Dillashaw: um caminhão de autoestima contra Barão

Renato Rebelo | 21/05/2014 às 19:37
965D29D3E5BF4839DE7FA5321B1CC

CM, TJ e “Bang”. Foto: portal MSN

Outubro de 2013, São Paulo, UFC Fight Night – Demian Maia x Jake Shields.

Voltando de um jantar, parei no saguão do hotel em que estavam hospedados os lutadores para bater um papo com meu colega Ivan Raupp (Combate.com).

Não demorou muito, Cristiano Marcello (ex-lutador do UFC) chegou acompanhado por TJ Dillashaw e Duane Ludwig.

Para contextualizar, Cristiano, que foi capitaneado por Urijah Faber no TUF 15, seria corner de Dillashaw – ou de qualquer Alpha Male que viesse a lutar no Brasil- a pedido do California Kid.

Na ocasião, o loirinho enfrentaria Raphael Assunção por uma vaga na zona do gargarejo da categoria até 61kg – já dominada por Renan Barão.

O campeão, por sua vez, havia acabado de nocautear Eddie Wineland e o reencontro com Faber – vindo de três vitórias consecutivas- parecia ser questão de tempo.

Enquanto Ivan entrevistava CM, aproveitei para me aproximar dos americanos.

Disse que era repórter e puxei um assunto óbvio: Faber engrossaria o caldo numa revanche?

Sem pestanejar, Dillashaw disparou:

Eu sou o cara para bater o Barão! Me saio melhor nos treinos, sou mais rápido e tenho melhor wrestling.

raphael cópia

Rapha levou a decisão dividida em Barueri

Confesso que a rapidez e o impacto da resposta – que abandonara completamente o manual do politicamente correto mesmo na presença do “head coach” da equipe- me assustou.

Continuei dando trela para identificar se aquela frase era apenas uma anedota ou se o bicho falava o que sentia.

Hoje, coloco Dillashaw no rol de atletas mais confiantes que já conheci.

E essa característica transparece claramente em suas lutas.

Tylor Jeffery lança 4,84 golpes significantes por minuto (maior taxa da categoria tanto no UFC quanto nos tempos de WEC).

Isso significa que, além de rápido, ele é ofensivo a ponto de não dar muita bola para contra-ataques.

O problema (para ele) é que no UFC 173 haverá uma barreira humana impedindo seus avanços.

Para quem não se apega a detalhes, explico: Barão praticamente não dá passos para trás no octógono.

A movimentação do “Monstro” da Nova União é 100% lateral ou pra frente.

Quando o adversário se anima e parte para o “infight”, Barão cimenta sua base (destra) no chão e troca gentilezas até alguém cair.

Sim, ele corre riscos – mas também não leva a pior há nove anos (ou 31 lutas).

ufc-138-pickett-barao-1O duelo com Brad Pickett no UFC 138 ilustra bem meu raciocínio.

O porradeiro inglês se lançou ao mar sem timidez e foi recebido por dezenas de socos.

Quando desanimou, engoliu joelhaço sinistro.

Sendo assim, no sábado, das duas uma: ou alguém cai no primeiro assalto ou Dillashaw se frustra e parte pro plano B – que é investir na especialidade da casa: o wrestling greco-romano.

En passant: o potiguar ainda não foi posto de costas pro chão no Ultimate!

Com tudo isso dito, não creio que TJ seja esse melzinho na chupeta que dizem por aí.

Vejo o filho de Netinho Pegado defendendo quedas e pontuando com chutes baixos e combinações de mão – mas não pintando o sete.

Uma decisão unânime, quem sabe…

Pra fechar, deixo com vocês a análise pertinente de Daniel Cormier:

Ele (Dillashaw) tem uma batalha muito dura à frente. Acho que ele ainda está a, pelo menos, um ano de poder bater o Barão. Ele pode conseguir sábado? Sim. Ele vai conseguir? Eu não apostaria. Só espero que ele ter aceitado essa luta agora não mude o fato de que daqui a um ou dois anos ele possa vir a ser o campeão da categoria. O Barão é top 2 peso-por-peso do mundo. Ele bom demais e o Dillashaw, apesar de muito agressivo, ainda é um bebê no MMA (tem 11 lutas) – mandou DC em bate-papo com a repórter Karyn Bryant.

Abraços.

  • João Marcelo Ecco

    ótima avaliação do cormier…

  • Eduardo Pedrosa

    Se ele ficar de guarda baixa, como fez contra o Raphael Assunção e outros, eu acho que será nocauteado. Ele tem boa esquiva, mas o Barão jamais perdoaria.

  • Sean

    Ele não joga para o chão nem fudendo, se jogar já sabe o que acontece

  • zagolee

    O Raphael Assunção se machucou ou algo do tipo? Pelo que vejo Raphael Assunção deveria disputar este cinturão!

    • Renato Rebelo

      Sim, caro Zagolee, ele fraturou uma costela = (

      • zagolee

        Valeu mestre!

    • Marcus Vinícius

      Pena que ele se machucou, mas a justiça está sendo feita, porque aquela vitória sobre o TJ em Barueri foi um pouco sem vergonha.

  • Tiago Nicolau de Melo

    acredito num combate parecido com o ilustrado acima (Brad Pickett). DC mandou uma ótima análise, quase rivalizando com o Renatão. Pra mim: Barão by passada de carro, 2nd round.

  • William Amaral

    Acho que se o Barão tentar a queda, é bem provável que consiga e, colocando o TJ de costas, creio que o caminho pra uma finalização seja menos complicado do que buscar o nocaute em pé.

  • Pica do TJ

    Chupa, coxinha do mma!

  • Negreiros

    Renato pode levantar a placa na transmissão “EU JÁ SABIA”.
    foi o 1% da pesquisa do site rs A banca foi quebrada literalmente.

Tags: , ,