Bellator x UFC: vale dormir tarde ou acordar cedo?

Renato Rebelo | 28/02/2014 às 20:39

Por competirem pelo mesmo público, os arquirrivais UFC e Bellator não costumam nos obrigar a escolher entre um e outro.

Afinal, até o mais monopolístico dos eventos curte uma atençãozinha não dividida.

Neste fim de semana, porém, a exceção da regra entra em vigor e, quem não tiver afim de passar o sábado de carnaval com olheiras, precisará tomar partido.

De um lado, temos o Bellator 110 hoje, com transmissão da TV Esporte Interativo a partir das 22h30 – e reprise na Fox Sports 01h.

Do outro, o UFC Fight Night 37, direto de Macau, China, dará o ar da graça no Combate por volta de 7h30 de sábado.

Para o fã casual, segue um resuminho dos pontos altos de cada um:

DONGUFC Fight Night 37

Para abrir o cadeado do complexo mercado chinês, os Fertitta levaram ao país mais populoso do mundo seu Cavalo de Troia favorito: o TUF. Apesar da qualidade questionável dos participantes (um instrutor de yoga leigo em artes marciais, por exemplo), o programa parece ter engrenado. Tanto que a aguardada final, entre Wang Sai (6v e 4d) e Lipeng Zang (6v e 7d) será a co-luta principal da 37ª edição do Fight Night. Com toda franqueza e polimento que me é peculiar, não assisti o reality show, então, caguei. O “main event” contém o atleta mais ranqueado do card (Dong Hyun Gim – 11º meio-médio) contra a eterna promessa “El Mago” Valdívia, digo, John Hathaway – lesionado desde que nasceu, digo, setembro de 2012. Esse casamento é sim interessante – já que tanto o inglês quanto o coreano são completinhos e têm pedigree na luta agarrada. De resto, vamos de Matt Mitrione x Shawn Jordan, Ivan Menjivar x Hatsu Hioki e Nam Phan x Vaughan Lee (os seis vindos de derrotas) e uma penca de estreantes – quatro chineses, um filipino, um mongol e um coreano. Evento na medida para testar nosso verdadeiro amor pelo MMA

PAGEBellator 110

Bjorn Rebney aposta em dois torneios para abrir a décima temporada do Bellator em grande estilo. Entre os meio-pesados, de um lado da chave, temos o wrestling e o boxe de Quinton “Rampage” Jackson, ex-campeão do Ultimate, versus o judô e o savate do congolês Christian M’Pumbu, ex-campeão do Bellator. Na outra semifinal, o popular King Mo, ex-campeão do Strikeforce, tenta se redimir da derrota para Emanuel Newton contra o ardiloso russo Mikhail Zayats, mestre de sambo. Mas, antes, dois brasileiros brigam pelo cheque de 100 mil dólares que vem com o “title shot” da categoria até 66kg. Nas quartas-de-final do GP dos pesos-penas, o porradeiro gaúcho Diego Nunes, que foi nocauteado na estreia por Patrício Pitbull, se testa contra o faixa-marrom de jiu-jítsu Matt Bessette, enquanto o jovenzinho Goiti Yamauchi, um dos mais letais finalizadores do esporte, rolará com o também grappler Will Martinez – faixa-preta do brasileiro Carlos Machado.

E aí, amigos, escolherão um ou partirão para o sacrifício?

Obs: Sim, Vitor Belfort… Estou só esperando alguns fatos se desenrolaram para escrever a respeito. Fiquem ligados!

Abraços.

  • Flavio Aldo

    bom texto,acompanho todas as postagens de vcs,e já decidir vou assistir os dois kkkk quem ama MMA tem que fazer certos sacrificios kkkk

    • Renato Rebelo

      Muito obrigado, Flávio!

  • Willian Grubert

    Bellator 110

  • Mark Sgarbi

    Bellator está muito mais interessante, tanto o card quanto o horario.

  • Filipe Bittencourt

    Bellator 110 ta mais interessante

  • zagolee

    1. Em primeira mão quero dizer que estou puto… Simples, não pega o Esporte Interativo aqui!

    2. O evento do Bellator está realmente atrativo! (Parabéns ao Esporte Interativo por divulgar o evento!)

    3. Para os verdadeiros amantes de MMA todo evento pode produzir frutos significativos. Desde a simples oportunização nos debutes de atletas até o aumento do número de eventos que expressa crescimento do esporte.

    4. Bellator veio pra ficar!

    5. Belíssima sacanagem com Vitor Belfort! A disputa era dele e a Comissão da “Chavasca” toma esta medida de banir o TRT agora? Isso pra mim demonstra claramente uma manipulação iluminati em favor do queridinho americano Weidman… Tô puto!

  • Vitor Camilo

    Vou fazer os dois, mas se tivesse que escolher iria ver o UFC, do Bellator queria muito ver o Diego Nunes, o Yamauchi e o Lawal, o Rampage pra mim é um ex lutador em atividade então, nem me interessa muito.

    • zagolee

      Rampage é ícone neste esporte!

      • Vitor Camilo

        Eu sei disso.

Tags: ,