Frankie Edgar, chegou a
hora de partir pros galos

João Vitor Xavier | 16/11/2016 às 12:12

Frankie Edgar provou mais uma vez, no histórico UFC 205 do último sábado, que segue como um dos melhores lutadores do mundo, peso-por-peso.

Superou um enorme Jeremy Stephens, passou por apuros (levou um baita knockdown no segundo assalto) e conseguiu uma vitória bem a seu estilo. Mas está na hora de rever alguns conceitos.

A começar pela insistência em permanecer no peso-pena. Como seu treinador Mark Henry já disse, seu lugar é no peso galo. Nos leves, Edgar não cortava peso e, aparentemente, a perda nos penas é pequena, também.

Acho que as pessoas não sabem, mas ele é menor que Marlon Moraes (brasileiro, campeão dos galos do WSOF e companheiro de treinos de Edgar). Frankie é um peso galo natural. Frankie foi campeão dos leves, ficou perto do cinturão dos penas, mas na verdade, ele é um peso-galo.”, disse Henry no MMA Hour, em agosto.

Edgar e Moraes

Edgar e Moraes

E uma eventual descida aos galos se deveria também ao fato de que Frankie chegou ao teto na divisão dos penas. Fez muito barulho, ganhando de nomes como Chad Mendes (o ex-príncipe dos penas), Charles Oliveira e Cub Swanson. Mas perdeu duas vezes para José Aldo.

O brasileiro deve enfrentar o vencedor de Anthony Pettis x Max Holloway pelo título linear (não imagino Cono descendo novamente para 66kg). O Scarface, que não vai mais se aposentar, é favorito contra ambos atletas, o que deixa a vida de Edgar difícil nos penas.

Outra questão é que ele continua menor que seus oponentes nos penas. Imaginava-se que, descendo dos leves, ele estaria pelo menos em condição de igualdade. Mas com vários ex-leves fazendo o mesmo caminho, a desvantagem parece permanecer.

É só ver a diferença para o próprio Stephens no octógono.

Nos galos, Edgar chegaria cheio de moral. Primeiro, por vir de vitória contra um nome duro. E também pelo nome. Ter “The Answer” até 61kg daria uma nova dimensão à divisão, que já é uma das melhores do UFC. É um ex-campeão dos leves e poderia fazer história de uma maneira diferente.

Se vencesse o título, seria o quarto atleta a ter dois títulos em duas categorias no UFC. Mas ao contrário de Conor McGregor, BJ Penn e Randy Couture, seus triunfos estariam separados por 20 libras, ou nove quilos. Seria uma conquista única e dificílima de ser replicada (pelo menos até Conor decidir tentar a sorte contra Tyron Woodley).

Edgar x Stephens: a diferença de tamanho

Edgar x Stephens: a diferença de tamanho

Além de tudo, uma luta contra o campeão Dominick Cruz teria muito apelo. Os dois são conhecidos pela excelente movimentação de pés, mãos rápidas e excelente nível de wrestling. Se eles passassem todas as coletivas pré-luta calados, eu ainda pagaria para ver esse duelo.

Sem desvantagem de tamanho, Edgar poderia sim destronar Cruz. Tem a rapidez para fechar a distância e buscar um jogo de quedas, mais ou menos como fez contra Urijah Faber (claro que é mais difícil quedar o campeão, mas a estratégia poderia ser parecida). Ambos têm a mesma envergadura, o que deixaria o combate ainda mais interessante.

Para além do Dominator, Edgar poderia fazer lutas interessantes contra outros tops da divisão. Eu pagaria para vê-lo contra todos esses: TJ Dillashaw, Cody Garbrandt, John Lineker, além de outros atletas como Bryan Caraway, Jimmie Rivera e Michael McDonald.

Acho que chegou a hora de se reinventar, buscar uma categoria que seja correta para suas aptidões físicas e onde ele pode fazer muito barulho. O peso-galo, não é de hoje, está recheado de grandes atletas e é um desafio para qualquer um se inserir nesse tanque de tubarões.

Se Edgar decidir de fato por uma descida para os galos, gostaria apenas de vê-lo lutando uma vez antes de uma inevitável chance pelo título. Como peso-pena, Edgar desceu direto para enfrentar José Aldo e penso que faltou um período de adaptação.

O peso é diferente, mas o jeito como cada atleta luta também. Aldo era provavelmente mais rápido que os desafiantes do peso-leve, e Edgar sofreu.

Na nova categoria, seria bom vê-lo buscar um teste, alguém como Raphael Assunção, para abrir os trabalhos. Dessa forma, Edgar pode testar seu corte de peso, fazer uma luta contra um atleta top dos galos e “sentir” o novo território.

  • Shotokan Karate

    Sou fã do Edgar mas mesmo nos galos ele vai ter um problema. Como parar o Dominick ?

    • Sérgio Carmo

      apanhando muito como poucos e aguentando até o final

      • Shotokan Karate

        E ficando sem o título… Dominick pra mim é o futuro número 1 em todos os pesos basta só mais umas 3 defesas de título bem sucedidas…

        • Sérgio Carmo

          é provável que ele faça uma luta como a do TJ vs Dominick, mas tb é provável que seja como a do Gray Maynard

        • Sérgio Carmo

          Pois é… Dominick já foi

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Frankie Edgar nos galos seria muito bom, mas fico com medo do UFC colocar ele para furar a fila dos contenders, o lugar dele realmente é nos 61, só tem luta sensacional para ele, mas espero que ele vença alguém antes de conversar sobre título, pode ser o Assunção mesmo, ou o Caraway.

  • Caio César

    Concordo com tudo e torço bastante pra essa descida.
    Belo texto, João!

    • João Vitor Xavier

      Obrigado!

  • THIAGOD

    Se reinventar ao 35 anos seria meio complicado, mas seria excelente talento para os galos. Ele “grogue” levando o Jeremy Stephens para o chão mostra o quão impressionante é como lutador.

  • Gustavo Lima

    Se esse cara descer, o peso-galo toma o lugar do peso-leve, hands down.

  • Daniel Piva

    Essa sugestão do Raphael Assunção é apenas para ir acostumando o Edgar no peso ou acredita que ele possa complicar o jogo para o americano, João?

    • João Vitor Xavier

      Acho difícil, o jogo pra mim não casa

  • KRS Porlaneff

    Tirando a parte que o Aldo é favorito contra o Holloway, concordo em praticamente tudo.

    Não vamos esquecer que o Holloway vem extremamente mordido por ser injustiçado, evoluiu demais no seu estilo de luta e que, tirando a bizarrice que foi a revanche contra Nate Diaz na WW, ele é o único cara que conseguiu conseguiu levar uma luta do McGregor pra decisão.

    Mais uma coisa: Aldo ainda é um puta lutador, um lutador foda? É, mas o que mais motiva ele a continuar lutando é justamente ter uma revanche contra o McGregor. Com o irlandês ficando na LW com uma fila interminável de contenders, apesar de ver o Aldo perfeitamente capa de enfileirar alguns top 10, não acho que o UFC lhe dará essa revanche.

    E aí, até que ponto essa negativa da revanche pode afetar ele como lutador? Ninguém sabe…

    • Lucas Natan

      Aí é tudo suposição, o que pode acontecer se… . Difícil realmente da gente saber, mas como não tem como saber das consequências de possíveis desdobramentos, olhando pra dentro do octógono pelo que vemos hoje, Aldo é favorito contra o Holloway.

      A atuação dele contra o próprio Edgar mostra que o nível dele é alto demais, não podemos nos esquecer disso.

      • KRS Porlaneff

        Pescou bem o ponto que eu quis colocar, Lucas Natan. Eu, por mais hater que seja do Aldo, sei que é um tremendo despeito falar que ele não está em alto nível, porque está e muito.

        Mas o que também não dá pra esquecer, é que o Aldo que fez a revanche contra o Edgar no UFC 200 veio com sede de vingança e sabendo que o cinturão interino era o caminho mais rápido (naquele momento) de ter a sua revanche. Naquele momento, McGregor estava fora do UFC 200 por fuleragem, com aquele gosto amargo de ter sido derrotado por um cara destreinado, e sendo pressionado a defender sua cinta FW que mês que vem fará aniversário sem ser defendida.

        O cenário hoje é outro e completamente diferente. McGregor tem dois cinturões, a direção do UFC tá adorando o rendimento financeiro que as duas categorias travadas está dando, ranking jogado às traças, money fights em alta, aparentemente já foi quebrada a regra de cada campeão só tem um cinturão por vez… e é um cenário de desmotivação pro Aldo, a gente gostando ou não.

    • Baixista Loko

      Depois daquela luta contra o Alvarez tenho que dizer apesar de detestar o filho da mãe do Mc Chicken , se eu fosse o Aldo eu teria medo é correria dessa luta , simplesmente não casa, Mc Gregor nocautearia dnv .

      • KRS Porlaneff

        Também acho. Não vejo o Aldo conseguindo separar o emocional e fazer nem que seja uma luta burocrática baseada em grappling.

        E se por acaso finalizar (será a segunda finalização dele na carreira), não duvido nada que ele banque o Toquinho somente por se tratar do Conor McGregor.

  • Gleydson Silva

    Assunção não está casado com Sterling ?

    • Idonaldo Gomes Assis Filho

      É verdade, bem lembrado.

    • magnuseverest

      Boa lembrança,e desta disputa pode aparecer mais alguém na boca do cinturão.

    • João Vitor Xavier

      Sim, mas como luta daqui a pouco, poderia entrar num campo e lutar no fim do primeiro trimestre de 2017, por exemplo.

      • Gleydson Silva

        Entendi… Faz sentido João.

  • Hyuriel Constantino

    Edgar, o anão “inocauteável e infinalizável”. haha… Mito demais.

  • Mauricio

    Mesmo nos galos vai ter umas paradas duras mas acredito que ele possa dar uma lutar interessante contra o Cruz.

  • Luiz Guilherme Volpato

    Concordo em tudo. Sou fã do Frankie e acho um lutador lendário. Poderia travar uma guerra como nenhum outro galo contra o Dominador Cruz. E talvez até conseguir a cinta!

  • Lucas Santana

    a diferença de tamanho já está começando a ficar alta nos penas, pode perceber que o Edgar não conseguia manter o Stephens no chão por muito tempo, nos galos ele teria ótimo wrestler, a movimentação característica além de sua mão ter mais punch contra oponentes menores.

  • Luis Coppola

    Já deveria ter descido desde a última derrota para o Aldo. Perdeu rendendo menos do que na primeira luta entre eles, só está perdendo tempo de carreira se mantendo nos penas, e isso, para seu estilo de luta (idade chegando) conta mto!
    Outro com uma situação idêntica ao “the answer”, que deve descer caso perca mais uma disputa de cinturão (ou seja derrotado na próxima luta), é o TJ que quase não corta peso para lutar nos galos..

  • Tiago Nicolau de Melo

    Desce, faz uma luta contra algum Top5 pra não furar a fila logo de cara, vence e pode se igualar ao Faber como um dos lutadores que mais disputou Cinturões na história.

    Não o vejo vencendo o Cruz e passaria/daria trabalho pro restante do Top5.

    • Matheus V.

      Poderia matar no peito um Caraway, que além de ser um ótimo casamento para ele, aceitaria na hora.
      Quanto a uma luta com o Cruz, prefiro esperar para ver o quão rápido e potente o Edgar fica na categoria. Além disso, não sei, por exemplo, se o Dominator consegue queda-lo, o que sempre foi sua válvula de escape quando é muito pressionado.

      • Weslei Alvarenga

        Caraway n da atualmente, pq ta quase acertado pra lutar com o Rivera dia 15/01.

        • Matheus V.

          Então que tal aquele Mizugaki maroto, hahahaha. Zoeira.
          O Rani Yahia também desceu dos penas e tá indo muito bem, para mim um lutão.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Esses feitos do Edgar tornam as duas vitórias incontestes do Aldo sobre ele uma coisa de se fazer um quadro e pendurar na sala de casa/academia.

  • Já pararam para pensar que a resistência fenomenal do Edgar pode dever-se ao fato de praticamente não cortar peso, ao contrário de todo dos demais? É um ponto.

    • Vinicius Maia

      Interessante. Mas será que a perda de mais 5 kilos iria impactar tanto na sua resistência? Tendo em vista que o corpo do Frankie Edgar na pesagem e na hora da luta no UFC 205 nem teve grandes mudanças. Eu tava vendo aqui o vídeo da pesagem oficial na manhã e no dia da luta. Ele não parecer cortar muito pra bater o 66.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Pro Edgar 5kg é quase 10% do peso, Vini.
        LOL

        • Vinicius Maia

          Eu to ligado veio, mas partindo do pré suposto que ele não corta quase nada nos penas ele poderia lutar quase com o mesmo peso que luta nos penas recuperando. Tem que ver como o corpo dele reagiria. Eu quero ver o Edgar campeão, esse cara merece. Um dos motivos deu odiar o Bendo e sempre torcer pra sua derrota foi as garfadas contra o Edgar. Até hoje eu fico puto!! Na segunda luta o Edgar parecia não acreditar na cagada. Lembro até que ele jogou o boné no chão se não me falha a memória.

          • Lorenzo Freitas

            Acredito que se o Edgar cortar bem o peso pros Galos, bater proximo do limite e principalmente ter uma recuperacao rápida de peso, ou seja, ficar com mais ou menos o peso de pena a sua resistencia nao deve mudar

    • Thiago Pikisius

      O que falar do “Queixo” do Edgar?
      Dadas as proporções, o chute que ele tomou pegou muito mais em cheio que a joelhada do Romero sobre Weidman, levando em consideração o “efeito alavanca” criado pelo comprimento da perna.

    • João Vitor Xavier

      Boa questão, FH. Acho que só vendo se o corte é muito severo…

      • Pro galos já deve ser um corte considerável sim, mas nada que outros não façam. Vamos observar se perderá poder de absorção.

  • magnuseverest

    Lutas boas de Edgar contra Cruz,ou DJ,ou TJ.
    Até o Thominhas seria um bom teste nos galos.

  • Lero

    Se depois de “perder” a segunda luta contra Bendo, Edgar tivesse ido direito pra os galhos, teria tirado o cinturao do Barao tranquilamente. Agora a categoria é bem mais complicada que 3 anos atras.

  • Samuel Moreira

    Frankie já e um dos melhores da história, que desça.

  • Claudio Gomez

    Cara, ver Edgar, Cruz e Dillashaw embolados, eventualmente com um Demetrius Johnson subindo, seria a coisa mais fantástica em termos de técnica no UFC.

Tags: ,