WSOF 9 / TUF Brasil 3 / FN 49 / Cyborg / Braga Neto

Renato Rebelo | 01/04/2014 às 18:00

Está no ar a décima primeira edição do nosso podcast!

Nesta semana, tive a companhia do jornalista Ivan Raupp (repórter do Combate.com) e do lutador Antônio Braga Neto (campeão mundial de jiu-jítsu e peso-médio do UFC). 

Em pauta:

– WSOF 9
– UFC FN 40
– TUF Brasil 3
– Cris Cyborg
– Perguntas dos ouvintes

Espero que gostem!

*Para baixar o programa, basta clicar na setinha apontada para baixo na parte superior do “player” à direita.

  • Gustavo Trigueiro

    UuruuuuruuuurruuuurrururrururrrrrruuuuruurururrruuuuuruHññh

    • Renato Rebelo

      Rapaz, não sei, mas é bem provável que sim. Ele tem dois caras mt cerebrais (Cachorrão e Mark Henry) no córner. De repente, era melhor garantir o cinto.

      • Gustavo Trigueiro

        Ê verdade. Valeu. Obg.

  • Gustavo Trigueiro

    Pôxa! Que decepcionante o critério de escolha p os integrantes do TUF. Braga Neto, Durinho, Vitor Miranda serem reprovados em edições anteriores… pra mim, foi uma surpresa negativa. A justificativa d q não teria perfil de televisão foi demais. Deveriam mudar, então, a camada do programa pra: “TUF Brasil – em busca de atores”.

  • David Carvalho Crosariol

    Também dei uma broxada em saber dos critérios de seleção do TUF. Enfim, material que a globo põe a mão você espera o que?

  • azzzrael

    nem Marlon Moraes, nem Dudu Dantas, o melhor galo fora do UFC é o Bibiano Fernandes!

  • azzzrael

    um nome bom pro Braga Neto agora seria o Nick Catone, quem sabe até na final do TUF Brasil

  • FrankCastle

    Parabéns à todos envolvidos pelo podcast! Gostei bastante das opiniões, principalmente sobre o Erick Silva, que deveria lutar de forma mais paciente, estratégica, etc. E obrigado pela dica sobre as lutas do Eddie Bravo VS Royler Gracie, assisti as duas lutas e realmente foram animais! Não acompanho muito (por falta de tempo hábil, não de vontade) lutas fora do circuito do UFC, mas eventos como esse (submission) com caras desse calibre, assim como o WSOF são muito bons. Um grande abraço!

  • Dan Mendes

    Que viagem! O cara que comentou Brown x Erick Silva brisou legal.
    .
    Se der chamem o Alexandre Mattos para participar
    .
    Fora as “brisadas gostei bastante do pod…rsrs

    Valeu!

  • Rodrigo Carvalho

    Renato comentou uma coisa, achei interessante, a Chris Cyborg tem habilidades para o MMA, mesmo lutando muay thai, o jogo dela é virado para o MMA, e isso ficou claro durante a luta. O nível técnico era diferente, o muay thai puro é muito mais ‘versátil’ – o que a Chris não é, para um campeonato apenas de muay thai. A luta foi muito boa, o interessante foi que a adversária dela usou golpes bem incomuns, como se debruçar no cage e chutar, sem olhar bem pra onde estava chutando, são coisas incomuns que a Cyborg nunca viu, ou, não estava acostumada. Como falaram, acho que a derrota dela, foi na verdade uma vitória, em pé, no MMA feminino, ninguém pode vence-la.

Tags: ,