UFC 176 e 178: uns com tanto, outros com tão pouco

Renato Rebelo | 10/07/2014 às 21:15
Se Aldo não sarar rápido, pode rolar até cinturão interino

Se Aldo não sarar rápido, pode rolar até cinturão interino

Ontem à tarde, Lorenzo Fertitta deu as caras na Fox americana carregando más notícias: pela segunda vez em sua história, o UFC cancelaria um evento.

Apoiado em apenas dois pilares de sustentação (José Aldo x Chad Mendes e Gegard Mousasi x Ronaldo Jacaré), a edição de número 176 não suportou a lesão do campeão peso-pena e tombou.

Chegaram até cogitar a escalação dos sobrecarregados Frankie Edgar e Ronda Rousey – que teriam cerca de vinte e poucos dias de preparação- para salvar a pátria…

Mas não houve jeito.

Sendo assim, o UFC 176 se junta ao famigerado UFC 151 – que perdeu Dan Henderson (adversário de Jon Jones) em cima do laço e o restante do card (pouquíssimo atrativo, diga-se de passagem) não segurou a onda- nos anais do MMA.

Nos eventos de pay-per-view temos, tipicamente, lutas pelo cinturão no card e, francamente, agora não havia ninguém disponível para inserirmos de última hora no card de agosto”, explicou o irmão Fertitta mais jovem.

Agora, reflitamos: por que, em 150 edições, nunca houve um cancelamento e, nas últimas 26, testemunhamos dois?

Ouço por aí que o Ultimate está querendo abraçar o mundo rápido demais e o punhado de figurões disponíveis não é suficiente para estrelar tantos cards.

Em outras palavras, para atender a demanda crescente de mercados menos tradicionais, os caras estão pulverizando seus ovos classe A em cada vez mais cestas.

Seria esse um crescimento desordenado?

Não era melhor Dana White e sua turma irem, no sapatinho, de pouco em pouco até que a nova geração de lutadores esteja estabelecida?

O careca garante que não:

Acha que tem eventos demais e não quer assisti-los? Não assista! Não posso obrigar ninguém a assistir, mas saibam que estamos indo a novos mercados que estão famintos pelo UFC. Estamos tentando atender a todos e estamos sendo bem-sucedidos”, disse.

Enfim, seguindo em frente, ontem mesmo, pintaram notícias bem mais aprazíveis.

No UFC 178, que rola dia 27 de setembro, em Las Vegas, além de Jon Jones x Alexander Gustafsson 2, foram casados Dominick Cruz (é pra louvar de pé!) x Takeya Mizugaki, Tim Kennedy x Yoel Romero e Amanda Nunes x Cat Zingano!

Nada mal, né?

Quem também se deu bem foi o povo de Connecticut.

O Fight Night 50 de cinco de setembro matou no peito Jaca x Mousasi (main event) e ainda recebe o recheio de Alistair Overeem x Ben RothwellMatt Mitrione x Derrick Lewis e Charles do Bronx x Nick Lentz II (tudo anunciado ontem).

Sempre legal escutar que sua luta foi cancelada pelas redes sociais. Bom trabalho, UFC… Seis semanas treinando para nada, é assim que me sinto – desabafou Mousasi.

Ué, Renato, quantos cartuchos queimados num mero subproduto…

Verdade, mas vale lembrar que o FN 50 cai na mesma noite do Bellator 123.

Ah, a concorrência!

Desde sempre melhorando a qualidade e barateando produtos/serviços!

Vai que, com a chegada de Scott Coker ao rival, cards suculentos passam a pipocar mais frequentemente do lado de cá…

Quando há alguém lhe mordendo o calcanhar, fica mais difícil empurrar gato por lebre.

Abraços.


  • Leo Ferreira

    Um dos problema que eu vejo é a dificuldade que o UFC vem tendo em fazer estrelas. É muito difícil rechear cards principais com lutadores de relevância e com isso, diante da enxurrada de eventos que vem acontecendo, acabam por conter nomes de pouquíssima ou nenhuma expressão, como ocorreu no UFC 174.

    O UFC precisa de heróis, de mais lutadores carismáticos e que tem a capacidade de te fazer ter ansiedade para vê-lo lutar, temos lutadores assim, mas são pouquíssimos.

  • Luiz Fernando Pierotti

    Deixo claro que o convite desesperado que Joe Rogan fez à Ronda Rousey, ao vivo, no final de sua luta no UFC 175 propondo que ela voltasse a lutar já no próximo evento foi de causar vergonha alheia. Detalhe para que entre um corte e outro das câmeras, pudemos ver o chefão Dana White esculachando pouco o host pelo aparente vexame não combinado.

  • Renan Trigueiro

    O card do FN 50 tá melhor do que tava o do UFC 176! O UFC tá perdendo a mão com tantos eventos, por isso que vendem cada vez menos ppv.

    • Antonio

      Vender menos? Cara, o UFC não tem concorrente e visa claramente a popularidade do MMA, então, um amigo meu já cantou a bola sobre eventos classe A, B e C… Eles realmente não precisam estourar de ganhar ppv em todos, desde que o UFC esteja sempre em evidência! No ramo do comércio muita gente não entende porque alguém “diminuiria” o valor de seus produtos… Seria possivelmente para ganhar na quantidade?

  • MARCIO MARTINS

    QUANDO VOCÊ ACHA QUE SÃO PROFISSIONAIS CAPACITADA ESBARA NUMA INCAPACIDADE AMADORA DE TIRAR O FOLEGO,SIMPLES MEU CARO , E SÓ QUANDO MARCA UM EVENTO DESSE NÍVEL PARA QUE NÃO TENHA SURPRESA DEIXA UMA ROTA DE ESCAPE JÁ PREPARADA SE CASO ALGUÉM SE LESIONE VOCÊS TERÃO TAL LUTA HA COMPETIDORES A ALTURA, SÓ NÃO ESTÃO PREPARADOS POR INCAPACIDADE ADMINISTRATIVAS,,,,

    • louco

      Por que está gritando?

    • Renato Rebelo

      BOA!

      • pASQUale

        TÁ SERTO!

    • Tiago Nicolau de Melo

      Pior que o mano Capslock falou umas verdades.

  • Gunther Schweitzer – MMA

    O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA!

    Talvez, isso explique a razão do lutador José Aldo ter
    declarado a seguinte frase: “Se as pessoas soubessem o que aconteceu naquele
    UFC, ficariam enojadas”. Todos os fãs ficaram chocados e tristes por terem canceladoso UFC 176. Não deveriam. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e o Gazzeta delo Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

    Fato comprovado: O UFC CANCELOU o evento UFC 176. Os lutadores
    foram avisados, às 13:00 do dia 05 de Junho, em uma reunião envolvendo o Sr. Lorenzo
    Fertita, o Sr. Joe Silva e o Presidente do UFC, Dana White. Os lutadores permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. A princípio muito contrariados, os lutadores se recusaram a trocar suas lutas para beneficiar o
    maior evento do mundo que declaradamente monopoliza o mercado. A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$700.000,00 para cada lutador, mais um bônus de US$400.000,00 para todos os lutador e integrantes da comissão, num total de US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares) através do UFC. Além disso, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Zuffa nos próximos 4 anos, terão as mesmas bases de prêmios que os lutadores de elite da empresa, como Cain Velasquez. Mesmo assim, José Aldo se recusou a lutar, o que obrigou Joe Silva a escalar outro lutador, mas que no final das contas também não aceitou aluta de última hora, dizendo que José Aldo estava com problemas no joelho esquerdo (em primeira notícia divulgada às 13:30 no centro de imprensa) e, logo depois, às 14:15, alterando o prognóstico para problemas estomacais).
    A sua situação só foi resolvida após o representante da Zuffa ameaçar retirar seu patrocínio vitalício ao lutador, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa milhões de dólares) ao longo da sua carreira.
    Assim, combinou-se que o UFC 176 seria cancelado, porém a apatia que se abateu sobre os lutadores deste cartel em especial, que absolutamente não participaram desta negociação.
    O Sr. Dana White, presidente da Fifa, cidadão americano, aplaudiu a colaboração dos lutadores, uma vez que o UFC trouxe equilíbrio ao mundo das lutas.
    Garantiu que a Zuffa teria seu caminho facilitado entre quaisquer concorrentes existentes.
    Por
    gentileza passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para
    que todos possam conhecer a sujeira que ronda o MMA!

    Desde, já agradeço, Um abraço.

    Gunther Schweitzer – Central Globo de Jornalismo

  • Cauã Albuquerque

    A maior organização do mundo é meio amadora. Já que o pilar do evento seria Aldo vs Mendes pq não falar com Edgar e Swanson pra se prepararem para o caso de lesão lutarem por título interino (não acho justo mas era uma opção) ou lutar contra o que não se lesionou.

  • Amanda Salvato

    Muito bom!!! ahahahah

Tags: , ,