Atacando de Joe Silva: lutas a casar pós-UFC FN 47

Renato Rebelo | 18/08/2014 às 08:49

Com os UFC Fight Night 47 nos livros, chegou a hora desse pretensioso jornaleiro que vos fala vestir o chapéu de “matchmaker”.

Mantendo os pés no chão, dispensando confrontos improváveis e ignorando atletas já comprometidos, cheguei aos seguintes casamentos para os principais vencedores:

NUM1Ryan Bader x Dan Henderson

Entendendo que Glover Teixeira e Phil Davis estão casados, Rashad Evans só volta em fevereiro de 2015 e Shogun segue perseguindo Rogério Minotouro, não sobram muitas opções para Darth – que pediu para lutar em sua cidade natal (Phoenix, Arizona) no UFC on Fox 13 de dezembro. Vale lembrar, ainda, que Dana White deixou bem claro que a intenção é fazer Alexander Gustafsson voltar ao circuito contra o ascendente Anthony Johnson em data próxima à Jon Jones x Daniel Cormier. Sei que Wanderlei Silva pediu Hendo primeiro, mas as chances do Cachorro Louco conseguir licença para lutar num futuro próximo são as mesmas do meu Flamengo ser campeão brasileiro esse ano. Então…

NUM2Ross Pearson x Rustan Khabilov

Fazendo justiça com as próprias mãos – assumindo que o hooligan inglês venceu Diego Sanchez em junho-, chegamos à marca de quatro triunfos em cinco apresentações (sendo o no contest contra a Melvin Guillard o ponto fora da curva). Hora do peso-leve da Alliance MMA surfar ondas maiores, então. Que tal oferecê-lo uma vaguinha no top 15 – desde que passe pela Montanha Russa? Curioso pra ver como o homem que defende 83% das quedas propostas se portará contra o Tigre-carrapato que espuma por redenção…

NUM3Tim Boetsch x Nate Marquardt

Com três derrotas em quatro lutas na mochila, o Bárbaro levava uma surra federal de Brad Tavares até que os Deuses marciais – que já haviam lhe dado uma colher de chá contra Yushin Okami– sorriram novamente. Ou seja, apesar do resultado, Boetsch não avança muitas casinhas. Ele, aliás, podia quebrar um galho defendendo seu posto (14º no ranking) contra um experimentado veterano. Nate, o Grande, vem de finalização sobre o neozelandês James Te Huna e parece ter se reencontrado com 84kg. Duelo de brutos!

NUM4Jussier Formiga x Dustin Ortiz

Com Chris Cariaso pronto pro abate (leia-se duelo com Demetrious Johnson no UFC 178) e John Lineker e Ian McCall em rota de colisão, Jussier precisa seguir trabalhando feito formiguinha (curtiram o trocadilho?) para se aproximar do ouro. Isso porque, à sua frente, dois já lhe venceram (John Dodson e Joseph Benavidez) e outros dois estão pegados (John Moraga com Justin Scoggins e Ali Bagautinov com a NSAC). Sobra essa jovem promessa da Roufusport, que vem de duas vitórias e pede passagem. A outra alternativa seria jogar Benavidez para Lineker, assim, Formiga teria a chance de se vingar de McCall – primeiro homem a lhe vencer no MMA, em fevereiro de 2011.

NUM5Thiago Tavares x Tatsuya Kawajiri

Nem o joelho recém-operado atrapalhou o brusco corte de peso e, consequentemente, a estreia de Tavares na nova categoria. Ou seja, o atropelamento de Robbie Peralta provou que o manezinho catarinense será um tanque de guerra com 66kg. Assim, podíamos testá-lo contra outro rapaz que ganhou notoriedade (no oriente) por amassar seres humanos. Falo do “Crusher”, que caiu em abril para o cabeludo Clay Guida e precisa de par para dançar. Essa, inclusive, já valeria uma vaguinha no top 15 para o líder da Team Tavares

Planos para Sara McMann, Ovince St. Preux (que tal Rafael Feijão?) e Gray Maynard, amigos?

Abraços.

  • Isaac

    Caracas, eu já leio as matérias do Renato com a voz dele kkk

    • Renato Rebelo

      Hahhaha que maneiro, fera

  • Léo

    Só corrigindo, Nate, o Grande, vem de finalização (belo armlock por sinal), não nocaute, sobre o australiano James Te Huna. Textos, análises e principalmente trocadilhos cada dia melhores, me divirto lendo as zueiras em análises (quase) sérias AHUHAUAHUAH.

    • Caique Sampaio

      so corrigindo nao e australiano e neozelandês

      • Renato Rebelo

        Tá vendo o que acontece quando a besta aqui vai de cabeça e não checa? Armlock e neozelandês! Obrigado pelas correções, amigos!

  • DEX

    Gray Maynard vs Sofá. Urgente!

    • Felipe Paranhos

      hahahahaha, perfeito

  • Danyel P Lorenzo

    O problema de casar St Preux com o Feijão além de ambos virem de derrota, na minha opinião seria queimar um duelo bem interessante p um melhor fase de ambos. Tem o Hans Stringer que vem de vitória sobre o Bodão, no UFC Shogun Vs Henderson. Tem James Te Huna tb.

    O “lutas a casar” do sexto round mais aguardado que pesquisa data folha em época de eleições.

    • Renato Rebelo

      Hahaha não é pra tanto, meu nobre, mas obrigado pela gentileza = )

  • Felipe

    Rashad seria melhor para o Bader, no sentido de deixa-lo
    próximo a um title shot. Vencer o Hendo não faria nada com sua colocação no
    ranking, e o Rashad voltando de contusão não deve ser tão rápido quanto o habitual.

    • Renato Rebelo

      Também acho. Seria ideal, aliás… Mas o Rashad só volta em fevereiro de 2015 e o Bader quer lutar em dezembro. Como faz?

  • Guilherme Nixon

    Eu colocaria Dath vs Rumble, já que o Hendo pode enfrentar o Wandeco pela terceira vez

  • Caio Abreu

    apaz eu acho que o bader merece coisa bem melhor que o hendo, mesmo respeitando de mais o dinossauro, bader vêem em uma crescente expressiva, na minha opnião merece coisa melhor pensei em uma tipo bader vs cara de sapato ma ACHO QUE darth que não aceitaria, seria um teste de responda pro cara de sapato e pro bader uma boa luta pra continuar em atividade.

    • Renato Rebelo

      Hendo está à frente do Bader no ranking, Caião! E outra(s): Adicionar o nome de uma lenda no cartel é de suma importância e não devemos esquecer que todos achavam que Bader atropelaria o Tito Ortiz…

  • Lucas Pereira Carrano

    Sara McMann x Miesha Tate ou Jéssica Bate-estaca (caso ela vença em Brasília).

    Além do Feijão, Manuwa também poderia ser um adversário interessante para o OSP, mas é o mesmo caso do brasileiro (poderia queimar dois camaradas que vinham de boas séries vitoriosas e perderam as últimas).

    A melhor (sacada de humor) para o Gray Maynard já foi falada: o sofá. Mas é um cara que pode ter destaque quando se aposentar em funções técnicas no futuro.

  • Fábio Pascoaleto

    Ao invés da reprise Shogun x Minotouro (ambos em viés de baixa) porque não colocar o primeiro contra o Bader, e o Minotouro contra o St.Preux?

    • Renato Rebelo

      Justíssimo!

  • Davi Sean Ribeiro

    Maynard só vai ganhar quando lutar contra um brasileiro, tempos bons quando ele treinou na nova união

Tags: ,