Atacando de Joe Silva: lutas a casar pós-Fight Night 42

Renato Rebelo | 09/06/2014 às 17:45

Com o UFC Fight Night 42 nos livros, chegou a hora desse pretensioso jornaleiro que vos fala vestir o chapéu de “matchmaker”.

Mantendo os pés no chão, dispensando confrontos improváveis e ignorando atletas já comprometidos, cheguei aos seguintes casamentos para os principais vencedores:

NUM1Ben Henderson x Khabib Nurmagomedov

Atrás de Anthony Pettis, seu grande nemesis, Bendo continua sendo o número dois da categoria. Isso significa que o cabeludo é a última fronteira entre “A Águia” e o cinturão dos leves. Considerando que “Showtime” e Gilbert Melendez só competirão em dezembro, que tal por à prova o brio e o refinamento técnico do invicto garotão russo? Alguém não pagaria pra ver essa?

NUM2Diego Sanchez x Bobby Green

O novo-velho “Nightmare” pediu Nate Diaz no México. Mas, sejamos francos que 1- após decisão vexatória, Diego não está como moral para escolher muita coisa e 2- o irmãozinho de Nick Diaz anda mais pidão que nunca e dificilmente morderia a isca. Portanto, meu velho, mate “O Rei” no peito e não reclame. Claro, deem um tempinho para Green se recuperar do trágico assassinato de seu irmão mais novo.

NUM3John Dodson x Demetrious Johnson – Ali Bagautinov

O baixola, além de faxinar a categoria nocauteando todo mundo que não se chama Demetrious Johnson, não foi capaz de oferecer luta muito competitiva ao campeão dos moscas. Além do mais, no UFC 174, Ali Bagautinov, companheiro de Dodson na Jackson’s MMA, terá a chance de tomar o cinturão de Mighty Mouse – deixando a equipe em situação delicada. O dilema cresce quando entendemos que TJ Dillashaw, novo rei dos galos, é freguês do “Mágico”. O que fazer? Eu focaria na divisão mais condizente com meu biotipo e chamaria o velho (ou o novo) campeão na xinxa. Custe o que custar.

NUM4Rafael dos Anjos x Michael Johnson – Josh Thomson

A freada que levou de Nurmagomedov não ceifou Dos Anjos do top 5 da categoria. Alias, para cimentar sua posição, ele rapidamente se recuperou ao debulhar um ex-meio-médio que prometia dar o que falar com a mudança de peso. Pensei em dar prosseguimento à carreira do carioca com o vencedor de Michael Johnson x Josh Thomson – luta agendada para o UFC on Fox 12 de 16 de julho. Tem card no Brasil em setembro, outubro e novembro pra abrigar essa aqui…

Ideias para Sergio Pettis, Brian Caraway e o prejudicadaço Ross Pearson, amigos?

Abraços.

  • MMA

    Iuri Alcantara vs Brian Caraway e Sergio Pettis vs Chris Beal

  • Diego

    Sergio Pettis vs Johnny Eduardo
    Pearson vs Danny Castillo
    Caraway vs Marajo

  • Dieego Vasconcellos

    Sergio Pettis x Dustin Ortiz/Justin Scoggins no peso mosca
    Brian Caraway x Michael McDonald
    Ross Pearson x Jason High

  • Eduardo

    Gostei de todos os palpites, mas vale lembrar que o UFC anunciou hoje Bobby Green vs Abel Trujillo para o UFC 176.

    Eu daria o Sergio Pettis pra trocar kickboxing com o ressurgido das cinzas para o topo Johnny Eduardo!

    Iria também de Caraway vs Yuri Marajó e Ross Person vs perdedor de Green – Volker.

  • Rodrigo

    Rebelo, pelo nome e apelo do Diego (mesmo em queda vertiginosa), não duvido nada que realmente casem com o Nate ($$$) no México. Sem chance de chegar no topo, acho que vão casar suas últimas lutas contra porradores que tenham nome para ajudar a promover a venda. O Green, apesar de estar subindo, não tem apelo e o risco de perder é alto. Então…

    Sobre as outras, penso igual (http://www.mmabyneko.com.br/e-agora-qual-o-proximo-passo-ufc-fight-night-42/) 🙂

    • Rodrigo

      Aproveitando, já estão abertas as apostas para o Confere desse sábado?

    • Renato Rebelo

      Tb acho que o UFC casaria, o problema é o Nate aceitar. Ele já negou via MMA Mania… Quanto ao Confere: http://sextoround.com.br/eventos/ufc-174-johnson-x-bagautinov/

      • Rodrigo

        Valeu, consegui fazer as apostas!

        Sobre o Nate, só tem uma solução: colocar a mala de dinheiro na mesa e uma promessa de uma disputa para ser o próximo desafiante em seguida. Será que é o suficiente?

        • Renato Rebelo

          Eu adoraria ver o Nate em ação novamente, mas tem que ver se compensa em termos financeiros, né? O UFC não chegou até aqui torrando dinheiro hehehe. Ele e o irmão tão jogando duro, o tempo tá passando e todos estamos perdendo (fãs, UFC e eles msms). Espero que encontrem alguma solução. Abração, Rodrigo.

  • Aldebah Campos

    Acho que o Sergio Pettis vindo de vitória e prestes a entrar para o ranking, poderia enfrentar o Scott Jorgensen, que venceu mas ainda precisa de mais uma vitória para convencer na categoria.

    • Daniel Correia

      Scott tá nos moscas

  • Lucas Andrade

    Gente, perdoem-me seu estiver falando bobagem, pode ser por ser um dos meu favoritos. Mas não sei o motivo do Bendo não ter sua revanche pela cinta, sendo que fez tantas boas lutas na organização.

    • Renato Rebelo

      Se continuar nessa batida ele pode ter sim, feroz. O problema é que ele já perdeu duas vezes pro atual campeão – e a segunda foi uma finalização no primeiro round. Aí demora msm…

    • André Guilherme Oliveira

      O motivo é que esta é a primeira luta em que ele sai do octógono como um vencedor, vencedor desde a luta contra o Nate Diaz. As lutas contra o Thomson e o Melendez foram muito apertadas, assim como a segunda contra o Edgar, exatamente antes do Diaz. O cartel dele marca 5-1 nas ultimas 6 lutas, mas poderia muito bem estar marcando 2-4 sem ninguém reclamar demais.

      Além disso ele perdeu de forma incontestável e sem oferecer muita resistência ao Pettis, que ainda não defendeu a cinta. Nada mais justo do que abrir caminho pra quem vem embalado e cheio de moral. Ninguém mais lembra dele, mas o TJ Grant provavelmente esta a uma luta da disputa, pode muito bem ter sua chance antes do vencedor de Bendo x Eagle (se realmente ocorrer).

      • Renato Rebelo

        Perfeita sua colocação, Andrezão! O estilo do Bendo não é dos mais vistosos e essas vitórias apertadíssimas não ajudam mt tb.

  • Meu nome não é johnny

    Joseph Benavidez vs John Dodson seria interessante. Brad Pickett agora é mosca também correto ? e já ganhou do campeão nos pesos galos.

  • Dan Mendes

    -Eu casaria Bendo com Josh se este vencer MJ.

    -Diegão e Pearson para uma revanche (agora que o inglês entrou com recurso a revanche vai ter muito “hipe”).

    -Dodson disputa a cinta

    -Rafael contra Jury

    • Renato Rebelo

      Rafael contra Jury foi minha primeira escolha. Boa luta mesmo

  • Dan Mendes

    Uma pergunta: Alguém tem ideia quando o TJ volta?

    • Renato Rebelo

      Ele ainda não se livrou do problema da concussão cerebral e ainda existe a possibilidade dele nunca mais voltar. O Dana demonstrou um certo pessimismo na última vez que falou sobre o caso

      • André Guilherme Oliveira

        Não sabia disso, passei um tempo procurando noticias sobre o TJ e sua recuperação, mas não consegui achar nada ainda. Essa é uma péssima noticia, ele realmente me impressionou naquela luta contra o Maynard.

  • William Amaral

    Acho que casar Bendo com Khabib agora pode ser um tiro no pé. Caso o Bendo vença, lá se vai um representante russo, invicto e que já “ostenta” uma rivalidade virtual com o atual campeão (e até mesmo com o desafiante de Dezembro). Prefiro ver o Bendo enfrentando um Myles Jury ou até fazendo a trilogia com Cerrone. Quanto ao Khabib, uma luta mais tranquila, de três rounds, só pra não ficar na inatividade até pegar o vencedor de Pettis x Melendez.

  • Naldiinho da Curtição

    Dos Anjos x Jury

    Caraway x Marajó

    Pearson x Sanchez II

Tags: ,