José Aldo, por favor, não
subestime Max Holloway

João Vitor Xavier | 14/12/2016 às 14:16

Antes de mais nada, preciso dizer que José Aldo é favorito na luta de unificação do título dos penas contra Max Holloway, que deve acontecer no UFC 208, em 11 fevereiro.

Max dando cabo do ex-campeão dos leves

Max liquidando o ex-campeão dos leves

Mesmo com as 10 vitórias seguidas e com a confiança do havaiano muito alta, se o brasileiro entrar no seu melhor, tem tudo para levar mais essa luta.

Porém, as declarações recentes de Aldo me assustaram um pouco, até mesmo por ser grande fã do manauara-carioca. Claro, meu ponto de vista é de alguém que está fora do convívio do campeão, então não sei se foi um jeito de iniciar um “trash talk”, diminuindo os feitos do campeão interino, ou se ele realmente acredita no que diz.

Mas não acho, por exemplo, que o “Abençoado” seja um lutador “normal”, como diz Aldo. Holloway mostrou força e crescimento como artista marcial com diferentes níveis de oponentes.

Também não acho que ele tenha enfrentado apenas caras “sem expressão nenhuma”. Venceu tops como Ricardo Lamas, Cub Swanson, Jeremy Stephens e agora Anthony Pettis. Foi dominante nessas lutas, também. Tem vitórias por nocaute e por finalização, sabe trocar chumbo e, acima de tudo, está muito, muito confiante.

Não foi fácil, mas o Pettis está em decadência, então já esperava que o Holloway tinha grandes chances de vencer a luta. Não parei para estudar (o Holloway) ainda, mas luta é luta, lógico. Ele procura jogar mais em pé, mas, para mim, não tem problema nenhum, porque não vejo onde ele possa me vencer. Em pé, no chão, wrestling, nada. Ele tem um volume grande de vitórias, mas contra caras sem expressão nenhuma. Agora pegou o Pettis na segunda luta dele no peso-pena. Não sei onde ele achou que ele é isso tudo. Para mim é mais um lutador normal e que eu sabia que tinha uma possibilidade muito grande de lutarmos e vai acontecer”, comentou Aldo em declarações reproduzidas pelo Combate.

O papel da confiança no esporte, aliás, é bastante subestimado. Se no futebol, no tênis ou no vôlei estar confiante é meio caminho andado para a vitória, no MMA isso se estende ainda mais. É um esporte violento, que inclui orgulho no sentido mais primitivo da palavra.

Vencer uma luta de MMA não é como ganhar um jogo de futebol. Você impôs sua vontade, fez seu adversário desistir numa luta, num combate corpo a corpo. É algo brutal, selvagem mesmo.

Assim, Max Holloway entrará no octógono contra José Aldo pensando que venceu, subjugou dez outros caras, incluindo vários ranqueados, e que poderá fazer o mesmo contra o “Scarface”. Não acho que ele vá entrar intimidado, como já vimos acontecer com oponentes do brasileiro.

Aldo confirmou o duelo para o UFC 208

Aldo confirmou o duelo para o UFC 208

Vejam as lutas de Aldo contra Ricardo Lamas, Kenny Florian e a primeira contra Chad Mendes. Os três entraram claramente receosos, intimidados, principalmente Lamas. Isso não vai ocorrer contra Holloway.

Importante lembrar também que o havaiano tem apenas 25 anos. Isso significa que ainda está na ascendente tanto física quanto tecnicamente. Impressionante verificar que seu nível sobe a cada vez que ele se apresenta.

Tenho certeza que o Holloway que vai enfrentar o Aldo será uma versão melhorada daquele que nocauteou Anthony Pettis.

Outro aspecto relevante é a “guerra psicológica”. Para mim, o havaiano está apenas provocando Aldo quando diz que “não quer lutar no UFC 208 porque não sabe se ele irá aparecer”. De fato, o campeão linear tem histórico de deixar lutas por lesões, mas talvez Max esteja falando isso apenas para intimidar o brasileiro e, de repente, fazê-lo lutar mesmo com algum problema.

Sei que José Aldo tem uma equipe experiente e preparada atrás dele, com pessoas que sabem explorar seu psicológico e tirar o melhor dele, durante a preparação e na hora da luta.

Principalmente, se Dedé Pederneiras estiver envolvido no camp do brasileiro. Não acho que ele irá subestimar Max Holloway, mas fica o pedido: não o faça, Aldo. Pois isso pode sair muito caro.

Obs: Para não dizer que discordei de tudo do que José Aldo falou: também acho que Pettis está decadente. Não sei se ele voltará a ser relevante nos leves ou nos penas. Mas isso é assunto para outro papo…

  • bedotRJ

    Se o Aldo quisesse minimizar a trajetória do Holloway, ficaria mais adequado dizer que ele não enfrentou os melhores (referindo-se a Edgar e Mendes, ambos batidos duas vezes pelo brasileiro) do que chamar de inexpressivos os caras que ele venceu. A mensagem seria similar, mas através de uma verdade que não minimizaria a legitimidade do Holloway como contender, nem respingaria em terceiros. Coisas de quem não nasceu com o dom para a parte extra-cage do negócio.

  • Giulia Vargas

    Aldo tem mais qualidades que Holloway, disso eu não duvido. No entanto, a mão pesada do havaiano pode desequilibrar. Aldo vem prolongando suas lutas e isso pode não ser bom para o brasileiro. Dá última vez que ele entrou desfocado ou com o psicológico abalado, caiu em 13 segundos.

    • João Vitor Xavier

      Duvido que, até o fim da carreira, ele entre de novo como entrou contra o Conor

  • Louis

    Me desculpem os fãs do Aldo, mas incrível como ele só tá falando MERDA nesses últimos tempos, meu deus. Se ele realmente acredita nessa besteira q ele falou, vai levar outro baque contra o Holloway. E torço para isso.

    • Wadson

      Falar besteira ou não, agora é critério de avaliação de performance ? Seguindo essa lógica o Aldo deveria ter perdido pro Edgar na segunda luta, já que ele disse que assiste mais o canal Sexy Hot do que MMA.

      Tá chegando o dia em que veremos na TV durante a transmissão das lutas um “Keys to victory” com informações tipo: “Evitar as quedas”, “Controlar distância”, “Xingar o adversário” RSrsrsrsrsrsrsr

  • José Valter Alves Junior

    Todo mundo queria um aldo mais falante, ta ai, conseguiram! pra mim o José Aldo da essas estrapoladas porque ele (ao meu ver) ta de saco cheio já das pessoas só cobrarem, criticarem, só enxeção de saco, desse… como posso dizer; essa constante perseguição a sua pessoa que qualquer coisa que ele fale é sujeito a critica. exemplo: se o Holloway o provoca é promoção da luta e sede de vitória se o Aldo provoca ele subestima, que ele não leva a sério, que ele ta zuando e vai perder assim, ou seja, cansou! e eu devo ser o cara que mais põe panos quentes em tudo que o Aldo fala pós Mcgregor, mas realmente o povo já tem seu PRÉ-Conceito a respeito do Aldo e vai ser sempre assim ele já não era respeitado como merecia antes depois do que ele passou com Conor é menos ainda e não venham dizer que estou errado pois é só ver a situação como um todo. Posso parecer revoltado em minha critica mas, é que cansa ver que qualquer declaração feita pelo Aldo tem que gerar uma critica é isso ta irritando. Pra finalizar deixo aqui a minha opinião sobre o que li nesse artigo: basicamente foi o que eu disse lá encima um dizendo é promoção outro dizendo é arrogancia, e sobre a declaração do artigo:” Vejam as lutas de Aldo contra Ricardo Lamas, Kenny Florian e a primeira contra Chad Mendes. Os três entraram claramente receosos, intimidados, principalmente Lamas…” eu realmente senti um tom de “F*da-se” nessa parte do artigo com coisa que os lutadores que ele enfrentou nessa epoca não tavam lá grandes coisa(desmérito ao Aldo e seus oponentes), mas é meu ponto de vista pelo o que eu entendi , porem, se o autor quiser explicar sou todo ouvidos

    • João Vitor Xavier

      Cara, primeiro falando sobre o suposto “foda-se” que eu teria dado ao Aldo.

      O que eu quis dizer, na verdade (e realmente não disse, só pensei), é que o Aldo tinha uma aura de invencível tão grande a seu redor naquela época, que os adversários entravam já intimidados. Isso é fato. O Lamas foi bizarro, agressão zero, sem nenhuma ousadia, claramente com medo. Fruto do trabalho feito pelo Aldo DENTRO do cage, méritos totais dele! Nego olhava o estrago dos chutes dele e entrava cagado pra luta…Na verdade, eu fiz um elogio a ele!

      Eu coloquei em dúvida a questão de as declarações dele serem trash talk, justamente porque, se forem, acho até bom, faz parte do jogo. Mas o texto todo foi construído em cima da possibilidade de o que ele falou sobre o Holloway NÃO ser trash talk. Ou seja, não estava criticando o Aldo por usar trash talk…

      Espero ter esclarecido, porque até concordo com algumas das coisas que você falou.

      Abs

      • José Valter Alves Junior

        sim muito obrigado pelo esclarecimento e peço desculpas se fui rude com a sua narrativa eu apenas me deixei guiar pelo calor do momento afinal de contas eu vejo que pós mcgregor o aldo só sofreu represalia e que ninguem lembrou que ele venceu um frank edgar que tinha batido muita gente grauda dentro da divisão e ficou por isso mesmo mais uma vez agradeço e peço desculpas caso tenha sentido-se ofendido abraço e boas festas

        • João Vitor Xavier

          Não, irmão, que isso…relendo o texto realmente pode ter parecido que eu dei uma desculpa para as derrotas dos caras o fato de eles terem entrado intimidados. Realmente, aconteceu, mas foi por mérito do Aldo e do que ele fez anteriormente no cage. Quem não ficaria com medo da própria perna depois de ver Aldo x Faber, por exemplo? rs

          Abs

          • José Valter Alves Junior

            concordo!

    • Wadson

      José Valter matou a pau !!!

  • Weslei Alvarenga

    Resumindo : Aldo é mais lutador que o Holloway em todos os campos do jogo, mas mesmo assim VAI DA LUTA ! O Brooklyn vai “relembrar” os tempos de porradaria nos anos 70 com essa luta.

    Ps: E isso tudo é “trash-talk” medíocre do brasileiro.

    • João Vitor Xavier

      Essa luta vai ser irada, certeza absoluta

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Acho que o Aldo não vai subestimar ele não, contra o Edgar que foi o tira teima do Aldo pós nocaute, ele fez uma performance brilhante e não subestimou o Edgar, inclusive fez um jogo correto, evitando chutes para não ser quedado (por mais que a defesa de quedas do aldo é uma das melhores do MMA), o Holloway é mais brawler, e creio que vai ser uma luta muito boa, e possivelmente uma das defesas mais complicadas do Aldo, porém ainda sim ele deve vencer da forma que anda vencendo ultimamente, dominando seus adversários. Excelente texto.

    • João Vitor Xavier

      Verdade. Taticamente, o Aldo foi perfeito no 200. Abs

  • Tiago Nicolau de Melo

    Na minha opinião o Edgar venceria o Max, mas como os demais forenses sei que isso não é matemática.

    Max é ótimo lutador, mas com o Aldo o “buraco é mais embaixo”. Quem faria frente pro Campeão Linear, está com a Cinta dos Leves e sem o Mestre do Mindset voltando pros Penas, vejo o brasileiro reinando absoluto.

    • João Vitor Xavier

      Sou da mesma opinião.

    • Leonardo Saraiva

      Acho q o Holloway venceria até com unanimidade o Edgar, apesar de eu Edgar fodão, acho q a forma que o Holloway está passa pelo Edgar

  • Victor Araujo

    Rapaz… não consigo entender, se o cara fala, está errado, se não fala tb… pow.. hj em dia, todos falam a mesma coisa, e natural.. perder e ganhar e do esporte, mas não acredito q o aldo está menosprezando ninguém.

    • João Vitor Xavier

      Desculpe, mas subestimar é bem, bem diferente de menosprezar

      • Victor Araujo

        Pow.. concordo com vc q são atitudes diferentes e q podem causar perigos diferentes para o aldo, mas trazendo para a realidade dos lutadores do UFC, a grande maioria, e incluo o.aldo neles, faz “TT” menosprezando o adversario, e me parece isso q a declaração dele.parece. Pra mim e apenas “TT”.

        • João Vitor Xavier

          Tomara

  • eduardo

    Lembrando ainda que o Max perdeu paro Connor depois de 3 rounds. Enquanto o Aldo…

    • João Vitor Xavier

      Isso não quer dizer nada. O Aldo venceu o Swanson em 7s, e o Max demorou 14 minutos pra finalizar, rs…

      • eduardo

        Foi a joelhada voadora, né?! Ainda no WEC a uns 8 anos? O Cub melhorou muito desde então! E fica a mesma desculpa que o Aldo dá sobre o McGregor (golpe de sorte), não deu para analizar. Torço para estar errado, mas com a juventude, alcance, gás,vontade,momento e inteligência do Max eu não sei não!

  • Nubia Castro

    Ultimamente tenho até evitado ler algumas coisas referentes ao Aldo aqui no 6R. Parece haver uma campanha contra o cara.

    • João Vitor Xavier

      Se você soubesse o quanto sou fã do Aldo não falaria isso. Não acho que seja campanha, é apenas uma preocupação, já que suas declarações deram margem pra isso. Abs

      • Nubia Castro

        Não me referi a você, mas ao fato de qualquer coisa dita pelo Aldo, virar um escarcéu. Ele fala algumas bobagens, mas até quando o cara não fala nada demais,o crucificam.
        Apesar de não ser expert em texto/reprodução de texto, sem dificuldades entendi perfeitamente que vc é fã do Aldo. Se não me expressei de forma clara, fica aqui meus esclarecimentos .
        Ha! Sou muito fã do Aldo “lutador” e o que ele diz fora do cage não me importa muito não.
        Abs!!

        • João Vitor Xavier

          Que isso, nem precisa se desculpar. Eu só mostrei preocupação mesmo porque o Aldo não é muito de falar besteira para os adversários, e tal…mas o pessoal todo está garantindo que é só trash talk, então vou nessa tb, rs

          • Nubia Castro

            Relendo o meu comentário(isso é importante), percebi que deu total margem para a sua resposta. E quanto ao Aldo, duvido que ele vá subestimar o MH. Ele quer é fazer umas gracinhas tbm.
            Ha! Acho bem maneiro quando rola esse feedback entre emissor e receptor!!Abs.

    • Wadson

      O Sexto Round tá gerando uma cultura de adoração ao “trash talk” que tá engraçado. Estamos chegando ao ponto de achar que alguém pode ter desempenho ruim na luta baseado em … declarações à imprensa ????

      • Renato Rebelo

        Só uma observação sobre essa generalização, Wadson (e Nubia tb). Não há “Sexto Round” como linha editorial e/ou conjunto de pensamentos. Aqui, existem indivíduos – os foristas X, Y, Z, os colunistas, João, Renato, etc. Entre nós todos há muitas convergência, mas também mts divergências. Não há pensamento uníssono e, pessoalmente, nunca fui de estimular ações coletivistas. O grande barato do espaço é exatamente conviver em meio a opiniões divergentes e convergentes e refutá-las/absorvê-las.

        • Nubia Castro

          Citei que evito ler “algumas” coisas sobre o Aldo. E quanto ao “barato” do fórum, acho bem legal mesmo. Por isso a forista Núbia expressou uma opinião e o colunista Renato , também no seu direito, refutou. E assim a vida segue sua normalidade.

  • Marcos Henrique Lira

    “Gato escaldado tem medo de água fria” eu duvido que o Aldo vai cometer o mesmo erro. Na verdade o Dedé já tá estudando o jogo do Orelhudo e traçando a estratégia. Quem tem a mínima noção de mma sabe que o americano evoluiu muito e seria um erro grotesco não levar isso em consideração e tem mais: para mim o holoway tem chance reais de vencer o brasileiro. Não seria uma zebra tão absurda assim.

    • João Vitor Xavier

      O que me dá calma é saber a equipe competente que tem atrás do Aldo. E tenho certeza que, quando ele sentar pra analisar o jogo do Holloway, vai mudar esse pensamento, isso é, se ele tem esse pensamento mesmo e não foi só trash talk.

      • Marcos Henrique Lira

        Com certeza é trash talk. Aldo sabe que pra ter essa revanche contra o macgregor ele precisa passar pelo havaiano. Então ele não pode correr risco. E pior q vai, pq esse orelhudo e carne de pescoço.

  • Lucas Natan

    Não creio que vá subestimar. Alguém que é campeão dominante não constrói isso subestimando adversários, mas justamente com o contrário: respeitando e estudando muito bem seus oponentes.

    Aldo mostrou evolução nessa luta do Edgar, onde mal usou seus famosos chutes e mesmo assim venceu de forma dominante um cara que deve estar ali entre os 20 melhores lutadores do mundo.

    Espero uma lutaça, com o Holloway tendo suas chances pelo grande lutador que é, mas com o Aldo vencendo bem.

    Veremos…

    obs.: tem como mandar aqui essa foto que usou na capa do texto na home? muito massa!

  • Tadeu Pastorello

    Holloway fala que é o verdadeiro campeão, que vai ganhar do Aldo e um monte de besteiras, isso é confiança, Aldo fala que vai ganhar do cara e que não vê nada demais nele ( até parece que vai ficar exaltando o cara) aí é menosprezo, vai entender. Se for assim podemos partir do princípio que o Holloway tá achando que vai ser fácil também pq vem infileirando todo mundo e o Aldo está desanimado ( como ele vive falando) e não se dedicar como deveria.

  • Leonardo Saraiva

    Sla, nem me surpreenderia se o Holloway dominasse o Aldo, até concordo q o Aldo é mais lutador, mas e se o Holloway dominar, passar por cima ou coisa e tal? não dá pra dizer q foi um mal dia do Aldo, vamos ter q dar o braço a torcer e dizer que o Holloway tá em um outro nível

  • Vinicius Maia

    Não acho que o Aldo esteja menosprezando o Holloway. Aldo nunca menosprezou adversário nenhum, até o próprio Ricardo Lamas que entrou borrado pra lutar o Aldo não correu risco algum, com a tática correta e etc. Cometeu um equivoco na luta contra o Mc Gregor mas depois lavou a alma contra um dos melhores e mais empolgante lutador do UFC.
    Vi muitas análises sobre a luta entra ambos mas não vi ninguém falar que pelo Aldo não precisar ficar preocupado com o jogo de quedas e BBJ do Holloway ele vai poder machadar a perna do magrelo a vontade.
    Acho que o Aldo tem um favoritismo e creio que essa vontade toda do Holloway e animação podem pesar e muito pro garoto. Se ele entrar muito confiante e não conseguir nada com o passar dos rounds ele vai começar a se abrir mais e pra um cara como Aldo vai ser excelente.
    Torço para que a luta aconteça por que tem tudo pra ser um lutão.

    • Malk Suruhito

      É por ai Vinicius. Holloway menosprezando o Aldo = Tá buscando luta, vai desestabilizar, é confiança em si mesmo. Aldo menosprezando Holloway = É salto alto, continuar assim vai apagar em 13 segundos de novo, sem foco, se acha demais.
      Eu acho que o fã brasileiro é o pior fã do mundo. Vide Anderson Silva pré e pós Weidman.
      E sim, antes que alguém levante a lebre (novamente), Aldo perdeu legitimamente para o McGregor, como poderia ter vencido no mesmo tempo ou menos como fez contra o Cub Swanson. No mais, foi bom para o evento em si, e vendo como um todo, foi uma derrota boa para o Aldo também, principalmente se rolara revanche.

  • Iago Silva

    Pra um cara que fez Conor virar wrestler, não vejo caminhos fáceis pro Aldo nessa luta. Max é completo, tem trocação agressiva e de alto nível, uma boa guarda, envergadura e juventude ao seu lado. Torço pra que o Aldo entre no cage em seu melhor nível, senão vai ser uma noite bem longa pro nosso champ. Ainda assim, acredito que ele consiga levar.

  • Hyuriel Constantino

    João, vendo a polaridade que o Aldo gera entre os foristas aqui com as suas declarações, eu endosso o discurso do polo que vê realmente uma certa perseguição a relação do brasileiro com os microfones.
    Se ele fica muito calado, não tem carisma, não vende bem, tá arregando, é um funcionário relapso e arisco, é omisso… Se ele fala se impondo, é arrogante, tá subestimando o oponente, vai tomar outro KO (como se o Aldo nocauteado fosse algo costumeiro de se ver), etc.

    O meu ponto de vista em relação as declarações que o Aldo dá é de uma autoconfiança construída ao longo de toda sua jornada como lutador. Além de que se vc ver como ele fala de cada oponente durante suas promoções, é o mesmo discurso de sempre. Ele tem noção do perigo que o oponente tem a oferecê-lo, mas ele não deixa transparecer. Foi assim com Mendes, Lamas, Edgar…
    Além disso, ele tb sabe do perigo que ele próprio pode oferecer a quem entra no octógono contra ele. Não é uma via de mão única onde só um tá sujeito aos perigos. Holloway tb, apesar de seu discurso debochado e exacerbadamente autoconfiante, sabe que o Aldo será o maior desafio de sua carreira e que se não lutar com a perfeição exigida pode ser engolido subitamente pelo brasileiro.
    Contra o McGregor ele errou justamente por ter modificado esse mindset de encarar o irlandês como mais um lutador “comum”. Eu entendo que o “comum” do Aldo é no sentido de que é só mais um rosto e um corpo que o cara tem que destroçar. A mente combativa do manauara é de uma máquina feita somente para bater e levar, e por isso que tb é um lutador tão cerebral. Com o Conor foi a exceção, pq o irlandês removeu essa carcaça mentalmente robótica e eu vejo que Aldo encarou o McGregor como um bicho diferente justamente pq sua forma de lutar nessa ocasião foi completamente diferente. Ele saiu de sua estratégia costumeira (de um slow starter contragolpeador).
    Desse modo, contra o Holloway o que vejo é o Aldo fazendo aquele mesmo jogo que fez com Edgar, Mendes, Lamas, Korean Zombie… Pq na cabeça dele o Holloway é só mais um lutador “comum”, ou seja, alguém que não exige dele uma mudança estratégica significativa.

  • João Neto Vieira

    Acho que o apontamento, do João Vitor Xavier, é no sentido de preocupação, pelo motivo de que o Aldo nunca teve esse comportamento, agora usa postura diferente, ele ta aceitando se promover mais? ou realmente ta ficando pilhado? compartilho dessa mesma preocupação, desde a derrota dos 13 secs, eu vejo um Aldo buscando uma redenção que não existe, ele fez e faz muito!!! sempre vai ter o respeito e reconhecimento, o problema ta em ter isso como objetivo de carreira, vencer o Connor, obcecado ao ponto de não perceber o perigo em volta saca… um abraço a todos!!! meu primeiro comentário, parabéns pelo trabalho do pessoal do 6R e parabéns aos usuários, sempre com discussões respeitosas e saudáveis 🙂

  • magnuseverest

    É boa luta,tomara que aconteça logo.Aldo favorito,mas Max é osso duro de roer.

  • Jaspion DA Silva

    Não sei não, mas acho que Aldo está descendo a ladeira. Não vi evolução alguma em seu jogo nas últimas lutas, vejo sempre a mesma coisa, um pouco de mão e pernas e nada de solo. Acho que a caixa de ferramentas do manauara esgotou-se, inclusive acho que ele já devia ter mudado de treinador a muito tempo. Outra coisa que está faltando ao Aldo é aquela vontade/gana, não sei, mas parece que o corpo está ali mais sua mente está longe. Além disso, o discurso que ele vem adotando nos últimos tempos é um total “suicídio de marketing”. Sua sorte, é que a categoria dos penas é bastante fraquinha.

Tags: , ,