Atacando de Joe Silva: lutas a casar pós-UFC 167

Renato Rebelo | 17/11/2013 às 22:37

Com o UFC 167 nos livros, chegou a hora desse pretensioso jornaleiro que vos fala vestir o chapéu de “matchmaker”.

Mantendo os pés no chão, dispensando confrontos improváveis e ignorando atletas já comprometidos, cheguei aos seguintes casamentos:

NUM1Georges St-Pierre x Johny Hendricks II

Mais calmo após trocar um lero com o campeão no vestiário, Dana White classificou os problemas pessoais de GSP como “não tão ruins quanto ele pensa” e se mostrou confiante quanto ao retorno do maior vendedor de pay-per-views da empresa. Com “Rush” na ativa, não tem desenrolo. Fãs, jornalistas, lutadores, jurados e, principalmente, o barba merecem tirar essa teima.

NUM2Rashad Evans x Daniel Cormier

“Suga” encontra-se numa espécie de limbo. Além da vitória sobre Sonnen ter agregado pouco valor ao camarote, boa parte dos meio-pesados ranqueados são desafios repetidos ou sem sentido. Enquanto o imbróglio envolvendo Jon Jones, Glover Teixeira e Alexander Gustafsson perambula, um certo wrestler olímpico migra pra categoria até 93 quilos em 2014. Que tal recebê-lo? Novamente, assistiríamos dois comentaristas da Fox americana saindo do braço…

NUM3Robbie Lawler x Carlos Condit – Matt Brown

Já é sabido que Dana White fará das tripas coração para reagendar GSP e Hendricks – e o canadense precisa de um tempo “off”. Portanto, há espaço suficiente para fabricarmos outro desafiante incontestável. “Imortal” x “Natural Born Killer” rola agora em dezembro. Quem sobreviver, terá o prazer de sentir a mãozinha macabra do “Ruthless”. Mata-mata.

NUM4Tyron Woodley x Hector Lombard

Mais explosivo que nitroglicerina, “O Escolhido” é dono de pujança assustadora pra a categoria. Lembra muito aquele judoca cubano que se reinventou com 77 quilos. Ambos derrubaram adversários graúdos (Josh Koscheck e Nate Marquardt) e sonham ingressar no top 10 o quanto antes. E aí!? Ricardo Libório vai mandar treinos separados ou um dos dois deixa a American Top Team? Com cinco meio-médios no Ultimate (Lombard, Woodley, Lawler, Jason High e Thiago Pitbull), a complexa decisão me parece questão de tempo…

NUM5Ali Bagautinov x Chris Cariaso

A vitória sobre o sétimo do ranking, Tim Elliott, deve garantir a presença do “Rei Socador” na listinha dos 10 mais. Próximo passo: ganhar notoriedade. O famosinho “Kamizaze”, que nocauteou Iliarde Santos no Brasil, troca socos sem muita insistência e pode criar um casamento interessante com o jiu-jítsu que lhe foi ensinado por Ralph Gracie. Reedição da guerra fria, dessa vez, em solo soviético (Rússia deve receber o circo dos Fertitta em 2014).

Planos para Donald Cerrone – que acenou com a possibilidade de migrar pro peso-pena- e Thales Leites, amigos?

Abraços.

Tags: ,