De olho no vice: os
pontos altos do Bellator 163

Tiago Paiva | 05/11/2016 às 02:03

Saudações, leitores do Sexto Round! Após duas semanas sem eventos da segunda maior organização de MMA do mundo retornamos com pompa e circunstância após um animado Bellator 163.

Os fãs que compareceram a Mohegan Sun Arena, em Uncaville, no estado de Connecticut (EUA) não se decepcionaram com o que lhe foi apresentado – mesmo tendo duas das principais lutas retiradas do card por problemas com a pesagem – visto que foram presenteados com dois brutais nocautes, uma bela finalização e um atropelo na porção principal do evento.

Sem mais delongas, vamos à análise do evento.

phil-davisLiam McGeary x Phil Davis

Que performance espetacular do Mr. Wonderful. O meio-pesado americano fez com que o duro faixa marrom inglês parecesse um faixa branca em sua primeira aula.

Usando e abusando do controle posicional – ajudado por um preparo físico excepcional – Davis fez o que quis durante 22 minutos, não obtendo a vantagem apenas nos três minutos iniciais do primeiro assalto, onde McGeary até conseguiu leve vantagem, mas essa pequena margem foi demolida por um cruzado de esquerda certeiro que abalou o jiu-jiteiro britânico.

A capacidade de Davis não correr riscos desnecessários é acima da média, e essa sua versão 2.0 faz com que seu nome seja solidificado como principal nome além da trinca do cão (Jones, Cormier e Rumble). Mesmo recém-campeão, Davis praticamente já passou a limpo toda a divisão dos meio-pesados do Bellator MMA, tornando seu reinado inconteste.

Já que vindo de dentro do próprio Bellator não há ninguém a ser considerado como uma válida opção inédita, que tal Ryan Bader – último algoz do Mr. Wonderful – que fará sua última luta do contrato com UFC contra Rogério Minotouro no Fight Night: São Paulo?

Brennan Ward x Saad Awad

Lutas entre atletas que não tem nada a perder – ou tem, mas não ligam muito para isso – geralmente são bastante interessantes. Brennan Ward contra Saad Awad foi uma dessas.

Como num curta metragem dedicado a violência, tivemos dois famintos vilões tentando matar um ao outro desde o estalar do claquete (ou do gongo). Melhor para Ward, que conseguiu conectar um gancho de esquerda limpo, fazendo com que Awad caísse deitado em berço esplêndido mais cedo do que o planejado.

Vitória importante para o “Irish”, que vinha de derrota para Evangelista Cyborg por finalização. O Bellator, na própria transmissão, já tentou cavar um combate entre Ward e Paul Daley. Promessa de violência agrada, logo cumpra-se!

neiman-gracieNeiman Gracie x Rudy Bears

Empolgar com Gracies no MMA é complicado. O histórico recente já nos faz ficar com um – talvez dois – pés atrás, mas é válido olhar para o menino Neyma… digo, Neiman Gracie com carinho.

O sobrinho de Renzo Gracie passou sem dificuldades pelo cordeiro de sacrifício oficial do Bellator, Rudy Bears, que recentemente também foi colocado contra Michael Page e foi nocauteado rapidamente. Sem muita enrolação, o faixa preta pegou as costas assim que a luta foi para o chão e conseguiu uma bela transição para uma chave de braço, arrancando os três tapinhas do oponente.

Essa é a quinta vitória de Neiman em cinco lutas na carreira, sendo quatro por finalização. Como todo às do jiu-jítsu que vai para o MMA, é importante frisar que a adaptação é algo complexo, logo não devemos ter pressa com o Gracie, que tem apenas 27 anos e um promissor futuro pela frente.

Sergei Kharitonov x Javy Ayala

E uma forte candidata a zebra do ano surge, aliás, por que não a nocaute do ano no Bellator também. O rechonchudo Javy Ayala derrubou tudo e a todos com seu potente overhand de direita, que explodiu em cheio na orelha do 49.

O russo, contratado com toda a moral do mundo pela segunda maior organização de MMA do mundo, inclusive tendo sido supostamente um dibre do Bellator sobre o UFC, foi derrubado no maior estilo árvore, com direito a quicadinha após o primeiro baque no chão.

Pesadelo para Scott Coker, que perde pelo menos momentaneamente um de seus principais atletas da divisão dos pesados e sonho se tornando realidade para Ayala, que agora emenda duas vitórias consecutivas por nocaute na organização.

Outros resultados:

Hannah Regina derrotou Sarah Payant por finalização no R1
Tim Caron derrotou Steve Skrzat por nocaute no R2
Tyler King derrotou Josh Diekmann por finalização no R2
Tyrell Fortune derrotou Cody Miskell por nocaute no R1
Ed Ruth derrotou Dustin Collins-Miles por nocaute no R1
Carlos Correia derrotou Ilya Kotau por decisão dividida
Vinicius de Jesus derrotou James Boran por finalização no R2

  • Sexto Empírico

    O Bellator é um embuste. Podem chorar, me xingar e fazer birra os detratores do UFC, que sonham, todos os dias, com o fim deste “reinado do mal”. O Bellator é a segunda divisão do MMA. Mas não se contenta só com isso e se faz uma cópia malacabada e ruim do UFC. Hendo e Rory foram pro Bella por melhores propostas, sim, mas não antes de verem-se frustrados em suas aspirações a campeões do melhor campeonato do mundo. E falando em dinheiro, o Bellator chega a pagar ridículos $1500 para seu lutadores.

    http://www.mmamania.com/2016/8/30/12711576/bellator-160-payouts-salaries-ben-henderson-pockets-75k-pitbull-win-mma

    Analisemos, agora, as principais lutas da última noite.

    – McGeary vs Davis

    Quando Davis lutava no UFC, era só um mediano com ótimo wrestling, o qual eu evitava as lutas modorrentas, ou aproveitava para ir ao banheiro e por mais cerva na geladeira e voltava nos minutos finais de sua luta chata que, invariavelmente, ia pra decisão. Fez ótimo negócio indo pro Bellator já que foi alcançado ao status de estrela. Agora, só fez mais do mesmo só que com lutadores de menor qualidade.

    – Ward vs Awad

    Ward, que venceu, vinha de derrota pro Cyborg (!). Sem mais.

    – Gracie vs um dos frangos do Page.

    – 49 vs Ayala

    https://uploads.disquscdn.com/images/f14bb0a56e8d2161e34813d0757f326f27a1be0d01399a0a53d7b5a4a78533f1.jpg

    • Juan Macêdo

      Calma, Sexto, quanta amargura nesse coraç… Quer dizer, nessa pedra.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Coração, mesmo… Sexto é APAI pelo UFC, tivesse uma pedra no peito não se incomodava tanto.

        • Sexto Empírico

          Apai é Apae, né sem noção? hehehe… (risada escondida)

          • Tiago Nicolau de Melo

            Apai (xonado)

            <3 <3

      • Sexto Empírico

        Amigos, não sou fan de nada. Não gosto desse modelo infame, herdado do boxe, praticado pelo sr White e sua turma. A minha idéia de campeonato seria algo como eles faziam no começo do Bellator. E a minha crítica ao Bellator é justamente essa. Eles não são mais uma alternativa ao UFC, mas sim um arremedo desse, ás vezes até bizarro.

        • Gustavo Lima

          Mas Sexto, o caminho é tentar (tentar muito) ser competição e não alternativa. Se o produto principal que é o UFC, já na maior parte do tempo algo de nicho, imagina o paralelo. É só ver a disparidade dos ratings entre a era do GP e atualmente. Se isso agrada ou não (e confesso que também adoraria ver mudanças na estrutura da coisa), é subjetivo, mas o caminho que o Sr. Coker está tomando é o certo, ao menos de um ponto de vista mercadológico.

          E sinceramente, o Bellator parece estar rumando pra fazer direito o que o UFC tenta faz. As lutas de medalhões ficam separadas, quem tem que lutar pela cinta luta e o matchmaking é quase sempre coerente. Fora que o produto in-ring está melhorando DEMAIS, principalmente a categoria dos meio-médios que é pra mim o grande atrativo do evento.

    • Tiago Nicolau de Melo

      Davis é Top 5 LHW, o senhor só pode estar de brincadeira, EXCLAMAÇÃO

      • Sexto Empírico

        Ué, disse o contrário? Lembre-seque Shogun e Minotouro são top10 do UFC.
        Tiago, diga uma frase do meu comentário que não seja um fato.

        • Malk Suruhito

          Que falta faz o Marrentinho Silva em qualquer organização.

          • Sexto Empírico

            Também acho. Pena que é maluco.

        • Tiago Nicolau de Melo

          A frase: “Bellator é um embuste.”

    • Thiago Eugenio

      Esse lance do Bellator ser segunda divisão é meio que ponto pacífico (era a terceirona qnd havia Strikeforce). Porém, se por um lado ele recebe ex-UFCs em busca de um caminho mais fácil pra cinta, por outro revela ótimos lutadores: Chandler; Patrício Pitbull; Dudu Dantas; Koreshkov; Strauss, etc.

      Lembremos ainda que Eddie Alvarez é o atual campeão dos leves do UFC.

      Se bobear, o Coker vê o Bellator como o Sílvio Santos vê o SBT: mais preocupado em manter o posto se vice que buscando desbancar/igualar o número um.

      • Sexto Empírico

        É bem por aí mesmo. Aliás, por coincidència, vc escreveu algo que eu já tinha comentado há algum tempo. Se tiver paciência:

        http://sextoround.com.br/forum/topic/michael-page-tem-luta-marcada-para-o-bellator-163/

        • Baixista Loko

          Perae , garotinho Bellatopata , Álvares realmente n é um Deus , mas a elite pertence sim meu amigo , engole teu ódio com tuas cervas baratas pra comentar com mais visão, essa segunda divisão que realmente é segunda divisão muitas vezes nos proporcionam ótimos combates , Phill Daves se voltasse agr pro UFC garanto que ia fazer muito barulho por lá , Álvares n é dos melhoreas é um top sim , e se for falar de campeão sem graça então tem Weidman no topo da lista , já que só defendeu o cinturão contra caras não tão bons apesar de pra mim ele ser um top 5 , o UFC tá com mta palhaçada e marmelada, talvez seja modinha ,fase , mas pelo menos no Bellator podemos ver rankings sendo mais respeitados lutadores medianos se matando, talvez um dia encoste na Elite do MMA (UFC , que eu espero que aconteça pois se você conhecer o mínimo de mercado sabe que concorrência as vezes é mto bom pros clientes).

          • Sexto Empírico

            Esse baixista é louco

          • Baixista Loko

            Kkkkk Yes of curse kk

        • Thiago Eugenio

          Putz! Idêntico! Mas é isso mesmo. É a segundona com muitos lutadores aspirando ao estrelato compondo o plantél com alguns “rebaixados”.

          Agora o Bellator tem a chance de mudar isso se souber aproveitar o descontentamento dos atletas do UFC que buscam melhor tratamento, i.e. pagamento.

    • ErCoelhoBruno

      Blablabla… Já disse isso… Blablabla… Segunda divisão… Blablabla… Já disse isso… Blablabla… Segunda divisão… Zzzzzzzzzzzz…

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Eita porra, 49 desmoronou legal, acho que um tal Scott deve ter tido pesadelos a noite toda…

  • Felipe Lemes

    quando terminou o F2N, fui no banheiro, voltei, mudei para de canal e o 49 já estava no chão… =/

  • RWillians

    Na boa, ver Dudu comentando sobre ex-lutadores do UFC é o mesmo que ver Luciano Andrade sobre ex-Bellator, sofrível. não acho que é desconhecimentos, mas é uma vontade de tentar supervalorizar os lutadores dos seus respectivos eventos.

  • Lucas Silva

    Rapaz essa discussão de ” segunda divisão” é chata pra CAR@@@@@… Caramba cada um faz o seu, e quem ganha são os verdadeiros fãs, com cada vez lutas melhores. Os eventos do Bellator de fim de ano estão ótimo, os do UFC alguns cards estelares, tem o WSOF com seu card de virada de ano ótimo também. Sou fã de MMA, onde estiver boas lutas vou assistir, sem ficar torrando a paciência dos outros com parada de segunda divisão. Se acha os outros segunda ótimo, eu não acho…

  • Hyuriel Constantino

    Davis simplesmente mitou! Nunca imaginei que ele tiraria o inglês pra nada, ainda mais com aquele BJJ sorrateiro dele.

    E é sério que o Bader estará cumprindo a última luta do contrato no UFC?!

    É MAIS OUTRO ABENÇOADO!

    Pelo tanto que sacanearam com ele lhe apostando as cinco vitórias seguidas contra o Rumble pra pegar o TS, fora os diversos escândalos envolvendo a Reebok e as arbitrariedades da nova gerência do UFC, não duvido que Bader esvaziará ainda mais a categoria dos meio-pesados indo pra o plantel do Coker.

    Davis x Bader II valendo, meritocraticamente, a cinta para os dois meio-pesados mais injustiçados do UFC.

    E, na boa, se o Coker investir pesado no Bellator e a insatisfação com o UFC crescer no ritmo que tá indo, não duvido que dentro de alguns anos o Bellator se torne uma ameaça real ao investimento de 4,2 bilhões de doletas de seu Ari.

    • Guilherme Urquisa

      Não cara, serio q vc quer q essa luta aconteça de novo???
      A luta onde quem ganha é quem n faz nada com o adversário por mais tempo.
      Dois profissionais em amarrar luta.
      Promessa de uma luta ó…

      Uma bosta!

  • Beto Magnun

    Não sei foi a motivação que aumentou ou nivel da competição que diminuiu (embora a vitória sobre o King Mo tenha sido na base do garfo), mas o Davis foi muito mais ativo ontem que em outras lutas. O trabalho dele passando a guarda toda hora foi excelente, ainda mais contra um jiu jiteiro sorrateiro como o McGeary. Nem dá pra comparar com aquele Davis apático que enfrentou o Bader numa luta terrível em pé. “Aí mas esse Davis não consegue finalizar suas lutas”, comentário comum esse, mas ontem acho que foi também foi mérito do McGeary não ser finalizado (embora tenha cedido a montada tão facilmente quanto o Belfort). Seria interessante uma luta dele com o Cormier, mas é provável que nunca aconteça.

Tags: , , ,