Análise técnica: como Lyoto e Mousasi se encaixam em pé

Fernando Cappelli | 13/02/2014 às 22:40
machida-vs-bader-2-630x419

Lyoto achando o rosto de Bader

Machida conta com padrão de striking cheio de minúcias e totalmente diferenciado para o MMA.

Assim, carrega a sina de parecer estar sempre em teste contra lutadores mais usuais.

Basicamente, as habilidades do brasileiro são baseadas na antecipação e percepção de movimentos, o que requer grande tato para ser plenamente dominado.

É um dos caras mais difíceis de ser acuado e mantido na zona das trocas de golpes mais francas.

O jogo da longa para a média distância bem equilibrado quebra a ofensiva dos oponentes e o credencia como exímio contragolpeador, sobretudo em golpes retos (como chutes frontais e socos diretos), típicos do caratê.

Canhoto, o principal cacoete do carateca é dar um pequeno passo para a trás e para a esquerda assim que se sente ameaçado, para, em seguida, projetar o corpo como uma mola e iniciar sequência de dois ou três golpes – que geralmente começam ou terminam com diretos de esquerda, seu soco mais forte.

Variações mais usadas:

1 – Machida aplica um soco leve (geralmente com a direita), e já está em deslocamento (lateral ou para trás) no momento de reação imediata do adversário, quando escapa e aplica o contragolpe.
2 – Machida movimenta a cintura, bate o pé no chão ou finta um chute, para que o adversário perceba a intenção e tente golpeá-lo ou agarrá-lo. Novamente, ele já está em deslocamento no momento da investida.
Ao adotar estância comedida, Machida força o oponente a busca-lo – e, consequentemente, a fazer um movimento a mais-, o que facilita seu poder de ‘escanear’ golpes.

Lyoto-Machida-vs-Rashad-Evans

Evans se perdeu na distância

Na movimentação, Machida tem deslocamentos e passadas diferenciadas se comparado com outros lutadores (que usam o jogo de pernas mais usual e curto do boxe ou muay thai), uma característica natural de seu passado “shotokanês” – e depois adaptada muito bem ao MMA.

Nas últimas apresentações, ele têm se mostrado muito mais consciente – e agressivo – em cercar ou acuar oponentes contra as grades do octógono.

Particularmente, a guarda do carateca, baixa ou com as mãos se movimentando, parece falha.

Ele raramente usa bloqueios ou coberturas (duas mãos na frente do rosto).

Os ângulos e as defesas dependem quase unicamente do timing e do jogo de pés.

Neste sentido, ele também busca se reinventar constantemente.

Gegard Mousasi

ufuel9_13_mousasi_vs_latifi_009

Ilir Latifi foi facilmente dominado no UFC on Fuel TV 9

Podemos dizer que Mousasi pertence àquela categoria de strikers mais passionais, que misturam instinto e adaptações, que, a olho nu, podem não configurar primores técnicos, mas são eficientes para o MMA e também trazem detalhes bem pensados.

Longilíneo, o “Dreamcatcher” usa bem a envergadura como base de ataques, com jabs espertos para marcar ou encurtar a distância seguidos de esquivas estilo ‘cai dentro’ e sequências de socos.

O que chama atenção também no jogo do iraniano radicado na Holanda é a capacidade de moldar detalhes e obedecer táticas desenhadas de acordo com cada adversário.

Mousasi se propõe até a mudar a postura de luta para aproveitar brechas no oponente da vez, seja este porradeiro ou técnico.

Com as costas no solo, uma das principais marcas registradas: boas variações nos chutes ascendentes, as populares pedaladas, artifício que já nocauteou Ronaldo Jacaré.

Conclusão

Machida tem procurado se reinventar dentro do próprio estilo e deixou boa (mesmo que breve) impressão na estreia pelos médios, contra Mark Muñoz.

O carateca brasileiro traz “handicaps” de peso em pé para o desafio em Jaraguá do Sul.

Mas Mousasi é um cara paciente.

Se quiser sair vencedor, precisará de bastante sangue frio para capitalizar a performance aproveitando deixas e aberturas nos próprios contragolpes de Machida (algo que apenas Jon Jones conseguiu até agora).

  • Renan Trindade

    Tô muito curioso pra ver esse duelo kickboxer x careteca. Acho o Mousassi mt sinistro, pedreira braba pro Lyoto…

  • Mauricio Rua

    shogun manda abraços

Tags: , ,