilão.

"Fazer capoeira no Rio de Janeiro foi uma das melhores experiência que tive na vida. Nunca imaginei chegar até aqui"

“Fazer capoeira no Rio foi uma das melhores experiência que tive na vida”

E por que isso é importante? Ora, na condição de hype train incontestável, próximo desafiante ao cinturão garantido e agora postulante ao cargo de “inimigo público número um do Brasil”, Conor eleva o combate contra José Aldo a outro nível: de um grande duelo a um potencial main event em um estádio de futebol.

Sim, amigos, passando o carro na frente dos bois e descumprindo o manual básico de redação jornalística (na esperança de que compreendam minha boa intenção e sigam a leitura até o fim), antecipo a resposta que norteia este texto e revelo que este que vos escreve acredita que Conor McGregor e José Aldo podem encabeçar um card em estádio de futebol.

A primeira razão é o próprio Aldo.

O manauara capitalizou bem na condição de único campeão brasileiro e salvador da lavoura, tendo lotado (com cerca de 12 mil pessoas) o Maracanãzinho em um card que estava completamente dependurado em sua luta.

Além disso, só para não dizer que passei batido pelo ponto alto do fim de semana, não há como negar o impacto positivo de uma luta como aquela na imagem de qualquer um – que dirá no caso do atleta da Nova União, que tem tanto a desenvolver midiaticamente.

O saldo foi tão positivo, que após o fatídico episódio do despropositado empurrão no Maracanã, Aldo arriscou-se no trash talking depois da vitória sobre Chad Mendes, e a meu ver saiu-se bem.

“O reinado está completo. Tem o rei, que sou eu, o príncipe, que é o Chad, e agora temos o bobo da corte, que está falando muita besteira”, disse o “Campeão do povo”, parafraseando o baixinho Romário, em clássico ataque ao então companheiro de equipe Edmundo.

O outro lado desta história também rende muito. Além de suas habilidades comunicativas e potencial midiático, Conor McGregor rasgou elogios ao Brasil e aproveitou bastante sua estadia (sinalizando, quem sabe, que pode ter um desfecho de trégua semelhante ao de Chael Sonnen?).

Eu estou amando o Brasil. O povo é muito apaixonado, como o meu povo (irlandês). Eu amo paixão, me alimento disso. Eles querem minha cabeça numa bandeja… É lindo como eles defendem o herói deles”, disse o ruivo em coletiva com a imprensa local.

jose-aldo-ufc-1791

Aldo barulhando Mendes

Porém, é possível que a grande vitória do Notório tenha vindo justamente no sábado, dia do evento, quando mesmo após a batalha histórica no Maracanãzinho, o irlandês conseguiu ser citado tanto pelo campeão quanto pelo desafiante derrotado em suas entrevistas.

Some os fatores mencionados a um co-main event de peso (uma superluta de Anderson Silva ou Bethe Pitbull x Ronda Rousey, por exemplo) e outras presenças de nome, como Cigano, Shogun, Belfort e/ou Minotauro – o último em sua possível despedida profissional.

O resultado: card em um estádio de futebol, eu diria na Arena da Baixada.

Com todo do cenário montado, justamente quem deveria estar fazendo cosplay do Coringa e rindo de uma orelha à outra, possivelmente deve estar um pouco arrependido: o apressado presidente Dana White, que resolveu antecipar o anúncio de McGregor x Dennis Siver para antes do UFC 179.

Embora não tenha falado diretamente sobre o assunto em suas entrevistas, conforme muito bem lembrado pelo sempre sagaz Renato Rebelo, o careca não escondeu o tom ligeiramente decepcionado com a atual conjuntura dos fatos.

Não é pra menos. Já imaginaram o que seria um TUF Brasil 4 com Conor McGregor e José Aldo como treinadores?

Abraços!

  • Rafael Cunha Caroline Reis

    A grande questão é se o Notório estaria realmente preparado para ser jogado aos leões. Apesar de bons lutadores, não dá pra considerar Dustin poirier, diego brandão e max holloway no nível de Aldo, Mendes, Swanson e Edgar.

    Da mesma forma que venderia MUITO Mcgregor vs aldo, em teoria seria uma vitória a lá miocic vs maldomito, talvez nem tanto. Mas de fato acredito que aldo venceria de forma incontestável, abaixando a bola de Mcgregor a patamares normais, acredito que o grana white vai deixar a chapa esquentar um pouco mais e promover algo desse porte para o 2º semestre de 2015, isso se mcgregor não tropeçar em algum leão no caminho. Yan Cabral disse hoje que Hacran dias mataria o Mcgregor, isso seria divertido de assistir.

    Em termos de rivalidade, contra o mendes está 2 x 0. Seria hoje o Mcgregor o principal rival de aldo? Estaria ele para o aldo, assim como Rampage para o Wand? Sonnen para o AS ? Couture para Liddel?

    Enfim, abraço e parabéns pelo texto Lucas!

  • Aquela “perguntas e respostas” da galera com o Mcgregor foi realmente grotesca!
    A Paula Sack perdida tentando algo que seria impossível: “Pô, pessoal, vamos fazer perguntas” Suplicava a loira, mas era um pior do que o outro.
    E será que não teve ninguém para avisar o Connor que “Mamacita” não faz parte do nosso vocabulário, pois isso fechava com chave de ouro a palhaçada!

    • Dan Mendes

      Alguém deve ter falado em algum momento da estádia dele no BR, porém ele continuou falando para provocar. Ademais é melhor chamar de “mamacita” do que de “piriguete” ou “novinha”.

  • Paulo Melo

    Ótimo texto ! Pergunta bem difícil de responder hein ….
    Depende de quantos lugares disponibilizarem para o UFC em um estádio , mas em qualquer circunstância , eu duvido que algum evento do UFC por aqui tenha mais de 25 mil pessoas , pensando na hipótese mais otimista de todas .
    Se caso o Werdum ganhe o cinturão interino e pensando com otimismo ( não acredito que isso aconteça ) o Belf4 vença o Weidman , o Brasil com 3 cinturões , faria com que o interessa aumentasse mais ainda nessa luta , além disso como citado no texto , lutas do Spider e luta de aposentadoria do Minota aumentaria a expectativa e vendas dessa luta do Aldo com o Conor , mas como eu disse , mesmo com tudo isso acredito que 25 mil pessoas no máximo iriam ao evento , se é essa a quantidade de pessoas que colocariam pra lotar, a resposta da pergunta é SIM , se for mais que isso , não acredito que estará lotado .
    Acho que essa luta tem mais condições de ter casa cheia na Irlanda do que por aqui, isso na minha humilde opinião rs
    Em todo caso tudo isso foi muito bom pro Aldo , o “falador” Conor vai abrilhantar ainda mais o status do Campeão do Povo .

    • Rafael Cunha Caroline Reis

      sem falar no preço do ingresso, R$ 240 arquibancada é pra derruba os butiá do bolso. Esse foi o preço do último evento em Jaraguá do Sul, moro a uns 120km de distância e tenha muita vontade de ver um evento ao vivo, mas não a esse preço. Pra lotar um estádio teria que ser algo em torno dos R$ 100 por cabeça, com um card recheado dá pra pensar em 40mil pessoas.

      • Paulo Melo

        Aqui em SP, a final do TUF BR 3 tava R$ 300 a arquibancada , só fui pela proximidade e pelo fanatismo mesmo , muito caro !
        Citei a possibilidade de no máximo 25000 com o preço do ingresso como está … se abaixarem ( e muito ) pode ir lá 30000 sim !

        • Rafael Cunha Caroline Reis

          é realmente impraticável, se o cara vai com a namorada/esposa + estacionamento já se vai praticamente um salário mínimo só pra entrar! Alimentação e bebidas deve ser um absurdo também. Pra um esporte quer chegar na boca do povo, o caminho certamente não é esse.

          • Paulo Melo

            Fora as “souvenirs” também que vendem nas lojinhas , tem bastante coisa que instiga a gastar , a comida não é tão cara , mas a bebida eu achei muito cara em todos eventos que fui ( 1 no RJ e 2 em SP )

        • Hei Paulo, e na arquibancada, como era para assistir de lá?

          Tô pensando no Machida X Dollaway em Barueri.

          • Paulo Melo

            O evento que assisti foi no Ibirapuera , mas esse de Barueri deve ser em um Ginásio do mesmo tamanho , eu também vou nesse de Barueri …
            No do Ibira foi sussa pra ver de arquibancada , achei a vista boa … E tb tem os telões com o replay e tal que ajudam muito

  • Bruno Fares

    Local perfeito, e que certamente receberá um UFC aqui no Brasil em breve:

    http://palmeiras.com.br/public/upload/ckeditor/images/allianzparque.png

    • Ricardo Aguiar

      O Allianz Parque vai ter cobertura? Estão cogitando a arena da baixada por causa da cobertura, mas se no Palestra tiver seria muito melhor.

    • Dan Mendes

      Que estádio é esse?

      • Bruno Fares

        Allianz Parque, do Palmeiras.

        • Dan Mendes

          Ah tá! Que maneiro parece europeu.

  • Cristiano

    Alguém além de mim sentiu o Mcgregor pianinho depois de ver a luta do Aldo?

    • Renato Rebelo

      Rapaz, tive a msm impressão. Achei ele meio acuado. Vou falar sobre isso no podcast hj hehehe

      • Paulo Melo

        Até comentei com o pessoal que na hora que o Chad acertou o Upper e o Aldo resistiu , o Conor deve ter pensado : “Putz !!! O que foi que eu fiz ???? Mexi com gente grande ” rs

    • Jonas Angelo

      Concordo contigo Bruno, ele baixou bem o tom, elogiou os dois lutadores e deu uma cutucadinha de leve dizendo que “sua confiança está no céu”. Mas baixou a bola c-o-n-s-i-d-e-r-a-v-e-l-m-e-n-t-e. Acho que vimos no sábado que temos um campeão de nível beirando a perfeição (quando entrega tudo de si como fez), um Chad vindo atrás mas ainda longe de superar, Edgar e Cub logo depois junto com o McGregor nesse bolo.

      • will

        McGregor não passa pelo Edgar. Sinceramente.

        • mazzaropi

          Passa fácil!

          • André Guilherme Oliveira

            Sera Mazzara ?
            Não sei nem se ele passa pelo Siver. Vai ser luta dura pro engomadinho.

          • mazzaropi

            Andrezão meu amigo, faz uma análise diferente… considere sempre 50 pra cada lado em todas as lutas, mas Silver volta de punição de doping e Conor está em ascensão total e dando espetáculo! Silver e seu melhores golpes estavam na categoria de cima, inclusive aquele meio giro certeiro no estômago, mas Conor com um arsenal de porrada está nocauteando todo mundo. Lembro-me bem que esta era a mesma dúvida da galera quando Jones enfrentou Shogun. Todos diziam que ele não tinha pego ainda um cara top… kkk!

          • André Guilherme Oliveira

            A minha duvida com o jogo do Siver é que ele deve ir pra levar pro chão, e como o Connor tem suas derrotas por finalização e ainda não ficou de costas pro chão no UFC vai ser interessante ter esse tira teima.
            Na trocação o Siver simplesmente não aguenta, mas e no jogo de isometria ?

    • will

      Gente, vocês caíram na pilha do McGregor. Ele não mostrou nada demais. Parece que está todo mundo surpreso com o desempenho do Aldo. O cara luta assim desde de 2005! A surpresa foi o Mendes. Esse sim mostrou ser um monstro. O McGregor não passa nem pelo Mendes.

    • kkk.. verdade!

    • Dan Mendes

      Não vi isso, não. Até por que o Aldo não mostrou nada que ele já não tinha mostrado.

    • mazzaropi

      Você falar sobre Connor mostra o quanto ele está em alta meu amigo… kkk!

  • Rodrigo Tannuri

    Eu tenho certeza que Aldo x McGregor lotaria um estádio seja no Brasil ou na Irlanda. Como você citou, o Q&A foi realmente uma vergonha. Eu estava lá e fiquei enojado com o comportamento da galera. Não entendi tanta ira do povão contra o irlandês, já que este não foi tão, digamos, agressivo, como o Sonnen no Trash Talk, mas, realmente, isso mostrou um grande interesse em vê-lo cair. Aldo citá-lo também foi um indício de que o irlandês é visto sim como uma ameaça, o que vai contra o que ele pregava. Se antes ele minimizava, agora, ele tem dado um certo destaque ao rival. Aliás, o próprio Aldo é uma das armas pra lotar o estádio. Todos sabem de sua capacidade como lutador. Mesmo não brilhando como outrora, ele atraiu a galera. Lutando da forma que vimos no sábado, o interesse do público passa a ser ainda maior. Podemos dizer que ele conquistou o devido respeito e muito disso se deve ao Mendes, que o exigiu ao máximo. Isso tudo somado a provocações será uma mistura explosiva. O UFC não será bobo de elaborar um card normalzinho. Tem que ter essa mega luta e outras com vários atletas populares. Só fico chateado pelo Cub Swanson, que está sendo totalmente preterido, mesmo tendo evoluído monstruosamente.

    • mazzaropi

      Torcedor fanático não é bom nunca em nenhum esporte… Só faz merda!

      Se Conor é uma ameaça, então é esta luta que quero ver!

      Aldo mostrou muitas brechas no jogo com Mendes e acredito que Conor usará todo este aprendizado…

      Eu acho que Aldo perde desta vez… (Antes que algum tonto diga algo saiba eu sou fã número um do Aldo)

  • will

    Acho a idéia do TUF entre eles fantástica. Iria ser bom para o público conhecer melhor o Aldo e mudar a imagem dele. Com relação a luta em si, não vejo nenhuma chance para o McGregor. Vai ser nocaute e rápido.

    • mazzaropi

      O que te faz achar que Conor é luta fácil pra alguém?

      Até agora o cara só deu show amigão!

      Ele pode até perder (como já perdeu), mas até agora vem dando um bellíssimo show!

      • will

        É luta fácil pro Aldo! O McGregor é um bom lutador, nunca disse que ele era ruim. A diferença entre eles é muito grande.

        • Hoje em dia eu acho que não dá pro McGregor. Ele tomaria tanta bica naquela base de carateca que voltaria com elefantíase pra casa. Ele poderia repetir a estratégia do Mendes e encurtar a distância pra minimizar os chutes e fazer a luta virar uma disputa de boxe. E aí sim teríamos uma parada maneira, visto que o McGregor é mais boxeador que o Chad Mendes. Mas ainda assim o Aldo tem mais ferramentas.

    • Mas seria melhor um TUF americano, não um aqui no Brasil, pra aumentar a popularidade do Aldo onde se vende PPV e, assim, aumentar a grana dele.

      • will

        O público dele é aqui mesmo. Americano não dá a mínima pros lutadores brasileiros. A única exceção é o Wand. Eles idolatram ele por lá, as viúvas do Pride.

        • Americano dá muito por lutadores brasileiros. De modo geral, eles não encaram o MMA como uma disputa de países. Tinha muito americano torcendo pelo Cigano, pelo Anderson contra adversários americanos. Lá não tem essa besteira que tem aqui.

          • will

            Besteira na sua opinião. É essa “besteira” que atraí o grande público para o mma e sustenta o esporte. Ou você acha que os Canadenses pagam PPV pra ver americanos lutando? Ou que os americanos torcem contra Cris Weidman ? Ou que os irlandeses torcem contra o McGregor? Aqui no Brasil muita gente torcia contra o Spider e torce contra o Aldo. Normal, mas isso é a exceção e não a regra.

          • Lutas principais no Canadá:
            Jon Jones vs Alexander Gustafsson
            Jon Jones vs Vitor Belfort
            Jon Jones vs Lyoto Machida
            Lyoto Machida vs Mauricio Shogun
            Anderson Silva vs Thales Leites
            Urijah Faber vs Renan Barão
            Demetrious Johnson vs Ali Bagautinov
            Rashad Evans vs Dan Henderson
            Michael Bisping vs Tim Kennedy
            Junior Cigano vs Shane Carwin
            Chuck Liddell vs Rich Franklin

            Sim, caro amigo pouco informado, muitos americanos torceram pro Anderson e pro Lyoto contra o Weidman, muitos torceram pro Cigano contra o Mir e o Velasquez e por aí vai.

            Forte abraço.

          • will

            Mas uma vez eu repito, quem sustenta o UFC são os fãs “comuns” que torcem pelos lutadores do seu país. E eu não entendo qual o problema disso?

          • Quem sustenta são os fãs comuns que torcem pra quem quiserem. Não há problema algum em torcer por quem quer que seja, apenas a questão de TER que torcer por um compatriota é uma parada muito, mas muito, tosca e uma besteira sem tamanho. Ainda bem que quem gosta de futebol americano não precisa cair nessa esparrela pra curtir o esporte.

  • André Guilherme Oliveira

    Acho que se o Aldo tivesse a aparelhagem do TUF por uns tempos ele aprenderia inglês e daria um jeito de ir treinar la na Alpha Male.

    • will

      Ficou doido! Ele nunca abandonaria o Dedé. É como um pai pra ele.

      • André Guilherme Oliveira

        Eu sei cara, só tou comparando a aparelhagem. Depois de um TUF ele vai ir pra NU se sentindo igual um menino indo no clube do bairro depois de visitar o Wet’n Wild.

        • Rafael Cunha Caroline Reis

          espero que esteja se referindo apenas a estrutura.

  • Rodrigo Tannuri

    Só digo algumas coisas: “Olá, senhoritas! The brazilian mamacitas like my hair. Talk is cheap. His body is weak. I don’t speak trask. I speak the truth. Obrigado.” kkkkk

  • Johny B. Good

    Será que Curitiba tem população com interesse em MMA pra sediar um evento desse porte? Sei que Curitiba tem tradição no mundo da luta com a famosa academia Chute Boxe e afins, mas será que lotaria um estádio? Acho que só uma metrópole global como São Paulo ou Rio de Janeiro teria poder pra encher um estádio desse com tranquilidade.

    • Rafael Cunha Caroline Reis

      também acho que só são paulo e rio, infelizmente.

    • mazzaropi

      São Paulo.

  • Michelle Souza

    Lucas, parabéns pelo excelente texto!
    Na minha humilde opinião acho que Aldo e McGregor lotariam
    um estádio de futebol.
    Aldo definitivamente caiu nas graças do povo brasileiro.

  • Dan Mendes

    Cara, que bagulho bizarro esse Perguntas e Resposta. O UFC tem que aprender que Brasil não deve tratar o Brasil como um país sério e o povo, em sua maria como gente. Posso estar sendo injusto, talvez em outros cidades do Brasil não seria tão escroto.

    Agora com certeza não eram fãs do esporte que estavam lá. Um dos cretino chegou a dizer “o Aldo é especialista em Muay Thai, vai lhe derrubar fácil”.

    • Rafael Cunha Caroline Reis

      De fato, esse evento não deveria existir no brasil, não dessa forma. Não sei como, Talvez uma coletiva de imprensa somente com pergunta dos fãs.

      • Q&A com idolos brasileiros funciona bem. O problema é vir nego de fora, potenciais adversários. Aí o ódio e a falta de educação daquela corja vêm à tona. Me senti envergonhado na sexta-feira.

  • Dan Mendes

    Uma pergunta: a Ronda fazer co-luta principal seria por questão de peso? Por que acho que ela contra a Bethe seria maior que o Aldo e qualquer um. Se não me engano já vi algum dizer isso que quando há mais de uma categoria a que prevalesse é a de maior peso.

    Também o Anderson, acho que venderia mais com ele de luta principal com o Bisping talvez.

    • Yuri Yamaura

      Tem essa do peso, mas não é regra, tanto que Aldo x Lamas foi co-main event de Barão x Faber.

  • Dan Mendes

    Já imaginei um TUF BR 4 e tomará que não tenha.
    Seria transmitido 2 da manhã, edição de big brother privilegiando briguinhas interna, gincanas tipo domingo legal e daria um jeito de mostra bunda (seria a melhor parte, confesso).

    (acho que me empolguei no comentário. Desculpa EU)

  • mazzaropi

    Conor está em alta!

  • William Terres

    Porra, eu fui elogiar o McGregor e tomei uma vaia sonora da galera. Tinha bolado uma pergunta decente pelo menos

    • Rodrigo Tannuri

      Eu vi isso. Fiquei com pena de você, na moral. Papel ridículo que o público fez. Vexatório mesmo!

    • Pô, foi você? Receba então minhas congratulações. Fiquei puto quando aconteceu aquilo.

      • William Terres

        Era eu sim! Tinha nego que queria sair até na porrada comigo por causa daquilo hehe

  • Yuri

    Tiro meu chapéu pro Conor que aguentou aquela algazarra, manteve a esportiva e não perdeu a compostura.

  • Guilherme Nixon

    McGregor mito !!!

Tags: , ,