De olho no vice: os
pontos altos do Bellator 162

Tiago Paiva | 22/10/2016 às 05:46

Saudações, leitores do Sexto Round! Estamos de volta com mais uma resenha de um evento da segunda maior organização de MMA do mundo, mais precisamente falaremos sobre o Bellator 162, que foi simplesmente de tirar o fôlego.

Os fãs que compareceram ao FedEx Forum em Memphis, no Tennessee (EUA), puderam acompanhar de perto um card principal avassalador, com quatro interrupções em seus quatro combates, além do ressurgimento de um ex-campeão após dois anos ausente e o provável estabelecimento de um novo desafiante ao cinturão dos pesados.

A tempestade voltou

Golpes no corpo são definitivamente uma das formas mais bonitas, dolorosas e eficientes de nocaute. Kendall Grove sabia disso, e sabia especialmente que seu rival, o russo Alexander Shlemenko, é um dos maiores especialistas na arte de destroçar fígados e baços do MMA mundial.

“Da Spyder” até começou bem, acertando um belo cruzado de esquerda que fez o “Storm” ficar grogue, mas o ex-campeão dos médios não se abateu, usou e abusou de sua trocação heterodoxa, recheada de golpes rodados e na linha de cintura para implodir o ex-TUF em pouco menos de dois minutos do segundo assalto.

Se o russo conseguir se manter sem arranjar problemas com o doping, é uma crucial adição para essa categoria, que é extremamente carente. Já que teremos Rafael Carvalho x Melvin Manhoef 2, alguém aí discorda de Alexander Shlemenko x John Salter pra decidir o novo desafiante? Como diria Rodrigo Tannuri, luta marona.

lashleyHonrou o apelido

Que performance avassaladora de Bobby Lashley. O pro-wrestler ex-WWE e atualmente no Impact Wrestling mostrou que seus 40 anos não fazem a menor diferença e atropelou Josh Appelt, colocando-se como um dos principais nomes, se não o principal para disputar o cinturão dos pesados do Bellator, que está atualmente vago.

O “Dominator” não tomou conhecimento de seu oponente. Valendo-se do background no wrestling universitário, Lashley derrubou e puniu Appelt no ground and pound até conseguir no segundo round os três tapinhas via mata-leão.

Essa é a oitava vitória consecutiva do peso pesado, credenciando-se como um dos principais atletas de sua divisão fora do UFC. Só vale citar que assim como quase de praxe na divisão, o gás (ou a falta de) deu suas caras novamente. Olho nisso…

goiti-yamauchiLevou o braço para casa

Aprendemos hoje com o professor Ryan Couture que derrubar o nipo-brasileiro Goiti Yamauchi não é uma boa ideia. O ex-UFC foi finalizado pelo às de arte suave em apenas 61 segundos com uma chave de braço de cinema.

O filho do lendário Randy Couture encurtou e conseguiu uma derrubada a partir do clinch, mas esperto, Yamauchi repôs a guarda, passou as pernas sobre os ombros do americano e encaixou o armlock, levando o braço do representante da Xtreme Couture para casa.

Essa luta marcou o retorno de Yamauchi aos pesos-leves. O atleta de apenas 23 anos (!) conseguiu sua 15ª vitórias dentro das suas últimas 17 lutas disputadas. Talento puro!

Japonês mão de pedra faz outra vítima

Definitivamente não é uma boa ideia trocar socos, chutes ou qualquer outra forma de impactos com Hisaki Kato.

O “Mosqueteiro Japonês” abriu o Bellator 162 fazendo um lutão contra AJ Matthews, que foi uma bela ode a violência que deixaria os deuses da arte de bater doído orgulhosos. Após quatro minutos de porrada insana, Kato conectou um chute na cabeça que deixou Matthews atordoado, terminando o trabalho com uma sequência de socos que derrubaram o americano.

Sétima vitória da carreira de Kato, sétima por nocaute. Suas duas derrotas? Por nocaute também. O japonês poderia mudar o nome para Bed-Stuy (bairro do Brooklyn onde Chris, de Todo Mundo Odeia o Chris morava), afinal ele leva o “Do or Die” extremamente a sério.

Outros resultados:

Chase Gormley derrotou Bobby Brents por decisão dividida
Virgil Zwicker derrotou Dan Charles por nocaute no R2
Julia Budd derrotou Arlene Blencowe por decisão majoritária
Ricky Rainey derrotou Gilbert Smith por decisão unanime
Steve Garcia derrotou Ronnie Lawrence por decisão unanime
Grady Hurley derrotou Chad Cook por nocaute no R2

  • Saulo Henrique

    Kato tem a patinha pesada. E Couture sendo Couture. Passa longe do talento natural do pai.

  • Luiz Guilherme Volpato

    Espero muito do Goiti. Acho que vai brilhar muito ainda.

  • Victor Araujo

    Luta principal muito boa, agora este Bobby, e enorme, o cara lembra o sapp, só q mais alto, mas de vdd.. este cara deve ter suco até na alma, não tem como !!

  • Daniel Piva

    Grande vitória do Goiti. Gostaria de ver ele contra o Patricky ou Derek Anderson.

  • Henrique Santos

    Grande Noite de Lutas do Bellator ontem essa categoria peso médio do começou a ficar interessante Jonh Salter, Hisaki Kato , Shlemenko

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Lashley x Lesnar no MMA kkkkkkkkkk, ia ser louco, duas carretas brigando.

  • Ridelson Medeiros

    – Submaguchi fazendo o que sabe, Lashley zuando no ememei e Grove indo pra aposentadoria?

  • Entra Numa MMA

    Kkk Tanuri responde = 70 comentários
    Post do Bellator = 7 comentários
    Depois não querem que digam: Segunda Divisão!

Tags: , , , , , ,