Atacando de Joe Silva: lutas a casar pós-UFC FN 34

Renato Rebelo | 05/01/2014 às 23:31

Com o UFC Fight Night 34 nos livros, chegou a hora desse pretensioso jornaleiro que vos fala vestir o chapéu de “matchmaker”.

Mantendo os pés no chão, dispensando confrontos improváveis e ignorando atletas já comprometidos, cheguei aos seguintes casamentos:

NUM1Tarec Saffiedine x Matt Brown

Apesar do sufoco na reta final contra Hyun Gyu Lim, a “Esponja” provou que consegue bater rivais de castas intermediárias com relativa facilidade. À sua frente no ranking, muita gente comprometida e o “Imortal” avulso. É verdade que os últimos feitos de Brown demandam recompensa maior, mas a real é que a hérnia atacou em momento inoportuno e, agora, mais vale um pássaro na mão do que dois voando. Seria curioso ver o belga fugindo das pesadas mãos do americano enquanto tenta decepar suas pernas. Poético.

NUM2Tatsuya Kawajiri x Hacran Dias

Já que o grapplerzão de olhos puxados curte se lançar em pernas alheias sem ao menos fintar, que tal fazer força contra um dos melhores wrestlers da Nova União? Apesar da grosseira diferença de experiência, o carioca tem a seu favor jiu-jítsu ensinado pelo primo Marlon Sandro e por Dedé Pederneiras. Essa luta, na real, era pra ter rolado em Singapura – não fosse uma antiga lesão na mão de Hacran. Juro que não é falta de criatividade, só acho que ela continua fazendo sentido.

NUM3Kiichi Kunimoto x Luiz Besouro II

As cotoveladas ilegais entraram tão cedo que Besouro deixou o octógono mais molhado pelas próprias lágrimas do que por suor. Deve ser frustrante se preparar meses a fio para um fulano e nem ao menos descobrir se ele é de verdade ou de mentira. Não sei vocês, mas casaria essa dupla novamente – levando em conta que o jiu-jitsu de um encaixa legal com a luta livre do outro.

NUM4Kyung Ho Kang x Johnny Eduardo

O domínio do “Sr. Perfeito” sobre Shunichi Shimizu pode ser visto por óticas diferentes. Ou o coreano melhorou e tem condições de se manter no UFC – graças ao jogo de chão justo- ou Shimizu vendia pipoca na porta do estádio e foi chamado às pressas para compor o card. Assumindo a primeira alternativa, um trocador cascudo poderia fazê-lo expor ao ainda mais ao público. E, como sabemos, a Baixada é cruel!

Fariam escolhas diferentes, amigos?

Abraços.

  • L. lemos

    Cara achei seus casamentos perfeitos porém acho que faria mais sentido ver o Kawajiri contra o Darren Elkins do que contra o Hacran .

  • Vinícius

    Excelentes casamentos, esse é o texto que mais gosto no site. Quem colocaria contra o Lim?

    • Renato Rebelo

      Pensei em Siyar Bahadurzada ou Mike Pierce (ambos vêm de derrotas). Que tal?

  • Naldiinho da Curtição

    Ótimos Casamentos, Mais e o Lim?

    • Renato Rebelo

      Que tal Siyar Bahadurzada ou Mike Pierce – já que ambos vêm de derrotas?

Tags: ,