Thominhas pode ser campeão
do UFC? #jornaleiroresponde

Renato Rebelo | 01/12/2016 às 15:54

Pessoal, no #jornaleiroresponde dessa semana falei sobre uma das maiores promessas do MMA brasileiro nos últimos anos: Thomas Almeida. Será que o representante da Chute Boxe Diego Lima já está pronto para rumar em direção ao cinturão da categoria até 61kg do UFC?

Espero que curtam a resenha!

  • Francisco Júnior

    Tem condições plenas de ser campeão. Mas seu maior problema é o queixo. Tem balançado com frequência, mesmo em lutas que vence, e precisa corrigir isso urgentemente, mais ou menos como o Edson Barboza vem fazendo. E claro que aperfeiçoar a luta agarrada é fundamental para qualquer lutador de MMA de alto nível.

  • Vinicius Maia

    Eu já discordo de você Renatão. Se essas brechas defensivas do Thominhas não forem sanadas ele nunca vai chegar ao ouro. Até o Faber o venceria nesta situação. Ele deu as costas pra um cara que ele mesmo derrubou!!!! E que tava grogue seus golpes. O maluco quase encaixo um mata leão.
    Todos os lutadores que vc citou mais o Raphael Assunção, McDonald e até o Winneland eu daria vantagem pros adversários. Se ele não sair urgentemente da Chute boxe e buscar algum intercambio em outra academia (pode ser no Brasil mesmo – Nova União) ele não vai passar de uma promessa.
    Thominhas não teve 1 vitória tranquila no UFC (que eu me lembre) desde que começou sua caminhada na promotora de eventos.

    • Renato Rebelo

      Então, nós concordamos, mestre hehe. A mensagem foi que, no curto prazo, exatamente por essas brechas, dificilmente acontecerá. Só acho ele um um rapaz cabeça aberta, que não vive em negação e tem tempo e talento para fechar esses buracos. Minhas (boas) perspectivas, portanto, são a médio-longo prazo.

    • Igor Martins

      exatamente vinicius ali com um lutador um pouco mais calejado na luta agarrada era game over e são esse detalhes que fazem a diferença pra a nata da categoria e acho que ele não está no nível ainda, ele é um ótimo lutador na trocação não tem como negar, porém tem brechas e leva golpes as vezes na mesma proporção do oponente e os adversários capitalizam nessas brechas que são grandes, vide o picket e contra o garbrant foi sem chances, torcração muito boa, porém trenar mas defesa e contra ataque e chão cá pra nós nunca vimos, como lutador de mma hoje dos tops da categoria aposto que ele perde.

  • William Amaral

    Ataca muito bem, mas acho que falta se provar. Correu riscos em quase todas as lutas no UFC e a única vez que pegou alguém do topo da categoria, foi nocauteado no primeiro round. Na última luta, quase foi finalizado por um cara que estava prestes a ser nocauteado.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Eu também tô vendo evolução nele principalmente nas entrevistas, depois da luta contra o Morales ele foi para o Revista Combate e respondeu muito bem e reconheceu as falhas contra o Garbrandt e só de reconhecer que errou dando brechas, já é excelente, pra mim deveria ser a postura de todos os lutadores (Aldo kk?) e vejo que pode ser campeão sim, mas a longo prazo, atualmente a categoria tá muito ferrada, se ele conseguir um TS provavelmente deve ser com uma ajudinha do UFC, como foi o TS do Garbrandt.

  • Lucas Natan

    Acho que o pensamento da maioria é parecido: tem potencial, mas precisa de alguns ajustes cruciais pra sonhar mais alto. Nessa última luta pegou um cara bem cru e ainda deu bobeiras visíveis até pra um leigo em técnica, como eu.

    Sinceramente, por mim ele nem deveria ser ranqueado. O melhor oponente que enfrentou foi o Pickett (já meio decadente), e mesmo assim tomou 2 knockdowns. Não venceu nenhum ranqueado no peso. Creio que só está onde está no ranking pq é empolgante e quando vence (até agora a maioria das vezes), vence bonito.

    • Eric Correia Lima

      Concordo com você e digo mais: O hype que foi criado em torno dele entrou na cabeça do garoto. Cada vez que ele nocauteia de forma bonita, ele acha que pode continuar lutando daquele modo, e isso vai ser bem ruim no futuro, quando enfrentar qualquer dos tops que não vão desperdiçar a chance de dar uma porrada bem dada.

  • Marcos Henrique Lira

    Se ele corrigir as brechas no seu jogo talvez poderá ser campeão. Porém não acho q ele vai evoluir mais, continuando na chute box são Paulo. Ele deveria buscar novos ares, fazendo campos em outras equipes. Na minha modesta opinião entre Thomas e liniker. Sou mais o mão de pedra. Ele tem uma coisa q o Thomas não tem. O queixo de titânio. Não vejo no futuro próximo nenhum lutador brasileiro com o cinturão. Precisamos renovar com qualidade.

  • paulo henrique

    Deveria ter mais videos do #JORNALEIRORESPONDE e aquela coluna que fala sobre estilos do com saudades dela . ”A receita do Cappeli ”

    • Renato Rebelo

      Vou tentar fazer com mais frequencia, irmão. Sobre a Receita do Cappelli, tb torço muito pelo retorno = )

  • Renan Oliveira

    Renatão, no momento é difícil. Ele sempre corre riscos nas lutas. Tanto é que quase foi finalizado por aquele mediano. Não vi melhoras no jogo dele. Acho que ele deveria buscar novos ares. Ir pra uma academia como a King’s MMA, Jackson’s, ATT. Se continuar assim, vai ser mais um a ostentar o título de eterna promessa, igual o Erick Silva.

    • Igor Martins

      UFC não é Jungle Fight

  • fabiojbm

    Thomas eu acho um pouco mais complicado para ser campeão. Tem que ter mais armas. Contra o garbrandt, por exemplo, a diferença na trocação ficou muito grande, principalmente porque o Thomas pouco chutou. Concordo que tem potencial, concordo que não será agora. Mas para ser campeão um dia, terá que desenvolver mais opções, mais armas para vencer as lutas.

  • Eric Correia Lima

    Torço que ele tenha a consciência pra melhorar os buracos do seu jogo, embora não veja essa inteligência que você mencionou no vídeo. O cara tem a minha idade, é muito novo ainda, e pra piorar parece que ele comprou a ideia de que é uma das promessas brasileiras e que pode ganhar as lutas de qualquer jeito, mesmo que apanhe bastante. Isso é bem perigoso. É mais ou menos a sensação que eu tinha quando jogava videogame no nível de dificuldade médio, onde bastava dar um gás, jogando sério e pra valer que a vitória viria. Acho que antes de realmente ter a inteligência pra melhorar o seu jogo, ele ainda cairá bastante ao enfrentar os tops da categoria, e isso pode ser irreversível e afetar o emocional dele. Sou menos otimista que você, mas espero estar enganado.

  • João Campos

    Ótimo vídeo. Apenas um comentário: “Phil Jackson técnico campeoníssimo da NBA com o Chicago Bulls” e com o Los Angels Lakers. 6 títulos em Chicago e 5 em LA! HAHAHAHA PS.: Sou torcedor dos Lakers!

    • Renato Rebelo

      Haha sorry!

  • Silas K

    Um Erik Perez na próxima já está de bom tamanho, pra ir construindo a confiança e ir evoluindo como lutador. Qualquer adversário acima desse nível já seria arriscar nova queda e retrocesso na carreira, pra mim um Pedro Munhoz já causaria problemas para o promissor paulistano.

  • Roberto jr

    O thomas é um porradeiro nato . Não adianta, independente do que fizer esse estilo pitbull dele dificilmente vai mudar em um curto prazo, ele foi forjado assim , desde seus 13 anos. Imagina tu ser um cara de seus 20 poucos anos , sabendo que tem uma técnica acima da média pra atacar , o que iria fazer na situação ? Sair na mão sem se importar com o canhão que atira de lá certo? O que falta nele é amadurecer , ele é aquele moleque fogoso que precisa de um ” profexô” pra trabalhar esse potencial . Um bom mestre pra implantar um pensamento nele e colocar estratégia naquele jogo, imaginem? O cara ia voar , porque talento ele tem.

  • Ícaro Nogueira

    As categorias mais leves estão dando de laço nas categorias mais pesadas, todas; menos os moscas, estão muito muito boas e competitivas.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Eu ficaria realmente surpreso se ele conseguisse esse feito entre 17/18. Deve conseguir uma disputa nesse ínterim, pode Bispar e ser Campeão, mas necessita de bastante evolução (o que ele demonstra saber e buscar) até o Ouro.

Tags: