É cedo ou tarde demais para Shogun x Henderson II?

Renato Rebelo | 22/01/2014 às 18:56
shogun-henderson1

“Brothers in Arms”

Acabo de reassistir Maurício Shogun x Dan Henderson, luta principal do UFC 139, e, para os mais esquecidos, farei uma leitura dinamissíssima do que rolou em novembro de 2011.

Pra começar, à época, o cenário era o seguinte:

Hendo havia desligado, meses antes, o lendário Fedor Emelianenko.

Já o irmão Rua do meio acabara de se vingar de Forrest Griffin – carrasco da estreia no UFC.

Portanto, um “title shot” ao vencedor era certeza…

… A não ser que Rashad Evans, antagonista óbvio para o campeão Jon Jones, passasse, em janeiro, pelo bem ranqueado Phil Davis.

Foi exatamente o que aconteceu.

Pois bem.

A estratégia inicial do curitibano era claramente quedar Hendo, avançar posições e amassar no chão.

Acontece que, por duas vezes, Rua encontrou uppers pesados no caminho para o bom e velho “double leg”.

Essas “encostadas” já foram suficientes deixá-lo ensanguentado até o término do R1.

Nos rounds dois e três, Shogun, um pouco mais estático, engoliu sistematicamente a seco a mão direita amaldiçoada do rival e passou a chamar urubu de meu louro.

Por um triz o coroa desdentado não liquidou a fatura via ground and pound.

O R4 e o R5 foram marcados pelo fôlego superior do atleta mais jovem – que, finalmente, botou em prática seu plano de levar a luta pro chão.

Em ambos, Shogun terminou praticamente montado, descendo a lenha.

Resumindo: batalha épica (indicada ao World MMA Awards de 2012).

shogun_hendo_ufc_139

O UFC 139 terminou assim

Agora, a realidade – diretamente influenciada pelos girar dos ponteiros do relógio- é, digamos, menos colorida.

Combinados, Hendo e Shogun acumulam cinco derrotas nas últimas sete lutas.

Aos 43 anos, o porta-voz da Team Quest caiu em decisões divididas para Lyoto Machida e Rashad Evans e foi brutalmente nocauteado por Vitor Belfort.

Já Maurício, que moveu novamente seus “camps” pra São Paulo, deitou os pouco inspirados Brandon Vera e James Te Huna e foi facilmente dominado por Chael Sonnen e Alexander Gustafsson.

A pergunta que fica é: a revanche vem em boa hora ou tem pinta de embuste para levar o Ultimate a uma nova cidade (Natal, Rio Grande do Norte)?

Confesso a vocês que tenho receio de um concurso enfadonho no dia 23 de março manchar o display de garra exposto há dois anos.

Afinal, em termos de metas reais (rankings, cinturões, etc), nenhum dos dois tem muito a ganhar com o casamento.

Sem contar que Hendo, cada vez mais dependente da manjada combinação chute baixo de canhota + swingão de direita, encaminha-se para o porta de saída, e Shogun provou contra Te Huna que, ultimamente, precisar ser espremido (com força) para dar um bom caldo.

Enquanto isso, o pobre Davis, no auge da forma física, vaga por aí sem par:

Não é o Phil que não quer lutar. Ele está pronto, só não estamos conseguindo lutas. Ele está numa posição em que deveria lugar com caras no topo. Só não estamos conseguindo esses caras. Eles não estão querendo lutar com o Phil – disse Eric Del Fierro, treinador da Alliance MMA e empresário do Mr. Wonderful, ao site MMA Fighting.

Não nego ceticismo monstro, mas ainda procuro refúgio na frase imortalizada por uma antiga propaganda de whisky norte-americana:

Um clássico será sempre um clássico.

E vocês, amigos, o que acham?

Abraços.

  • Edgar Santista

    ”Aos 43 anos, o porta-voz da Team Quest caiu em decisões divididas para Lyoto Machida e – Phil Davis – (Rachad Evans) e foi brutalmente nocauteado por Vitor Belfort.”

    • Renato Rebelo

      Corrigido, Edgar! Perdoe minha desatenção. Abs.

    • Renato Rebelo

      Corrigido. Perdoe minha desatenção, Edgar. Abs.

  • Christopher Pyle

    “Aos 43 anos, o porta-voz da Team Quest caiu em decisões divididas para Lyoto Machida e Phil Davis”, Ótimo texto, como sempre é , mas Henderson vs Davis rolou ? O.o

    • Renato Rebelo

      Troquei as bolas, fera. Foi o Rashad Evans. Abraços.

  • Edgar Santista

    P/ corrida de cinturão essa luta não vale mto p/ o shogás, mas pela historia e revanche, tem muito apelo, mas acho q se ele quisesse subir no RK, um Davis ou Bader seria melhor.

  • caio abreu mota

    posta ai o link da primeira luta pra gente conferir.

  • Diego Rizzo

    Acha que Shogun x Phil Davis, por mais que fosse justo, casaria pro meu ídolo ? Acho que nao, Shogun antigamente ganhava facil dos wrestlers, hoje ta em baixa quando pega esse tipo de adversário… digo: Mark Colemann, Kevin Radlemann, Cyborg, Rampage, Arona e outros que focavam sempre a luta no solo, e Shogun os vencia, com certa tranquilidade, Shogun tem que treinar muita queda pois Hendo tem boa defesa de queda… levar pro chao, montar, pegar costas e finalizar, sem deixar transcorrer muito em pé, apesar que em 2011, Hendo levou 2 knockdowns… A maior luta q eu ja vi! Warrrrr Shogun

  • Evandro Juninho

    O arremate do texto foi perfeito, “Um clássico sempre será um clássico”, essa luta pode não ser como foi a primeira, mas tem tudo pra ser um ótima luta de inauguração do UFC em Natal, duas lendas do MMA (Um tanto desacreditas é claro), Hendo com seus 43 anos já não é aquele monstro que conseguiu bater Fedor (FIm de carreira, diga-se de passagem), e Shogun precisa provar que não se tornou um lutador mediano que é facilmente dominado, pelo fraco Chael Sonne, Shogun precisa tirar a maldição do “Agora vai” pois só assim, conseguirá sonhar com algo maior! (Cinturão, está fora de cogitação em 2014)

  • Diego Jaqueira

    Nunca é tarde demais para mais um Shongun x Henderson!

  • Leo Ferreira

    Faz tempo da ultima vez que revi a luta mas, se não me engano, no 4° round, Shogun conseguiu conectar uma boa sequencia no americano que ficou nocauteado em pé, dava pra ver que Hendo estava praticamente apagado, mas como o próprio Joe Rogan exclamava durante a transmissão, Shogun parecia não ter percebido isso, foi fantástico. É claro que a revanche é um chamariz pro evento em natal, mas dessa vez, ficou ruim pro americano que não deve passar do 2° round.

  • zagolee

    Clássico é clássico e vice-versa! (risos)
    Eu apenas acho que está luta poderia acontecer com os dois atletas vindo de vitória, mas é uma luta que todos querem ver sim!

Tags: , ,