UFC FN 52: os palpites da equipe do Sexto Round

Renato Rebelo | 18/09/2014 às 22:13

Na madrugada de sexta para sábado (aqui no Brasil), a lendária Saitama Super Arena recebe a 52ª edição do UFC Fight Night.

O card, que costuma deixar a desejar nesse subproduto da Zuffa, me parece bastante atraente – principalmente para saudosistas do Pride e o público asiático.

Sem muita enrolação, vamos aos palpites dos colunistas do Sexto Round para as principais contendas:

ROY_MARK

Felipe Paranhos: O gordinho americano tem cardio pra só um round, não dá um chute sequer e confia só em seu overhand de direita, apesar de ter bom BJJ. Hunt é mais completo em pé, mas o descaso nos treinamentos – começou o camp com 160 kg – e o corte brusco de 8 kg em 24 horas me faz reverter minha opinião inicial. Nelson por TKO no primeiro round.

Lucas Carrano: Meu palpite para essa luta já era Big Country, então fiquei bastante feliz, e ainda mais convicto, quando vi que Hunt está deslizando no corte de peso – mesmo na categoria onde isso nunca foi problema. Roy Nelson nocauteia no primeiro round.

Lucas Rezende: Não vejo o queixo de Mark Hunt como essa muralha impenetrável que tantos enxergam. Nelson é lento, previsível, mas considero-o bem mais resistente, sem falar na inatividade do Super Samoano. Na batalha dos gordinhos, vou com o barbudo. Nelson, KO.

Renato Rebelo: Se por um lado a luta deve se desenrolar em pé e Hunt foi o primeiro não-europeu a abocanhar um K-1 World GP, por outro, as 40 primaveras e a dificuldade cada vez maior para bater 120kg denunciam que a carreira do neozelandês está próxima do fim. Melhor para Nelson que, apesar da baita pança, ainda não dá sinais de cansaço. Palpite: Big Country, TKO no R3. 

TAKA_JURY

Felipe Paranhos: Não entendo por que casar a maior estrela do MMA local numa luta em que ele muito improvavelmente ganhará. Hoje, Jury é melhor em cada aspecto do jogo. A menos que uma decisão à Pearson/Sanchez aconteça, o ex-TUF 15 tem tudo para passar o carro sobre o Fireball Kid. Decisão unânime para o americano.

Lucas Carrano: Triste notícia para o Fireball Kid: se estiver certo, seu cartel em casa recuará para 1-2 (no UFC). Neste caso, o pior para a estrela japonesa foi o casamento da luta. Jury é um dos grandes prospectos da divisão e leva a melhor na decisão dos juízes, sua terceira consecutiva. 

Lucas Rezende: De um lado um veterano do esporte com mais passado que futuro. De outro uma estrela em ascensão invicta. Não vejo como Gomi pode triunfar a não ser com um petardo certeiro. Prefiro crer em Jury colocando o japonês e estrangulando-o, como tantos já fizeram antes. Jury, finalização. 

Renato Rebelo: O Menino Bola de Fogo está sempre a uma mãozada do recolhimento do cheque. A má notícia é que o invicto Fury tem como seu maior aliado o pragmatismo. É daqueles que não se importam em ganhar jogando feio. Por isso, prevejo um repeteco de Jury x Diego Sanchez, com o japa perdido de costas pro chão. Jury, decisão. 

YO_SADDO

Felipe Paranhos: Akiyama era melhor wrestler, melhor em pé, melhor no chão do que Sadollah. Era. Dois anos e meio atrás, antes de seu longo afastamento do mundo das lutas. Amir tem mais recursos no striking, mas sempre foi inconstante e tinha uma defesa de queda ruim. Apesar disso, acredito que seus dois anos sem lutar vão ser menos danosos do que os de Akiyama, que é quase quarentão. Sadollah por decisão.

Lucas Carrano: O ponto chave desse combate é o quanto Akiyama estará disposto a voltar às suas raízes para conquistar o triunfo e salvar seu emprego. Como creio que o sabor do nocaute vicia e o japa não liga tanto assim se fica ou se sai, vou de Sadollah, com melhor ritmo e maior volume de golpes, na decisão. 

Lucas Rezende: Mediocridade e inatividade por conta de ambos contestantes torna esse o confronto mais árduo de se prever. Vou dar um tiro no escuro e ir com o homem mais sexy do mundo somente por seu judô de alto nível, que causou problemas até pra Jake Shields. Akiyama, DU.

Renato Rebelo: No duelo dos caras mais inativos da companhia que não se chamam Dominick Cruz, uma belíssima batalha de estilos – grappler atarracado e experiente versus striker longo e pouco rodado. Vou com o homem do sexy apeal que, apesar de não ter visto a cor da bola no UFC, ao menos engrossou o caldo contra Jake Shields e Michael Bisping. Sexyama, decisão. 

MIE_NAK

Felipe Paranhos: A Cupcake é mais técnica e qualificada. Apesar disso, toma as piores decisões possíveis dentro do octógono. Basta dizer que, na segunda luta contra Ronda Rousey, superou a campeã no striking em longa distância em vários momentos, mas insistiu em levar a luta para o chão. Embora tenha QI de luta próximo do zero, Tate deve vencer Nakai na base da experiência. Tate por decisão.

Lucas Carrano: Por razões de “o meu coração bate mais forte quando ela aparece”, simplesmente não consigo apostar contra Musa Tate, mesmo que ela viva um momento difícil – especialmente no aspecto mental. Aliás, a falta de foco e psicológico frágil podem grandes aliados da estreante Nakai. Whatever, Miesha vence por finalização!

Lucas Rezende: O cartel impecável da japonesa impressiona, mas suas adversárias, não. Como tantos outros orientais estreantes, Tate proporcionará duras boas-vindas para a novata, caso esta também decida lutar como fazia no Strikeforce. Tate, finalização.

Renato Rebelo: Nakai está prestes a sofrer um choque de realidade. Infelizmente (para a judoca), 16 vitórias no circuito japonês não garantem salvo conduto contra ocidentais. Miesha, mesmo vacinada por Ronda Rousey contra essa arte marcial, passará perrengue para sobrepor a força descomunal de Nakai – mas levará na maciota (jab, jab, jab…). Palpite: senhora Caraway, decisão. 

Restante do card (início previsto para as 1h30):

Kiichi Kunimoto vs. Richard Walsh
Kyoji Horiguchi vs. Jon Delos Reyes
Alex Caceres vs. Masanori Kanehara
Katsunori Kikuno vs. Sam Sicilia
Hyun Gyu Lim vs. Takenori Sato
Kyung Ho Kang vs. Michinori Tanaka
Johnny Case vs. Kazuki Tokudome
Maximo Blanco vs. Daniel Hooker

Retrospecto (sofrido) dos colunistas em UFCs (acertos / erros):

Felipe Paranhos: 5-8
Lucas Carrano:  6-7
Lucas Rezende: 7-6
Renato Rebelo: 7-6

E vocês, amigos, como veem as lutas principais transcorrendo?

Abraços.

  • Rodrigo Tannuri

    Eu achei esse main event pra lá de charmoso. Daqui do Brasil, sentiremos o choque de barrigas dessas duas jamantas. Vou de Nelson também. No co- main, creio que o Jury leve com uma certa tranquilidade, por que não por TKO no 2º round?

    Agora, pra mim, se tem uma luta desinteressante, ela com certeza é Saddolah x Akiyama. Ambos são pesos mortos no atual momento dos meio-médios. Quero muito que Kyoji Horiguchi e Hyun Gyu Lim vençam de forma impressionante!

  • Renan Trigueiro

    Po, ng botou fé no Super Samoan. Ele é um dos meus lutadores favoritos

    • Renato Rebelo

      Um dos meus também. Se essa luta fosse há dois anos, botaria minha grana no Hunt, mas acho que, a essa altura do campeonato, o Nelson tem mais gasosa pra queimar. É um casamento bem equilibrado, msm assim…

  • Ruan

    Essa luta entre o Gomi e o Jury vai ser amarrada demais, deveriam ter casado um striker contra o Gomi, igual foi no ano passado, quando casaram Sanchez v Gomi.

    De qualquer modo, espero que Nelson v Hunt seja igual ou melhor que Silva v Stann.

  • William Terres

    Hunt, Jury, Sadollah e Tate

  • Bart Simpsons

    Eu também sei que o hunt é bem melhor tecnicamente, mas com todos esses detalhes do que aconteceu no camp dele, com o queixo de adamantium do big country e mais seu mega soco, isso além de que seu gás está melhor do que o ex campeão do K1, mesmo que não seja muita vantagem, mas numa luta como essa, qualquer vantagem, por menor que seja, pode ser um fator de grande contribuição para uma vitória.

  • Bart Simpsons

    Quanto a luta de tate x nakai, eu quero que dure os 3 rounds, aliás por mim durava até mais de 3 rounds. Quero ver as duas em ação pelo máximo de tempo possível.. hehehe

  • Maykon Douglas

    Hunt TKO
    Jury UD
    Sadollah SD
    Cupcake TKO

  • Carlos Montalvão

    Torço pelo Marcão, mas acho que dá o Brother do Van Damme (em O Grande Dragão Branco) AKA Royzinho. O importante pra mim, é a ~mozão (hehehe) Cupcake sair com a vitória em uma boa performance, apesar de que o porte físico da Chun Li gordinha (eu sei que a Li é chinesa, mas vale a piadinha), esse 16-0 e a má fase da Miesha me assustarem em demasia. Queria, como disseram, que ele lutasse amanhã com aquele fogo que tinha na época do Strikeforce, é questão de honra ela voltar a vence FINALIZANDO a luta. Eu tenho por mim que ela vence por mata-leão no round 2 ou 3, se tudo der certo (talvez eu nem assista a luta pra não arriscar a saúde do meu coração haha)

    • Renato Rebelo

      Segura a Chun Li carcaça!

  • Cauã Albuquerque

    Qualquer dificuldadezinha vira coisa grande em uma luta entre duas baleias sem gás, mas, vou apostar em Hunt por KO. Convenhamos, chega de ser Hilário ver um lutador em atividade e baixo como o Hunt sem conseguir bater 120 kg. Imagina quando aposentar? Pesará 190 fácil.

  • Gabriel Castelani

    Penso que Mark Hunt era um dos que fazia uso de TRT, um cara que estava esquecido e comecou oferecer batalha a todos na divisao nos ultimos anos, me desperta suspeita, lembrando que todos que migraram do PRIDE fracassaram rotundamente. Com a proibicao a ambicao e competetividade foi embora, o fato é que nem o peso ele conseguiu bater! Roy Nelson por finalizacao!

  • Gabriel Castelani

    Acredito que Roy Nelson tenha um dos melhores cardio do UFC! Um cara com
    aquele volume, com pouca massa muscular, que absorve golpes que minaria a
    maioria dos atletas, não é pra qualquer um! O gordinho apesar dos pesares é um
    super atleta, com um coração maior que a pança!

    • João Marcelo Ecco

      Sério? sempre abre o bico no fim do 1R

      • Gabriel Castelani

        A analise tem que ser feita no contexto e no estado do meu comentario, a maioria dos pesos pesados abrem o bico no final do 1 round, o nelson nao tem tamanho de peso pesado, mais carrega o peso de um!

  • Pedro Duarte

    Tarefa absolutamente ingrata apostar entre Hunt ou Nelson. Dois pares de mãos de concreto trocando “gentilezas” para ver qual entra primeiro no queixo do outro. Nelson parece mais durável, mas acho que Hunt leva essa.

  • Andre Fausto

    Meus palpites: Nelson, Jury, Akiyama, Tate.

  • will

    O socão matador do Nelson é barbada. Aposto todas as fichas nele. To curioso pra ver a luta da japonesa. Acho que ela é “suspeitosamente” forte pra uma japonesa. Aposto num nocautão pra Japonesa! Grande evento.

  • Yuri David

    Hunt vem de boas lutas contra cara melhores que o Nelson. Deu trabalho pro Cigano e empatou em 5 rounds com o Pezão . Será que os amiguinhos não subestimaram o samoano? Vou de Hunt nessa!

    • Renato Rebelo

      De forma alguma. Reconheço que ele é o striker mais técnico dos dois. Foi mais por momento e por acreditar que ele – pela idade e inatividade- entrou na curva descendente – enquanto o Nelson ainda não. Como disse em outro comentário, essa luta tendo sido há dois anos, apostaria no Hunt.

  • Diego Cavera

    Tái uma luta que me dói o coração de assistir hahaha, Nelson é figuraça, curto o cara mais Hunt, não consigo torcer contra, quando eu comecei a acompanhar lutas ele foi um dos meus primeiros ídolos, época do K-1, guerra com o Sefo, os 2 de guarda baixa trocando pedrada, mas no papel é bem equilibrada, Hunt tá com o queixo um pouco amolecido perto do que já foi, porém ele tem o meio campo encaminhado, kickboxing técnico, boas combinações, e sou Nakai desde criança, seus videos são legais haha!!!

  • Rodrigo OLiveira

    Nossos especialistas aqui do site acertaram…na lua. Nunca subestimem um gordinho com mãos de jumbo! Hunt KO

    • Renato Rebelo

      1- Ng subestimou ng, são só palpites abstratos – apenas calhou de td mundo ir no msm lutador. 2- Ser profeta do passado é mole. Dá próxima, bota seus palpites antes da luta e corra, como nós, o risco de errar.

  • João Marcelo Ecco

    Felipe Paranhos disse tudo sobre o Roy Nelson. Eu percebo que quando ele não acerta o overhand ou não consegue derrubar se frustra demais, se vai todo gás rapidinho. E foi o que aconteceu…

  • guru

    eu avisei que este pessoal do sexto round tão usando dogras

Tags: ,