Lâmina que ceifou Okami e Fitch volta pra pegar Shields

Felipe Paranhos | 07/04/2014 às 22:08
ufc_jakeshields_hectorlombard_get2

Shields tomando um amasso de Lombard

Se você lamentou muito a demissão de Yushin Okami do UFC sete meses atrás, diga a verdade: você comprou o Esporte Interativo Plus para assistir à luta contra Svetlozar Savov, semana passada?

Deixou de sair para ver o WSOF 9? Provavelmente não, né?

Isso porque, embora Okami seja um lutador duríssimo, não tinha o carisma nem o potencial das principais estrelas do UFC.

Por isso, não atraiu tantos olhares fora da organização.

Aí é que está o ponto: se ele fosse uma estrela popular, o Ultimate jamais deixaria o japa ir embora.

O longo preâmbulo é para falar da demissão de Jake Shields, anunciada nesta segunda (7).

Ex-campeão do Strikeforce, Jake chegou cheio de moral, mas nunca convenceu.

Depois de uma decisão controversa contra Martin Kampmann, o norte-americano antagonizou o evento com o maior público da história da organização, o UFC 129, no qual enfrentou Georges St-Pierre no Canadá.

E dessa derrota em diante, o brilho se foi.

Dinheiro tem algo a ver com isso. Estaria mentindo se dissesse que não. Mas esse não foi o motivo principal. Vamos ser honestos: ele está na descendente e ele nunca seria “o cara”. A trocação dele nunca melhorou e não mostrou nada de espetacular em suas últimas lutas. Agora, neste momento, ele é só mais um cara – declarou Dana White ao repórter Kevin Iole.

Cada vez menos credenciado, foi brutalmente nocauteado por Jake Ellenberger, venceu os não ranqueados Yoshihiro Akiyama e Ed Herman, teve um doping descoberto após a luta contra este último, venceu — novamente em decisão acirrada — Tyron Woodley e Demian Maia e foi dominado por Hector Lombard.

Ufa.

Com o cartel do pupilo de César Gracie em mãos, os executivos do UFC certamente pegaram a calculadora, lembraram do seu consumidor médio e fizeram o seguinte balanço: pra que serve um lutador relativamente caro que passou dos 35 anos, não tem muito carisma, não vai mais chegar ao título e não tem poder de nocaute?

Serve para derrotar revelações em quem o Ultimate pode depositar fichas ou para interromper a jornada de jovens lutadores rumo ao desafio pelo cinturão.

Ou seja: na fria análise numérica, o cara simplesmente não vale mais a pena.

Aconteceu com Jon Fitch, com Okami e agora com Shields, integrante da inchadíssima categoria dos meio-médios.

Perder uma luta e ficar sem emprego do nada é algo surpreendente. Para ser honesto, estávamos posicionando o Jake para ser um potencial desafiante ao cinturão nesse novo cenário sem o GSP. Ele bateu o Condit, o Woodley e o Maia. Isso mostra apenas a natureza do esporte. Com a performance certa, ele pode lutar pelo cinturão. Com a performance errada, ele está procurando por um emprego – disse Lex McMahon, empresário do americano, ao site MMA Fighting.

É aí que eu me questiono.

Lá pra junho, o mesmo executivo pode pegar a mesma calculadora e avaliar a viabilidade de manter um outro lutador de alto nível que tem alternado vitórias e derrotas, bons e maus momentos, e que se encaixa em quase todos os critérios que eliminaram Shields.

Não duvido que o UFC priorize o negócio outra vez.

Não duvido que sobre pra Demian Maia.

  • Gustavo Trigueiro

    Com essa postura, o UFC quer demonstrar tb a sua pouca paciência c os lutadores notadamente amarrões. É por isso q mesmo àqueles q perdem, mas empolgam o público e lutam pra frente, tendem a permanecer. Vide: Diego Sanches, Shogun, Maldonado, Wand, dentre outros.

  • Tiago Nicolau de Melo

    sem citar nomes, mas têm muitos lutadores que são bem menos interessantes que o Jake e com cartel abaixo ou igual e estão aí (brazucas inclusive). O que deve pesar, mesmo, é o alto salário aliado a apresentações nem tão empolgantes.

  • Renan Trindade

    E Paulo Thiago e Dan Hardy aí, vivinhos… Lutar pela vitória não adianta, esqueçam isso, lutadores!

    • Gustavo Trigueiro

      Paulo Thiago corre sério risco assim como Demian Maia. Dan Hardy, praticamente, tá aposentado, tanto q ele é o comentarista oficial dos UFCs na Inglaterra.

      • Felipe Paranhos

        Eu nem sei como o Paulo Thiago continua empregado, sinceramente. O 2-5 de cartel dele tem duas derrotas contra caras não ranqueados — embora o Brandon Thatch seja um prospect interessante —, uma vitória contra um estreante e outra ante um cara que não tinha nível pra estar no UFC, tanto que já foi demitido.

        • Gustavo Trigueiro

          Exatamente Felipe. Acho q aquele nocaute em Kosheck terminou criando uma expectativa surreal, acima do normal. O estreante q vc se refere foi Mike Swick?

          • Felipe Paranhos

            Não, o Michel Trator. É que eu me expressei mal: é 2-5 nas últimas 7 lutas, não no UFC. No Ultimate ele é 5-6.

          • Gustavo Trigueiro

            Ah tá certo!

            Valeu!

  • Degão

    Brandon Vera que é uma BOSTA ainda segue na organização. Alessio Sakara ficou por muito tempo. Dan Hardy dó está até hoje porque é inglês. Dentre outros lutadores, mas com certeza o valor da bolsa dele influenciou em sua demissão. Negócio é negócio e o patrão sempre fará o que é melhor para a organização e ponto final.

    • Felipe Paranhos

      Com certeza. O valor da bolsa é bem importante nessa equação. O valor divulgado da bolsa do Shields é mais que o dobro da do Demian.

  • Kaue Macedo

    Demian Maia é um dos melhores (se não for o melhor) grapplers no MMA de todos os tempos, não acho que ele esteja nessa corda bamba, pelo menos eu espero, Demian é meu lutador favorito.

    • Felipe Paranhos

      Sem nenhuma dúvida. Mas receio que ele possa ser limado caso não vença o Pierce, embora tenha um salário (divulgado) bem menor do que o do Shields.

      • Kaue Macedo

        Sinceramente, eu acho que o Demian se sai muito bem contra wrestlers “lineares” como o Pierce e ele mostrou isso contra caras muito bons como Jon Fitch e Rick Story, sei que ele apanhou feio (menos no 1º round) pro Rory e também que ele não esta no nível do top 5 dos WW, mas ele consegue varrer muitos caras da categoria dominando do começo ao fim, espero muito que ele continue no UFC até se aposentar.

  • Rodrigo Carvalho

    Adeus Shogun.

    • Gustavo Trigueiro

      Não acho q Shogun tá nesse time não. Ele é raçudo, só luta pra frente, não é amarrão. Acho q o caso dele é diferente.

      • Felipe Paranhos

        Também acho.

Tags: ,