Sueco, carrasco de Viscardi, e a honra de lutar no Brasil

Lucas Lutkus | 18/02/2014 às 20:53

Um cruzadão de direita de Viscardi Andrade fez Nicholas Musoke perder o controle das pernas e cair praticamente apagado ainda no primeiro round.

Mas, um momento de hesitação do brasileiro e a uma demonstração pública de resiliência mantiveram o sueco no páreo.

No apagar das luzes, em três rounds, Musoke garantiu a vitória por decisão unânime – e ainda bateu um papo com o Sexto Round.

Confira:

Tags: , ,