Faixas-pretas garantem jiu-jítsu de Davis contra Ronda

Renato Rebelo | 03/07/2014 às 13:24

Alexis Davis terá, neste sábado, a difícil missão de parar um dos golpes mais mortíferos da história do MMA: o armlock de Ronda Rousey.

Mas a desafiante número um do peso-galo feminino parece estar bem servida no chão.

Além de ser faixa-preta de jiu-jítsu, ela trouxe consigo, para Las Vegas, seu marido, Flávio Meier, que também é seu instrutor da arte suave, e o bicampeão mundial Caio Terra.

A dupla, que fará o córner da moça no UFC 175, parece confiante…

  • Lucas Wilniski

    Cara, nunca torci tanto para a Ronda perder quanto estou torcendo agora.

  • Carlos

    O problema é que se você assistir o workout das duas no canal do MMA Heat, verá que pelo menos ali, a diferença entre as duas é colossal. Por mais que eu torça pra Alexis, o jeito calmo/tranquilo/quieto/manso dela não inspira confiança alguma e ela aparenta ser (na verdade é, pelo menos um pouco) muito lenta pra campeã (que fez a apresentação totalmente endiabrada com uma velocidade absurda no boxe), fora que tem um jogo previsível de 1-2 chute na perna e um trabalho de pernas/movimentação de cabeça não muito bons. Das duas, uma, ou a Davis tá fazendo mistério e guardando um plano genial pra sábado (tendo em vista que treinou na Team Alpha Male e o TJ Dillashaw, como novo campeão, pode der dado a deixa) ou ela vai durar menos que a Sara McMann. O que conforta, em parte, é a luta dela com a Sarah Kaufman no Strikeforce que foi uma pancadaria e a apresentação contra a Shayna Baszler no Invicta, que ela apagou a Shayna com um mata-leão. Vai ser difícil (pra não dizer impossível) vencer a Rousey se a Alexis vier sem agressividade pra lutar como foi nas 3 apresentações no UFC (mesmo tendo dado um passeio na Carmouche). Vale citar o exemplo da Jessica Eye que joga mais no boxe e prendeu a desafiante por um bom tempo no clinch de grade, se a Ronda pegar ela da mesma forma, aí o perigo é muito maior.

    • Renato Rebelo

      Bela análise, Carlos. Concordo com ctg!

    • Lucas Wilniski

      Guardando as devidas proporções, podemos lembrar que os treinos abertos do Machida também não são nada demais.Lembro que contra o Bader, ele fez um treininho bem “fraco” e acabou nocauteando com um soco.Mas como estou torcendo para a Ronda perder, vamos torcer para que a Davis consiga surpreender a todo mundo, rs

Tags: , , ,