De olho no vice: os
pontos altos do Bellator 170

Luiz Fernando Ferreira | 22/01/2017 às 14:00

Olá, leitores do Sexto Round! Após quatro edições de ausência, a coluna está de volta e com um novo titular. Eu, o estagiário, digo que sempre será um imenso prazer escrever, debater e falar de MMA com todos vocês nesse espaço.

Passando as apresentações, vamos ao que interessa. Na primeira edição da segunda maior organização de MMA no mundo, a cidade de InglewoodCalifórnia (EUA), presenciou o encontro dos “Bad Boys”, Tito Ortiz e Chael Sonnen na luta principal do Bellator 170.

O evento marcou a aposentadoria de Ortiz com uma vitória sobre Sonnen por finalização (de novo, Chael?). No co-main event, Paul Daley nos proporcionou mais um grande nocaute, dessa vez, sobre Brennan Ward.

Vale, também, destacar o anúncio da revanche entre Quinton “Rampage” Jackson e King Mo para a edição do Bellator 175 e o “grande” Kevin Casey conseguindo mais um empate no MMA – dessa vez, contra Keith Berry.

Vamos aos principais destaques do evento de ontem:

O último ato do Bad Boy

O duelo entre Tito Ortiz e Chael Sonnen não só marcava um encontro entre dois falastrões que abusaram do trash talking para a promoção desta luta, mas seria a última vez que veríamos o ex-campeão e membro do Hall da Fama do Ultimate em ação.

A luta foi para aonde todos imaginavam: o chão. Logo no início, Tito conseguiu a queda, mas acabou sendo pego por uma guilhotina de Sonnen. Apesar da posição totalmente desfavorável, Ortiz conseguiu se livrar da finalização.

Ao sair da guilhotina, Tito conseguiu ir para montada e deu início ao ground and pound com cotoveladas. Se mostrando totalmente incomodado, Sonnen acabou dando as costas para Ortiz, que não demorou muito para aplicar um mata-leão.

Aparentemente, o golpe não parecia estar bem encaixado, porém, Chael deu os três tapinhas, obrigando o árbitro John McCartthy a interromper o combate.

A lenda não só encerra sua brilhante carreira com uma vitória sobre Sonnen, mas também sai com o bolso cheio. Tito Ortiz recebeu 300 mil dólares (R$ 954 mil) de bolsa para lutar no Bellator 170.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em

Com o triunfo, Tito Ortiz deixa no MMA um cartel com 19 vitórias, 12 derrotas e um empate. Ele que fez a sua estreia no esporte no ano de 1997 no UFC 13.

O americano, além de membro do Hall da Fama do Ultimate, conquistou o cinturão dos meio-pesados no UFC 25 (em 2000) contra Wanderlei Silva. Tito Ortiz também é o segundo lutador com mais defesas de título na categoria até 93 kg do UFC.

Ainda não caiu a ficha da aposentadoria. Antes da luta, olhei para o meu filho e ele estava chorando, e eu chorei também. Obrigado a todos que me apoiaram, um garoto que não tinha nada e conseguiu o que consegui. Obrigado”, disse o ‘Campeão do Povo’ ainda no cage do Bellator.

Joelhada fatal

No co-main event da noite, Paul Daley buscava a recuperação contra Brennan Ward. O inglês não só voltou a vencer no cage circular como aplicou mais um belo nocaute.

O combate começou com os dois lutadores indo para trocação, mas com Daley sempre à frente e aplicando os golpes mais potentes. Ward conseguiu duas quedas, mas sem muita efetividade.

Com uma sequência espetacular de Paul Daley a penúltima luta do Bellator 170 foi encerrada. O inglês aplicou uma linda cotovelada giratória para em seguida acertar uma bela e brutal joelhada voadora em cima de Brennan Ward.

O nocaute do inglês já é um forte candidato para ganhar o prêmio de “Nocaute do Ano”. Com a vitória, Paul Daley se recupera da derrota para Douglas Lima e volta entrar no bolo por uma corrida ao cinturão até 77 kg.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em

Campos leva a melhor no duelo de xarás

Na luta de abertura do card principal, um combate entre os xarás Derek Campos e Derek Anderson. Com uma sequência de duas vitórias para os dois lutadores, o duelo poderia dar ao vencedor uma chance de disputar o cinturão contra o campeão Michael Chandler.

Em um combate de três rounds marcados pela intensidade dos dois atletas, Campos se mostrou mais agressivo e conseguiu emplacar o seu terceiro triunfo seguido.

Com um primeiro round muito equilibrado, o desequilíbrio só viria a partir do segundo round, já que Campos conseguiu acertar um forte uppercut levando Anderson a knockdown.

O terceiro e último round parecia o primeiro, sendo marcado pelo o equilíbrio, mas com uma queda de Campos sobre Anderson, o “The Stallion” garantiu o round. No final, Derek Campos foi declarado vencedor na decisão unânime dos jurados.

Machida e Bomba nocauteiam e Ralek perde

O evento ainda contou com um trio de brasileiros: Guilherme Bomba, Chinzo Machida e Ralek Gracie.

O ex-TUF Brasil encarou John Mercurio e não teve muitas dificuldades para vencer o americano.

Com um primeiro round praticamente no chão, onde o brasileiro teve o total domínio, foi no segundo assalto que Bomba conseguiu o seu primeiro nocaute no cage circular. Essa foi a segunda vitória de Bomba no Bellator em duas lutas.

Não muito diferente de Bomba, Chinzo Machida agitou o card preliminar com um nocaute sobre Jamar Ocampo em luta frenética.

Em combate bastante duro e com muita trocação, o irmão de Lyoto Machida mostrou bastante coração para vencer mais uma no Bellator.

Chinzo conseguiu um nocaute técnico com um belo direto de direita aos 3 minutos e 48 segundos do terceiro round. Essa foi a quinta vitória do brasileiro no MMA, que também possui duas derrotas em seu cartel.

O único brasileiro no card principal foi Ralek Gracie, que encarou um japonês de mão pesada: Hisaki Kato. O duelo que foi bastante sonolento, recebeu muitas vaias da torcida presente.

No final, o japonês foi considerado vencedor na decisão dos jurados. Essa foi a primeira derrota de Ralek no MMA (em quatro lutas) e logo na sua estreia no Bellator.

Outros resultados:

Emmanuel Sanchez derrotou Georgi Karakhanyan na decisão majoritária dos juízes
Henry Corrales derrotou Cody Bollinger por nocaute no terceiro round
Kevin Casey vs. Keith Berry terminou em empate majoritário por decisão dos juízes
Alex Soto derrotou DeMarcus Brown na decisão unânime dos juízes
Jalin Turner derrotou Gabriel Green por nocaute técnico no primeiro round
Jack May derrotou Dave Cryer por nocaute técnico no primeiro round
Daniel Rodriguez derrotou C. Gonzalez por nocaute técnico no segundo round

  • Daniel Victor

    Acho que o colunista não assistiu direito à luta entre Paul Daley e Brennan Ward… O Ward deixou o Daley tonto umas duas vezes no começo, quedou, acertou mto mais golpes, aí o Daley achou aquela cotovelada giratória outta nowhere e finalizou a luta!!

    • Fala Daniel, beleza? Po eu não senti que o Daley ficou atordoado não, realmente o Ward acertou alguns golpes, mas na minha visão achei os golpes do Daley mais potentes principalmente os dois chutes. Ward quando quedou não fez muita coisa e a luta voltou em pé rapidamente nas duas vezes que foi ao solo. Mas são ângulos diferentes de se analisar uma luta, se fosse para decisão e eu e você fossemos juízes laterais, ia pintar uma decisão dividida hahahaha.

  • Vinicius Maia

    Fala Luiz, eu vi o bellator ontem e gostei do card. Apesar de algumas lutas ruins, achei o evento legal. Ralek lutou mal demais, que que era aqueles pisões meu deus??? No terceiro round que conseguiu a queda fez bonito mas já era tarde demais pra mudar o resultado da luta.
    Porra, que nocaute do Daley, pqp. Que faro de sangue tem o Delay, viu o Ward sentir o golpe e foi pra tudo ou nada. Vou até procurar saber se o Ward esta bem, pois ele caiu mole.
    Na luta principal pra mim deu o obviou, mesmo mais velho que o Sonnen, Tito Ortiz é muito mais lutador que o Sonnen.
    Parabéns pelo texto, sucesso na nova empreitada no site.

    • Fala Vinicius! Obrigado, tentando manter o padrão SR de qualidade , não é fácil haha. Realmente o evento de ontem foi até divertido. A luta da Ralek foi muito sofrida de assistir, nem gosto de lembra haaha…Mas esperava uma tranquila vitória do Sonnen, pela lentidão do Ortiz…Porém, parece que no aperto, o Chael ainda dá as costas….agora quero ver como será o Wand vs “Sonnã” hahaha

  • João Monteiro

    Esse nocaute do Daley foi lindo! PQP!!

  • Fernando Batista Lima

    A luta do Chinzo foi antes do Bomba, não foi?
    Apesar do nocaute, não achei vitoria fácil do Bomba. Vocês viram como estava a perna (coxa) dele? A movimentação já estava um pouco prejudicada no segundo round, se não nocauteasse, poderia azedar no terceiro round.
    Ainda bem que dormi na luta do Ralek. Kkkk
    Que isso estagia? Sem comentários sobre o mito Casey? Desse jeito não vai longe hein… Rsrsrs

    • Verdade, acabei me enganando…sobre a Luta do Ralek seu sono tem grandes chances de ter sido mais animado que esse combate…horrível. Sobre o grande Casey, só posso lhe pedir desculpas pela minha heresia, é mais forte do que eu hahaha

  • Lorenzo Fertitta

    Valeu Luiz Fernando, excelente análise. Só assisti a luta do Ralek (decepcionante), Daley (PQP!!!) e a dos old dogs (previsível), pena que perdi a batalha dos Dereks.
    Duas questões:
    1ª) Você acha que o Guilherme ‘Lovato’ Bomba tem futuro na categoria?
    2ª) King Casey mereceu o empate?

    Abraços e sucesso

    • ‘Lovato” hahahahaha…não dá para duvidar de um lutador que desbancou o Luke Rokhold de forma moralizador, né? hahah…Falando sério agora, acredito que ela possa sim fazer um sucesso na categoria, porém, terá que ser bastante trabalhado, ele tem talento. Sobre o Casey não vi a luta, mas não duvido nada ele ter merecido a derrota rs

      • Lorenzo Fertitta

        É melhor zoar Guilherme ‘Lovato’ Bomba do que Guilherme ‘Bomba’ Lo… deixa pra lá…
        Esqueci de citar o Chinzo, passou sufoco mas conseguiu um belo nocaute. Acho que caso escolha sabiamente suas lutas, pode ter um fim de carreira bem interessante.

    • Idonaldo Gomes Assis Filho

      kkk o Casey foi garfado, ele quase matou o cara no R1, aí fez outros dois rounds bostinhas mas merecia um 29-27 sim em kk

      • Lorenzo Fertitta

        Putz, garfo já na estreia kkkkkkkk se o manager dele souber escolher alguns oponentes a dedo o King pode fazer umas gracinhas aí na categoria. Digo isso pq tenho curiosidade em vê-lo usar o BJJ, até hje não vi mas deve ter alguma qualidade…

  • Fernando Ribeiro

    Eita! só sobra o Bellator pro estagiário falar! não é atoa que o outro pulou do navio kkkkkk brincadeira cara.
    Até pouco tempo atrás eu estava ignorando o Bellator por completo, mas o evento de ontem me fez mudar de opinião. Eu acompanhava o Bellator regularmente quando ainda era dirigido pelo outro cara lá, acho que se chama Bjorn, até mesmo pela facilidade de acompanhar já que passava na tv aberta. Mas desde que o titio Scott colocou suas mãos malignas no Bellator, ughhh, caiu demais a qualidade. O evento passou apostar nas freakices do tipo de Shamrock vs Kimbo. E não precisa desse tipo de coisa, o Bellator tem material pra fazer boas lutas sem se rebaixar desse jeito. Só consegui ver as últimas três lutas. Hisaki Sato decepcionou demaaaaaaais, o bicho que nocauteou o Joe Schiling duas vezes de maneira espetacular, ontem fez uma luta muito abaixo do esperado, ele com medo de ser quedado e o Ralek com medo de ser nocauteado, fizeram uma luta burócratica, digna de vaias. Na luta seguinte tivemos uma ótima performance do Daley, o Brennan que sempre diz que não gosta de levar a luta pro chão se viu forçado a fazer isso, mas o Paul Daley teve calma e conseguiu sair de baixo e levantar, conectou uma cotovelada giratória seguida de uma joelhada voadora lindissima, digna de nocaute do ano apesar de este ainda estar no começo. Os nocautes por Joelhada voadora que estão mais frescos na minha memória são o do Romero e o do MVP, mas esse nocaute do Paul Daley na minha opinião deixou esses dois últimos no chinelo, me deu até um frio na barriga quando aconteceu, top demais.
    O ME foi bem curtinho infelizmente, tava torcendo pro Sonnen mas não fiquei chateado pelo resultado, o Tito merecia aposentar com uma vitória. Aliás, o Tito quando chegou ao Bellator já estava em nitida decadência, acho que deveria ter feito lutas mais propícias pra ele como essa de ontem, com lutadores da velha guarda como ele, não tentar pegar o cinturão do jeito que titio Scott queria. Espero que com o Sonnen não aconteça o mesmo.
    Só vi três lutas, mas vi alguns highlights, o evento foi bem legal sim, espero que continue desse jeito e não com as freakices iguais as do ano passado, pois o Bellator pode fazer coisa melhor que Kimbo vs Dada.

    • Concordo 100% com você. O Bellator tem talentos para fazer card divertidos, não precisa ficar recorrendo o freak toda hora, mas dinheiro não leva desaforo, já dizia Renato Rebelo .

  • https://twitter.com/MikeBohnMMA/status/823242942898900993

    Para quem estava querendo saber, olha como ficou a lateria do Ward após a joelhada…

    • Renato Rebelo

      Carila!

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Se o Gracie fosse mais inteligente tinha vencido, o Sato tava com medo de ser derrubado parece, se ele fizesse o que fez no terceiro os outros conseguia vencer e provavelmente seria bem explorado pelo Bellator. Agora, o nocaute do Daley foi sensacional, o cara caiu seco já… e o Sonnen de ontem se pegar o Wanderlei tem altas chances de levar surra, e eu prefiro o TT dos dois do que com o Tito kkk. Belo texto de estreia e sucesso no site!

    • Luiz Ferreira

      Valeu brother! Sonnen vs Wand deve rolar no meio do ano no Bellator, o TT desses dois vai render e muito…

  • magnuseverest

    Agora é Sonnen e Wand no Rizin ou Bellator.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Semtex vs MVP pra ontem.

    • Vinicius Maia

      Coitado do MVP kkk. Ele fez uma das piores lutas que vi ano passado. Não vejo ele se tornando um lutador relevante se não tiver uma mudança de postura.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Por isso que tá na hora de “separar homens de meninos”.

  • João Vitor Xavier

    Sucesso, Luiz! Começou muito bem, irmão…

    • Luiz Ferreira

      Valeu mestre!! Fico muito feliz que tenha gostado.

  • João Vitor Xavier

    Agora analisando, principalmente, a luta do Ralek…

    Era óbvio que seria do jeito que foi. Um sujeito que não entrava numa luta de MMA há quase sete anos não ia partir pra trocação contra o dono de um dos nocautes mais bonitos da história do Bellator…o bacana foi o último round, com os giros no chão do Ralek, que realmente é muito talentoso no grappling. Pena que não deu tempo (nem gás) pra tentar uma finalização. Não fiquei decepcionado com a luta, pq sabia que seria uma merda, rs

  • Shotokan Karate

    Irei conferir a noite a luta do Chinzo. Acompanhei a luta principal. Achei a luta fraca tecnicamente mas valeu pela raça do Ortiz. A condição em que foi quedado foi desfavorável mas conseguiu de forma bem valente escapar e deu a volta por cima. É triste ver o Ortiz parar mas ninguém melhor do que ele pra avaliar se vale ou não a pena seguir lutando. Espera-se que se consolide a categoria Master no próprio Bellator para que possamos vê-lo lutar. Seja bem vindo Luiz.

    • Luiz Ferreira

      Muito obrigado!
      A luta do Chinzo foi muito boa, vale a pena dar aquela conferida. Sobre o Ortiz , acho que deveria ter parado antes, mas fico feliz que tenha encerrado a sua vitoriosa carreira com uma grande vitória.

  • José da Silva

    Chinzo x Ocampo foi a melhor luta na minha opinião, melhor até que Daley x Ward.
    Ocampo dominou os 2 primeiros rounds e conseguiu ótimas posições no chão, mas o Chinzo não cedeu as costas e aguentou o castigo, conseguindo um nocaute plástico no fim.

Tags: , , , , , , , ,